quarta-feira, 30 de março de 2011

RESENHA: “Espera” (Maggie Stiefvater)

- Clique aqui para ler a resenha do primeiro livro da série, "Calafrio".

“Espera” é a continuação de “Calafrio”, ambos constituem a série “Os lobos de Mercy Falls”. O primeiro livro da série é tão lindo e dramático, um romance daqueles que destrói seu coração, literalmente.

Já em “Espera” as coisas mudam um pouco. Fiquei traumatizada logo nas primeiras linhas do Prólogo onde simplesmente contam, o que para mim pelo menos, parece um big spoiler, mas que é a premissa desse livro: o problema agora é Grace, ela que se transforma em lobo. Confesso que quase desisti de ler o livro depois de saber disso, afinal, queria tanto que eles pudessem ficar juntos em paz. Mas foi bom não ter tomado essa decisão porque, apesar de tudo, é um livro maravilhoso.
Esta é uma história de amor. Nunca imaginei que houvesse tantos tipos de amor, nem que o amor pudesse levar alguém a fazer tantas coisas diferentes. Nunca imaginei que houvesse tantas formas diferentes de dizer adeus.
Acredito que o nome do livro esteja ligado a essa “espera” pelo que acontecerá com Grace, que vai sofrendo aos poucos no decorrer do livro e a agonia dela e de Sam ao presenciar isso contagia o leitor.

Mas o melhor nesse livro, um pouco de luz em meio a esse romance triste e belo é a crescente participação de Isabel e Cole (um dos novos lobos). Além dos capítulos narrados por Grace e Sam, agora temos também a visão de Isabel e Cole, que são muito mais divertidas, irônicas e em suas passagens há mais ação e um romance num patamar diferente do casal protagonista.

Cole é um dos novos lobos, escolhidos por Beck, que quis se transformar por vontade própria, e essa decisão deixa Sam chocado no inicio. É um personagem incrível com uma estória bem rica e que cresce no decorrer da trama. É o vocalista de uma banda de rock super famosa chamada “NARKOTIKA” e que acha que ao se tornar lobo consegue fugir e esquecer de tudo. Sua participação é fundamental no livro. Ele se envolve com Isabel, e os dois formam um casal muito diferente do convencional e cheio de química.

Isabel então desatou a rir, um riso cruel e estridente, tão seguro que, de certa forma, me excitou. Ela engatou a marcha ré.
Continuo esperando que você me conte alguma coisa que eu ainda não saiba.
Isabel apesar do seu lado irônico e sua “máscara” de patricinha que não liga para nada, ajuda muito Sam e Grace. Ela ainda tenta superar a morte do irmão, que acredita ser culpa dela.

Grace passa boa parte da trama doente, lutando para esconder isso de todos. Também mostra um lado mais rebelde, diferente da garota exemplar do livro anterior, ao desafiar algumas ordens de seus pais. Sam continua romântico, poético e apaixonante; porém as vezes da um pouco de raiva o fato de ele “fingir que não está acontecendo nada com a Grace”, tentando adiar a realidade.

“Espera” não é um livro que você lê numa tarde, pelo menos para mim, é aquele livro que você deve ir descobrindo aos poucos dando tempo para pensar nos acontecimentos e quanto mais perto do fim, mais triste você fica, pois sabe que para Sam e Grace nada é fácil.
Lutei para encontrar palavras para explicar. Não tinha nada a ver com ter perdido Sam e querer mantê-lo por perto. Não tinha nada a ver com sexo. Tinha a ver com adormecer com as costas de encontro ao peito dele, de modo a poder ouvir seu coração desacelerar para bater junto com o meu. Tinha a ver com crescer e perceber que a sensação dos seus braços em volta de mim, o cheiro dele enquanto dormia, o som da sua respiração – que isso era aconchego e tudo o que eu sempre quis encontrar. Não era a mesma coisa estar com ele acordada. Só que não sabia como explicar isso a Rachel. Me perguntei porque quis lhe contar.
Recomendam esse livro para os fãs da série “Crepúsculo”, mas acho que seu publico alvo é muito maior, recomendo para quem curte um bom romance, muito bem escrito, muitas vezes poético e cheio de drama, aquele amor impossível que precisa superar diversas barreiras até conseguir o final feliz, que tenho fé que virá no último livro.

Continue Lendo

terça-feira, 29 de março de 2011

Filme: "Sucker Punch - Mundo Surreal"


Um filme dos mesmos criadores de "300" e "Watchman" já chama a atenção por si só, eu particularmente gostei muitos desses dois filmes.

"Sucker Punch" é muito mais do que isso, o filme se destaca pelo visual incrivel e os figurinos, cheios de detalhes, perfeito!

Tudo começa quando a mãe de Babydoll morre e ela precisa enfrentar o padrasto louco e pedofilo. Ele a interna num sanatório e pede para que eles façam uma cirurgia que destroi o cérebro e suas lembranças.

Assim que Babydoll entra no sanatório tudo fica muito confuso e não dá para destinguir o que é realidade. Ela faz um plano de fuga junto com suas companheiras de confinamento.

Em meio a esse plano descobre que precisa de: Um mapa, fogo, uma faca, uma chave e um elemento misterioso. Em suas missões para conseguir esses itens, são mostradas cenas fantásticas de guerras, envolvendo ela e suas amigas.

Não espere uma estória super coesa, afinal, realidade e fantasia se misturam o tempo todo. Apenas no final tudo é revelado.

Gostei muito da mensagem final, a "moral da estória" que deixaram no desfecho do filme. Se você quer ver um filme com um visual incrivel, muita ação e um enredo misterioso, não perca Sucker Punch.


Título original: Sucker Punch - Mundo Surreal
Direção: Zack Snyder
Atores:Emily Browning, Vanessa Hudgens, Jena Malone, Carla Gugino.
Duração: 110 min
Gênero: Ação

Sinopse: Babydoll (Emily Browning) foi internada em um sanatório pelo padrasto inescrupuloso, que encomenda uma cirurgia para destruir o cérebro dela. Mas a jovem descobre que seu refúgio pode estar dentro de sua mente e só assim ela poderá se libertar para sempre. Agora, vivendo esse mundo paralelo, ela enfrentar dragões, samurais, robôs e nazistas sobrenaturais, que a farão viver uma perigosa e fantástica aventura na companhia das colegas de internação Blondie (Vanessa Hudgens), Rocket (Jena Malone), Amber (Jamie Chung) e Sweetpea (Abbie Cornish). Seria essa então a sua única chance de libertação?





Trailer:

Continue Lendo

sábado, 26 de março de 2011

INDICAÇÃO: "O Beijo da Meia-Noite" (Lara Adrian)

A indicação de hoje é um lançamento da Editora Universo dos Livros, é "O Beijo da Meia-Noite" da autora Lara Adrian.

Estou na dúvida se é um livro sobre vampiros, lobos ou os dois. Pela sinopse da pra ver um clima de ação e sedução muito forte.

Me parece um livro de literatura fantástica mais adulta, diferente dos YA Books que estamos acostumadas, similar a série "Irmandade da Adaga Negra". Em breve teremos resenha aqui ;D

O Beijo da Meia-Noite
Editora: Universo dos Livros
Autor: LARA ADRIAN
ISBN: 9788579301957
Número de páginas: 400
Acabamento: Brochura

Sinopse: Gabrielle Maxwell é uma renomada artista plástica que vive na cidade de Boston. Abandonada pela mãe ainda na infância, ela carrega uma marca de nascença que mudará sua vida. Depois de uma exposição de fotos bem-sucedida é testemunha de um assassinato sangrento. Transtornada com as cenas de terror ela procura explicações... e apenas um homem, Lucan Thorne, será capaz de ajudá-la.
Lucan despreza a violência de seus irmãos sem lei. Ele próprio um vampiro, é um guerreiro da raça, e jurou proteger sua espécie - e os humanos da ameaça crescente dos renegados. Lucan não pode arriscar um relacionamento com uma mulher mortal, mas quando seus inimigos escolhem Gabrielle como vítima, sua única escolha é trazê-la para o escuro submundo que comanda.
Agora, nos braços desse intimidante líder da raça, Gabrielle enfrentará um destino extraordinário, repleto de perigos, sedução e dos mais sombrios prazeres.

Continue Lendo

RESENHA e #PROMO: "Como se livrar de um vampiro apaixonado" (Beth Fantaskey)

A principio achei que era um livro sem noção, com a pretensão só de ser engraçado, tipo “A Escrava Isaura e o Vampiro”, mas me surpreendi com o fato que a estória se desenvolve muito e vai ganhando outras formas ao decorrer do livro.

Jéssica foi adotada ainda bebê na Romênia, quando seus pais biológicos estavam em perigo e a entregaram a um casal de pesquisadores americanos. Ela cresce nos EUA e ignora suas origens. Certo dia um cara super estranho, de sobretudo preto, começa a segui-la e a chamá-la pelo seu nome de batismo da Romênia, fato que ninguém naquela cidade conhece. Ela descobre que ele é príncipe de um Clã poderoso de vampiros (Vladescu) e veio para buscá-la porque desde o nascimento foi pactuado que se casariam para selar a paz entre os vampiros. Jéssica também descobre que é de uma vampira de linhagem real (família Dragomir), uma princesa. Ao invés de aceitar seu destino, ela acha que tudo é maluquice e ignora.
E foi assim que um adolescente que se dizia vampiro passou a morar na nossa garagem no inicio do meu último ano no colégio. E não era um vampiro qualquer. Era o meu arrogante e intrometido noivo vampiro. A última pessoa com quem eu iria querer ir para a escola, quanto mais me unir por toda a eternidade.
No inicio tudo gira em torno de Jéssica tentando fugir dos galanteios de Lucius, gerando diálogos engraçados. Mas depois nos deparamos com muitos dilemas românticos e reviravoltas na estória.

O livro é narrado através da visão de Jéssica. Porém gostei muito das cartas que Lucius escreve para o seu tio, Vasile, é a nossa chance de saber sobre os seus sentimentos, ele sempre conta seu ponto de vista em detalhes, mas sem deixar de ser sarcástico em suas colações.

Lucius a principio é um vampiro sem noção que veio buscar sua noiva. Mas sua participação se desenvolve muito no decorrer da trama, tornando-se um personagem cativante e apaixonante! Seus modos tão educados e antigos, as vezes são muito fofos. Jéssica as vezes irrita o leitor quando insiste em dizer que não acredita em vampiros mesmo com evidencias muito claras. Mas conforme ela vai aceitando seu destino, sua origem e seu verdadeiro nome (Antanasia) as coisas ficam mais interessantes.
– Está na moda ser magra – argumentei. – É bonito.

– Nunca deve confundir moda com beleza – corrigiu Lucius. – Confie em mim: os homens não gostam do que dizem as revistas de moda. Eles não acham que as mulheres esqueléticas são bonitas. A maioria prefere curvas. – Ele enfiou a colher no tofu congelado e avançou na minha direção, estendendo-a para o meu rosto. – Coma. Fique feliz por ter curvas. Por ter presença.
Na metade do livro tudo se inverte, Jéssica assume sua paixão e quer cumprir o pacto e Lucius começa a esnoba-la. Ai o leitor fica com dó da Jéssica e muita raiva de algumas atitudes de Lucius.

A guerra entre os clãs Vladescu e Dragomir afeta o destino dos dois, sendo muitas vezes motivo para as decisões de Lucius.
– Como quiser, minha princesa – disse Lucius, fechando os olhos, se entregando a mim. Em seguida se inclinou para roçar os lábios frios, duros, contra os meus, primeiro com delicadeza, depois com mais intensidade.
O que começa como uma grande comédia termina com muito drama, sendo resolvido apenas nas ultimas 2 páginas! Estou louca pela continuação, que já tem título (“ Jessica Rules The Dark Side ”) e capa (clique aqui para conferir) só quero ver o que a Jéssica vai aprontar no mundo dos vampiros!

Beth Fantaskey escreve muito bem, utilizando uma linguagem fácil e uma narrativa bem dinâmica. É uma leitura super envolvente que vale a pena conferir. Recomendo!

Continue Lendo

sexta-feira, 25 de março de 2011

SÉRIE: "Lie to me"

Verdade e Mentira. São duas palavras que nos intrigam mas muitas vezes é difícil conseguir descobrir os fatos, a história real.

Partindo desse dilema surgiu a série "Lie to Me" (a tradução do título seria algo como "Minta para mim"), desenvolvida através dos estudos do psicólogo Paul Ekman (a Editora Lua de Papel lançou nesse mês seu livro sobre o assunto, "A linguagem das emoções"), gira em torno da leitura dos gestos e expressões faciais das pessoas, que revelam muito mais do que elas dizem quando estão mentindo. Essa técnica supera os resultados que qualquer maquina dectora de mentira consegue obter.

Cal Lightman e sua equipe desvendam crimes e demais mistérios, interrogando os suspeitos e testemunhas, e posteriormente analisando as gravações em busca da verdade através de suas expressões.

Nos episódios são utilizadas imagens de celebridades em escândalos conhecidos e suas expressões que revelam a mentira, Bill Clinton é o que mais aparece como exemplo na primeira temporada!

É uma série muito boa, pois quem assisti acaba aprendendo algumas coisas que da pra usar no dia-a-dia, falo isso por experiência própria! XD

A série já está na sua terceira temporada e deve continuar devido ao sucesso que vem fazendo. Recomendo!

"Lie to me"
Gênero: Investigativo
Formato: Psicologia, Drama
Criada por: Samuel Baum
Elenco: Tim Roth, Kelli Williams, Brendan Hines, Monica Raymund

Sinopse: A série traz as investigações de uma equipe formada por especialistas em detectar mentiras. As mínimas expressões e gestos são interpretados por esses cientistas do comportamento, que prestam seus serviços para diversas entidades, como o FBI, a polícia, empresas particulares ou mesmo pessoas que estejam dispostas a descobrir a verdade que alguém pode estar escondendo. O grupo é liderado pelo Dr. Cal Lightman, um cientista que dedicou toda a sua vida ao estudo do comportamento humano. Lightman ainda conta com a ajuda da sua parceira e psicóloga Dra. Gillian Foster, além do pesquisador Eli Locker e de Ria Torres, uma mulher com o talento natural de interpretar as expressões humanas. Juntos eles formam uma equipe de verdadeiros polígrafos humanos.

Trailer:



Continue Lendo

quarta-feira, 23 de março de 2011

INDICAÇÃO: "Perdida" (Carina Rissi)

Que mulher que nunca idealizou um homem a moda antiga, no estilo Mr. Darcy de "Orgulho e Preconceito"? O que no mundo de hoje é praticamente impossível encontrar.

Mas e se você fizer uma viagem no tempo e ir parar no século XIX? E se conhecer um cara exatamente nesse estilo...você vai querer voltar?

Esse é apenas um dos dilemas encontrados no lançamento da Editora Barauna, "Perdida" da autora Carina Rissi. Só pela sinopse já da pra ver que o Ian é o máximo! Quero muito conferir essa estória! *-*


"Perdida"Autora: Carina Rissi
Editora: Barauna
Gênero: Romance
Páginas: 472
Formato: 14x21 cm

“Ian era diferente dos caras que eu conhecia, sempre tão educado e atencioso. Mas assim eram todos os homens daquele século. Alguma coisa naqueles olhos escuros me fizeram confiar nele, aceitar sua ajuda, querer falar com ele e... querer tocá-lo de forma nada educada! Um tremendo erro! Um erro que depois me machucaria muito. Precisaria ser cuidadosa e evitar ficar sozinha com Ian. E precisaria, acima de tudo, manter minhas mãos bem longe dele!”Sinopse: Sofia vive em uma metrópole e está habituada com a modernidade e as facilidades que isso lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor à menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam.
Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda do prestativo Ian, Sofia embarca numa procura às cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam levá-la de volta para casa.
Numa louca e divertida aventura, Sofia acaba encontrando mais que diferenças culturais, acaba encontrando a si mesma e um grande amor. Uma narrativa bem humorada sobre uma história tão devassada como a viagem no tempo vista do ponto de vista feminino, que sempre é um pouco diferente, ligeiramente mais confuso e muito conturbado. Perdida é uma história apaixonante e com um ritmo eletrizante, que fará o leitor devorar até a última página!

Continue Lendo

terça-feira, 22 de março de 2011

FILME: "O Discurso do Rei"

Título: "O Discurso do Rei" (The King's Speech)
Direção: Tom Hooper
Atores: Colin Firth, Helena Bonham Carter, Geoffrey Rush, Michael Gambon.
Duração: 118 min
Gênero: Drama

Sinopse: Desde os 4 anos, George (Colin Firth) é gago. Este é um sério problema para um integrante da realiza britânica, que frequentemente precisa fazer discursos. George procurou diversos médicos, mas nenhum deles trouxe resultados eficazes. Quando sua esposa, Elizabeth (Helena Bonham Carter), o leva até Lionel Logue (Geoffrey Rush), um terapeuta de fala de método pouco convencional, George está desesperançoso. Lionel se coloca de igual para igual com George e atua também como seu psicólogo, de forma a tornar-se seu amigo. Seus exercícios e métodos fazem com que George adquira autoconfiança para cumprir o maior de seus desafios: assumir a coroa, após a abdicação de seu irmão David (Guy Pearce).

Se tem um filme que deu o que falar antes e depois do Oscar foi "O Discurso do Rei", muitos acharam a premiação de melhor filme justa, outros injusta.

O filme conta a conturbada história do Rei George (pai da atual Rainha Elizabeth), que era gago e não tinha vocação para ser líder, não conseguia falar em público, gaguejava e ficava em pânico.

George é um exemplo de superação e coragem, um cara com tantos traumas de infância que geraram o problema de dicção, teve determinação para superar tudo e ser o rei que seu país precisava nos tempos de guerra.

Há também um livro, feito depois do lançamento do filme, que conta com mais detalhes a história do rei, porém, acredito, que só no filme conseguimos sentir realmente o drama de sua gagueira.

A atuação de Colin Firth é memorável, ele convence como gago. Não podemos esquecer de Helena Bonham Carter e Geoffrey Rush que também foram muito bons em seus papéis. Não é o melhor filme que já vi, mas é muito bom e mereceu as premiações que recebeu.

Trailer:

Continue Lendo

segunda-feira, 21 de março de 2011

Resenha: "A Garota da Capa Vermelha" (Sarah Blakley Cartwright)

Antes de saber da existência do livro já estava super animada para ver o filme. Fiquei com receio quando no prefácio conta que o livro é baseado no filme, vai meio que contra a ordem natural das coisas. Mas acreditem, Sarah Blakley Cartwright consegue criar uma estória cheia de detalhes que prende a atenção do leitor até o fim, é muito mais do que um livro para pegar carona no sucesso do filme.

O livro é uma releitura do famoso conto da Chapeuzinho Vermelho” mas numa versão muito mais macabra e sombria. A estória se passa na Idade Média com todo o clima pesado e misterioso da época. Com direito até a referências a Inquisição.

Há um Lobo que aterroriza o vilarejo de Daggorhorn, os moradores só conseguem uma trégua quando começam a oferecer seus melhores animais como sacrifício para o Lobo, assim ao menos ele poupa suas vidas. Tudo começa quando é a vez da família de Valerie oferecer o sacrifício da lua cheia, seu pai acaba tendo que dar a cabritinha de estimação das filhas, Valerie se revolta com isso e acaba saindo durante a noite para tentar salvá-la. Quando ela chega ao local do sacrifício, sente a presença do Lobo que avança sobre ela e a olha nos olhos, aterrorizada e esperando a morte, ela fica surpresa quando vê que sua vida foi poupada e apenas o animal foi levado. Depois desse dia ela nunca mais foi a mesma.

Valerie é uma personagem forte, mesmo quando está na pior, consegue lutar, sem ficar aterrorizada e lamentando seu destino. Sua irmã Lucie e suas amigas refletem muito mais o modelo de moças fúteis, recatadas e em busca de maridos. Embora não se preocupe tanto com isso, Valerie é disputada por dois pretendentes: Henry e Peter.

Valerie ficou com as outras mulheres, observando os homens partirem. Não pôde deixar de se indignar com essa divisão dos sexos. Seus dedos coçavam para também empunhar uma arma, para fazer alguma coisa, para matar algo com a sua ira.
Peter é um amigo de infância que devido a alguns problemas teve que ir embora do vilarejo com a sua família. Eles eram muito próximos e ela sempre sentiu sua falta. Certo dia, durante o período da Colheita, vários trabalhadores de outros vilarejos vem ajudar e assim que Valerie o reconhece, se apaixona. Ele tem todo aquele ar de bad boy, sexy e misterioso.

Seus dedos, ásperos pelo trabalho, acariciaram o rosto dela enquanto eles respiravam juntos. – Eu estive faminto por você por tanto tempo. – Ele cheirou os seus longos cabelos de seda de milho, penteando-os com os dedos.

Henry é filho do Ferreiro da cidade, ajuda seu pai com o oficio. É integrante de uma família muito rica, tem privilégios como botas de couro novas enquanto a maioria do povo passa fome. Embora seja rico, não é esnobe, tem bom coração e quer ser feliz ao lado de Valerie.

Ele sempre soube que ela era diferente, mas ele sempre se sentiu um pouco diferente também. Henry pensava que talvez eles pudessem ser diferentes juntos.
Tudo muda quando o Lobo quebra a trégua e volta a atacar as pessoas. Nisso aparece Father Solomon, o retrato da força da Igreja na época, um guerreiro destemido, que já matou diversas criaturas em nome de Deus. Ele revela que o Lobo pode ser qualquer um do vilarejo.

A trama é tão bem escrita que você acaba desconfiando de todo mundo, ora você acha que alguém é o Lobo, ai acontece algo que inocenta uma pessoa e incrimina outra. O clima de tensão contagia até Valerie que desconfia até de sua família.

O tão esperado final, deixa uma questão em aberto, que só será revelada no site oficial do livro daqui a uns 30 dias (clique aqui para acessar o site), espero não morrer de curiosidade até lá.

Pelo que vi no trailer do filme, parece que conseguem captar todo esse clima tenso de mistério, estou muito ansiosa para assisti-lo, principalmente para saber se ele terá um final conclusivo. Há também a possibilidade de haver outro livro, uma continuação. Mistérios que te envolvem mesmo depois do fim da leitura. Recomendo muito esse livro!

Continue Lendo

domingo, 20 de março de 2011

Resultado da Promoção: KIT de "Crescendo" (Becca Fitzpatrick)

Foram simplesmente 1449 inscrições! A promoção foi um mega sucesso! Parabéns a todos que participaram ^^


O livro merece todo esse destaque por ser o mais comentado e elogiado pelas críticas, desde que surgiu o segmento de livros sobre anjos.

O resultado foi de primeira, a vencedora seguiu todas as regras, divulgou muito, comentou muito, ela é....

Parabéns Ilmara Santos Fonseca!!!




Ilmara,
mande um email para dear.book@hotmail.com com o seu endereço completo para repassarmos para a Editora! ^^

Continue Lendo

ARTIGO: Quebrando a Rotina... Feliz dia do Blogueiro!

Bom-dia, pessoal! Tudo bem com vocês? Bom. Eu tenho aparecido poucas vezes aqui ultimamente, e peço desculpas a vocês e à Juny também, pois sei que não é fácil carregar o blog sozinha, não é mesmo! O Dear Book é um blog diferente de tudo o que já tivemos e que dá um enorme prazer de trabalhar, pois a cada dia nossas forças são renovadas, acreditem!

Eu tenho sumido por alguns motivos, como o TCC, ENADE, Estágio Supervisionado, Faculdade e Gravidez. Estou no último ano de Letras e tem sido bem corrido pra mim. Esse ano tenho o TCC e mais o ENADE e ainda estou esperando o meu primeiro filho. O tempo tem passado rapidamente, daqui três semanas entro no quinto mês de gestação, estou ENORME! rs. Mas enfim, isso não é desculpa nenhuma! só vim lhes comunicar que eu tenho sumido também, pois estou sem internet em casa e raramente consigo ir a alguma lan house para desfrutar algo com vocês.

Só pra terem uma ideia, faço o estágio supervisionado das 7h às 10h. As 10h15 entro no trabalho, saio às 17h e vou à faculdade às 18h30, chego em casa por volta da 00h e isso se sucede de segunda a sexta. No sábado tenho aula das 09h às 11h40, fora as reuniões de TCC e mais as consultas médicas que têm se intercalado. Está difícil, mas eu peço paciência, pois não desistirei. Conversei com a Juny, e ela como sempre, é muito compreensiva e me dá todo o apoio de que necessito, por esse motivo eu não vou desistir!

Também devo lhes contar que o tema do meu TCC é uma delícia de se trabalhar. Estamos trabalhando com o livro "A Casa das Sete Mulheres", e o nosso tema é A análise dos Cadernos de Manuela e sua importância na história. Pomposo, não? rs. Pois lhes digo uma coisa: é maravilhoso, surpreendente, picante e, sem dúvida, uma das melhores obras já lidas. Ainda estamos no começo, mas vou sempre compartilhar os dados aqui com vocês, assim quem sabe vocês nos ajudam, que tal?

Vim dizer também que deixarei promessas semanais para cumprir e postarei ao menos, enquanto está tão corrido, de duas a três vezes por semana. Estou fazendo alguns posts em casa e assim que estiverem prontos a Juny postará em meu lugar. Mesmo estando um pouco difícil quero que saibam que isso tudo é muito importante! Os meus compromissos dessa semana são:

- Resenha de "A Casa das Sete Mulheres"
- Resenha de "Para Sempre - Os Imortais"

E aproveitando o dia de hoje, que foi escolhido propositalmente, FELIZ DIA DO BLOGUEIRO! Pois essa sem dúvida é uma data que é marcante e especial a todos nós, que sabemos como é difícil encarar esse nosso mundo alternativo de sonhos, realidade, trabalho e diversão.

Ser blogueiro não é apenas postar resenhas, indicações e/ou informações e vocês sabem disso.

Ser blogueiro é antes de tudo, ser sonhador. E além de tudo isso, ser um apanhado de sonhos, é viver em um castelo onde todos os universos se intercalam em apenas um.

Ter um blog é desfrutar das mais lindas e diversas fantasias e aventuras. É viver num sonho perante a realidade. É estar aqui e não estar. É rir e chorar sem saber explicar. É se satisfazer com algo que parece pouco, mas na verdade é tão grandioso quanto qualquer outro sonho inalcançável.

Tudo isso é ter o mundo na palma das mãos e ser feliz com as mais diversas e pequenas coisas.

“De três coisas precisa o homem para ser feliz: benção divina, livros e amigos”
Henri Lacordaire

Continue Lendo

quinta-feira, 17 de março de 2011

INDICAÇÃO: "Água para elefantes" (Sara Gruen)

A indicação de hoje é um relançamento de um livro que já se tornou um clássico, estou falando de "Água para elefantes" da autora Sara Gruen publicado pela Editora Sextante.

A nova edição conta com uma capa lindíssima com uma imagem do filme, que está dando o que falar pois tem Robert Pattinson como protagonista, o Edward da Saga Crepúsculo encarando um papel mais dramático.

A sinopse por si só já mostra o quão linda deve ser essa história. Gostaria de lê-lo antes de conferir o filme, afinal, o livro é sempre melhor.

Autora: Sara Gruen
Editora: Sextante
ISBN: 9788599296158
Páginas: 272
Formato: 16 x 23 cm - Brochura
Primeiro Capítulo: Clique aqui para acessar.

Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solícitas e fantasmas do passado. Durante 70 anos Jacob guardou um segredo: nunca falou a ninguém sobre o período de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora.

Aos 23 anos, Jacob era um estudante de veterinária, mas teve sua vida transformada após a morte de seus pais num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de fazer as provas finais e, desesperado, acaba pulando em um trem em movimento, o Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra. Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofrerá nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August, o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais.

É também sob as lonas que ele se apaixona duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August; e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo.


Trailer:

Continue Lendo

quarta-feira, 16 de março de 2011

RESENHA: “Eu sou o número quatro” (Pittacus Lore)

Nunca li livros sobre aliens por isso tive um pouco de receio no começo. Achei que pudesse ser uma leitura muito diferente do que eu estou acostumada (vampiros, anjos, lobos e etc.), mas agora, me arrependo de não ter lido antes, de ter demorado tanto para terminar, porque o livro é incrível!

Adorei o humor intrínseco na mensagem que tem logo no inicio do livro, como uma advertência ao leitor antes da leitura:
“Os eventos nesse livro são reais. Nomes e lugares foram modificados para proteger os seis lorienos que continuam escondidos. Considerem isso um primeiro aviso. Outras civilizações existem. E algumas querem destruir vocês.”
O livro conta a estória do povo do planeta Lorien, um planeta semelhante a Terra, muito antigo, que já passou por todas as dificuldades que nós passamos aqui (poluição, escassez de recursos e etc), mas conseguiu superar tudo isso através de medidas sustentáveis, o que fez seu povo prosperar. Há dois tipos de raças em Lorien: os “Cepâns”, que são pessoas comuns que cuidam da parte burocrática do planeta e são designados a serem Guardiões dos “Garde”, que são os seres com super poderes (chamados de Legados) que protegem o planeta. Esses Legados são variados e podem ser: invisibilidade, controlar a luz, controlar os elementos, resistência ao fogo e etc.

Tudo ia muito bem em Lorien até a chegada dos Mogadorians, que habitam um planeta no qual já destruíram todos os seus recursos e invadem Lorien em busca de novos recursos. São seres diferentes que lutam junto com bestas e só pensam em destruição. Por mais que Lorien tenha os Gardes e os seus Legados, eles não estão preparados para uma Guerra e estão em numero menor que o inimigo. Antes de serem totalmente dizimados, os Lorianos mandam para a Terra 9 crianças Gardes e 9 Cepâns com um feitiço que só podem ser mortos na ordem de numeração qeu cada um recebeu, desde que fiquem separados.

A única esperança de Lorien é que essas crianças consigam crescer e desenvolver seus Legados para tentar destruir o inimigo e reconstruir Lorien. Mas os Mogadorians não deixam isso barato e vão atrás deles com o intuito de matá-los antes que fiquem fortes e de quebra tentar planejar um jeito para dominar a Terra e usar seus recursos (já que de Lorien só restam cinzas). Isso é apenas um pouco de todo o universo criado pelo autor, há muito mais detalhes apresentados durante a estória.

É aterrorizante saber que eu sou o próximo. Mas temos nos mantido à frente deles com as constantes mudanças, fugindo. Estou cansado de fugir, mas sei que é isso que nos mantém vivos. Se pararmos, eles nos encontrarão. E, agora que sou o próximo da fila, devem ter intensificado a procura, sem dúvidas. Certamente sabem que estamos nos fortalecendo, desenvolvendo nossos Legados.
No inicio do livro vemos a morte do Numero Três. Toda vez que um deles morre, todos sentem, pois se a forma uma cicatriz. E é assim que começa a trajetória do Numero Quatro, que fica sabendo ele é o próximo da lista. Henri, o seu Cêpan, assim que sabe disso, resolve que eles devem se mudar mais uma vez, o que faz saírem da Flórida e irem para uma cidadezinha do interior de Ohio, chamada Paradise.

A vida de Quatro é repleta de mudanças de cidade e pouco contato com as pessoas para não levantar suspeitas. Tudo muda em Paradise, seu nome agora é John Smith, na escola ele fica amigo de Sam (um nerd que tem como hobby ler sobre extra terrestres), se apaixona por Sarah e é perseguido pelo jogador de futebol valentão e ex-namorado de Sarah, Mark James.

Teoricamente ele não pode se expor, mas isso vai ficando cada vez mais difícil quando começa a sofrer bullying na escola. E quando passa por fortes emoções seus Legados começam a se desenvolver. E o livro é isso: dramas adolescentes, misturados com dramas alienígenas, com muita ação, romance e reviravoltas.

Mais tarde eu ligo para Sarah do meu quarto. Penso no que Henri me disse, mas não consigo me conter. Gosto dela. Acho que estou apaixonado por ela. Conversamos por duas horas. É meia-noite quando desligamos. Eu me deito na cama e fico sorrindo na escuridão.
“Eu sou o numero quatro” é muito bem escrito, tem cenas de ação que me deixaram até com falta de ar de tanto medo e tensão. Embora Quatro seja super inteligente e um ótimo personagem, tem momentos que dá raiva suas atitudes movidas por amor, onde ele negligencia sua própria segurança.
– Esperança? – ele diz. – Sempre há esperança, John. Novos acontecimentos ainda são aguardados. Nem toda informação já foi divulgada. Não. Não perca a esperança, ainda. Ela é última coisa que se vai. Quando você a perde, já perdeu tudo. E quando você pensa que tudo está perdido, quando tudo é sinistro e sombrio, sempre há esperança.
A maior virtude do livro é construir uma estória ao mesmo tempo atraente aos jovens e com todo um cunho ambientalista com questões como poluição, natureza, sustentabilidade, sem se tornar chato. É uma maneira de atingir as pessoas que ainda não acordaram para essa realidade.

O livro é tão bom que ver o filme me dá muito medo, porque com certeza muitas partes serão cortadas e muita coisa deve deixar a desejar, não creio que consigam representar tão bem tudo aquilo que vivi enquanto lia. Tenho certeza que essa série vai ser sucesso tanto quanto Percy Jackson ou até mesmo Harry Potter. É aquele tipo de livro “must read”! Recomendo muito!

Continue Lendo

segunda-feira, 14 de março de 2011

INDICAÇÃO: "Drácula Veste Dior" (Scarlett Stocker)

Dicas de moda nunca são demais, é sempre bom saber se vestir com bom gosto, sem cometer erros, seja no dia-a-dia ou em ocasiões especiais. E quando há um pouco de humor em meio a essas dicas, torna-se tudo ainda mais interessante!

Essa é a proposta do lançamento da Editora Larousse, "Drácula veste Dior", da autora Scarlett Stocker. Vale a pena conferir essas dicas!

"Drácula Veste Dior"
Autor: Stocker, Scarlett
Editora: Larousse Brasil
Categoria: Artes / Moda
Número de Paginas : 176
I.S.B.N.: 9788576357889

Cansada da capa vermelha que a família Drácula ostenta, a vampiresa saiu às ruas para ver o que as pessoas estavam usando. Ficou chocada, horrorizada e... extasiada.

Decidiu então criar este guia de A a Z para que as mulheres (e homens, claro) possam saber o que definitivamente é proibido usar e como vestir-se bem para estar chique todos os dias, sem gastar muito e aproveitar as opções que já estão no guarda-roupa. Um livro para não sair das mãos de nenhum mortal!

Continue Lendo

sexta-feira, 11 de março de 2011

#PROMO: "Estátuas de Sal" (André Cardinali) - Via Twitter!


E hoje começa mais uma promoção! E é sobre um grande livro nacional! Estou falando de "Estátuas de Sal" do autor André Cardinali.

Se você ainda não leu a nossa resenha desse livro, clique aqui e conheça a trajetória de Alice em busca da verdade sobre o incidente em São Paulo!

Prêmio

O sorteado ganhará o livro “Estátuas de Sal" (André Cardinali) autografado.

Regras

1. Seguir o Blog; (no menu ali ao lado, vide foto, basta ter uma conta no google, twitter ou yahoo)

2.
Seguir o twitter do @dear_book e do livro @estatuas_de_sal

3. Comentar na resenha do livro (relacionado a resenha, nada de colocar só "Participando =D") clique aqui para acessar o post.

4. Comentar nesse post colocando o seu twitter e nome de seguidor do blog.

5. Postar no twitter a seguinte frase:

#PROMO Quero descobrir com o @dear_book os segredos do livro “Estátuas de Sal” (Andre Cardinali)! Regras http://migre.me/42nia


Informações

1. Inscrições até às 12:00h do dia 26/03
2. O autor tem até 30 dias para enviar o livro ao vencedor
3. Se o vencedor não seguir as regras será feito um novo sorteio
4. Os tweets podem ser feitos de 1 em 1 hora.
5. Se você já comentou na resenha não precisa comentar novamente para participar
6. O sorteio será realizado pelo site twitRand

Continue Lendo

SÉRIE: The Walking Dead (1ª temporada)


A série de hoje é a que mais deu o que falar ano passado, teve uma estreia sem grandes expectativas, a primeira temporada teve apenas 6 episódios, mas virou um babado! Estou falando de "The Walking Dead".

A trama foi inspirada em um HQ (história em quadrinhos), que tem o mesmo nome que a série e já está na edição numero 82, o que significa que tem ainda muita coisa para explorar na tv. Para saber mais sobre o HQ clique aqui.

Vemos muitas séries por ai com temas sobrenaturais como: vampiros, anjos, demônios, bruxas, lobos, tem de tudo, mas zumbis não é um tem muito explorado.

Pense em zumbis, não nos toscos dos filmes de Resident Evil (ainda não superei ver o Nemesis CHORANDO e a Jill sendo figurante nos filmes), mas sim no game, aquele que colocou medo em muita gente no final da década de 90 e inicio de 2000, que até hoje é um clássico de muito sucesso. Junte esses zumbis com uma grande epidemia em meio ao drama pessoal dos sobreviventes. Isso é The Walking Dead.

Rick Grimes é um policial que acordou do coma em meio a confusão da epidemia zumbi e desde então busca sua família, tem esperanças que eles estejam vivos. Em meio a sua jornada ele conhece algumas pessoas e faz de tudo para ajudá-las, até se unir a um grupo de sobreviventes. Embora ele seja o personagem principal, há espaço para história de todos os sobreviventes e seus dramas.

A maquiagem dos zumbis é muito bem feito, não tem aquela aparência artificial de filme de terror de baixo orçamento, esse é um dos trunfos da série que a torna mais realista.

O sucesso foi tão grande que nessa temporada serão 13 episódios e estão querendo antecipar a estréia para julho. Agradeço ao Leo (colaborador aqui do Dear Book e meu namorado ;D) que começou a baixar a série e me convidou a assistir. E por falar em baixar, para quem quiser, basta clicar aqui.

THE WALKING DEAD
Gênero: Ação/Aventura, Ficção, Suspense
Primeira Temporada: 6 episódios
Elenco: Andrew Lincoln, Jon Bernthal, Sarah Wayne, Lauren Holden, Steven Yeun

Sinopse: The Walking Dead é baseada na série de quadrinhos homônima criada por Robert Kirkman. No seriado, descobriremos como é a vida na Terra após um apocalipse zumbi, em que a enorme maioria da população da terra foi infectada por um vírus misterioso que os transforma em mortos-vivos. Os poucos humanos que sobreviveram à epidemia agora devem se unir para encontrar um novo lar, longe dos zumbis.
O grupo é liderado por Rick Grimes (Andrew Lincoln), um policial que acordou sozinho em um hospital cercado por mortos-vivos e agora procura sua esposa, Lori (Sarah Wayne Callies), e seu filho. Ele se junta a Shane (Jon Bernthal), seu ex-parceiro na polícia; Andrea (Lauren Holden), uma das duas irmãs que escapou da praga; Glenn (Steven Yeun), um varredor de ruas experiente; entre outros humanos igualmente assustados que lutam para escapar do vírus.

Trailer:





Continue Lendo

quarta-feira, 9 de março de 2011

RESENHA e #PROMO: "Beijada por um anjo - Almas Gêmeas" (Elizabeth Chandler)

Dificilmente se fala sobre um desfecho de trilogia sem entregar o fim, concordam? Por esse motivo essa resenha não conterá spoiler algum, já que cada fato acontecido pode ser uma pista para desvendar o mistério tão aguardado durante a história toda.

O terceiro livro de Elizabeth Chandler, sem dúvida nenhuma, é o melhor da trilogia, já que explora muito mais o romance entre Ivy e Tristan e ainda dá passagem para que outros personagens nos encantem tanto quanto o anjo, como é o caso de Will. O garoto que antes tinha apenas algumas aparições pela história agora é um personagem tão encantador e especial quanto o próprio protagonista.

Outra personagem que apesar de ser apenas um borrão púrpura, desde o segundo volume da série, arrasa do início ao fim é Lacey, o anjo amigo de Tristan e que apesar de deixar bem claro não aprovar o romance entre ele e Ivy o ajuda sempre a desvendar cada pedacinho da trama. Lacey é sensacional e muitas vezes rouba a cena de todos os personagens, seja com alguma de suas citações maravilhosas e humorísticas ou com senso superior de sarcasmo.

A grande surpresa desse livro é Ivy, finalmente! Nunca achei que escreveria esse parágrafo, mas devo confessar que a protagonista deu o ar da graça na história. Agora ela é mais esperta, muito mais intuitiva e finalmente sabe que Gregory não é o cordeiro que mostra ser, mas sim o esperto lobo que quer devorar a chapeuzinho vermelho, uma alusão? Sim, mas a pura verdade para o caráter duvidoso do rapaz.

Outra novidade que é de emocionar? As cenas em que Ivy e Tristan conversam. As partes entre os dois são muito mais emotivas, agora, do que no passado. Ivy parece ter amadurecido e isso dá força à personagem para enfrentar todos os conflitos que a trama suporta.

A minha queixa continua apenas com o que disse na primeira resenha sobre a série. Os fatos que acontecem em um momento e o passar de dias ser numa mesma linha, sem parágrafo e/ou explicação. É o mesmo que dizer: "Estava na piscina com as amigas. Naquela semana que passou a garota não teve mais ânimo para sair de casa." Erros assim me irritam e acabam tirando a concentração para com a história, mas sei que assim como eu vocês gostariam de ler até o fim e dou dois motivos.

O primeiro é o de que vocês não devem gostar de não terminar o que começaram, certo? E o segundo e principal é que a história merece! Afinal, Almas Gêmeas nos traz uma outra vertente da história. A trama não é nada comparado com a perfeita Agatha Christie e seus enigmas, mas o mistério não deixa a desejar em nenhum momento. Vale a pena conferir o possível desfecho de Beijada por um anjo e se entregar à aventura.

Continue Lendo

RESENHA: “O propósito da vida” (Richard Leider e David Shapiro)

Essa resenha vai ser um pouco diferente, pois é um livro que não é diretamente destinado para a maioria dos nossos leitores, que tem idade entre 15 e 25 anos, é indicado para seus pais, avós e demais pessoas queridas que estão na terceira idade. Minha resenha é mais uma reflexão diante dessa leitura.

Todo mundo tem um plano de vida: estudar, trabalhar, casar, criar os filhos, a maioria envolve alguns desses princípios básicos, mas o que fazer quando tudo isso já foi realizado? Devemos viver em busca do que? Essas são algumas das questões respondidas nesse livro.
“A pessoa não deve buscar um sentido abstrato para a vida. Na vida todos têm sua própria vocação ou missão a cumprir em uma tarefa concreta que precisa ser realizada” (citação de Viktor Frankl p. 99).
Antigamente a expectativa de vida era em torno de 50 anos, era um tempo razoável para realizar tudo isso. Atualmente a expectativa de vida está em crescente aumento, na maioria dos países está entre 70 e 80 anos, não sendo raro conhecer gente que está firme e forte aos 90.
“A segunda metade da vida se tornou um território sem mapas. Para os homens e mulheres na meia-idade e além dela, a trilha à frente é desconhecida. É uma jornada que ao longo de toda a história humana nunca foi feita nessa escala e com tal exuberância”.
O livro "O propósito da vida" aborda o que fazer nessa "segunda metade da vida", depois que você já realizou todos os seus planos e se aposentou. É um assunto que precisa ser mais discutido pela sociedade que não pode ignorar o aumento da população de idosos. O livro é dividido em 3 partes: “Saboreando o mundo”, “Salvando o mundo” e “Descobrindo o seu caminho”.
“Sem algo pelo que viver, morremos. Com algo pelo que viver, levamos a segunda metade de nossas vidas com sentido e objetivo. Objetivo é a única coisa que não pode ser tirada de nós”.
Além de novas políticas publicas voltadas para atividades destinadas a essa parcela da população, é necessário um trabalho mais amplo que envolva o psicológico, a busca pessoal, onde cada um precisa descobrir motivações e ações para preencher esses anos sem se deixar levar por depressão ou qualquer outro problema que afete o bem estar e a saúde. Cada um que ler as dicas desse livro irá realizar sua própria busca e reflexão. O livro realiza muito bem o seu papel como auto-ajuda, sem ser cansativo.

Também é extremamente necessário o apoio da família ao invés do abandono em asilos. Não é raro hoje em dia ver idosos que participam de atividades físicas, danças, pintura (quadros, tecidos), artesanato e etc, por isso é necessário o incentivo e motivação da família para que eles não fiquem isolados em casa.
Agora dê o primeiro passo. Olhe no espelho e observe as “doçuras do amadurecimento” em seu próprio rosto. Avalie a noção do sentido e objetivo em seu olhar. Permaneça tempo suficiente para ver além da imagem externa, para apreciar plenamente a si mesmo do modo como é.
Após a leitura, passei esse livro para minha mãe, que tem mais de 60 anos e ela está adorando. Por isso recomendo esse livro tanto para o publico alvo dele (terceira idade) quanto para quem busca reflexão e quer se preparar para essa "segunda metade da vida" ou deseja conhecer mais a respeito.

Continue Lendo

terça-feira, 8 de março de 2011

Resultado das promoções: "Lance no Livro" e "Abraham Lincoln - O Caçados de Vampiros"

Oiee gente ^^ Desculpe o atraso, mas surgiram algumas viagens inesperadas no feriado que atrasaram um pouco as coisas ^^" Mas vamos aos resultados!


Resultado da Promoção "Abraham Lincoln - O Caçados de Vampiros"


Um livro polêmico que muita gente que participou da promoção queria ler para tirar suas próprias conclusões ou simplesmente mudou seus conceitos através da resenha.

Foram 853 participações no twitter! Um sucesso!

E a vencedora é........


Fabiola, mande um email para dear.book@hotmail.com com seu endereço para repassarmos para a Intrinseca enviar o livro.

----------------------------------------------------------------------------------

RESULTADO: #Promoção Relâmpago - “Lance no Livro”



A promoção foi um sucesso! 356 participações válidas em poucos dias de promoção!

And winner is..............


Mariely, mande um email para dear.book@hotmail.com com seu login no "Lance do Livro" para que o site deposite os lances.

Continue Lendo

sábado, 5 de março de 2011

#Promoção: Comentarista do mês de Março!

Essa promoção é para você! Leitor fiel do blog que comenta, participa, divulga e etc!

Mudamos o sistema utilizado na promoção de fevereiro, para tentar ser mais justo e mais fácil de participar, já que dessa vez contam apenas os comentários realizados dentro do mês.

Leia atentamente as regras e descubra como participar! ^^ Promoção feita em parceria com a Editora Novo Conceito.

Quer saber mais sobre o livro? Clique aqui!

Prêmio:
1 Livro "Morte e Vida de Charlie St. Cloud" (Ben Sherwood), 1 marcador e 1 porta retrato.


Regras:

1. Seguir o Blog; (no menu ali ao lado, vide foto, basta ter uma conta no google, twitter ou yahoo)

2.
Seguir os twitter do @dear_book e da editora @novo_conceito

3.
Só vale para pessoas que residem no Brasil

4. ATENÇÃO PARA ESTA REGRA:
Para levar o livro para casa, o sorteado precisa ser um comentarista fiel do blog. Ou seja, é necessário que o vencedor tenha comentado em, pelo menos, 50% das postagens feitas de 01/03/11 a 31/03/11. Exemplo: se de hoje até o dia 31/03 tivermos 20 posts, o sorteado deve ter comentado em, pelo menos, 10 deles.
E não vale comentar de qualquer jeito! Queremos premiar quem realmente merece!

5. Preencher o Formulário (APENAS 1 VEZ!)



Se o vencedor não seguir as regras será feito um novo sorteio;

Divulgação espontanêa:

O intuito da promo não é lotar o twitter com a divulgação, mesmo porque só pode preencher o formulario 1 vez, mas vocês pode divulgar espontaneamente, se quiser nos ajudar:
#PROMOÇÃO Sou comentarista fiel do @dear_book e vou ganhar o kit de "Morte e Vida de Charlie St. Cloud" http://tinyurl.com/4fkvho5

Informações:

1. O sorteio será feito pelo random.org.
2. Validos para os comentarios de 01/03/11 a 31/03/11
3. O kit será enviado em até 30 dias para o vencedor

Continue Lendo

sexta-feira, 4 de março de 2011

INDICAÇÃO: "Eterno" (Erika Spencer)

A Editora Arielli apesar de nova no mercado, vem ganhando muito destaque seus lançamentos anunciados para 2011, seu foco é predominantemente livros nacionais e o lançamento de novos autores. E é a mais nova parceira do Dear Book. ^^

Um dos seus lançamentos anunciados que nos chamou muito a atenção é "Eterno" da autora Erika Spencer (que também é a fundadora dos site de leilões literários "Lance no Livro"), que tem previsão de lançamento para 13 de maio.

O livro mostra uma visão diferente dos nossos queridos seres sobrenaturais, os vampiros. A história se passa em 3 épocas diferentes e seu foco são os sentimentos os protagonistas que se dividem entre: amor, vingança, e redenção. Fiquei super curiosa para ver isso do ponto de vista vampiresco.

E o melhor de tudo é que é um livro nacional! Temos que aprender a valorizar e conhecer o que há de bom em nosso país e não achar que só os livros estrangeiros são bons!

"Eterno"
Autora: Erika Spencer
Páginas: 311
Editora: Arilelli
Formato: 14x21 cm
Data de Lançamento: 13 de maio de 2011

Descubra que o amor pode mais que uma vida...

Sinopse: Na França mergulhada em preconceitos e tabus, nasce uma história de amor que você vai se apaixonar. O que parecia uma paixão a primeira vista sobrevive ao tempo e atravessa a morte em uma história que mostra aos leitores que séculos depois, os sentimentos ainda podem ser mais fortes, apesar dos desafios.

Dividida em três diferentes épocas, mas com os mesmos personagens, em vidas distintas, você vai conhecer a difícil trajetória de um jovem casal para alcançar um ao outro. Amor, sangue, vingança e seres ocultos em um caminho que envolve suspense, morte, espiritualidade e uma grande paixão.

Uma história surpreendente, mostrando que o lado espiritual exerce grande poder no amor e na transformação desses seres. Com uma abordagem diferente, Eterno mostra que os vampiros também amam e mudam, evoluem e sofrem. Porque tudo pode ser diferente quando se envolve um verdadeiro amor. Todos têm uma chance de se redimirem, mesmo que sejamos ETERNOS.

  • Mais informações no blog do livro, clique aqui para acessá-lo.

Continue Lendo

quinta-feira, 3 de março de 2011

RESENHA: “Os Sete” (André Vianco)

Por Leo Rios: Oi Gente! Estou de volta com mais uma resenha! Espero que gostem!

“Tem gente que não acredita em vampiros...”.

E com essa frase nos iniciamos uma jornada bastante interessante. Confesso que estava relutante em ler o livro, pensando que iria encontrar sempre os mesmos padrões que os vampiros são demonstrados, góticos, americanizados, etc. Porém fui surpreendido, pois os vampiros possuem características distintas e envolventes, que acabam cativando, desde seus princípios (acreditem, alguns possuem!) até as suas visões sobre o novo mundo.

A estória começa com um grupo de exploradores digamos “amadores” que acidentalmente descobrem segredos em um barco desprezado que naufragou perto não muito longe da costa. Contudo, atraídos pela promessa de descobrirem relíquias valiosas como estátuas ou objetos dos tempos antigos acabam encontrando uma caixa de prata contendo mistérios que não deveriam ser revelados.

“Todos sabiam que aquela não era uma criatura natural. Fora todo o episodio de ter-se regenerado completamente, um homem normal já estaria totalmente congelado dentro do laboratório. Ele, entretanto, caminhava tranqüilo, como se tivesse em seu hábitat”.

Após interessantes acontecimentos, Inverno o primeiro dos imortais a aparecer, se torna um personagem interessante por demonstrar a fúria e a vontade de descobrir sobre o novo mundo à medida que sozinho aprende sobre tecnologia e inovações contemporâneas. Porém, mesmo com um grande poder de destruição, Inverno realmente não deseja se encontrar com o mais temido e misterioso dos sete irmãos, o Sétimo.

Existe um mistério em relação ao sétimo irmão, o mais forte, o mais cruel, o traído... cuja continuação direta desse livro (“O Sétimo”) é voltada a sua ira e vingança... Mas esse já é outro livro... Porém não menos interessante... Hehehe.

“Os Sete” não possui como personagens principais apenas os vampiros, pelo contrario, Tiago, Eliana, Olavo, Delvechio dentre outros têm partes fundamentais que enriquecem essa estória, criando segmentos a fim de estruturar a narrativa para o leitor obter todas as sensações que o autor deseja demonstrar.

É um pouco complicado falar a respeito do livro sem entregar partes importantes (como já comecei a entregar... rs), mas prometo que não irão sentir as horas passando quando estiverem envolvidos dentro das páginas de “Os Sete”.

Continue Lendo

quarta-feira, 2 de março de 2011

INDICAÇÃO: "Eu sou o Número Quatro" (Pittacus Lore)

A indicação de hoje é um lançamento super aguardado! Estou falando da série "Legados de Lorien" do autor Pittacus Lore que terá seu primeiro livro "Eu sou o número quatro" publicado pela Intrinseca, com lançamento previsto para 14/03.

O livro promete mostrar uma grande guerra inter galática, onde os últimos habitantes do planeta Lorien acabam tendo que fugir para a Terra para tentar despistar daqueles que dizimaram seu planeta. Acontece que eles descobrem seu paradeiro e começam uma caçada, onde precisam matar os sobreviventes por ordem (cada um é tem número), o Um, Dois e Três já morreram, este livro mostra a trajetória do número Quatro em meio a toda essa guerra.

Houve polêmica no twitter após a divulgação da capa, pois muitos queriam a original ao invés de uma inspirada no cartaz do filme, eu particularmente gostei mais da brasileira. (Clique aqui para ver a original).

Já estamos com a prova de leitura do livro e pretendemos colocar a resenha no dia do lançamento para que vocês possam conhecer um pouco mais dessa estória!

"Eu sou o Número Quatro" - O Livro que Originou o Filme
Editora: Intrínseca
Autor: Pittacus Lore
ISBN: 9788580570137
Número de páginas: 352
Acabamento: Brochura
Data de Lançamento: 14 de março
Link no Skoob
"Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Temos poderes com os quais vocês só podem sonhar. Somos mais fortes e mais rápidos que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes, mas somos reais".
Sinopse: Esta obra conta que no passado, nove jovens alienígenas fugiram do planeta Lorien, ameaçado pelos Mogadorians, para se esconder na Terra. Uma vez aqui, e na medida em que se tornaram adultos, começaram a desenvolver poderes sobrenaturais.

Mas os invasores estão dispostos a pegá-los e isso precisa acontecer na sequência certa, já que eles são reconhecidos por números. Um, Dois e Três já foram assassinados e agora o número quatro conhecido entre os humanos como John Smith será o próximo alvo.

Ele muda-se para Paradise, no estado de Ohio, disfarçado de estudante colegial e lá conhece Sarah Hart, por quem se apaixona e começa a acreditar ser ela um bom motivo para deixar de fugir. O planeta Lorien foi destruído. Os habitantes foram dizimados, exceto nove crianças e seus Guardiões, que se exilaram na Terra. Mas a raça que devastou aquele planeta os seguiu. Os Nove estão sendo caçados. A guerra deles chegou à Terra, e aqui será decidida.

Continue Lendo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris