domingo, 31 de julho de 2011

Resenha: “Interligados- Aden Stone e a batalha contra as sombras” (Gena Showalter)

Por Ellen: Antes de iniciar a leitura deste livro, como o de costume, li a contra-capa para verificar sobre o que se tratava. Preciso dizer que o “simples” fato da história envolver lobisomens, vampiros, zumbis, bruxas e ainda quatro almas dentro de uma única cabeça me deixaram, no mínimo intrigada. Como tudo isso “junto e misturado” poderia dar certo? E confesso que quando um livro já começa nos deixando curiosos, não tem como não criar expectativas para que o enredo nos renda uma boa leitura.

O mais engraçado é que como todo primeiro livro de uma série, mesmo com todas as apresentações dos personagens e descrições presentes nele, a leitura é leve e corre tão facilmente que no segundo dia eu já estava facilmente na página 200. Isso para mim é impressionante, não porque leio devagar, mas por conta do tempo diário que reservo para a leitura em si, tendo em vista que trabalho, sou mãe e esposa.

Nosso personagem principal é Haden Stone, um cara nada normal que foi abandonado por seus pais ainda pequeno e que passou toda a sua vida perambulando entre uma instituição e outra, seja em um reformatório ou em hospitais psiquiátricos. Esse último detalhe deve-se ao fato dele possuir dentro de sua cabeça quatro almas, cada uma dotada de um dom especial. Eve (a única mulher) pode viajar no tempo, Caleb pode literalmente possuir o corpo de outra pessoa, Julian ressuscita os mortos (zumbis) e Elijah que prevê o futuro.
“Ele amava todas aquelas quatro almas. Até mesmo Julian, o despertador de cadáveres. No entanto, qualquer outro garoto no mundo poderia fugir de todo mundo e ficar um pouco sozinho. Eles poderiam fazer o que garotos de dezesseis anos fazem como...bem, coisas. Eles podiam namorar, ir à escola e praticar esportes. Divertir-se. Aden, não. Aden, nunca”.
Tudo na vida de Aden (como prefere ser chamado) não é nada simples, imaginem com quatro vozes (além da sua) falando dentro da sua cabeça! Por isso o estigma de esquizofrênico. Mas a autora consegue separar todas as “vozes” de forma simples ao enfatizar a personalidade de cada um além das letras em itálico. Grandes mudanças começam a acontecer quando ele conhece Mary Anne. A simples presença da garota faz as vozes em sua cabeça calarem o que o deixa intrigado e em busca de respostas. É aí que ele vai lutar por uma matrícula em uma escola regular (a mesma de Mary Anne) para desvendar esse mistério.

Ainda nesse âmbito escolar ele conhece uma princesa vampira, Victoria, e um lobisomem, Riley. Acreditem mesmo com um enredo um pouco familiar a história é diferente das quais estamos acostumados a ler. E não só pela adição de outros personagens mas também pelo o desenrolar em si dos fatos. Cada personagem tem seus próprios problemas que no final, de certa forma, contribuem para uma solução.

O livro já inicia com ação em uma batalha de Aden contra zumbis. E do meio para o fim o livro começa a se tornar investigativo e cheio de descobertas, decepções, desafios e uma batalha que está longe do final. Já que nesse livro uma outra batalha já é anunciada, o que com certeza gera no leitor uma ansiedade para a sua leitura.

“Interligados” certamente é um livro para se apreciar com boas horas de leitura e o mais importante: sem se cansar. A autora usa uma linguagem simples e dosa as “novidades” de uma forma tão bem seqüenciada que nos levam realmente a mente dos personagens e nos faz sentir todas as emoções presentes neste livro.

Continue Lendo

sábado, 30 de julho de 2011

[Quadrinhos] "Scott Pilgrim contra o Mundo"

Primeiramente, eu sou Taka, agradeço o Dear Book pelo espaço e venho aqui inaugurar a coluna de Comics e Mangá no site que irá ao ar todo Sábado.

Para começar, vamos com um dos principais quadrinhos da atualidade que até ganhou uma ótima adaptação pro cinema ano passado.

Scott Pilgrim é nada mais, nada menos que o reflexo da geração Y amante de livros, cinema, quadrinhos e principalmente, games.

A historia em si é básica: um jovem canadense de 23 anos que não se considera crescido, que vive no ócio e com sua banda de garagem. Apaixona-se por uma garota que teve 7 ex-namorados, até aí é simples, todos nós já namoramos e tivemos que entender o passado romântico da pessoa, mas o jeito que o enredo é contado como uma metáfora gamer, onde para superar cada um deles, você tem que passar de “fase” e derrotá-los.

Tudo isso vem cheio de referências pop como: Sonic, Pac-man, Mario ,Street Figther, Final Fantasy , diversos filmes Cult e muito mais que contam com um traço diferente do convencional de Bryan Lee O'Malley.

E além do protagonista, a série apresenta diversos personagens carismáticos como Wallace , seu colega gay com quem divide o quarto, também temos a Ramona, uma garota cheia de atitude ou a Kim, uma baterista invocada sempre com suas tiradas sarcásticas.

Scott Pilgrim é um quadrinho altamente recomendado que traz muita originalidade, sutileza e diversão para quem lê e mostra que não é a toa que vem conquistando o mundo, sendo o retrato de muitos dessa geração.

Se você preferir a obra, ela ganhou um filme ano passado dirigido por Edgar Wright e estrelado por Michael Cera (Juno), Chris Evans (Capitão America) e Mary Elizabeth Winstead(Duro de Matar 4.0) estão no elenco. O filme é muito fiel aos quadrinhos e merece ser assistido, confira abaixo o trailer:


Informações do produto no Brasil

Editora: Quadrinhos da Cia
Tradução: Érico Assis (OMELETE)
Páginas: 368
Acabamento: Brochura
Clique aqui e leia um trecho On-line


Continue Lendo

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Indicação: "Sombra" (Elena P. Melodia)

A indicação de hoje é um livro que eu estou contando os dias para poder lê-lo! É "Sombra" da autora italiana Elena Melodia, a continuação de "Escuridão" (clique aqui para ler a resenha de "Escuridão").

A capa dessa vez está bem melhor! Conheça mais sobre o livro lendo sua sinopse e vendo o book trailer!

"SOMBRA"
Autora: Elena P. Melodia
Tradução: Eliana Aguiar
ISBN: 9788581050003
Lançamento: 05/08/2011
Formato: 16 x 23
340 páginas
"Dedicado aos adolescentes, mas capaz de aterrorizar até mesmo um adulto e fazer ressurgir nele o garoto que foi um dia" - Vanity Fair
Sinopse: Depois de Escuridão, a personagem Alma continua em Sombra a saga para escapar de seu destino e das ordens do temido Leviatã.

Logo nas primeiras páginas, Alma recobra a consciência no piso de madeira de uma papelaria. Incrédula, com a cabeça doendo, a protagonista depara-se, a seu lado, com o corpo morto do velho dono da loja. Não há dúvidas: trata-se da nona vítima dos Master, criaturas saídas de um mundo maléfico que lançam sua sombra sobre a cidade.

A jovem não tem outra saída a não ser fugir. Morgan, o enigmático rapaz de olhos cor de violeta, o único que parecia compreendê-la, não está ao seu lado e seu paradeiro é desconhecido. Sem ele, a protagonista sente-se perdida.

Alma não decifra a fotografia de uma menina absolutamente idêntica a ela e se pergunta: seria apenas uma sósia ou algo mais sinistro? Os mistérios não se encerram por aí. Morgan, seu confidente desaparecido, ressurge. Ele marca um encontro com a amiga num esconderijo subterrâneo debaixo de um velho aqueduto. Teria algo a ver com os assassinatos que ocorrem na cidade? Ou com as vozes na cabeça de Alma?

Continue Lendo

[Série] Novidade :: Teen Wolf


Aproveitando a onda dos Teen Choice Awards que ocorrerão domingo dia 7 (canal Boomerang), vou falar de um dos indicados e que se tornou uma das séries queridinhas pelo público teen norte americano. A série também estréia dia 3 no Sony Spin às 21 horas.

Teen Wolf é uma série baseada no filme homônimo dos anos 80 estrelado por Michael J. Fox (com certeza você já viu inúmeras vezes na Sessão da Tarde). Conta a história do adolescente, meio bobinho e sem sal, Scott McCall (Tyler Posey) quando é mordido por um animal e suas consequências.

Tudo começa com um corpo sendo encontrado numa propriedade abandonada (praticamente um bosque) e Stiles, filho do xerife, convencendo seu melhor amigo a espiar o local em busca do corpo, porque para ele pode ser algo divertido (retardado). Enfim, quando estão na tal propriedade/floresta eles acabam se separando e Scott na busca de sua bombinha de ar (ainda tem asma, pode ficar pior?) é atacado por uma espécie de lobo e acaba sendo mordido.

A partir daí inúmeras mudanças ocorrem e seu amigo acaba confirmando que se trata de um caso de Licantropia (sim lobisomens), Scott torna-se o melhor do time de Lacrosse o que acaba causando inveja do capitão do time Jackson (o vilãozinho sexy da história) e acaba conquistando a recém chegada a cidade Allison Argent, que por um terrível ironia vem de uma família que caça lobisomens.

Tudo podia ser uma maravilha para Scott agora que tem sentidos mais aguçados e tudo está dando certa na sua vida, mas assassinatos continuam acontecendo e todos causados por terríveis ataques de animais. Na busca do lobo assassino e de quem o mordeu, ele acaba se deparando com a misteriosa figura de Derek Hale, também um lobisomen, que a princípio é tratado como um suspeito, mas logo depois mostra-se uma espécie de amigo/instrutor para Scott ajudando-o a controlar suas transformações.

Esperava muito mais da série afinal ela já foi renovada pra sua segunda temporada, é preferida de muitos nos EUA e ainda teve várias indicações para o Teen Choice Awards. Me decepcionou um pouco mas confesso que não é de todo ruim. A história só melhora depois do terceiro episódio, a trama fica mais consistente e finalmente consegue prender a atenção do telespectador. Nota razoável para o elenco, o único ponto alto que dou são para os meninos que ficam sem camisa quase metade do seriado (como amo séries sobrenaturais!! ai ai), nota 1000!!!

Para quem gosta de lobisomens sem camisas, uma história teen envolvente e algumas cenas de lutas bem interessantes e de tirar o fôlego, então você deve assistir Teen Wolf pois não irá se arrepender. Agora pra quem acha esse tema meio repetitivo e chato, passe longe da série. Teen Wolf me chamou a atenção para os lobisomens que NÃO são lobos, são monstros mesmo, o que adorei.


Apesar de minhas críticas meio loucas sobre a série eu a recomendo, e indico os episódios 6 e 7 que na minha opinião foram os melhores até agora!! Acreditem essa série tem potencial para melhorar, pode ter me desanimado no início mas até que me cativou!! Já me tornei um pouco viciada!!

Confira o trailer oficial legendado pelo pessoal do GeekSub!!! E não esqueça de dizer o que achou da série!! ;D












Continue Lendo

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Indicação: "A Fera" (Alex Flinn)

Gente! Hoje temos uma super indicação! Um lançamento muito esperado aqui no Brasil!


A Galera Record divulgou a capa, sinopse e previsão de lançamento de "A Fera" (o nome internacional do livro é "Beastly") da autora Alex Flinn.

Esse livro fez muito sucesso internacionalmente e agora teremos a oportunidade de conferir a versão nacional! ^^

Há também um filme estrelado por Alex Pettyfer e Vanessa Hudgens, confira o trailer no final da postagem! ^^

Clique aqui para ver a capa internacional e diga-nos qual mais gostou!

Sinopse: Eu sou uma fera.

Uma fera. Não exatamente um lobo, ou um urso, um gorila ou um cão, mas uma terrível criatura que anda em duas patas — uma criatura com dentes e garras e pelos surgindo de cada poro de minha pele. Sou um monstro.

Você acha que estou falando de contos de fada? De jeito nenhum. O lugar é Nova York. O momento é agora. Não sofro de uma deformidade ou uma doença. E vou ficar dessa forma para sempre — destruído —, a não ser que possa quebrar o feitiço.

Sim, o feitiço, aquele que a bruxa da minha aula de inglês lançou sobre mim. Por que ela me transformou em uma besta que se esconde durante o dia e rasteja à noite? Vou lhe contar. Vou lhe contar como eu costumava ser Kyle Kingsbury, o cara que você gostaria de ser, com dinheiro, beleza e uma vida perfeita. E aí vou contar como me tornei... a fera.

Alex Flinn adora contos de fada e fez suas duas filhas aguentarem dezenas de versões de A Bela e a Fera enquanto escrevia este livro... E aí perguntou a elas como uma fera agiria para encontrar uma garota em Nova York. É autora de outros cinco livros, vencedores de vários prêmios norte-americanos. Ela mora em Miami.

Previsão de lançamento: 24 de agosto

Continue Lendo

Resenha: "Escuridão" (Elena P. Melodia)

Por Juny: Me arrependi de ter deixado esse livro lá no fundo da minha fila de leituras, por um bom tempo... Talvez a capa não tenha ajudado na escolha, mas superando esse detalhe, me surpreendi bastante com esse suspense adolescente escrito pela escritora italiana Elena Melodia!

Diferente dos outros YA Books sobrenaturais que tenho lido ultimamente, esse é bem mais sombrio, não poupa violência e consegue manter o clima de mistério e tensão até as últimas linhas!

Tudo começa quando Alma, uma garota, com aquele estereótipo popular de colégio americano, que se acha linda e escolhe suas amigas através de algumas provações (como destruir algo que mais gosta ou roubar, por exemplo, para ganhar sua confiança), vê seu mundo sem graça, porém altamente controlado e previsível, se desmoronar aos poucos.

Sua amiga, Seline, é vitima de um vídeo indiscreto, enquanto trocava de roupa no vestiário. O vídeo circula por toda a escola. Alma e suas demais amigas se sentem pressionadas a fazer o responsável pagar por isso. E isso é só o começo.

Deve ter sido pela cor, roxo, mas achei que era lindo. Ainda não sei se ou o que vou escrever. Mas estou contente por tê-lo comprado. Precisava ter aquele caderno e ponto final.
As coisas começam a fugir do controle. Alma compra um misterioso caderno roxo, coisas estranhas começam a acontecer e ela se vê envolvida na investigação de assassinatos brutais que começam a acontecer na cidade.

Uma história que no inicio parece mais um drama adolescente fútil e que depois se transforma num suspense, cheio de tensão. No livro são tratados temas como anorexia, gangues, drogas, seitas, violência, etc. A escuridão toma conta da vida de Alma, todos que a cercam parecem esconder segredos, assim como ela.

Uma de suas amigas, Agatha, é a mais misteriosa, em meio ao seu temperamento anti social e violento, esconde algo muito sinistro. Se eu contar mais alguma coisa, será spoiler. Espero que tenham sentido um pouco do mistério e tensão que envolve esse livro.

Alma é uma protagonista digna, raciocina bem, vai a fundo em suas investigações, mesmo correndo muito perigo. Há também o misterioso e sedutor Morgan, que a ajuda em alguns momentos e deve ter uma participação mais efetiva nos próximos livros.

Ás vezes dizem que sou fria. Talvez seja mesmo. Mas saber dosar as emoções é uma necessidade, além de um dever: sorrisos e lágrimas podem ser muito perigosos se ficarem fora de controle. Devem ser administrados com conta-gotas para não caírem nas mãos de algum desgraçado capaz de usá-los contra você mesma.
O único ponto fraco desse livro é a capa. A primeira versão, azul, mais sombria, caia muito bem. Mas creio que a editora tentou torná-lo mais atrativo ao publico adolescente e fez essa capa com as quatros garotas, achei muito infeliz, não coincide com o tom da trama. A capa da continuação, “Sombra” (clique aqui para conferir) segue a mesma linha, mas está melhor.

Nenhum futuro.
Nenhuma resposta.
Nenhuma luz.
Só a escuridão.

O final é daqueles de tirar o fôlego, me lembrou um pouco o estilo de Becca Fitzpatrick (Série Hush, Hush). Muitas coisas ficam sem resposta, só nos resta esperar ansiosamente o lançamento de “Sombra” o próximo livro da série. Recomendo muito!

Continue Lendo

terça-feira, 26 de julho de 2011

Filme: Meninas Malvadas

Olá pessoal!
Durante esta semana que passou, fiquei pensando em qual seria a próxima resenha que faria. Queria fazer de algum filme que havia estreado. Mas, pensando melhor, achei interessante falar de um filme que é um ‘clássico teen’.
Creio que a maioria da meninas (e porque não, dos meninos), já assistiu ou no mínimo, já ouviu falar!
Então, lembrei-me de que na próxima semana, para a maioria das pessoas que estuda, é chegada a hora de voltar às aulas. Então, nada melhor do que falar de um filme ‘clássico teen’ com um ar ‘escolar’.
Enfim...” Meninas Malvadas” foi lançado em 2004.
Para quem não sabe, quem o escreveu foi a atriz e roteirista Tina Fey (“Uma Noite Fora de Série”- como atriz-, “Saturday Night Live” -como roteirista- e “30 Rock”- como uma das criadoras-) que também faz parte do elenco, como a professora Sharon Norburie.
Estrelado por Lindsay Lohan (quando a carreira e a vida dela ainda estavam indo bem), o filme conta a história de Cady, uma garota de 15 anos, que morava na África com os pais e sempre fora educada em casa e de repente, muda para Chicago e vai para a escola pela primeira vez.
Lá, conhece Janis (Lizzy Caplan) e Damian (Daniel Franzese).
Como um típico “high school” americano, há sempre as panelinhas: Os nerds, os drogados, as anoréxicas, as estrangeiras e, claro, as populares (no caso, as “Poderosas”).
É aí que entra Rachel McAdams (a grande revelação do ano, como a abelha rainha Regina George), Amanda Seyfried (outra grande revelação que posteriormente faria outros filmes de sucesso, como a “burrinha” Karen Smith) e Lacey Chabert (como Gretchen Weiners).
As Poderosas são as garotas ricas, patricinhas e malvadas da escola. Mas, de princípio, mesmo sendo alertada por Janis, Cady não liga para esse estereótipo e faz amizade com as três.
Tudo muda quando a novata se apaixona por Aaron Samuels (Jonathan Benett), ex namorado de Regina George, que está disposta a fazer de tudo para voltar com ele.
A partir daí, a suposta amizade de Cady como grupo, vira uma grande guerra das garotas com direito a insultos pelo “Livro do Arraso”, mentiras, problemas, festas, romances, decepções, musical de Natal e até mesmo gincana de matemática!!
Será que “As Poderosas” sobrevivem até o fim do filme?
Um grande sucesso, simples e direto ao passar a mensagem de que sempre há panelinhas em escolas e que nem sempre a amizade com a pessoa mais popular é a amizade mais sincera.
Só uma curiosidade inútil... Mas na minha lista de 10 filmes preferidos, "Meninas Malvadas" ocupa a 9ª posição.
Imperdível!

"Meninas Malvadas"
(Mean Girls-2004)



ONDE ASSISTI PELA 1ª VEZ: Em casa
QUANDO: Não me recordo muito bem, mas creio que tenha sido em 2005.
PORQUE EU ESCOLHI ESSE FILME: Porque era o “filme da moda”. Todas as minhas amigas comentavam sobre ele!
O QUE EU SABIA DE ANTE MÃO: Creio que eu não sabia quase nada... Só que era uma história onde uma garota novata faz amizade com as garotas mais populares da escola, mas obviamente, isso não acabaria tão bem... DIRETOR DO FILME: Mark Waters
QUEM SÃO OS ATORES PRINCIPAIS: Lindsay Lohan, Rachel McAdams, Tina Fey.
QUE TIPODE FILME É: Comédia
DURAÇÃO APROXIMADA: 97 minutos
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 12 anos (violência leve- agressão física)
COMO É A HISTÓRIA PINCIPAL: (Retirei esta descrição da contracapa do DVD do filme): “Criada na selva africana por seus pais zoólogos, Cady (Lindsay Lohan) acha que sabe tudo sobre ‘sobrevivência dos mais bem dotados’. Mas a lei da selva toma um significado totalmente novo, quando a garota de 15 anos, educada em casa, entra na escola pública pela primeira vez. Tentando encontrar seu lugar entre esportivosm cerebrais e outras subculturas, Cady cruza o caminho com a espécie mais perigosa: a Abelha Rainha, mais conhecida como a descolada e calculista Regina (Rachel McAdams), líder da turma mais transada, As Poderosas. Mas quando Cady se apaixona pelo ex namorado de Regina, a Abelha Rainha recebe e ferroada e trama para arruinar a vida social de Cady. As garras de Cady logo aparecem, quando ela pula de cabeça em uma hilariante ‘guerra das garotas’, que vai fazer o colégio todo procurar abrigo.”
TEM UM FINAL FELIZ: Tem!!
O FILME CORRESPONDEU OU NÃO ÀS MINHAS EXPECTATIVAS? Correspondeu. Achei que seria um filme superficial sobre “garotas patricinhas americanas”, mas vai muito além disso. Mostra a história dos alunos de forma realista e muito bem feita.
PONTO FRACO: Então, eu adorei esse filme e acho difícil dizer um ponto fraco. Mas acho que Jonathan Benett, o Aaron Samuels fez uma interpretação mal feita. Na minha opinião, ele já não é bonito o suficiente para viver o namorado da Regina e a interpretação dele foi bem apagada, sem destaque. Não sei se quem já assistiu ao filme concorda, mas eu achei isso!
UMA CENA: Eu adorei aquela cena que o grupo sobe ao palco para cantar “Jingle Bell Rock”, de repente o rádio quebra e as meninas improvisam. Muito interessante!!
UMA FRASE DO FILME: Uma frase dita no final: "Chamar alguém de gordo, não te deixa mais magro. Chamar alguém de estúpido, não nos faz mais espertos. Na vida, temos que resolver nossos próprios problemas".
RECOMENDO ESTE FILME: Claro! Para todos, meninas e meninos!
DICAS PARA QUEM PRETENDE ASSISTI-LO:
- Fazer Pipoca;
- Não sei porque, mas tenho mania de rotular alguns filmes a ser assistidos em dias específicos de semana e acho este filme “a cara” de ser assistido em um sábado à tarde!
-Aproveite a trilha sonora, é MUITO BOA! As minhas músicas favoritas deste filme são: Milkshake (Kelis); Overdrive (Katy Rose) e Built This Way (Samantha Ronson) ;D


BOM FILME E BOM RETORNO ÀS AULAS (para quem estuda e a escola/faculdade volta semana que vem!!!)

Kell :)



Continue Lendo

segunda-feira, 25 de julho de 2011

[Gastronomia & Literatura] Pablo Neruda vai à Cozinha


Algumas semanas atrás, no programa Estrelas, Angélica, juntamente com Pedro Bial, visitaram a casa de Pablo Neruda, que agora é um museu aberto para visitação, em Isla Negra.

Neruda, como todos sabem foi um poeta chileno de enorme influência para a poesia castelhana. Poeta premiado e cheio de paixões, entre elas a carpintaria, o mar e a gastronomia.

E baseado nestas últimas ele escreveu um de seus mais famosos poemas, o Ode ao Caldillo de Congrio.

O Caldillo de Congrio é um dos pratos tradicionais da costa chilena à base de peixe. Embora eu não coma peixe, ao ler esse poema tão inspirador deu até uma vontade (mesmo que pequena) de experimentar esse prato.

Eis aqui alguns versos traduzidos do poema:

“No mar
Tormentoso
do Chile
vive o rosado congro,
gigante enguia
de nevada carne.
E nas panelas
chilenas,
na costa,
nasceu o caldo
grávido e suculento,
proveitoso.
[...] Enquanto
se cozem
com o vapor
os régios
camarões marinhos
e quando já chegaram
a seu ponto,
quando coalhou o sabor
em um caldo
formado pelo suco
do oceano
e pela água clara
que desprendeu a luz da cebola,
então
que entre o congro
e se mergulhe na glória,
que na panela
se azeite,
se contraia e se impregne.
Já só é necessário
deixar no manjar
cair o creme
como uma rosa espessa,
e ao fogo
lentamente
entregar o tesouro
até que no caldo
se esquentem
as essências do Chile,
e à mesa
cheguem recém-casados
os sabores
do mar e da terra
para que nesse prato
conheças o céu.”

O poema o original e completo pode ser conferido aqui.

Assista Aqui Angélica e Pedro Bial provando a receita preparada pela Chef Sabine:


INGREDIENTES DO CALDO DE PEIXE:
- Um quilo de cabeça e ossos de congro
- Duzentos e cinqüenta mililitros de vinho branco
- Dois litros de água
- Uma cebola cortada
- Dois talos de aipo picados
- Uma cenoura cortada
- Louro, tomilho e sal a gosto
- Sal e pimenta a gosto

PASSO A PASSO DO CALDO:

- Lavar bem os ossos e a cabeça sem deixar vestígios de sangue
- Colocar todos os ingredientes em uma panela
- Deixar ferver e, depois, cozinhar em fogo baixo por mais 25 minutos, mais ou menos.

INGREDIENTES DO CALDO DE CONGRO:

- Um litro e meio de caldo de peixe (já pronto)
- Quatro colheres de sopa de azeite
- Duas cebolas sem casca cortadas em lascas
- Três dentes de alho picados
- Quatro tomates sem casca e sem sementes cortados em pequenos cubos
- Dez camarões calibre 20-26
- Dez postas de congro vermelho
- Cem mililitros de creme de leite
- Uma gema de ovo
- Salsinha picada a gosto
Opcional: Trinta rodelas de batatas pré-cozidas

PASSO A PASSO DO CALDO DE CONGRO:

- Fritar as cebolas e o alho no azeite até obter uma cor dourada e reservar.
- Em outra panela, fritar o tomate em azeite e cobrir com o caldo de pescado
- Dourar as postas de congro no azeite para selar o peixe, evitando que ele perca água
- Colocar uma parte das cebolas fritas, o tomate cozido e os peixes em uma panela de barro
- Adicionar o caldo de peixe
- Cozinhar em fogo baixo até que os peixes fiquem no ponto
- Adicionar o creme de leite diluído em um pouco de caldo
- Acrescentar a salsinha a gosto

E então o que acharam desse poema do grande Pablo Neruda? Quem vai preparar esse magnífico prato tão apreciado no Chile? Não deixem de comentar e até segunda.

Boa Leitura e Bon Apetit.

Continue Lendo

domingo, 24 de julho de 2011

Resenha:“Almas Gêmeas” (Fernanda Matias)

Por Juny: A capa já chama a atenção, a sinopse aguça o interesse do leitor por saber o que há de sobrenatural nessa trama. E a leitura é muito agradavel. Tentei ao máximo fazer uma resenha sem spoilers.

Em “Almas Gêmeas” conhecemos a estória de Camila e seus amigos, porém o livro foca mais em Camila, Penélope, Sílvio e Fábio, que possuem uma ligação e desenvolvem habilidades misteriosas.

Um livro nacional, com cenários nacionais (retrata tanto o frio do interior do Rio Grande do Sul quanto o calor e as praias em Salvador), começa com um enredo leve, com a exposição de dramas adolescentes contemporâneos, como a escolha do vestibular, amor entre amigos, problemas na escola (onde há as divisões entre grupos de interesses, as famosas“panelas”).

Aos poucos somos apresentados a questão sobrenatural que envolve o livro, eles começam a desenvolver seus poderes (bem ao estilo X-Men) não vou entrar em detalhes porque é muito importante a descoberta durante a leitura. Gostei também das doses de romance em meio a toda essa ação.
“Muitas vezes me sentia num filme do X-Men. Sempre me escondendo. Mas faltava um professor Xavier. E como fazia falta... Um adulto auxiliando nas mudanças.”
Os capítulos alternam a narração, podemos contar com o ponto de vista de Penélope, Camila, Sílvio e Fábio, o que enriquece a trama, não tendo apenas um narrador fixo.
“Eu me perguntava se o amor seria capaz de superar todas as diferenças e mudanças ao longo da vida de um casal. Meus pais demonstravam que sim e que isso dependia dos dois. Não era simplesmente deixar a carruagem passar, mas sim saber o que fazer quando a carruagem vinha. Não só durante a passagem. Tinha que saber o que fazer antes, durante e depois. Tinha que suportar as mudanças de humor e de comportamento dos dois. E eu tinha aprendido uma lição valiosa”
Há problemas na revisão, a maioria parece ser de digitação, letras invertidas na palavra ou faltando, não afetam a estória, mas podem ser aprimorados no próximo livro da série ou na próxima edição. Isso tem se tornado “comum” nos livros nacionais, por isso fica aqui o alerta para as Editoras investirem mais na revisão. Os leitores agradecem.

Outro porém é que demora para que as questões sobrenaturais sejam esclarecidas e definidas. E o final deixa questões em aberto para serem reveladas no decorrer da série.

A série utiliza de elementos bem promissores e parece ter muito ainda a ser explorado nesse universo criado em “Almas Gêmeas”. Recomendo para quem quer ler um romance sobrenatural nacional com boas doses de ação e romance.

Continue Lendo

sexta-feira, 22 de julho de 2011

[Série] Novidade :: Falling Skies


A série Sci-Fi do MOMENTO, que já foi renovada logo no seu 3º episódio para sua segunda temporada, é o grande tema da coluna de hoje: Falling Skies.

É produzida pelo maravilhoso e genial Steven Spielberg, com um elenco incrivel, falando de invasões alienígenas e a luta pela sobrevivência de alguns grupos de humanos.

A série conta a história de Tom Mason (Noah Wyle - E.R.), um professor universitário de história militar, que se vê diante de uma guerra entre humanos e alienígenas (Saltadores) e resolve se juntar a resistência após perder a esposa e seu filho Ben ser capturado. Torna-se o Segundo no comando da resistência 2ª Massachussets (2ª Mass) graças ao seu conhecimento e seu contato com os civis que formam o grupo.

Acompanhado por vários combatentes, entre eles Hal seu filho mais velho, e pela pediatra Anne Glass (Moon Bloodgood - Terminator Salvation), busca descobrir o porquê da invasão e como evitar serem exterminados pelos alienígenas.

Com muita ação (tiros e explosões), mistérios e momentos bem interessantes, a série se tornou uma das preferidas desse gênero. Com personagens cativantes e muito complexos, visto que todos estão no limite, a trama não se torna parada e nem chata.

Certo que todos esperávamos muito mais da série, afinal foram centenas de comerciais na TNT (Sexta às 22) e no SPACE (Sextas às 22) que nos geraram muitas expectativas que de certa forma não foram atendidas. Muitos a acharam parecida com Guerra dos Mundos, discordei um pouco delas quanto aos alienígenas e seus propósitos, que no filme foram falhos, e a história deles capturarem as crianças e as dominarem usando "arreios" (isso eu já achei meio A Hospedeira) para uma finalidade desconhecida.

Aspectos Positivos :: A temporada é curta (apenas 10 episódios) e por isso mais fácil de acompanhar. Possui temáticas muito importantes para a sociedade, como a esperança, a vida em comunidade e o valor a familia e aos amigos. Há uma grande lição de moral em cada episódio, mas sem ficar chato, pois o desenrolar da série com suas explosões e lutas com alienígenas de seis pernas realmente chama a atenção do telespectador. Com grandes mistérios, a série nos instiga a pensar e tentar descobrir o que está por trás das atitudes e planos dos personagens.

Aspectos Negativos :: A qualidade do episódio piloto aos episódios seguintes caiu um pouco, mas nem por isso desestimula a continuar a assitir. É uma série grandiosa, que tem tudo para dar certo, e por isso receio de seu futuro, afinal quantas séries grandiosas são canceladas assim do nada = muitas.

Já assistiu?? Ainda não??? Tá esperando o quê?? Veja o trailer e diga o que achou da estreante Falling Skies!!!!


Continue Lendo

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Novidades da Semana #2

LAROUSSE

A Editora Larousse está mudando o nome para Lafonte. A equipe e a linha editorial continuarão as mesmas, é apenas uma mudança no nome e na logomarca. Os livros novos começarão a ser impressos com o novo nome.


CAMPANHA "LER ESTÁ NA MODA" - PROMOÇÃO!

A novidade desta semana, é o Concurso Nacional do Jingle da Campanha “Ler está na moda” da empresa Del4s. Depois da escolha da logomarca da campanha, chegou à vez do Jingle.

O concurso é nacional e premiará os três primeiros lugares.

1º lugar: Kit com 10 livros e certificado
2º Lugar: Kit com 5 livros e certificado
3º Lugar: Kit com 3 livros e certificado.

As inscrições para o concurso estão abertas até o dia 01 de agosto, e o julgamento será transmitido através do twitter.

O edital do projeto e demais informações, vocês podem conferir aqui.

EVENTOS

A Editora Universo dos Livros está promovendo um Clube de leitura sobre a autora J. R. Ward, onde serão discutidas as séries Irmandade da Adaga Negra e Fallen Angels.

É uma oportunidade de trocar ideias e experiências sobre os livros, além de concorrer a exemplares das sagas, marcadores e botons.

- São Paulo, no sábado, 30/07/11, na Saraiva Mega Store do Shopping Center Norte, a partir das 16hs.

- Belém, no sábado, 06/08/11, na Saraiva Mega Store do Boulevard Shopping, a partir das 15hs.


Não percam o lançamento do livro "Armas da Vingança", do autor Danilo Barbosa (do blog Literatura de Cabeça) pela Editora Baraúna. Confira os detalhes:


ÚLTIMOS LANÇAMENTOS:

- "Identidade Roubada"(Chevy Stevens) da Editora Arqueiro [Clique aqui para ler a sinopse]
- "Estrela da Noite" (Alyson Noël) da Editora Intrinseca [Clique aqui para ler a sinopse]
- "Mulheres Solteiras são de Marte" (Letícia Vidica) da Editora Universo dos Livros [Clique aqui para ler a sinopse]
- "Origens - Diários de Stefan" (L. J. Smith) da Editora Galera Record [Clique aqui para ler a sinopse]
- "Paixão" (Lauren Kate) da Editora Galera Record [Clique aqui para ler a sinopse]


Continue Lendo

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Resenha: "Halo" (Alexandra Adornetto)

Por Ellen: 1,2,3...apresentando...oi? Meu nome é Ellen Aquino, estarei contribuindo para o Dear Book com resenhas de livros. Tenho 28 anos, sou casada e mãe da pequena Yasmin. Sou formada em Letras Língua Inglesa e moro em Jacareí-SP. Adoro ler livros e assistir séries internacionais. Esta é minha primeira resenha, espero que gostem e acompanhem as próximas.

Sempre me encantei com os mistérios que cercam as histórias sobre anjos e seres celestiais em geral. Ao iniciar a leitura de “Halo”, não me mostrei muito empolgada porque “quanto maior a expectativa maior pode ser a decepção”. Acho que em geral essa é a regra básica para uma leitura. Mas voltando ao livro, “Halo” retrata a vinda de três anjos à Terra que têm como missão proteger os habitantes da pequena cidade de Vênus Cove das forças malignas.

Apesar de estarem disfarçados como irmãos a beleza incomum e o mistério que envolve essa “família” desperta a curiosidade e interesse de muitos. Gabriel é um arcanjo que já esteve outras vezes na Terra e por isso sabe bem como lidar com todas as “novidades” intrigantes da vida mundana. Ivy, que apesar de se apresentar apenas como um anjo, mostra sabedoria e ponderação na medida certa como uma “mãe”. Ela também já esteve outras vezes na Terra e assim como Gabriel é bem objetiva em sua missão, espalhando amor, fazendo caridade e tentando mostrar a bondade aos que a rodeiam. Por fim, falemos de nossa heroína Bethany, que faz sua primeira vinda a Terra e nos mostra a inocência e aguçada curiosidade em entender e desvendar todas as sensações e sentimentos que cercam a vida humana.

Para se entrosarem na sociedade Ivy resolve ajudar a comunidade auxiliando na igreja local e organizando campanhas, Gabriel arruma um emprego como professor de música na mesma escola em que Bethany vai fazer o último ano da colegial. É lá que Beth conhece Xavier, um jovem atraente e divertido que faz o estilo “bom moço”, como um verdadeiro cavalheiro. Esse romance que nasce de forma perturbadora, se transforma rapidamente em algo impossível de Beth conter.

“Não havia nada que eu pudesse fazer quanto a isso. Minha ligação com Xavier foi instantânea e abrasadora. De repente, minha vida antiga parecia distante. Eu estava certa de que não almejava o Céu como sabia que faziam Gabriel e Ivy. Para eles, a vida na Terra era um lembrete diário das limitações da carne. Para mim, era um lembrete das maravilhas de ser humana”.
É com a chegada de um misterioso aluno, tudo se transforma e a ação toma conta do enredo. Na verdade não sei bem se podemos chamar de ação porque os eventos que se seguem não trazem grandes surpresas mas a leitura em geral é muito agradável.

Não tem como não comparar a nossa personagem principal com Bella Swan (Crepúsculo) pois, a mesma fragilidade cabe a nossa Bethany e minhas expectativas para a continuação sugerem que nossa heroína sofrerá grandes transformações para viver este amor proibido. Outra semelhança é o amor entre Beth e Xavier com o de Bella e Edward que parece poder resistir a tudo. Será?

O epílogo me deixou com um gostinho de quero mais, portanto recomendo a leitura e aguardo ansiosa a chegada no Brasil de “Hades”, continuação do livro. Mas você mesmo pode tirar suas conclusões apreciando boas horas desta leitura.

Continue Lendo

terça-feira, 19 de julho de 2011

Filme: "Harry Potter e As Relíquias da Morte - Parte II"

“It all ends”. Toda história tem um fim. Por mais que seja, um dia os créditos sobem, ou a última página é fechada. É essa, a lei da vida. Quantas analogias são feitas com a morte, que obviamente, nada mais é que um fim? Literalmente falando, podemos dizer que, para “HARRY POTTER”, tanto a última página, quanto os créditos, já aconteceram.
Esse final de semana foi especial, especial porque há 10 anos a saga estava apenas começando. Agora, é a hora da despedida, nos cinemas.
Não compareci à pré-estreia, mas fui sábado. Confesso que nunca fui “super fã”. Mas tornei-me. Porém, preciso dizer que não sou 'especialista' em "HP", ainda assim, uma coisa eu sei:
O filme “HARRY POTTER E AS RELÍQUIAS DA MORTE” merece uma atenção especial do mundo por concluir a MAIOR história, a maior saga de todos os tempos. Harry Potter foi um divisor de águas da literatura e do cinema. Afinal, na visão cinematográfica, não é qualquer filme de franquia onde todos são um sucesso absoluto. Meu sincero respeito por esta franquia e pela grande “mestra” de tudo: J.K. Rowling.
Desculpem-me, mas precisava fazer essa introdução antes de apresentar minha resenha, porque não é sempre que se presencia um fim de um sucesso, como esse. Não sei se, em vida, verei outros livros virarem filmes com a intensidade que Harry Potter o fez. Não sei se um mesmo raio cai duas vezes no mesmo lugar.
Enfim, Harry Potter é muito mais do que um “sucesso”. Vocês, leitores, provavelmente compreendem o que eu estou falando, então, acho que não preciso me estender mais. Até porque, nestes últimos dias, o bruxinho vem sendo citado em vários posts! :)

Vamos então, falar do –tão esperado- desfecho.
O filme inicia-se de um modo muito interessante, com Voldemort e sua varinha introduzindo o emblema da Warner Bros.
Então, por ser uma “parte 2”, o ponto de partida é justamente o que ocorre após a morte de Dobby. Harry, Ron e Hermione estão em busca das “Horcruxes”, para finalmente matar Voldemort.
Duendes, dragões e especialista em varinhas fazem parte do início do filme.
À medida que o tempo passa, as cenas ficam mais intensas, o efeito visual é incrível e a sonoplastia também não é nunca menos que excepcional. A combinação destes recursos, com as cenas de Lord Voldemort ficou sensacional.
Já ouvi falar que o último filme é o que carrega a maior carga dramática. Concordo. Por todo o clima do filme (achei muito legal o fato de ser uma “parte 2”, onde parece que os personagens não possuem um minuto de descanso. É como se essa “parte 2” não fosse um filme em si, e sim, a parte clímax da “parte 1”, se vocês me entendem...) ser recheado de aventura, momentos nostálgicos e até mesmo um certo suspense...
Não há uma cena de “diversão”, de “claridade” e sim, apenas momentos tensos e intrigantes. Parece que você está no cinema e o “filme” começa na metade (o que, de fato, é verdade, não é mesmo?). Mas eu ressaltei isso, porque nunca vi uma continuação assim. Onde é o filme todo focado “em uma missão só”.
A cena em que Lord Voldemort e seu “exército” invadem Hogwarts, lançando os feitiços que parecem fogos de artifício, na minha opinião já entrou para aquelas cenas “clássicas”. Entre muitas outras cenas, porque o filme em si, já é um clássico dessa nova geração.
Só mesmo o Voldemort para fazer isso com todos nós. Uma parte dois só para ele! Hehehe...
Isso já mostra o quanto Harry Potter é diversificado e também que o sucesso não é por acaso!
“HARRY POTTER E AS RELÍQUIAS DA MORTE- PARTE DOIS” com certeza deixará você colado na poltrona com suas cenas, seus mistérios e seus personagens, até o fim.
Fim este, recheado de “emoção” (e maquiagem, para fazer os próprios atores parecer mais velhos, 19 anos depois de tudo!)
Foi um desfecho à altura de um sucesso como esse. Não posso deixar de falar isso!


HARRY POTTER E AS RELÍQUIAS DA MORTE-PARTE 2
(Harry Potter and the Deathly Hallows: Part II) (2011)
ONDE ASSISTI PELA 1ª VEZ: no cinema
QUANDO
: 16/07/11
PORQUE EU ESCOLHI ESSE FILME
: Porque é o último filme da franquia “Harry Potter”, todos estavam assistindo e eu (confesso) nunca fui fã, mas não pude deixar de ir, até porque meu lado cinéfilo não podia perder o fim de um sucesso 10 anos depois de ter visto o inicio, no mesmo cinema.
O QUE EU SABIA DE ANTE MÃO
:
-Que era a parte dois do último filme baseado no mesmo livro;
-Sabia de mais alguns detalhes do próprio enredo, porque meu irmão (que fora na pré-estreia) havia me contado, por exemplo, cenas bem significativas do filme...
DIRETOR DO FILME
: David Yates
QUEM SÃO OS ATORES PRINCIPAIS
: Daniel Radcliffe, Emma Watson, Rupert Grint, Ralph Fiennes, Michael Gambon
QUE TIPODE FILME É
: Aventura/Ação/Fantasia
DURAÇÃO APROXIMADA
: 130 minutos
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA
: 12 anos
COMO É A HISTÓRIA PINCIPAL
: Dando continuidade ao desfecho da série, essa “parte dois” mostra o confronto épico de Lord Voldemort com Harry Potter. A luta mais aguardada acontece. Nenhum lugar onde Harry está é seguro. Magia, mistério e descobertas aguardam o bruxo mais querido do mundo, num desfecho prá lá de especial. “Tudo acaba aqui”.
TEM UM FINAL FELIZ
: Tem, sim!
O FILME CORRESPONDEU OU NÃO ÀS MINHAS EXPECTATIVAS
? Correspondeu. Foi muito mais do que eu esperava. As cenas, a forma como se é dada continuidade da “parte 1”, os atores, a maquiagem, os efeitos e sonoplastia e um roteiro (segundo pessoas que leram os livros) fiel ao livro, o estilo do filme: “um filme que não é um filme. Você vai no cinema para, apenas, ver a cena final de ‘Harry Potter e as Relíquias da Morte.” fez com que o filme superasse todas as minhas expectativas. Vale a pena!!
PONTO FRACO:
Os créditos... Hehe, estou brincando! Creio que, o que ficou um pouco confuso, para mim, foi como Harry ressuscitou, pois ele havia jogado a pedra da ressureição no chão antes de enfrentar Voldemort. Juro que não entendi! :/
UMA CENA:
Muito difícil escolher uma. Mas, vamos lá. Depois da cena já citada, em que Voldemort invade Hogwarts em busca de Potter, creio que a cena da floresta, onde finalmente há o confronto e Lord acaba matando Harry, que ressuscita posteriormente. Mas são muitas. A cena em que Harry Potter descobre toda a verdade sobre Severo Snape e sobre si próprio é muito boa e claro, o “confronto final” entre Voldemort e Harry.
UMA FRASE DO FILME
: Alvo Dumbledore para Harry Potter: “Não tenha medo dos mortos, tenha pena dos vivos.”. Ainda na mesma cena há um diálogo:
HP:” Isso está acontecendo na minha mente, não é? Não é real...”
AD:“É claro que está acontecendo na sua mente, mas não significa que não é real”
RECOMENDO ESTE FILME
: Para todas as pessoas da face da Terra. Quem não é fã, acredite em mim, vai gostar!! (Falo isso por experiência própria!)

CURIOSIDADE DO FILME:
-Até o presente momento, Harry Potter bateu dois recordes de bilheteria: o da “sessões da meia-noite”, arrecadando US$ 43,5 milhões e também bateu o recorde nos EUA de primeiro dia de estreia (sexta feira), arrecadando US$ 92 milhões.
DICAS PARA QUEM PRETENDE ASSISTI-LO
:
-Obviamente, minha primeira dica é: Assista a todos os sete primeiros filmes antes. Se puder, com um período curto de antecedência, assim, toda a história fica “fresca” na memória!
-Faça pipoca!!
-Aproveite que está passando no cinema e assista lá! Os efeitos são ampliados diante daquela tela!
-Está disponível em 3D, mas como assisti em 2D, não posso opinar se é ou não “fenomenal”. Mas, quem quiser, em 2D mesmo já é bom demais!
-
Preste atenção nos detalhes e a cada segundo.
-Aproveite MUITO!
BOM FILME!!!
Kell :)

Continue Lendo

segunda-feira, 18 de julho de 2011

[Gastronomia & Literatura] Harry Potter - Magia na Cozinha


Pessoal, eu estava preparando um outro tema para essa semana sobre Pablo Neruda, mas como essa semana estreiou o último filme da saga Harry Potter eu não poderia de deixar de compartilhar com vocês uma das receitas do bruxinho mais querido do mundo.

Mas antes, sobre o livro, não farei uma sinopse, afinal acredito que a maioria se apaixonou pela literatura justamente por ler um dos livros de Harry.

Desde que eu me entendo por gente eu gosto de ler, mas sempre lia livros de poucas páginas ou estórias fáceis de entender. Foi quando surgiu Harry Potter na minha vida, tudo começa com um livro relativamente curto e fácil de entender - bem ao estilo que estava acostumado. Alguns livros à frente as páginas começam a aumentar de tal maneira que logo eu estava lendo 500, 600 páginas brincando.

Agora a saga termina, como tudo na vida, não é mesmo? Porém, não sei se todos sentem a mesma coisa que eu, mas eu fiz "amigos" ao longo da saga, chorei, ri e me diverti com eles, como os os verdadeiros amigos, eles não desaparecem como um passe de mágica, eu sei que do outro lado do telefone, do computador, e por que não de uma carta, eles estarão lá. Com Harry e sua turma não é diferente, sempre que sentir saudade das suas aventuras posso pegar um livro e reviver todas as aventuras.

Deixando o sentimentalismo de lado um pouco, vamos ao que interessa. Quem de nós nunca quis experimentar a famosa Cerveja Amanteigada? Pois bem, depois de muita pesquisa e conversas com J. K. Rowling, o chef Steven Jayson reproduziu a famosa bebida servida nos bares do Beco Diagonal.

Ingredientes
- 470ml de Sorvete de Baunilha derretido;
- 4 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente;
- 100g de açúcar mascavo;
- 2 colheres (chá) rasas de canela;
- ½ colher (chá) rasa de noz moscada;
- ¼ colher (chá) rasa de cravo (moídos sem aquela "cabeçinha");
- 600ml de cidra de maçã sem álcool.

Preparo:

Misture manteiga, açúcar e temperos em uma tigela grande. Adicione o sorvete e leve ao congelador.

Aqueça a cidra em uma panela por 3 min, depois espere esfriar um pouco. Encha cada copo com uma colherada generosa de sorvete e derrame sobre ela a cidra aquecida.

A bebida fica espumante, que nem uma cerveja de verdade. Por isso, o nome - não achavam que Harry, Ron e Hermione bebiam cerveja desde os 13 anos, né? Haha

Espero que tenham gostado e agora quando lerem Harry Potter podem acompanhar a leitura com essa deliciosa bebida. Aguardo a opinião de vocês e até semana que vem...

Boa Leitura e Bon Apetit

Continue Lendo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris