quarta-feira, 31 de julho de 2013

Resenha: "O Lorde Supremo" (Trudi Canavan)

Por Sheila: Oi pessoas! Como estão? Eu vou indo! Hoje trago a vocês o terceiro e último livro da Trilogia do Mago Negro, O Lorde Supremo. Os dois primeiros livros, "O Clã dos Magos" e "A Aprendiz" já foram resenhados anteriormente aqui pelo blog.


Bom, como eu sempre digo no início de resenhas de trilogias, sagas, sequencias - mesmo correndo o risco de soar repetitiva - é que, se você não gosta de saber o final do livro antes de lê-lo,não leia o restante da resenha. Afinal, costumo começar a resenha do livro subsequente de onde o anterior terminou. Avisados? Então ok, vamos ao último livro!



Deixamos Sonea, no final do livro "A Aprendiz", às voltas de um segredo terrível: a cidade de Imardim pode estar prestes a ser atacada por sua cidade vizinha, outrora dizimada pelo Clã dos Magos em uma antiga guerra, e sedenta por vingança.

Além disso, o Lorde supremo, Akkarin, é extremamente poderoso por que é um mago negro: usa de feitiços considerados magia negra e proibida pelo Clã há muitas gerações, segredo que Sonea conhece, e pelo qual é praticamente aprisionada junto à Akkarin, o que é disfarçado por sua aparente "escolha" por ser o novo tutor de Sonea, que prende sua lealdade pelo seu medo de que algo aconteça aqueles que ama.
Ela suspirou e começou a descer os degraus da Universidade. Todo amigo que ela fizesse seria outra ferramenta que o Lorde Supremo poderia usar contra ela. Se ela alguma vez encontrasse a oportunidade de revelar os crimes dele para o clã, todo mundo com quem ela se importava estaria em perigo. Não fazia sentido dar a Akkarin uma seleção maior de vítimas para ele escolher.
Sonea relembrou aquela noite, agora mais de dois anos e meio atrás, quando ela se esgueirara pelo Clã com seu amigo Cery (...) Sonea temeu enquanto se lembrava. Ela não havia entendido o que vira naquela noite, e tanta coisa aconteceu depois que ela tentou esquecer.

Acontece que Sonea aprendeu algo dificil de se acreditar com seu novo tutor, o Lorde Supremo: a Magia Negra já fora largamente utilizada pelo  Clã, até que um aprendiz, sedento de sangue, quase acabou com toda a linhagem se magos ao querer se tornar o mais poderoso de todos, motivo pelo qual seu uso foi proibido e esta parte da história do Clã, esquecida.
Sonea segurou com força o pequeno livro, incapaz de tirar os olhos das linhas de texto. Essa era a descoberta que tornara Coren famoso e influenciara a arquitetura do Clã pelos séculos seguintes. Dizem que foi o maior desenvolvimento de conhecimento mágico por séculos. Embora o que ele tivesse feito não fosse realmente magia negra, as artes proibidas o tinham levado à descoberta.

Agora, Sonea terá que decidir se realmente acredita em todas estas novas informações que chegam até sua mente perturbada, e afinal de contas o que sentir a respeito de Akarin, o Lorde Supremo. Medo? Respeito? Admiração? Ela estará fazendo a coisa certa, pelos meios de que dispõe? Ou estará tentando ludibria-la, levando-a a acreditar em uma história verdadeira para se apossar de seus poderes para fins excusos?

O terceiro volume da Trilogia do Mago Negro - que nada mais é que a trilogia a respeito de Akarin, e não de Sonea - é um livro tenso, cheio de batalhas épicas, reviravoltas, mudança de aliados, surpresas e lágrimas.

Há vários finais, para diversos atores diferentes da trama, e nem todos são felizes. Mas com certeza este é o melhor dos três livros,onde Sonea se consolida como uma verdadeira maga, com têmpera e fibra,não mais o joguete nas mãos de outros magos; e descobrimos a verdadeira essência da personalidade do sombrio e misterioso Akkarin.

Uma trama muito bem elaborada, uma estória que não deixa absolutamente nenhuma ponta solta, retomando assuntos que pareciam totalmente sem importância dos primeiros livros, palavras ditas ao acaso que são o princípio de uma explicação mais ampla sobre o Clã e seus mistérios. 

Ah, e mais importante, um desfecho surpreendente, digno das mais de mil páginas escritas por Trudi Canavan, e que fazem o acompanhar desta jornada de Sonea, de menina para mulher, realmente valer a pena. Recomendo!


Continue Lendo

terça-feira, 30 de julho de 2013

Filme: "Meu Malvado Favorito 2"


Oi gente!
Juro que a intenção era resenhar “O Cavaleiro Solitário”, novo filme de Johnny Depp, o qual eu assisti na semana passada.
Porém confesso que, apesar de ter o meu ator favorito (em vida), o filme não conseguiu me fisgar a ponto de eu me inspirar para fazer uma resenha boa a vocês.
Acho que terei que assistir uma segunda vez para formar melhor minha opinião e me atentar mais a alguns detalhes, já que, a sessão que eu fui era das 21:30 e eu quase cochilei no cinema.

Enfim, explicações a parte, será que antes de começar a resenha, posso fazer um simples comentário e será que sei apedrejada por isso?
Meu Malvado Favorito 2 foi o melhor filme que eu vi no cinema nesse ano. De verdade.
Por isso, trago hoje a vocês minhas impressões desse desenho tão perfeito!

Continue Lendo

domingo, 28 de julho de 2013

Resenha: "Inferno" (Dan Brown)

“Os lugares mais sombrio do inferno estão reservados para aqueles que mantêm a neutralidade nos tempos de crise moral.”
Por Leo Rios: Com esta citação do autor e poeta italiano Dante Alighieri, começamos uma sombria jornada em mais uma estória do principal personagem do escritor Dan Brown, o professor e simbologista Robert Langdon, em um enredo de mistérios e suspenses relacionado à obra ficticia de Dante Alighieri “A Divina Comédia”.

Já que temos um livro baseado em algumas passagens de outra obra literaria, não temos quaisquer problemas em acompanhar a nova estória de Robert Landgon mediante ao não conhecimento do livro “A Divina Comédia”, pois o autor Dan Brown nos fornece informações necessárias para um bom entendimento de seu novo livro.

“Inferno” acompanha a busca do simbologista Robert Landgon por respostas aos acontecimentos que sequenciaram  o grave ferimento que causou a sua recente perda de memória, como também os motivos que o levaram a ser caçado pelas autoridades italianas e por uma organização misteriosa disposta a não reduzir esforços para concluir o seu objetivo. Mediante a este cenário, Landgon se depara com implicações que estão diretamente relacionadas as passagens  da obra “A Divina Comédia” com uma potencial nova ameaça a humanidade...
“Langdon acordou exaltado, gritando. O quarto estava brilhoso... Ele fechou os olhos tentando se lembrar de um acidente. Nada. Um branco total... Apenas escuridão... Meu Deus. Isto deve ter sido mal... Vozes se aproximaram pelo corredor, Langdon direcionou o seu olhar ao quarto. O médico retornou agora acompanhado de uma mulher”.
Temos vários personagens que são essencialmente importantes para a narrativa de “Inferno”, por exemplo: a solitária doutora Sienna Brooks cuja sua ajuda é de tamanha importancia ao perdido e atordoado Landgon, o misterioso líder mercenário que seu objetivo interfere na busca do Simbologista, como também a dama que na memória de Landgon está em fragmentos. Contudo, um dos personagens que mais chama a atenção, seria a o emblemático Dr. Zobrist, pois a sua obsessão pela obra “A Divina Comédia” liga a suas motivações com as consequencias de suas ações...
“Betrand Zobrist. Famoso bioquimico... Primeiramente ouvi falar de Zobrist alguns anos atrás”. Sienna continuou, “Quando ele fez algumas declarações bastante provocativas na mídia sobre o crescimento populacional... Uma vez foi pego dizendo que a melhor coisa que aconteceu com a Europa foi a Peste Negra. ”.
Quem já leu ou viu uma obra de Dan Brown, sabe que veremos buscas em lugares históricos, segredos guardados criativamente, perigos em cada passagem de Landgon nesses estes lugares e etc. Esta característica de Dan Brown, é repetida novamente neste livro, deixando assim alguns capítulos previsíveis e regulares a medida que avança ao final da estória. Porém, mesmo com o uso constante desta formula e sendo até mesmo cansativo em determinados momentos, o desfecho do livro é original e prende a atenção até o seu término.

Recomendo a leitura de “Inferno”, mas fiquemos cientes que veremos alguns clichês usados por este autor e que possivelmente continuaremos a ver em futuros livros.

Continue Lendo

sexta-feira, 26 de julho de 2013

#PROMO Kit Editora Planeta


Ainda não acabou! Mais uma promoção de comemoração aos 3 anos de Dear Book! ^^

Que tal ganhar esse kit da Editora Planeta? Confira as regras e participe do sorteio!

    Continue Lendo

    quinta-feira, 25 de julho de 2013

    Ofertas por ai #19 - Submarino 5 livros por R$ 50,00 voltou!



    ELA VOLTOU!!! A promoção mais querida do Submarino! Escondam os cartões de crédito! ;D

    Esse post pode ser atualizado a qualquer momento com mais novidades! ;D
    Os preços informados aqui valem para o dia da postagem, afinal as Lojas Virtuais os mudam o tempo todo e não nos responsabilizamos por essas mudanças.

    Para ver as ofertas anteriores clique aqui.

    Submarino - 5 livros por R$ 50,00


    Clique na imagem abaixo para acessar o site! Alguns livros dessa promoção são INACREDITAVEIS por esse preço!




    [CLIQUE AQUI E ACESSE A LISTA COMPLETA E COMPRE!]


     ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
     

    Continue Lendo

    Resultado das promoções de Junho!

    Confira aqui o resultado das seguintes promoções:

    •  "Coração de Tinta"
    • "Alma?"
    • "O Teorema Katherine" 
    • "Combo de livros da Novo Conceito"
    • "Cinder  + Bruxaria"

    Continue Lendo

    quarta-feira, 24 de julho de 2013

    Resenha "Profundamente Sua" (Sylvia Day)

    Pode haver spoiler para quem não leu o primeiro volume da Trilogia Crossfire. Leia a resenha de Toda Sua

    Por Gabi: Oi gente! Olhem eu aqui de novo com mais um romance hot. A bola da vez é o segundo volume da Trilogia Crossfire. O trabalho da Cia das Letras foi muito bem feito com o livro, uma capa com textura aveludada e uma simples diagramação. Vamos, pois, conhecer a história.

    Não há espaço de tempo entre Toda Sua e Profundamente Sua, é como se estivéssemos virando apenas uma página do livro. Depois da fatídica cena protagonizada por Cary no apartamento deles, Eva percebe que seu grande amigo está passando por uma fase muito difícil e precisa, mais do que nunca, de sua ajuda. 

    Como se não bastasse a situação com seu amigo, Eva ainda enfrenta um momento conturbado de sua relação com Gideon. Quando tudo parecia estar correndo bem, o passado volta a atormentá-los e a balançar a relação. Os pesadelos de Gideon tornam-se cada vez mais constantes e, para piorar a situação, o fantasma de Nathan volta a atormentar Eva. Ela também começa a ter terríveis pesadelos com o homem que a violentou no passado. 

    Ainda há o retorno da ex-noiva do Sr. Cross, Corinne, que paira como um fantasma entre os dois. Eva tem quase certeza de que está sendo traída, abalada pela presença de Corinne e também porque seu namorado se recusa a se abrir com ela, tornando-se misterioso e um pouco distante. Diante dos fatos, uma pergunta é levantada: será que duas pessoas com histórico de abusos, podem ter um relacionamento saudável?
    Lágrimas brotaram dos meus olhos. Havia tanta coisa que ele não era capaz de me dizer, tanta coisa. Nosso relacionamento estava se transformando em um campo minado de palavras não ditas e segredos não compartilhados. 
    Esse livro me conquistou bem mais que o primeiro volume da trilogia, porque não seguiu aquele esquema de "briga-sexo". Em "Profundamente Sua" há um aprofundamento nos personagens, conhecemos mais do passado deles e suas personalidades. As cenas de sexo estão presentes, logicamente, e, aliás, são muito bem construídas. Além de Nathan e Corinne, um ex-namorado de Eva surge na história e dá uma apimentada bem bacana na história. 

    Seus beijos eram espetaculares. Era quando ele se mostrava por inteiro, sua força, sua paixão, seu desejo e seu amor. Nada Ficava de fora, estava tudo ali. ele se expunha completamente. 

    Em alguns momentos do livro fiquei muito irritada com o comportamento de Gideon e um pouco frustada porque ele simplesmente se fechou e queria que Eva agisse como se nada tivesse acontecido. E o pior é que a guria não resiste a essa tentação. Dava vontade de dar uns tapas nela e sacudir seus ombros, como quem diz, "Faça alguma coisa, criatura!". E a compulsão dos dois em passar todo (e mais algum) tempo juntos é uma coisa que incomoda. O ciúmes e a  preocupação com a segurança de Eva são muito alà Christian Grey. 

    Para quem ficou um pouco decepcionado com "Toda Sua" assim como eu, sugiro que não abandone a trilogia e que leia "Profundamente Sua". O livro foi bem escrito e a narrativa é fluida e leve e há um toque mais romance. Eu o li em dois dias. O final foi muito surpreendente, eu não imaginaria. Quando os fatos são revelados eu fiquei com uma cara de "Como isso aconteceu e eu não percebi?". Não posso falar muito para não soltar spoilers.  Mas adianto que estou curiosa para descobrir como vão lidar com a situação daqui para frente.


    Espero que tenham gostado da indicação de hoje. Já leram o livro ou o primeiro da Trilogia? Não deixem de comentar suas críticas e opiniões.

    Beijos beijos e boa leitura! 

    Continue Lendo

    terça-feira, 23 de julho de 2013

    Resenha: Garota ♥ Garoto - Volume 1 - Nada é para Sempre (Ali Cronin)

    Tradução por Rita Sussekind

    Por Eliel: Adolescência é uma época de descobertas e na série Garota <3 data-blogger-escaped-garoto="" data-blogger-escaped-i=""> iremos acompanhar as descobertas de quatro garotas e três garotos no seu último ano na escola.

    Cass é a namorada fiel. Ashley não leva nada a sério. Donna é festeira. E Sarah a menina careta, segunda as amigas, que está esperando o cara certo.

    No primeiro volume iremos acompanhar Sarah, que parece ter encontrado o garoto dos sonhos, mas será que é isso mesmo? Joe é lindo, mais velho e sedutor. Formula certa para acabar com a fama de careta de Sarah.

    Eles se conheceram em Barcelona durante as férias de Verão. Paixão à primeira vista e lá se vai sua virgindade. De volta à Inglaterra, Sarah luta para manter uma relação a distância com Joe. Mas o que esperar de uma pessoa que demora para responder as mensagens, não telefona e parece sempre estar ocupado?

    Os ocasionais encontros são maravilhosos e reacende a vontade de Sarah de manter essa relação, apesar de seus amigos não aprovarem. Então surgem os atritos.
    " É incrível o que bons beijos são capazes de fazer pela confiança de uma menina"
    A série traz um olhar realista sobre o cotidiano dos jovens e seus primeiros passos no tortuoso caminho do amor. Lágrimas e gargalhadas permeiam essas páginas e você vai reconhecer muitas das situações apresentadas.

    A série lembra um pouco Skins, isso não é mera coincidência, afinal a autora escreveu o livro baseado na série britânica.
    " Uma parte de mim se sentiu mal pela demonstração tão pública de afeto. Detesto quem faz essas coisas."
    Uma narrativa bem fluída e envolvente, aguardo o segundo volume Dizem por Aí, que acompanhará Ashley (a que não leva nada a sério).


    Continue Lendo

    segunda-feira, 22 de julho de 2013

    #PROMO: Kit Eduardo Spohr


    Mais uma promoção de comemoração aos 3 anos de Dear Book! ^^

    Que tal ganhar um kit com os 3 livros do autor  Eduardo Spohr? Confira as regras e participe do sorteio!

      Continue Lendo

      [Minhas Palavras]: "A gente se quer"



      A coluna "Minhas Palavras" apresenta textos originais, de diversos temas, produzidos pela equipe do Dear Book.
      "A gente se quer"
      POR: Raquel Morelli (Colunista de Cinema)

      Quando eu te conheci, realmente não sabia o que esperar. Ou melhor, não sabia se poderia esperar alguma coisa. Foi tudo tão de repente, aquele lugar que a gente nunca tinha ido, aquela banda tocando, minha amiga e seu amigo se pegando, eu e você parados olhando um pro outro. As fotos que tiramos (ainda tenho todas), as conversas, as danças e por fim, o nosso beijo. Inesperado, diga-se de passagem.

      E tudo o que aconteceu depois...
      Que nos trouxe até aqui.

      Eu não sou de ficar fazendo planos. Ok, eu não era de ficar fazendo planos. Mas depois de dois anos juntos, depois de tantas surpresas e todo o carinho, respeito e amor trocado, fica meio impossível eu não querer imaginar um futuro ao seu lado.

      É tão gostosinho quando a gente está realmente apaixonado, dá aquele frio na barriga só de pensar na pessoa, só de escutar o barulho no celular com uma possível mensagem dela...

      Desde o começo, quando eu sabia que ia te ver, eu contava as horas pra isso. E mesmo hoje já estando num relacionamento bem mais sólido, ainda conto.
      O relacionamento muda com o passar do tempo, mas o amor se fortalece e o que é bom, sempre vai ser, sempre vai melhorar.
         
      No começo, a ansiedade é gigante, porque você está conhecendo melhor a pessoa e não sabe exatamente o que esperar, mas em seguida, é uma delícia quando você e a pessoa amada já se conhecem e têm intimidade suficiente para um saber sobre o outro.

      Você me conhece. Você sabe quais são os meus medos, sabe que não sou muito fã de filme de terror e sabe que eu sou muito fã do Heath Ledger. Sabe que mesmo quando eu passo a semana longe de você, é em você que eu penso o tempo todo e conto os minutos para a sexta feira chegar e eu poder ver o seu sorriso que tanto me alegra novamente. Você sabe que eu não como carne (assim como você) e eu acho que também já te conheço muito bem.

      Portanto, é justo eu esperar um futuro para nós. Como você mesmo disse: “Nunca imaginei que fosse encontrar alguém com quem daria tão certo”. Sim, eu também acho isso. A gente se encaixa. Perfeitamente. Nós nos damos bem, em tudo.
      Claro que às vezes há alguma desavença, mas o principal é que tudo fica bem. E eu acho que tudo ficará bem. Mesmo depois de anos e mesmo que o tempo passe. Porque eu quero que fique bem e você também.

      A gente quer isso: o nosso amor, o nosso futuro juntos. A gente se quer. Sem se quer pensar no que pode acontecer.

      Continue Lendo

      sábado, 20 de julho de 2013

      Resenha: "Insurgente" (Veronica Roth)

      - Clique aqui para ler a resenha de "Divergente"

      Por Juny: Trago hoje a resenha de um dos lançamentos mais esperados do ano, a continuação de “Divergente”! Após um final eletrizante no primeiro livro, não sabia o que esperar e que rumos a trama iria tomar.
      – Insurgente. Substantivo. Uma pessoa que age em oposição à autoridade estabelecida, mas que não é necessariamente considerada agressiva.
      “Insurgente” começa em meio ao caos gerado pela simulação criada pela Erudição para eliminar os membros da Abnegação, que apesar de Tris ter conseguido interromper, foram causados muitos estragos.

      Tris, Tobias, Caleb, Peter, Susan e Marcus acabam se refugiando na sede da Amizade. Porém eles decidem que não podem simplesmente se esconderem enquanto Jeanine continua ampliando seus planos de domínio e suas simulações. No decorrer da trama buscam apoio da Franqueza e dos Sem-facção.

      Tris toma uma decisão muito importante e arriscada, que envolve trair algumas pessoas em busca da verdade por trás de toda a tensão criada entre Abnegação e Erudição.

      O livro tem ação do começo ao fim e quando você imagina que terminará de determinada forma acontece algo que muda tudo e surpreende demais o leitor, em nenhum momento os acontecimentos são previsíveis.
      – É sempre uma coisa ou outra, não é? Não há nuança alguma. O mundo não funciona assim, Beatrice. O mal depende do ponto de vista de quem vê.
      Tris continua sendo uma grande protagonista, com todas as características positivas de suas aptidões (abnegação, audácia e erudição), mesmo com traumas mal resolvidos se supera a cada minuto. Tobias fica um pouco mais enigmático e em alguns momentos incoerente, achei que teria mais destaque nesse livro, mas continua em segundo plano. Romance existe, mas esta longe de ser o foco de Insurgente. Cristina foi uma boa surpresa e Marcus apesar de tudo é uma peça chave nos acontecimentos. Quanto a Caleb, melhor eu nem falar nada...
      “Não sei porque atravesso as portas. Talvez seja porque decido que, já que chegamos até aqui, não custa nada descobrir o que está acontecendo. Mas acho que o fato é que eu sei o que é verdade e o que não é. Sou Divergente, não sou uma ninguém. Ninguém está realmente “seguro”, e tenho coisas mais importantes na minha mente do que ficar brincando de casinha com Tobias. E parece que ele também.”
      O terceiro livro da série “Allegiant” será lançado nos EUA em 22/10/13, espero que não demore para chegar ao Brasil. E em 2014 a série estreia no Cinema, e como sempre tenho muito medo de a adaptação não estar a altura da qualidade do livro.
      – Amo Tris, a Divergente, que toma decisões independente de lealdade a facções, que não é o estereotipo de uma facção. Mas a Tris que está fazendo de tudo para destruir a si mesma... não consigo amá-la.
      Insisto em repetir que é uma distopia tão boa quanto “Jogos Vorazes”. Uma série que me surpreende mais a cada livro, com uma trama bem constituída, muita ação e reviravoltas. Recomendo!

      Continue Lendo

      sexta-feira, 19 de julho de 2013

      Happy Hour #43 - Brincadeiras Literárias


      Oi pessoal! Saudades de mim? Nossa, vocês não sabem o quanto estou atoladaaaa de coisas aqui. A Arquitetura está arrancando minha pele. rs  Mas enfim, do assunto de Superlua, vamos para um assunto muito especial hoje. 

      Como vocês sabem, o Dear Book completou 3 aninhos no dia 10/07, e  eu  não poderia deixar essa data importantíssima passar em branco. Apesar de nossa coluna ter sido postada atrasada, já que era na sexta passada e coincidiria com a semana do aniversário, a Happy Hour vai fazer uma comemoração

      Sabe aquela resenha gostosa? Aquele happy hour com os amigos? Então, tem que ter uma brincadeirinha para deixar as coisas mais legais, não é mesmo? Pensei em três delas e as adaptei ao nosso tema, por experiência própria ou por mera criatividade. rs Vamos ver? '-'


      Continue Lendo

      quinta-feira, 18 de julho de 2013

      [Gastronomia e Literatura] Siri - Capítulo Dezesseis

      Essa mensagem faz parte de uma série de postagens, capítulo a capítulo, com receitas inspiradas no enredo do livro "Siri" (Rachel Cohn). Para ver as receitas anteriores clique aqui

      Olá Pessoas,

      Mais um capítulo da deliciosa e bem recheada aventura da pequena rebelde CC nos leva ao jantar com sua mãe, Nancy.

      O nome do restaurante, Green's, é uma sugestão ao verde, ao vegetariano. E a falta de planos para o futuro de CC nos sugere improviso e no fim uma boa dica de vinho para acompanhar, do jeito que a Nancy gosta.

      Deixa de papo e vamos pro improviso, peguem alface, pão e lavem as mãos.... Vamos preparar a Ceasar Salad.

      Continue Lendo

      quarta-feira, 17 de julho de 2013

      Resenha: "Adeus, Por Enquanto" (Laurie Frankel)

      Por: Cari Vieira - Olá amigos leitores! Quero iniciar essa resenha deixando registrado que fiquei muito entusiasmada com o tema desse livro. Primeiro porque gosto de obras que inovam em seus temas e, em segundo lugar, porque estamos numa época em que a tecnologia avança tanto a cada dia, que não duvido que, quando menos esperemos, teremos um serviço como o descrito no livro. Mas, vamos a história.

      Na primeira parte do livro conhecemos Sam Elling. Ele é um gênio da computação e trabalha em uma empresa que realiza encontros românticos pela internet. Como ainda está solteiro, ele começa a trabalhar em um algoritmo capaz de mostrar quem é a verdadeira alma gêmea do usuário. Ele faz um teste com ele mesmo e descobre que sua alma gêmea é Meredith Maxwell, uma colega que trabalha na mesma empresa, no  departamento de marketing. Eles se apaixonam e vivem um romance intenso, demonstrando que o programa criado pelo rapaz dá certo.
      "Não estar apaixonado significava menos probabilidade de se machucar. Mas ele honestamente não via sentido. Não via sentido porque era uma dessas pessoas que sempre, sempre tinha que estar acompanhada, (...) porque quando não estava passando o tempo com pessoas que amava, Sam descobriu que passava muito tempo com pessoas que não amava".
      Ao apresentar esse algoritmo numa reunião da empresa, Sam acaba demitido, pois qual a lógica do site colocá-lo no mercado e perder clientes, afinal se as pessoas encontrarem sua alma gêmea, não acessarão mais o site. Assim, com bastante tempo livre, Sam se dedica a viver seu amor com Meredith. Tudo vai indo bem até a a moça perder sua avó, de quem era muito próxima. Ela sofre muito, deixando de ser a pessoa animada, alegre e com energia por quem Sam se apaixonou. Para auxiliar sua amada a superar, ele resolve criar um outro algoritmo que possibilitará a Meredith rever a vó e conversar com ela. A ideia de Sam é que assim, ela possa dizer adeus.

      O programa funciona através de uma base de dados armazenada, pois durante sua vida, Livvie, vó de Meredith, deixou muitas informações disponíveis na rede, em forma de e-mails, mensagens e vídeo-chats, assim Sam coleta essa informações e coloca no algoritmo que cria uma projeção, como se fosse a pessoa realmente, ela responde aos e-mails ou em uma conversa de vídeo com base no que costuma falar e na forma como costumava agir, como se estivesse viva.
      "Sam estava confuso. Meredith estava radiante. Sam estava preocupado de que aquilo estivesse atrapalhando o processo saudável do luto."
      Para nosso protagonista esse programa seria utilizado apenas por seu grande amor, entretanto, o casal juntamente com Dash, primo de Meredith começa a pensar em expandir e ajudar as pessoas a superarem  a dor da perda de um parente, pois eles teriam mais uma oportunidade de se despedir. Assim surge o RePose e  tem início a segunda parte da história.
      "(...) na verdade, de algum jeito Sam inventara a vida eterna. Imortalidade. Não para você, porque você não ligaria, pois estaria morto. Para seus entes queridos, entretanto, Sam poderia manter você vivo e com eles para sempre. Isso não era imortalidade?"
      Neste segundo momento acompanhamos a luta e os esforços do grupo para colocar RePose no mercado, eles precisam lidar com os problemas que aparecem quando colocamos algo novo a venda, e também com as críticas quando o sucesso chega. A mídia os procura frequentemente questionando-os sobre seus propósitos. Afinal usando esse programa você aceitaria a perda de maneira mais fácil, ou seria ainda mais difícil superar? Os criadores do programa estavam ganhando dinheiro com a dor e o desespero alheios? Ou realmente buscavam uma forma de ajudar? Paralelamente, Sam e Meredith vivem cada vez mais intensamente o seu amor, trabalhando e morando juntos, compartilhando os problemas e as vitórias, aproximando-se de suas famílias, enfim, intensificando a relação.
      "Tem sido um momento difícil... começar o negócio. Fazer, refazer e refinar a programação. Lidar com a imprensa. Todo mundo aqui está sempre tão triste. desgasta você."
      Nessa parte também conhecemos vários usuários de RePose e suas histórias. Nesses momentos a leitura torna-se mais lenta pois são muitas situações tristes que me levaram a parar em vários momentos e refletir sobre morte, perda, vida e sobre como aproveitamos nossos momentos com os seres que mais amamos.
      "— Todo mundo diz a mesma coisa. Mas não entendo a diferença. Nem sei o que as pessoas querem dizer com "de verdade". Não sou só eu — todo mundo passa a maior parte do tempo com amigos virtuais hoje em dia. Todo mundo passa mais tempo no Facebook do que com pessoas, mais tempo clicando em perfis do que saindo, mais tempo jogando tênis no videogame do que tênis de verdade, e tocando guitarra no videogame do que guitarra de verdade. As redes sociais não são tão sociais assim. Na verdade, é isolamento. Na verdade, é ficar sozinho."
      A terceira parte do livro traz uma situação surpreendente que prefiro não comentar para não estragar a leitura dos interessados, só posso dizer que aqui a leitura fluirá. 

      O livro está narrado em 3ª pessoa e tem como principal positiva, em minha opinião, uma temática diferenciada. Não gostei muito do excesso de informações sobre os usuários de RePose, em alguns momentos eu ficava confusa, com tantos personagens e suas histórias, mas nada que comprometa a minha avaliação positiva do livro. A linguagem utilizada pela autora é fácil, leve, exceto pelas referências tecnológicas (para mim pelo menos rs). 
      Apesar de se classificado como romance, a história vai bem além disso. Para mim o que mais nos prende a atenção no livro, são os questionamentos sobre como lidamos com as perdas e como mesmo sabendo que morreremos um dia, temos tanta dificuldade em falar, ler e lidar com isso. Indico Adeus, Por enquanto a todos os que gostam de histórias modernas com apelo emocional e que nos levam a refletir sobre questões filosóficas.
      "As pessoas se inscreviam para dizer adeus. Mas depois ficavam viciadas e não conseguiam. Era outra coisa em que Meredith estava certa: a morte é para a vida toda."

      Continue Lendo

      terça-feira, 16 de julho de 2013

      #PROMO “Fiquei com o seu número” (Sophie Kinsella)


      Que tal ganhar um exemplar de “Fiquei com o seu número” (Sophie Kinsella)? Confira as regras e participe do sorteio!

        Continue Lendo

        Filme: "O Homem de Aço"

        Olá, pessoal tudo bem com vocês?
        Bom, sexta feira estreou aqui nos cinemas brasileiros o mais novo filme do “Super Homem”. Agora, com Zack Snyder na direção (que também dirigiu “300”) e com Christopher Nolan na produção (o diretor/roteirista/produtor da trilogia “Batman”), o filme tem tudo para ser um novo começo do Homem de Aço.

        Porém, devo confessar nessa resenha que “torço o nariz” para o Super Homem. Aquela coisa: nada contra, mas nada a favor, hehehe.
        Para mim, ele sempre foi o super herói mais “tediante”, na minha opinião.
        Então decidi dar uma chance ao filme por causa do Nolan (*-*) e também por causa do Henry Cavill, o ator que interpreta o Superman.

        Que, aliás, interpretou muito bem!! Após ficar conhecido como um ator “azarado”, por nunca conseguir grandes papéis, Henry virou o jogo e mostrou que não é apenas um rosto bonito, e sim, é um rosto bonito que se encaixa perfeitamente na pele do Super Homem!

        Continue Lendo

        segunda-feira, 15 de julho de 2013

        [Evento] Semana do Livro Nacional - São José dos Campos-SP


        De 20/07 à 28/07

        Os idealizadores pretendem realizá-la anualmente, cada vez com mais parceiros. Dessa forma, os leitores terão maior informação, acesso e conhecimento sobre as obras modernas que são lançadas em vários cantos do nosso Brasil.

        Aqui em São José dos Campos realizaremos o evento com o apoio da Academia Joseense de Letras, da Livraria Maxsigma, da Escola Moppe e da J.A. Cursino & Editores.

        A organização é realizada pelos autores Leandro "Radrak" Reis, Stefânia Andrade e Juliana Velonessi. A Semana do Livro Nacional é uma iniciativa de autores, blogueiros, editoras e livrarias de diversas partes do Brasil, para organizar uma semana exclusiva de atividades sobre obras literárias nacionais.

        O Dear Book participará da abertura do evento, eu (Juliana), irei representar o blog em duas mesas de debate entre blogueiros da região. Segue a programação dos blogs:

        Dia 20/07 - A partir das 15h30

        O Encontro de Blogs irá unir os principais blogs, seus leitores e autores da região, para discussão de três temas:
        • Experiências e Dificuldades nos Primeiros Passos;
        João Luis (Vithais e Pensar e Causar), Lucia Ferreira (Confraria da Educação) e Francielen (Amasia80 e Meu Palanque) discutem sobre suas experiências e dificuldades nos primeiros passos de seus blogs, sob mediação da escritora Stefânia Andrade.
        • Divulgação Literária em Blogs;
        Juliana Almeida (Blog Dear Book) e Thiago Augusto (Blog Livro Aberto), discutem sobre sua influência na literatura nacional, mediados pelo escritor Leandro Reis
        • Como Ter um Blog bem Sucedido;
        Priscila Cunha (Artemimos), Ana Paula (Minha Caixa Mágica) e Juliana Almeida (Blog Dear Book) apresentam suas dicas para conseguir não só manter um blog ativo mas também vivo em visitação e interesse do público. Mediação da blogueira Juliana Gallicchio.


        É importante lembrar que é necessário fazer a pré inscrição no Blog do evento para garantir lugar em algumas das programações devido ao espaço físico ser limitado. A mesma poderá ser feita no http://letrasdovaleparaiba.blogspot.com.br/

        E você também pode ver mais informações sobre o evento no Facebook (clique aqui)
























        [Clique na imagem para ampliar]

        Continue Lendo

        domingo, 14 de julho de 2013

        Resenha: "Bruxaria - Wicked #1" (Nancy Holder & Debbie Vigié)

        Por Gabi: Oi pessoal! Com um pouco de atraso, venho trazer um livro bem diferente dos que já resenhei no blog. Trata-se do primeiro livro da série Wicked, lançada pelo selo Jovens Leitores da Rocco. 

        Holly e Tina são duas grandes amigas, no último ano de colégio, querendo aproveitar ao máximo essa etapa. Elas vão passar as férias de verão com a família de Holly em Las Vegas. Apesar de estar um clima tenso entre os pais de Holly, elas prometem ser uma viagem inesquecível. E realmente é, mas não do jeito que esperavam.

        Durante um rifting, tudo corria muito bem, até as condições climáticas mudarem drasticamente e tudo desandar. Eles sofreram um terrível acidente e Holly foi a única sobrevivente. 

        De um dia para outro a menina vê sua vida virada de cabeça para baixo. Em um dia, estava feliz com sua melhor amiga e seus pais, curtindo as férias. No outro, está em um hospital, sem rumo, prestes a enterrar as pessoas que mais ama nesse mundo. 

        Acompanhada de Michael, Marie Claire, ainda no hospital, conta que é tia de Holly e que a menina ainda possui parentes vivos , dos quais os pais nunca tinham comentado. Marie Claire Cathers Anderson é casada com Richard e tem duas filhas, Nicole e Amanda. Ela é irmã do pai de Holly. Essa será a nova família da garota. Apesar de protestar, Holly vai morar com a tia - e o que restou de sua família de sangue - em Seattle.
        Através do tempo e do esquecimento da história da família, os Cathers não faziam ideia que haviam sido os Cahors, uma das mais nobres Confrarias de bruxas da França medieval e inimigos mortais da Confraria dos Deveraux.
        Ela é muito bem recebida pela família, que tenta acolhê-la e amenizar um pouco da dor que está sentindo. Não tanto por Nicole, que Holly logo percebe ser a princesa da casa, a mais mimada e que tem tudo que quer, na hora que quer.  Ela até ganha um filhote de gato, já que cada uma das duas duas primas possui um bichano.

        Mas Holly ainda está muito abalada e triste com a perda dos pais e da melhor amiga. Ela tem constantes pesadelos e até algumas alucinações e estranhos acontecimentos. Quem acaba se tornando uma grande amiga e ajudando muito é sua prima Amanda. Nicole, por outro lado, se mostra mais distante, mais preocupada com seu mundinho perfeito. Não é difícil ver que ela é a preferida da mãe e a "menina perfeita". 

        Quando as coisas estão caminhando para a normalidade, eis que Holly descobre que nem tudo é como ela sempre pensou e o que ela achava estranho, de fato não era: ela é herdeira sangue de uma das maiores Confrarias da histórias. Como se isso não fosse o bastante, sua família está presa há várias gerações a uma maldição que a liga à perigosa família Deveraux.
        - Será no Beltane, no tempo de vocês. É o ano seiscentos, o mesmo alinhamento dos astros de quando ocorreu. Vai entrar no seu mundo e acontecer de novo. Precisam impedir. - Seu suspiro reverberou pelo quarto. 
        Holly e suas primas precisam impedir que os Deveraux consigam evocar o Fogo negro e, para isso, devem juntar forças e serem muito perspicazes e frias. As peças vão se juntando, seus poderes vão se fortalecendo, mas o inimigo -aah!- é muito poderoso e impiedoso. A tarefa das garotas não será nada fácil. 

        Esse livro foi me ganhando os poucos. Confesso que não é o tipo de leitura que me atrai a primeira vista e não foi diferente com esse. Com o passar da história, esta foi se tornando cada vez mais envolvente e interessante. "Bruxaria" nos traz uma temática que não é muito original, mas contada de um modo muito interessante e criativo (paradoxal, eu sei). A história tem elementos bacanas e, um enredo bem montado e amarrado.
        De pé, confraria Deverax
        Elevem a vingança aos céus.
        Que o mundo sinta sua ira,
        Que a lua seja pintada de Fogo Negro.
        O ponto mais alto do livro é a narrativa das autoras. Holder e Vigié foram sensacionais! Em 3ª pessoa, somos guiados do mundo contemporâneo, à Era Medieval com muita facilidade e sutileza. A impressão que eu tive foi de estar sentada no sofá de casa e estar escutando a história de um amigo. 

        Enfim, para quem gosta dessa temática, é uma leitura super indicada! E para os que, assim como eu, não estão muito familiarizados, não deixem de se aventurar em Bruxaria. Já estou mega curiosa para a continuação, já que esse final deixa o leitor..., abalado, se podemos assim dizer. Não posso falar muito aqui para não soltar nenhum spoiler. rs


        Bem, espero que tenham gostado da indicação de hoje. Mais uma vez peço desculpas pelo atraso da resenha. 

        Ah! Não deixem de comentar suas críticas, opiniões e perguntas. 


        Beijos beijos e boa leitura!! *-*

        Continue Lendo

        sábado, 13 de julho de 2013

        [Quadrinhos]: Superman


        Superman chegou aos cinemas nessa sexta-feira, prometando começar a nova era da DC Comics no cinema, abrindo caminho para a sequencia e pro possivel filme da Liga da Justiça.

        Assim se você gostou ou quer saber o que ler sobre esse heroi que é tão icononico e ao mesmo tempo tão caricato. Você ainda pode descobrir boas histórias que vão muito além do Superman "escoteiro" que você já conhece.

        Continue Lendo

        sexta-feira, 12 de julho de 2013

        [Gastronomia e Literatura] Aniversário Dear Book

        Olá Pessoas,

        Será que estou atrasado para o Aniversário de 3 Anos do Dear Book? Eu trouxe o bolo. Um que foi escolhido especialmente para essa data. São 3 anos e portanto 3 sabores, vamos preparar o Bolo Napolitano.

        Continue Lendo

        quinta-feira, 11 de julho de 2013

        #PROMO Concorra a 10 livros da Editora Novo Conceito


        E tem mais uma promoção de aniversário na área! ;D Que tal concorrer a 10 livros da Editora Novo Conceito? ;D

        10 livros = 10 ganhadores = 10 chances 





















        Continue Lendo

        quarta-feira, 10 de julho de 2013

        Aniversário de 3 anos de Dear Book!


        E não é que já se passaram 3 anos! Parece que foi ontem que eu e a Paula tivemos a ideia de montar esse blog... Tantas resenhas, a equipe cresceu, cada vez mais editoras acreditaram no nosso trabalho e o mais importante e o que nos ajudou desde o começo: o carinho e a presença dos nossos leitores! Obrigada! Falo isso em nome de toda a equipe do Dear Book. ^^

        Não sou muito boa em discursos então chega de blá blá blá, o Dear Book faz aniversário mas quem ganha o presente são vocês ;D A partir de hoje começam as promoções em comemoração aos nossos 3 anos.


        Para iniciar a festa, que tal ganhar um kit com "A Seleção" e "A Elite"? *-*

        Continue Lendo

        Resenha: "Anjo Amador" (Kerri Thompson)

        Tradução por Denise C. Rocha

        Por Eliel: Na linha dos amores impossíveis surge um romance inovador. Uma garota e um garoto, até aí tudo bem, porém ela está morta e ele um rock star. 

        Como esses dois foram se conhecer? Aí está todo drama da situação, ele não sabe da existência da sua maior fã. E se não bastasse, por engano Ashley entrou na fila errada – uma fila destinada a anjos da guarda prontos para iniciar sua missão na Terra.
        "[...] você era poeta?
        - Sim, e dramaturgo.
        -Dramaturgo? Oh, meu Deus. Will, você é William Shakespeare!"
        Com apenas 18 anos e um par de asas ela é enviada para substituir um anjo que tinha como protegido, nada mais nada menos, do que Cannon Michaels, líder da banda Sendher.

        Enviada por engano e sem a mínima experiência, Ashley tenta entender o estilo de vida imprudente de Cannon. A falta que a família faz, a dificuldade para aceitar a própria morte e o principal: se apaixonar perdidamente por seu protegido. Esses são os ingredientes básicos para um romance improvável e uma boa confusão.
        "Você é um anjo, baby. O que sente por ele é o tipo errado de amor. Ele nunca poderá ser seu namorado. Você não faz mais parte do mundo dele, deste mundo, mas ainda faz parte da vida dele. Logo será capaz de ler a alma dele e, ao fazer isso, a sua própria alma se conectará com a dele e você verá que essa comunhão de almas é tudo de que precisa para se satisfazer como anjo. Mas, enquanto isso, evite falar ou tocar quando suas emoções estiverem muito intensas."
        Uma narrativa bem leve que aborda temas bem interessantes, mas de maneira suave e fluída. No começo demora um pouco para engatar um ritmo bom, mas da metade para o fim dá uma acelerada que nos leva até um final um pouco morno, mas não decepcionante. Uma ótima pedida para quem gosta de romances fantásticos com amores impossível e boas risadas!





        Continue Lendo

        terça-feira, 9 de julho de 2013

        Resenha: "Cinder - Crônicas Lunares #1" (Marissa Meyer)

        Por Clarissa: Oi gente, minha indicação de hoje é a série “Cinder- Crônicas Lunares”. Eu amei, estava toda feliz para ver o final da Cinder e... A continuação da estória está em outro livro, que legal!O começo é meio devagar, não estava dando fé que ia ser um livro maravilhoso, mas ao decorrer da estória,você vai se surpreendendo,torce para algumas coisas darem certo, outras errado,e dá raiva de alguns personagens.A autora não descreve muito os personagens, mas dá para imaginar com algumas características que ela narra. Agora eu vou falar um pouco da estória para vocês.

        Cinder  tem dezesseis anos, mora na cidade de Nova Pequim com as suas irmãs, Peony, Pearl e sua madrasta Adri. Todos a consideram uma abominação tecnológica.Ela é uma ciborgue, metade robô metade humana, seu trabalho é ser mecânica.Como ela é conhecida por sua reputação todos vão a seu estande. Isso leva o príncipe de Nova Pequim a consertar seu andróide, Nainse, com ela. Cinder fica lisonjeada pela presença do dele. Iko, sua androide,que é apaixonada pelo príncipe,fica impressionada pela sua presença.
        “Iko rolou para seu lado,apertando as garras de metal sobre o peito.
        - Príncipe Kai! “Verifique minha ventoinha, acho que estou superaquecendo.”
        Houve um surto de “letumose”, que matou muitas pessoas, e ainda há vários doentes.Os cientistas estavam à procura de jovens com saúde boa para testar um antídoto, que ajudaria a acabar com a peste. Cinder briga com sua madrasta,para se vingar dela manda os andorides-médicos a levarem para o laboratório como cobaia, ela tenta resistir. Ao acordar no laboratório, Cinder fica desesperada e com medo do que irão fazer com ela.Depois de todo o experimento, descobrem algo incomum na cobaia recém adquirida.

        “As mãos e pulsos da garota haviam sido amarrados com tiras de metal. Sua mão esquerda de aço, embaciada e escura entre as articulações,como se precisasse de uma boa limpeza,As pernas da calça haviam sido enroladas até a altura das panturrilhas, revelando uma perna humana e outra sintética.”
        Príncipe Kai convida Cinder para ser sua parceira no baile, ela recusa. Dia vai,dia vem,chega um dia que o Dr.Erland (o cientista) conta a Cinder uma grande descoberta sobre ela, e os pais biológicos dela. (que será uma surpresa para vocês).
        “A respiração de Cinder vinha em engasgos dificeis conforme as informações inundavam sua mente. Pânico se agitou em seu estomago. Sentiu o gosto de bile na boca, queimando quando ela a engolia.”
        Chega o tão esperado baile, a madrasta de Cinder não a deixa ir, pois ela a envergonharia. Neste evento o príncipe Kai, vai anunciar a todos uma grande surpresa,que nem todos vão gostar,mas é para o bem do planeta. Se ele decidir fazer isso, a vida de todos vai ser arruinada.

        “Quando suas mãos pararam de tremer. ela deslizou o estilete para fora do novo dedo folheado de titânio e manobrou a lamina no pulso. O corte ainda estava fresco quando ela começou a remover seu chip de identificação, para que eles não a pudessem rastreá-la. Daquela vez, não haverias hesitação.”
        Apaixonando por Kai, Cinder vai ter que lidar com uma guerra intergaláctica e um romance proibido,vai fazer de tudo para ficar com ele, e manter a Terra a salvo.Assim começa a aventura de Cinder, e há tem muitas coisas para acontecer.

        E é isso gente,espero que gostem do livro,estou muito ansiosa para a continuação da série. Estão previstos quatro livros, os próximos são:
        • “Scarlet”(Sobre a Chapeuzinho Vermelho) - lançado em 05/02/13 nos EUA, ainda sem previsão no Brasil
        • “Cress” (Sobre a Rapunzel) previsto para 2014
        • “Winter” (Sobre a Branca de Neve) previsto para 2015
        O livro é muito bom,a autora escreve com clareza,apesar de algumas palavras difíceis,da para entender,não atrapalha a leitura.A estória tem uma mistura de comedia, suspense, ação e romance, que deu super certo. Vou ficando por aqui!Deixem suas opiniões, dicas e criticas.
        • Quer concorrer a um exemplar desse livro? Clique aqui e participe do nosso sorteio!

        Boa leitura e surpresas!

        Continue Lendo

        domingo, 7 de julho de 2013

        Resenha: "Filhos do fim do mundo" (Fábio Barreto)

        Por Sheila: Olá pessoas! Como estão???? Mais um livro nacional, com um tema super envolvente - e, diga-se de passagem, uma das minhas temáticas favoritas. Afinal, o título (e as primeiras páginas) já nos entregam do que ele se trata: fim dos tempos, um mundo tendo que se readaptar após algum evento pós-apocaliptico.

        E o evento, neste caso, é justamente o que traz a originalidade: num determinado dia, que não nos dizem qual é, à meia noite, uma tragédia atinge a população em escala global: todos os bebês e crianças com menos de um ano de idade começam a morrer de forma totalmente inexplicável.
        Casa (...) sua mulher berrava. Ele tinha um filho, um garoto sorridente, gordinho e bonachão de nove meses de idade.
        Tinha.
        Sua mulher e a Enfermeira gritavam a mesma coisa.
        Seu filho estava morto.
        Todas as crianças da maternidade estavam mortas. Todas.
        Atrás dele, o relógio marcava meia-noite e cinco minutos. A luz verde do calendário eletrônico brilhava com ar fúnebre. Eram os primeiros minutos do fim do mundo.
        Em meio a caos que ameaça se insurgir, um Repórter surge, sendo destacado junto com vários de outros seus colegas para tentar descobrir o que aconteceu com o mundo - e se de fato todo ele foi atingido. Mesmo estando sua Esposa gestante, em vias de dar à luz, ele parte em uma viagem para tentar descobrir o que aconteceu. Até por que, pensando bem, esta pode ser não só a única esperança de fazer algo por seu filho, mas também pelo mundo. Afinal, não são apenas as crianças que morreram subtmente...
        O gramado estava destruido pela agitacao da multidao. Destruido e sem cor. O habitual verde  brilhoso dava lugar a uma maçaroca opaca e levemente amarelada. Um dos soldados olhou para a grama, mas logo perdeu o interesse. Virou de costas e perdeu a acao quando viu pela janela da agenci bancária ... a existência de um aquario ggante; as bolhas ainda subiam pelo motr de oxigenacao mas, a prncipio, nao viu nenhum peixe. ?Vasculhou os corais e as rochas que decoravam o habitat e, por fim, encontru s ocupantes. Todos boiando na superfície. Barriga para cima. Movendo-se conforme os movimentos provocados pelo oxigenador.
        Mortos.
        Mais uma descoberta que vem abalar as estruturas do mundo: todas as plantas e animais com menos de um ano de vida também morrem, tão subitamente quanto as crianças, e respostas são a única coisa que ninguém parece ter para explicar o que poderia estar acontecendo para provocar este fenômeno. Seria um evento transitório, passageiro? Ou é este o fim do mundo, como era até então conhecido?

        A obra é narrada em terceira pessoa e tem uma característica peculiar: nenhum dos personagens tem nome. Para Fabio Barreto o Repórter é O Repórter, a esposa dele é A Esposa, o padre da cidade é o Padre, e os personagens secundários tem seus nomes escritos com letras minúsculas. As frases são curtas e de efeito. Se  Barreto queria impressionar em seu romance, realmente conseguiu, é um livro apocalíptico diferente e escrito de forma instigante.

        Mas ... ou eu ando muito chata mesmo, ou os livros que ando lendo não tem conseguido me despertar o mesmo fascínio que sinto com outras obras. Por mais que a leitura de "Filhos do fim do mundo" não tenha sido maçante, também não chegou a virar um dos meus livros de cabeceira por que, mais uma vez, não consegui me identificar com os personagens, torcer por eles, acompanhá-los em cada nuance oferecida pelas palavras de tinta sobre o papel.

        No entanto,  espero que você cara (o) leitor (a) (escrito assim para ninguém pensar que há alguma discriminação de gênero) que já leu o livro possa se manisfestar nos comentários e nos dizer o que você achou deste livro. Abraços e até a próxima!

        Continue Lendo

        terça-feira, 2 de julho de 2013

        Resenha: "Fazendo meu Filme 2" (Paula Pimenta)

        - Clique aqui para ler a resenha de "Fazendo meu filme 1"
         
        Por Clarissa:  Oi gente! Meu nome é Clarissa, sou a nova resenhista aqui, espero que gostem!Terminei de ler o livro “Fazendo meu filme 2”, li em algumas horas de tão emocionante que é, me identifiquei muito com a estória.
        “Parece que eu estou em um sonho. Não. Parece que eu estou em um filme. Um filme sem legendas.”
        Ta agora vou falar do livro. Fani faz intercâmbio para Inglaterra, na cidade de Brigthon,lá ela conhece sua nova família que é típica, igual à de todo mundo, amorosa, mas com suas brigas e tudo mais.Conhece os seus pais ingleses Sr. Kyle e Sra. Julie Marshalle seus irmãos Teddy, Tracy e Tom.

        Depois de alguns dias ela se adapta com o fuso horário, conhece Londres e seus lugares históricos.Na escola ela se sente muito perdida, mas acaba conhecendo Ana Elisa, ela é muito simpática e uma boa amiga.
        “Desde que entrei naquele túnel,que nos leva ao avião,foi como se um dublê tivesse tomado conta do meu corpo e estivesse fazendo as cenas para mim.”
        Fani continua sua amizade com Gabi e Natália, sua paixão por Léo ainda permanece. Porém em Brigthon,, Fani e Tracy conhecem um garoto brasileiro chamado Christian, e também seu primo Alex (o qualTracy se apaixona imediatamente). Fani fica um pouco preocupada quando eles chamam as duas para dar um passeio, mas depois ela acaba cedendo. E assim começa sua aventura na terra da rainha.
        “Os primeiros dias passaram voando. Tantos lugares, pessoas e informações novas, eu mal acordava e já me levavam para conhecer cada centímetro de Brigthon.”
        A escola de Fani é muito diferente da que ela estudava no Brasil, é dividida em quatro casas, Fani foi para Eagle. As outras são Unicorn, Tiger e Dragon. Ela deve usar o uniforme da escola, entre outras regras bem rígidas.Na “Brigthon Hill”são quatro matérias obrigatórias:Inglês, Matemática, Ciências e uma Língua Estrangeira,as demais disciplinas ficam à escolham do aluno.
        “Sabe Hogwarts, a escola do Harry Potter? Eu achava que aquela história da divisão dos alunos por casas era invenção da autora, só agora descobri que isso não é ficção.”

        “Me senti em uma festa à fantasia em que todas as meninas usavam roupas de colegial, igual à Britney Spears no clipe de Baby one more time.”
        No aniversário da Fani, eles fazem uma festinha na Inglaterra, mas ela também conversa pelo Skype com seus familiares e amigos do Brasil. E no decorrer da estória ela recebe misteriosos emails e CDs anônimos.
        “Daphene Reynolds: A verdade é que algumas vezes as coisas não são exatamente como você sempre imaginou...Elas são melhores!”
        A cada pagina que o leitor lê é uma surpresa, risadas e emoções, sempre torcendo para a estória de Fani continuar dando certo.A autora consegue tirar muitas dúvidas que temos na adolescência. Me apaixonei pelo volume 2 e espero que continue assim no 3 e 4, estou muito ansiosa para ler o restante da série.

        Espero que gostem da minha resenha e da minha indicação de hoje.O que acharam da série “Fazendo meu filme?" Não se esqueçam de ler antes o “fazendo meu filme 1, A estréia de Fani.” Deixem os seus comentários,dicas e criticas!
         
        Boa leitura e bom divertimento!

        Continue Lendo

        Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
         
        Layout de Giovana Joris