terça-feira, 4 de novembro de 2014

Resenha: "Eu compro, sim!" (Pedro Camargo)

Por Sheila: Oi pessoas! Como vocês estão indo? Tudo tranquilo? Mais um autor nacional (estamos arrebentado como escritores) nos traz uma obra que vai fazer muitas pessoas reverem seus conceitos... principalmente quem fala mal das mulheres!

Por que? Eu explico – ou melhor, Pedro Camargo é quem vai nos explicar. A pergunta é básica e, na verdade, atinge tanto homens como mulheres: afinal de contas, por que hoje em dia as pessoas consomem de forma tão exagerada? Por que estourar o cartão de crédito? Ou atacar a geladeira em meio à madrugada? 

De forma simples e bem humorada, Pedro Camargo vai explicar que a culpa é dos neurotransmissores, aquelas coisinhas que ficam dentro da nossa cabeça, e que as vezes nos levam a fazer escolhas baseadas numa falsa ideia de recompensa. Afinal, o prazer proporcionado de imediato por comer uma barra de chocolate, vai se transformar em desprazer a longo prazo, quando você perceber que já não cabe mais naquela calça jeans maravilhosa...

Baseado na psicologia evolucionista, finanças comportamentais, economia comportamental, neuroeconomia e neuromarketing, Pedro Camargo chegou a algumas premissas básicas do comportamento do consumo:
Fato 1 Somos irracionais. 
Fato 2 Nosso cérebro toma decisões antes de termos consciência disso. 
Fato 3 Compramos produtos e serviços em função da sobrevivência e reprodução
... e por aí vai. São 8 fatos, que serão explorados ao longo do livro e explicados a partir das pesquisas realizadas pelo autor nas áreas antes citadas, que vão tentar aliar ciência do comportamento e ciência hormonal, para explicar por que consumismos tanto.

A premissa central de Pedro Camargo será a de que somos seres eminentemente instituais, e que nosso consumo esta a serviço da manutenção da espécie. Quando comemos demais, queremos estocar reservas energéticas para nos mantermos no inverno. Quando gastamos comprando acessórios, são aqueles que irão nos levar mais próximos ao acasalamento – logo, perpetuar a espécie.

Os capítulos do livro são bem curtos, e ao final de cada um o autor vai nos dar algumas “dicas” de como treinar nosso cérebro para reagir de forma diferente aos estímulos apresentados pelo mundo que nos cerca – que reforça essa inclinação ao veicular propagandas que dizem “comprem, comprem, comprem!”.

Gostei muito do livro, consegui lê-lo em menos de um dia. Mas não concordo com algumas de suas suposições – afinal sou Psicóloga por formação, e acredito no ser humano como tendo uma formação biopsicossocial. Mesmo assim, trata-se de uma visão diferente da qual estou acostumada a lidar, e os argumentos de Pedro Camargo são bastante convincentes. Recomendo!




Um comentário :

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris