quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Resenha: "Amor, mentiras e rock & roll" (David Yoon)

 

Tradução: Lígia Azevedo

Sinopse: Sunny Dae é nerd ― e com orgulho. Essa é a fama que ele e seus dois melhores amigos conquistaram na escola, onde curtir RPG definitivamente não é visto com bons olhos. E estava tudo bem, até Sunny conhecer Cirrus Soh, a garota mais descolada e confiante que ele já viu. Quando Cirrus acha que o quarto do irmão de Sunny é na verdade o dele, o garoto não consegue corrigir o engano. Com os olhos dela brilhando ao ver as guitarras e os pôsteres de rock na parede, ele acaba dizendo que tem uma banda ― embora não saiba nem segurar uma guitarra, ops.

Agora sua única esperança para sustentar a história e conquistar Cirrus é fazer com que seus amigos nerds topem participar de seu plano maluco de tornar essa banda realidade, vestindo as roupas que o irmão mais velho deixou para trás quando se mudou para Hollywood e ensaiando na sala de música da escola. O problema é que logo Sunny descobre que a vida de um rockstar mentiroso não é só fama e glória…


Por Jayne Cordeiro: Em "Amor, mentiras e rock & roll", somos apresentados a Sunny, um rapaz que carrega todo o estereótipo de ser nerd, do tipo que joga RPG, e é o excluído da escola. Mas ele está acostumado com isso e é feliz assim, junto com seus dois melhores amigos, Milo e Jamal. Mas um dia ele acaba conhecendo Cirrus, uma garota descolada e fã de rock, que confunde o quarto do irmão de Sunny, um verdadeiro cantor de banda de rock, com o dele.

Sunny não consegue desfazer o engano, quando percebe o interesse de Cirrus, e agora ele está preso na mentira em que tem uma banda de rock com os dois amigos, e que é uma pessoa bem descolada. É claro que a mentira vai ganhando proporções cada vez maiores, mas Sunny não quer perder a garota que conquistou seu coração. Mas ele vai acabar percebendo que no mundo do rock e das mentiras, nada é tão fácil...

Para começar, eu gostei muito da capa desse livro,  e adoro a ideia da editora de trazer uma legenda, e gráfico, no fundo livro, comentando que veremos nele. Aqui temos um protagonista com ascendência não americana, que sofre um pouco com o preconceito, mas o foco do livro não é esse. Partindo para os pontos que me incomodaram um pouco, um deles foi que eu acreditava que o livro seria mais divertido, do que realmente foi. Na verdade, eu acabei não gostando de toda a mentira que o Sunny inventou. Jogar os amigos na enrascada, colocar em risco um outro projeto do trio, por uma garota, é algo que um adolescente faria, mas mesmo assim, foi algo que me fez não gostar tanto do protagonista.

E o pior, é que a mocinha não me comprou. Se o casal fosse fofo, maravilhoso junto, eu até aceitaria a justificativa para toda a encenação, e ficaria ansiosa para o casal sobreviver a tudo. Mas para mim, Cirrus foi a personagem mais fraca de todo o livro. Sem profundidade, até quando o autor tentou mostrar seu drama de ficar sempre se mudando. Na verdade, meus personagens favoritos foram os amigos Jamal e Milo, que seriam os responsáveis por dar um ar mais leve e divertido ao livro, os pais do Sunny (que nem aparecem tanto) e o irmão dele Gray, que adoraria um livro só para ele.

Mas o livro também tem ótimas qualidades. A escrita é boa, os diálogos são interessantes. Temos aquele cinismo que é presente em muitas produções com adolescentes. Referências populares, temas bem emocionais sobre aceitação, formação de identidade, duelo entre sonhos x sucesso x estabilidade. Como o título do livro já diz, há muitas referencias ao rock, quando a artistas, ritmos, manipulação de instrumentos musicais, formação de banda. Foi um livro que eu li muito rápido, e que gostei. Não virou um favorito para mim, mas acredito que seja um caso de gosto particular de cada. Mas com certeza vale a tentativa, para quem gosta do gênero YA.


Curta o Dear Book no Facebook

Siga o @dear_book no Twitter e o @dearbookbr no Insta



0 comentários

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

 
Ana Liberato