segunda-feira, 15 de maio de 2017

Resenha: "O Problema dos três corpos" (Cixin Liu)

Tradução: Leonardo Alves

Por Sheila: Oi Pessoas! Trago a vocês hoje a resenha do primeiro livro de uma trilogia - e que trilogia! - escrita por Cixin Liu e lançado aqui nas terras tupiniquins pela Suma de Letras. Como eu não conhecia o autor, resolvi dar um google e descobrir um pouco mais sobre esse escritor chinês.

Ganhador de vários prêmios na China pelos seus escritos, Cixin vem alcançando notoriedade ao vencer o prêmio Hugo Awards na categoria de Melhor Romance em 2015, e tornando-se um dos grandes nomes da ficção científica ocidental. Legal mesmo foi saber que esse prêmio, que já tem 62 anos de existência, nunca havia sido entregue para um livro que não tivesse sido escrito em inglês - ou seja, Cixin é bom mesmo.

Além disso, parece que tinha uma treta maligna rolando nos bastidores da premiação,  com alguns autores proclamando que o melhor seria restringir o acesso da premiação, pois Negros, latinos, mulheres estariam "acabando com a literatura" (!!!!). Que bom que a galerinha do mal não ganhou essa né? Mas vamos à resenha.

Na década de 60 houve a Revolução Cultural chinesa. Ye Zethai, um professor considerado subversivo por ensinar física e a teoria da Relatividade, é preso e obrigado, diante de uma turba ensandecida, a confessar seus "crimes": ensinar às jovens mentes do pais a verdade. Submetido a um instrumento de tortura em muito superior às sus forças, foi mais uma vez levado para interrogatório.

- Ye Zethai, você é especialista em mecânica. Deve saber que esta resistindo a uma força intensa demais. Insistir nessa teimosia conduzirá apenas à sua morte. Hoje, retomamos o assunto da ultima sessão. Nem perca tempo desperdiçando palavras. Responda à seguinte pergunta sem a malícia habitual: entre os anos de 1962 e 1965, você não decidiu acrescentar por conta própria a relatividade à disciplina de introdução à física?

- A relatividade faz parte das teorias fundamentais da física - respondeu Ye - Como uma disciplina introdutória poderia não ensinar o tema?

- Você esta mentindo!
Ye Wenjie, filha de Ye Zethai, é obrigada a assistir, impotente, a seu pai sendo punido e torturado até a morte por defender seus ideais até o fim. Pior, assiste à sua própria mãe traí-lo, o que a mesma parece fazer não por compactuar com o pensamento dos revolucionários, mas para defender-se e poder fazer parte do Poder imperante no momento. Isso atinge profundamente Ye Wenjie e será importante para acontecimentos futuros narrados no livro. 

Alguns anos se passam, e somos apresentados ao especialista em nanomateriais Wang Miao. Este estudioso se vê trabalhando junto com o policial Da Shi, sua antítese total, no Problema dos três Corpos. Tudo começa quando renomados cientistas começam a cometer suicídio e deixar cartas e bilhetes enigmáticos. 
Havia uma única linha de caracteres escritos em uma caligrafia elegante:

Todas as provas apontam para uma única conclusão: a física nunca existiu nem jamais existirá. Sei que o que estou fazendo é irresponsável. Mas não tenho escolha.

Wang é um dos cientistas escolhidos pelo general Chang para tentar desvendar esse mistério, que parece envolver um jogo on-line de realidade virtual chamado "Três corpos" e envolve o problema de um outro mundo chamado Trissolaris. O enigma seria: como viver em um sistema solar triplo? No meio desta busca por respostas, há questões pessoais de Wang envolvidas, que o faz querer encontrar respostas mais do que os outros. 

- Todos os físicos nessa lista cometeram suicídio nos últimos dois meses - disse o general Chang.

Wang ficou chocado. Aos poucos, as paisagens em preto e branco se desvaneceram em sua mente. As fotografias já não possuíam a figura dela no primeiro plano, e seus olhos foram riscados do firmamento. Aqueles mundos estavam todos mortos.

- Quando... isso aconteceuu? - perguntou Wang em tom mecânico.
- Nos dois últimos meses - repetiu Chang. - Nossa única certeza é a seguinte: todos cometeram suicídio pelo mesmo motivo. Mas é difícil levantar hipóteses.
Não querendo dar spoiler do livro, mas simplesmente dizendo o que encontraremos nas sinopses de divulgação, este é um livro de ficção científica que irá falar sobre as consequências de se tentar realizar contato com seres alienígenas. Afial, quem são esses seres e o que querem de nós?

A narrativa é extremamente empolgante e envolvente, a trama é simplesmente maravilhosa, todas as pontas vão se juntando e, aquelas que não o são, fica claro que devemos esperar muita ação a se desenrolar nos próximos dois livros, ainda sem data de lançamento aqui no Brasil.

Só me perdi um pouquinho em relação aos personagens em função dos nomes serem todos chineses. Além disso, as explicações tecnológicas são bem precisas e é necessário pensar um pouquinho para poder seguir a linha de raciocínio do autor, mas nada que interfira na leitura.

Ah, e a adaptação para as telonas deve sair agora em 2017, vale conferir! Abraços e até a próxima!

Curta o Dear Book no Facebook
Siga o @dear_book no Twitter e o @dearbookbr no Insta

Confira os melhores preços no Buscapé:

Um comentário :

  1. Nossa encontrei seu blog por acaso. Gostei muito. Salvando nos favoritos, voltarei em breve!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris