segunda-feira, 27 de março de 2017

Resenha: "A Rebelde do Deserto" (Alwyn Hamilton)

Tradução de Eric Novello

Sinopse: O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher. 
Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele. 
Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por lhe revelar o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.
Fonte: Skoob

A areia entra fundo na alma depois de um tempo

Por Eliel: Alguns temas que eu gosto e que estão nesse livro: mitologia, fantasia, comida, cultura árabe, aventura e mistério. Se com isso não aticei sua curiosidade para esse livro basta dar uma boa olhada na arte dessa capa. Muito rica e cheia de ouro. Insha'Allah.


Amani é a heroína dessa aventura no deserto. Ela vive em um lugar onde o fato dela ser mulher já a coloca em desvantagem em relação aos outros. Embora, eu ache que eles não deveriam subestimar a melhor atiradora de todo o deserto. Seu dom é o que a leva a participar de um concurso para levantar dinheiro para sua fuga. Disfarçada de O Bandido dos Olhos Azuis é que ela se arrisca para seguir seu sonho.

Eu estava tentando ser corajosa. Mas era palavra de Fazim contra a minha. Sempre acreditariam no homem, não na mulher.

Nesse concurso é que ela conhece o misterioso Jin. Após o encontro com esse rapaz a vida de Amani jamais será a mesma. Fugir da Vila da Poeira se torna ainda mais necessário, afinal o deserto esconde mais mistérios do que se pode imaginar.

- Você tem uma ideia melhor? - Jin acenou para o deserto vazio, como se estivesse me oferecendo um banquete de ilusões

Uma aventura fantástica dentro da cultura árabe tão bem construída e que aborda temas atuais como o preconceito com a mulher é o que Alwyn Hamilton promete para dar o pontapé inicial para essa trilogia sensacional.

Parecia que naquele deserto eu sempre era vista como fraca, simplesmente por não ser homem

A narrativa é tão bem traçada e desenhada que mais parece um tapete persa contando a história da família real de Miraji, e cada fio é de extrema importância para o todo. Esse é daqueles livros que se você piscar perde fatos importantes, leitura de tirar o fôlego sem dúvida.


O segundo livro que em breve estará por aqui é a Traidora do Trono, não perca a oportunidade de se encantar com um deserto cheio de magia.

- Sabe, não acreditava em destino até conhecer você - ele disse, inclinando a cabeça até encostar na parede com um suspiro profundo. - Aí eu comecei a achar que a coincidência jamais teria um senso de humor tão cruel.

Curta o Dear Book no Facebook
Siga o @dear_book no Twitter e o @dearbookbr no Insta

Confira os melhores preços no Buscapé:


Um comentário :

  1. Amei sua resenha, já li sobre ele em varios lugares, e uma historia bem diferente e incrivel, ainda mas eu amo historia com fantasia e mitiologia!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris