sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Resenha: "Piratas" (Karen Alvares e vários autores)



Por Marianne:

—Não há como escapar. Só ficaríamos cansados, e nos alcançariam mais adiante — disse, sombrio. —Vamos pelo menos vender caro as nossas vidas.
(Os pilares de Melkart, Ana Lúcia Merege)
   Tinha todo um preconceito com livro de contos baseado em UM livro de contos que li nesses anos da minha existência. Estou sempre tentando me livrar dos meus preconceitos literários, mas esse deixei meio em stand by. Até que a oportunidade bateu em minha porta, e eu pensei “agora é a hora”, quando a autora Karen Alvares (já fizemos resenhas das obras dela aqui, aqui e aqui) me convidou pra participar do Book tour de, justamente, um livro de contos!
   Piratas reúne contos de vários autores brasileiros, incluindo a comandante Karen —idealizadora do projeto — sobre os temidos saqueadores que aterrorizavam os mares e, como descobrimos nos contos, os ares, o presente, o passado e até o futuro.
—Felipe, o tempo corre como um rio, e nenhuma força pode fazê-lo voltar —ela justificou com a voz pesada, carregada por um imenso remorso.
—Mas os fatos permanecem ao nosso redor como o mar, e são suas correntezas que guiam o futuro. Nós somos o que vivemos, Alteza.
(Vingadora, Paola Siviero)
   As histórias são envolventes e originais. Entramos na trajetória de cada pirata a quais somos apresentados. Descobrindo suas motivações pra viverem suas vidas de “pirataria”, seus medos, seus anseios e ambições.    Cada história mostra o lado mais humano de seus personagens, e devo dizer que grande parte do meu apego por cada um deles se deve a honestidade com que cada um é descrito. Nem bandido nem mocinhos, apenas indivíduos buscando seus interesses e, como vamos descobrindo nos contos, são os mais diversos os interesses de um pirata —  que nem sempre será um tesouro perdido.
Era como se tudo estivesse escrito sem que as páginas tivessem sido abertas. Como se os dias estivessem determinados sem que sequer tivessem começado. Era tanta certeza que viver tinha se tornado simplesmente desnecessário, mas, ironicamente, era essa sutil necessidade que agora a fazia arriscar tudo: viver.
(#BonnyRed, Fabiana Madruga)
   Os contos transitam pelos mais variados temas. Engana-se quem pensa que as histórias são, na maioria, focadas na fantasia. Encontramos fantasia sim, mas tem romance, tem busca pelo tesouro perdido, tem crítica social e até ficção
   Conhecemos também muitas mulheres comandando navios e liderando marujos com perspicácia. Marujas mais inteligentes que o próprio capitão e sua própria tripulação. Piratas está cheio de girl power gente, já morri de amor.
Por mais que a capitã tivesse falado que não havia violações ou outras violências entre a trupe, uma mulher chamada Preta, mas que respondia por Sete Quedas, deu a Amélia uma faca afiada.

—Coloque em uma das meias. Nunca se sabe, garota. A Irmandade pode tratar os homens e mulheres do mesmo jeito, mas alguns homens ainda não são homens.
(Mais pesado que o ar, Melissa de Sá)
   A arte da capa é excepcional, quando peguei o livro fiquei horas analisando cada detalhe. Particularmente, amo capas com desenhos bem detalhados cheios de informação.
   Superei, como podem ver, meu preconceito por contos. O livro é maravilhoso do começo ao fim, seu único defeito é que os contos acabam. A vontade de se aprofundar mais em cada história permanece ao desfecho de cada conto.
   Está recomendadíssimo, uma porta para conhecer melhor o trabalho de ótimos autores brasileiros. Espero que tenham gostado da resenha, até a próxima!
—Quando você  me pediu para se juntas a nós, eu permiti — começou Catarina (...).—Você me disse que não tinha para onde ir. Sei como é ser uma jovem mulher nesse mundo. Não há lugar para nos quando estamos sozinhas. Precisamos ajudar umas as outras.
(Mais pesado que o ar, Melissa de Sá)
Curta o Dear Book no Facebook Siga o @dear_book no Twitter e o @dearbookbr no Insta


8 comentários :

  1. Achei a capa exótica, mas bem coerente com o título!
    Eu também não gostava muito de contos, até participar de uma antologia da Andross (Histórias Envenenadas vol. 1), enfim, o legal é a diversidade de histórias, a possibilidade de conhecer novos autores e etc.

    Gostei da resenha se eu tiver oportunidade vou ler! É um tema diferente, me lembrou Piratas do Caribe! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu que nunca assisti Piratas do Caribe resolvi tirar o atraso por causa desse livro, amo qualquer tema que envolva mar!

      Excluir
  2. Que resenha fantástica, Mari! <3 Adorei! E fiquei muito, muito feliz que tenha superado seu preconceito literário com Piratas! \o/ Contos são muito bacanas!
    Quis mesmo fazer uma antologia equilibrada, mas que tivesse muito girl power. Achei que os contos trazem várias personagens femininas fortes e interessantes, ao mesmo tempo que também traz personagens masculinos no mesmo tom. Todos juntos no mesmo barco! :)
    Obrigada pela resenha incrível. Você é uma fofa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi exatamente o que eu senti, todos juntos no mesmo barco criando histórias incríveis! Sinto falta de protagonistas fortes que não sejam exatamente mocinhas em busca de um mocinho nos livros, e Piratas foi exatamente lá, mostrando as mocinhas se virando muito bem no comando dos navios. Obrigada, de novo, por mais essa oportunidade ♥

      Excluir
  3. Muito obrigada pela resenha! Fico feliz que tenha se livrado desse preconceito literário (eu também tenho os meus e adoro quando me livro deles rs) e tido uma boa experiência com esse livro. Tenho muito orgulho de ter participado dessa antologia que só tem autores ótimos. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amo me livrar desses preconceitos, só ampliam nossas possibilidades
      PS: Amélia foi a minha favorita! ☺

      Excluir
  4. Obrigada pela resenha, espero que possa ler as próximas aventuras de Balthazar e Lísias!!

    ResponderExcluir
  5. Com certeza irei Ana, foi uma descoberta muito gostosa pra mim ler todos esses contos!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris