sábado, 5 de setembro de 2015

Resenha: "Colega de quarto" (Victor Bonini)


victor_bonini

Por Yuri: Eric Schatz, nascido no Rio de Janeiro, se mudou para São Paulo por conta da faculdade de Direito. Filho do dono da Editora Viva, Eric é o típico playboy que acha que o dinheiro pode resolver todos os seus problemas.


Desesperado pela presença de um colega de quarto invisível, Eric procura por Conrado Bardelli: advogado; detetive; barbudo; também conhecido como Lyra no ramo de trabalho, para solucionar o mistério que ronda seu apartamento.
“ [...]A situação é a seguinte: já há alguns dias, tenho a impressão de que... bem... de que não estou mais morando sozinho em meu apartamento.

Corado o conteve.  
- Mas o senhor mora sozinho?
- Sim, desde que vim do Rio. Meu apartamento tem um quarto para hóspedes que quase nunca é usado, só quando algum amigo meu dorme em casa. Ou seja, duas vezes na vida. De resto, na maioria dos dias, fico sozinho.
- Sei. E agora o senhor está ouvindo vozes? – Conrado arriscou, percebendo, ao som de sua própria fala, quão absurda era sua suposição.
- Não, não vozes. Barulhos. Barulhos pelo apartamento, mas também não é só isso. Venho reparando em sinais que supostamente provam que tem mais alguém no apartamento além de mim. Sinais para me deixar louco, só pode ser. Pistas de que tenho um companheiro com quem divido o apartamento.
O dr. Bardelli estava instigado; seu cérebro, agora satisfeito com a nova charada, desculpava o resto do corpo pelo fato de ainda estar em plena atividade na madrugada.
- Que tipo de pistas?
- Uma escova de dentes nova, recém-usada, por exemplo. Surgiu na minha pia! Foi a primeira pista. Ou chinelos que também não são meus; esses eu descobri hoje. Chego em casa e dou de cara com a televisão ligada, acordo no meio da noite com o barulho da descarga, com o micro-ondas ligado...”

Em menos de 24 horas, Eric despenca do décimo quinto andar do Royal Residence. Conrado entra na investigação do caso, pois foi o último a conversar com o morto, mas quanto mais investiga, mais suspeitos aparecem.

Afinal, a morte de Eric Schatz foi suicídio ou assassinato? Existe mesmo um colega de quarto ou é tudo fruto da imaginação?

O livro escrito por Victor Bonini tem um enredo interessante. Entendo que o objetivo do livro era focar na morte, mas confesso que senti falta de um pouco mais de suspense quanto ao colega de quarto invisível e desejei que o autor tivesse desenvolvido um pouco mais essa parte da história. A ideia parecia tão boa que eu queria sentir o gostinho do medo, igual ao que sentimos em um filme de terror e quando você menos espera (ou não), alguém aparece para te fazer pular de susto.

A vantagem é que a leitura flui facilmente, pois a escrita é bem fácil de entender e os diálogos bem simples, como se dois jovens estivessem conversando.

Seguindo o estilo dos livros de mistério de Agatha Christie, Conrado Bardelli imita Hercule Poirot e tenta juntar todas as pontas soltas no final.

Nada de spoiler aqui, então para descobrir qual o mistério, confira o livro de Victor Bonini. Adicione Colega de quarto lá no Skoob.

Até a próxima!




Um comentário :

  1. Ahh, quero ler! Adoro suspense/investigação. Pena que o autor não desenvolveu tão bem alguns fatos, mas mesmo assim fiquei curiosa pra ler.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris