quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Resenha: A Desconhecida (Peter Swanson)

Tradução de Leonardo Gomes Castilhone

Por Marianne: Fazia tempo que não pegava um suspense bom, daqueles que a gente promete que vai ler só até o final do capítulo antes de dormir, e o final do capítulo só nos prende ainda mais na história. Essa foi, basicamente, minha saga de leitura com A desconhecida.

George Foss está se aproximando dos quarenta anos. Tem um emprego estável, um romance meio indefinido com uma colega de trabalho e está naquela fase em que parece que nada de novo vai surgir pra dar um tcham na vida.

Até que um dia, sentado à mesa do seu bar preferido, George tem a impressão de estar vendo a misteriosa Liana Decter, sua namorada da faculdade que sumiu misteriosamente muitos anos atrás.

Liana Decter foi a primeira namorada de George. Durante a faculdade eles viveram um romance intenso e apaixonado, típico dos primeiros amores. O namoro dos dois era o centro da vida de George na faculdade. Mas logo após as férias de verão George e os amigos de Liana receberam uma trágica notícia relacionada a jovem, que desencadeou uma série de acontecimentos bizarros na vida de George e, consequentemente, o fim do romance entre ele e Liana. 
—Você faz parecer que os seres humanos são livres para mudar quem são em um piscar de olhos. Não é assim que as coisas funcionam. Podemos não gostar da forma como nascemos, mas isso não muda nada... ainda será quem somos.—Não tem nada a ver com a liberdade de mudar. O que estou dizendo é que talvez as pessoas nas quais nos transformamos sejam a realidade de quem somos (...)

Mas agora Liana está ali, no mesmo bar que George. Será a mulher sentada à mesa a mesma Liana que George se apaixonou muitos anos atrás? Estaria ela ali por pura coincidência, ou ela sabia que George também frequentava o bar?

A história de divide em dois tempos, na época que George estava na faculdade de conheceu Liana, e no atual, onde George ainda mantem a esperança de reencontrar a ex-namorada, mesmo que isso seja um claro sinônimo de problema.

O livro se desenrola de maneira bem surpreendente e não tem como evitar a vontade de estrangular o protagonista. Sabe quando estamos vendo um filme de terror e o mocinho ouve um barulho na cozinha e ao invés de sair correndo e gritar por ajuda ele resolve IR NA COZINHA COM AS LUZES APAGADAS – POR QUE DEUS? – e a gente quer gritar CORRE SEU IMBECIL, SAI DAÍ?! Pois bem, eu passei o livro todo gritando mentalmente “George, não faz isso homi, toma tento criatura, aprende sua lição...”. Mas não adianta, a gente passa medo, raiva, desespero, e o George sai fazendo uma burrada atrás da outra. E no fim, temos um suspense dos bons.

Apesar do patetismo de George o personagem não soa artificialmente inocente como os mocinhos de filme de terror, os flashbacks do livro mostram que desde mocinho o personagem tem um tiquinho de obsessão por Liana. E convenhamos, quarentão, solteiro, sem filhos e cansado da rotina, nada como uma ex-namorada misteriosa/bandida/desaparecida do passado que reaparece linda e loira pra dar aquela balançada na vidinha mais ou menos né gente.

Adorei Liana, apesar de o livro focar pouco no desenvolvimento dela. A personagem é melindrosa sem ser estereotipada, Liana é do tipo que corre atrás do que quer doa a quem doer – George, risos.

Ainda falta muito arroz com feijão para os autores aprenderem a descrever uma personagem feminina sem cair nos velhos estereótipos de vilã bruxa-malvada, mocinha inocente, mocinha super determinada, mocinha vamos-viver-a-vida-sem-pensar-nas-consequencias-e-eu-só-existo-na-cabecinha-miíuda-dos-autores, etc. Mas vamos dizer que A desconhecida cumpriu bem seu papel nesse quesito.

Recomendo muito a leitura pra quem gosta de suspense. Espero que tenham gostado da resenha e até a próxima! J


Curta o Dear Book no Facebook
Siga @dear_book no Twitter e @dearbookbr no Instagram


0 comentários :

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris