quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Resenha: "Um nazista em Copacabana" (Ubiratan Muabrek)

Por Sheila: Oi pessoas como estão? Trago a vocês hoje a resenha de um livro diferente. A primeira coisa que me chamou a atenção foi a capa, olha que lindeza! Depois esse titulo e a sinopse também são bem sugestivos!

Tirado do nosso querido skoob:

Otto Funk é um ex-combatente alemão que, deixando para trás os escombros da Segunda Guerra, desembarca no Brasil, onde conhece Iracema, uma manauara muito emocional, com quem acaba se casando e tendo uma filha. Por meio das lembranças da mulher e das desventuras da filha, Diana Verônica, grávida e em fuga por conta dos tropeços de seu ex-parceiro numa prefeitura do ABC paulista, a trajetória de Otto é revista em Um nazista em Copacabana, segundo romance do jornalista e escritor Ubiratan Muarrek e primeiro pela Rocco. Com a habilidade de um bom contador de histórias, o autor reconstrói as turbulências do final da ditadura militar e os conflitos sociais e políticos do Brasil enquanto narra o drama familiar de duas gerações, dissecando os meandros da complexa engrenagem do poder, as armações diárias e as figuras miúdas que constroem o perfil de um país em desalinho. 
E é através de Iracema e Diana que conheceremos Otto. Quando conhecemos Iracema, vemos que se trata de uma mulher forte, bem humorada e cheia de vida tentando ajudar Diana, que sente-se mal não somente em função da gravidez, mas também por estar com dificuldades em relação ao pai de  seu filho, ex-companheiro que não lhe trás lembranças agradáveis.

Na cama, nas costas da mãe, mal retomando a consciência alquebrada de si mesma, Diana se pergunta: como ela consegue? Como a figura cambaleante que foi se deitar na noite anterior recendendo cerveja, caminhando trôpega da sala para o quarto como se fosse se atirar num poço, para derreter em um sono pesado, embalada a ronco de ar-condicionado: como Iracema era capaz de acordar tão cedo, mais cedo ate do que uma gravida frugal e indisposta como ela?

Numa prefeitura, presente e passado se mesclam, e Otto Funk irá progressivamente se apresentando ao leitor, sua fuga da guerra alemã para encontrar o fim de uma guerra silenciosa, travada nos bastidores com muita desinformação e manipulação midiática.

Entre o bom humor e crises de Iracema e as preocupações de Diana, vamos acompanhando essa trajetória, narrada de forma irônica em alguns pontos, divertida, mas também dramática e emocionante.

Segundo livro de Ubiratan Muarrek, "Um nazista em Copacabana" tem uma escrita ágil, o livro fala sobre poder, corrupção, mentiras, dissecando em sua narrativa um período da história brasileira que nunca deveria ser esquecido por sua importância ao repercutir no cenário político, econômico e social atual.

Recomendo.

Curta o Dear Book no Facebook
Siga o @dear_book no Twitter e o @dearbookbr no Insta



0 comentários :

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris