quinta-feira, 5 de maio de 2011

BOOK TOUR: Resenha "E se fosse verdade" (Marc Levy)

Ao ler o livro E se fosse verdade, de Marc Levy, fiquei pensando até que ponto seria tão ou mais interessante que o filme, estrelado por Mark Ruffalo e Reese Whiterspoon.

A verdade é que o livro é bem interessante, mas infelizmente não me contagiou como a magia do filme fez. Apesar de a história ser quase a mesma, diferente apenas pelos nomes dos personagens, no livro Lauren e Arthur, no filme Elizabeth e David, e também a história e o laço entre Arthur e sua mãe Lili, que por sinal é um dos pontos de auge do livro, a obra literária ainda fica morna em relação ao filme.
“Fiz o melhor que pude, meu amor, o melhor que pôde esta mulher, com suas qualidades e defeitos, mas saiba que você foi toda a minha vida, toda a minha razão de viver, o que me aconteceu de mais bonito e mais forte. Rezo para que, algum dia, você conheça esse sentir único que é ter um filho, assim você compreenderá muitas coisas. Meu maior orgulho é ter sido sua Mamãe para sempre.”
Nas páginas do livro passamos a conhecer Lauren, uma médica que não tem tempo para si ou para uma vida fora do hospital onde trabalha e, após um acidente de carro fica presa ao seu corpo que está em coma profundo. Nesse meio tempo conhecemos Arthur, um arquiteto que após se separar está alugando um apartamento para recomeçar sua vida. O que ele não sabe, no entanto é que o apartamento ainda tem uma dona e ela está ali bem nítida e presente em sua frente, apesar de só ele a vir. No começo parece uma loucura. Conversar com um fantasma? Sim, Arthur se imagina louco, e o que acontece é que todos acabam achando-o um na verdade, mas Lauren existe e o encanta pouco a pouco.
“Esquecendo-se, por um instante, da presença de Lauren, falou dela, dos olhares que trocaram, da própria vida, das dúvidas, da força, das conversas que tivera com ela, dos momentos de ternura que passaram juntos, e das brigas. Paul o interrompeu.– Se ela estiver mesmo aqui, você está realmente ferrado, cara. – Por quê? – Porque foi uma declaração de amor o que acabou de fazer.”
Até o momento, o filme e o livro se parecem, mas o que mudam nitidamente a nosso gosto são os próprios personagens. Sou muito mais familiarizada com a doce e determinada Elizabeth, de Reese Whiterspoon e o compreensivo e perfeito David, de Mark Ruffalo do que Lauren e Arthur. No filme o romance tem uma química maior, devido a atuação dos excelentes atores, mas a verdade é que a versão cinematográfica, pela primeira vez em meu conceito, deu um banho em sua própria obra.
Não digo que o livro seja ruim, em hipótese nenhuma! Ele deve ser lido, sem dúvida, afinal a versão filme foi baseada em todas as páginas de amor de Lauren e Arthur. O diferencial está nas cenas de romance, naquela química infindável que Reese e Mark nos presentearam, nas belas locações dos estúdios, no humor de cada tiragem sarcástica. Enfim, a história merece uma nota dez só pela sua premissa.
“Então, respondendo à pergunta que vem me fazendo há tantos dias: se eu não me arriscar, toda essa beleza, toda essa energia, toda essa matéria viva lhe serão definitivamente inacessíveis. É por isso que faço o que faço. Conseguir trazê-la de volta ao mundo dará um sentido à minha vida. Quantas vezes a vida me dará oportunidade de fazer uma coisa tão fundamental?”
Se o filme é um de meus preferidos, a obra de Marc Levy, também tocou profundamente em meu coração. Pois as obras que nos marcam são essas como é o caso de "E se fosse verdade", com uns toques a menos que foram acrescentados no filme, umas críticas a mais que não tiveram no filme, mas sem perder o encanto e o prazer que nos proporcionaram a cada página lida e a cada cena assistida.
Obrigada a Juliana Oliveto, do Livros e Bolinhos, por nos proporcionar uma leitura tão agradável e prazerosa. Valeu muito a pena participar do Book Tour!


25 comentários :

  1. Olá!
    Eu amei este filme...não sabia que tinha um livro,mas fiquei com vontade de ler *.*

    ResponderExcluir
  2. O filme é ótimo, eu adoroooo!! E sempre quis ler o livro.
    Interessante saber as diferenças que emcontrou entre os dois. O filme melhor do que o livro? É algo raro de ser ver.

    Bjs.
    The Lost Girl
    Leituras&Fofuras

    ResponderExcluir
  3. Ah o filme é lindo e o livro deve ser mais ainda. Quero muito ler. Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Nossa o filme é melhor do que o livro?
    To passada!
    Vou assistir para conhecer =D
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha. A história desse livro é muito linda :D Eu assisti o filme e amei de paixão :)

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro o filme, tenho o DVD, quero muito ler o livro, teve um dia que achei ele num sebo, mas infelizmente já tinha comprado dois livros e fiquei sem dinheiro, fico triste só de pensar que poderia ter o livro. É uma estória muito bonita.

    ResponderExcluir
  7. Nesse caso temos o grupo da minoria dos livros que foram superados pelos filmes. Não li o livro, mas devo confessar que amo esse filme, sou fã da Reese Whiterspoon, e sua atuação nesse filme foi ótima. Mesmo vc tendo dito que o livro não é ruim, não o pretendo ler, fico com o filme dessa vez, fico com medo dos personagens do filme perderam um pouco do brilho na leitura.

    ResponderExcluir
  8. Já vi o filme e adorei, tentei ler o livro mas a história não sei porque não me prendeu, tenho vontade de terminar a leitura mas não é nenhuma prioridade.

    ResponderExcluir
  9. Ana Livia Moraessábado, maio 07, 2011

    Otima resenha, muito sincera!

    Amo esse filme, e mesmo sabendo que o livro nao é tao bom quanto, quero ler, para saber mais sobre essas diferenças q vc citou!

    ResponderExcluir
  10. Meninas!
    Fiquei SUPER feliz de ter o blog de vocês participando do book tour, o prazer foi todo meu!

    Fico feliz que, apesar de preferir o filme, você tenha gostado. \o/

    No fundo acho que parte do encanto da história se perdeu na tradução, mas... Continua sendo um dos meus preferidos! (L)

    Beijocas!
    Juh Oliveto
    Livros & Bolinhos ~

    ResponderExcluir
  11. Adorei! Vi o filme desse livro, estou pensando em comprar :)

    ResponderExcluir
  12. Fernanda Carvalhodomingo, maio 08, 2011

    Só descobri que havia um livro muito depois de ver o filme. E confesso que não fiquei com muita vontade de le-lo não.

    Fiquei tão encantada com o filme, gostei muito mesmo, é um dos meus preferidos!

    Mark Ruffalo fica tão fofo em papéis assim... Ele e a Reese tem uma quimica perfeita!


    Fico com o filme!

    ResponderExcluir
  13. Oi!

    O filme é perfeito; quando vi não tinha a menor idéia de que houvesse um livro.
    Creio, pessoas, que estamos diante de um fato inédito! Pela primeira vez na história da humanidade um filme superou o livro! \O/
    Eu pretendo ler, para verificar isso pessoalmente. Mas, com certeza, o encanto-mor do filme se deve ao talento de Reese e à carinha fofa e apaixonada de Mark.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  14. O filme é a coisa mais linda, eu chorei até. Quero ler o livro, pq geralmente é bem mais detalhado que o filme. Mas é um romance magnifico!

    ResponderExcluir
  15. Já assisti o filme 2 vezes. Adorei.
    Sua resenha foi muito boa para mim porque estou cheia de livros para ler.Esse pode ficar para um dia quem sabe.
    Senti o mesmo que você em relação ao livro/filme "O Menino do Pijama Listrado". O filme me emocionou muito, mas o livro nem tanto.

    Bjks
    http://seliga-cris.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Poxa, sério que o filme é melhor que o livro? Às vezes os roteiristas mudam alguns detalhes que fazem diferença e acabam deixando a história mais interessante, mas geralmente eu prefiro o livro. Essa é a segunda resenha que eu leio sobre o livro e a mais sincera, fiquei curioso pelas mudanças da história

    ResponderExcluir
  17. Também não fazia ideia de que tinha um livro... e Jura mesmo que o filme supera o livro? Isso é raro... Quem sabe eu leio?!

    ResponderExcluir
  18. Bem mesmo você dizendo que vale a pena ler, acho que prefiro ficar assistindo o filme que me encanta sempre, pra mim nao da muito certo ver o filme e depois ler o livro, prefiro fazer o contrario, apesar de que com o numero quatro eu primeiro vi o filme e espero poder ler o livro.
    No caso desse filme e desse livro, nao sei porque mas nao tenho interesse em ler o livro. Faz parte...beijoaks elis!!!

    ResponderExcluir
  19. O filme é maravilhoso.
    Não imaginava que tinha livro do filme, mas isso do filme ser melhor que o livro me desanimou para ler, rs :/

    ResponderExcluir
  20. Acredita que só agora é que eu fui perceber que se trava de um livro do filme?! Nossa! hahaha
    Eu já assisti ao filme umas 3 vezes, e é lindooooo!
    O filme é ótimo, agora espero que o livro seja também, eles deviam deixar os personagens com os mesmos nomes do filme. Mas né..
    Quero ler!

    ResponderExcluir
  21. Conheci o livro pelo Livros&Bolinhos da Juh Oliveto, da onde surgiu o booktour!! Achei super legal vocês participarem! :)

    Ah então você prefere mais o filme, bom saber disso. O romance num toca lá no fundo, né? (no livro)
    Mas tenho muita curiosade em ler o livro :) Só gostaria que ele tivesse uma promoção maluca no submarino para eu adquirí-lo hhuehuehueuhuh

    beijos beijosss :****

    ResponderExcluir
  22. Nossa, eu acho esse livro tão lindo. Tão sensível, e tão superior ao filme. Até porque a parte mais bonita do livro ficou de fora do filme... aquela após a fuga do hospital. (Se bem que, segundo soube, o autor sabia que o filme seria inspirado no livro, e não uma adaptação fiel). E aquele final me fez ficar em cólicas pela continuação - é, existe uma continuação, pra quem não sabe - "Encontrar Você".

    Eu adoro Marc Levy (com exceção de Da Próxima Vez). Quando ele acerta a mão, escreve histórias únicas.

    ResponderExcluir
  23. Não assisti ao filme, mas sempre acho que os livros são muito melhores do que as adaptações para o cinema.

    ResponderExcluir
  24. Se eu tivesse que eleger um filme favorito COM CERTEZA seria 'E se fosse verdade'

    Eu detesto a Reese, mas nesse filme devo admitir, ela e o Mark dão um show, e os momentos finais são de tirar o fôlego. E é a primeira vez que há indícios de o filme ser melhor que o livro. :)

    Beijos!
    @pirulitolimao

    ResponderExcluir
  25. E se fosse verdade é um dos meus filmes prediletos e é um saco que eu não tenha lido o livro ainda.
    Li umas resenhas e tudo mais, mas ainda não tive tempo de lê-lo mesmo.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris