sábado, 28 de maio de 2011

Resenha: "O menino do pijama listrado" (John Boyne)

Por Juny: Tudo começa quando a mãe de Bruno comunica o garoto que vão precisar mudar de casa devido ao trabalho de seu pai. Ele fica revoltado, pois vai ficar longe de sua casa (que tem um corrimão ótimo para escorregar), escola, amigos, avós, da cidade e de tudo que gosta.

Eles vão para uma casa super isolada, Bruno quando lê a placa entende que lá é “Campo de Haja Vista”. É uma casa bem menor que a de Berlim e com uma grande cerca, que ao olhar da janela de seu quarto, Bruno vê que há milhares de pessoas magras do outro lado da cerca vestidas com pijamas listrados. Ele acha que o chefe de seu pai, um homem baixo, magro e de bigode estranho, que o menino chama de “Fúria”, estava com raiva de alguma coisa quando os mandou para um lugar tão ruim.

E um pensamento final que passou pela cabeça de seu irmão, enquanto ele observava as centenas de pessoas na distância prosseguindo com os seus assuntos, e era fato que todos eles – os meninos pequenos, os meninos grandes, os pais, os avôs, os tios, as pessoas que vivem sozinhas nas rua das vida e não parecem ter parentes – usavam as mesmas roupas: um conjunto de pijama cinza listrado com um boné cinza listrado na cabeça.

“Que coisa incrível”, ele murmurou, antes de se voltar para o outro lado.
Bruno é um típico garoto da época, muito inocente, gosta de brincar e aprontar por ai, e vive brigando com a irmã, Gretel. Seu sonho é ser um explorador, e em uma de suas explorações na casa nova, ele acaba encontrando um menino de pijama listrado do outro lado da cerca, Shmuel, logo eles ficam amigos e começam a se encontrar em todas as tardes, secretamente.

Bruno não sabe nem metade do que acontece ao seu redor, não tem idéia da guerra, da tortura realizada pelos nazistas aos judeus e nem das coisas que acontecem em sua casa. Hoje em dia um menino de 9 anos é muito esperto e não levaria as coisas com tamanha inocência, mas na época de Bruno não é difícil acreditar que tudo aquilo poderia ser real.

O livro me lembrou um pouco “A menina que roubava livros”, só que a narrativa se torna especial por ser contada por Bruno, que embora participe dos fatos, não entende tudo da forma que realmente é.

É um livro que embora seja curto, após a leitura deixa uma reflexão sobre os tempos de guerra, sobre quantos meninos iguais a Bruno e Shmuel, não sofreram com tudo isso, sem nem ao menos entender o porque de tanto ódio e violência. E o mais importante é o sentimento de amizade, que mesmo em tempos de guerra, entre “os contrários” como eles mesmo dizem, é maior que tudo.

“Você é meu melhor amigo, Shmuel”, disse ele. “Meu melhor amigo para a vida toda”.
Mal posso esperar para ler outros livros de John Boyne, pois ele sabe como escrever uma história muito bonita de forma simples e tocante.

Não tem como não se emocionar e se envolver com a história de Bruno e o seu amigo do pijama listrado. Já está como um dos melhores livros que eu li nesse ano, é imperdível! Recomendo muito!

56 comentários :

  1. Ainda não li ele...Mas posso afirmar que o John Boyne é muito boom!!Já li o O garoto no convés e gostei muito
    Beijos, adorei a resenhaa!

    ResponderExcluir
  2. Eu também gostei de O Menino do Pijama Listrado, da forma como John Boyne o escreveu! Para mim deixou a desejar em alguns minúsculos detalhes, mas acredito que a tradução tenha sido o fator principal.
    Ah, segundo o Wikipédia, tanto Markus Zusak quanto John Boyne lançaram seus livros no mesmo ano – 2006.

    Abração.
    Jonathan Henrique

    ResponderExcluir
  3. Não li o livro mas quero muito ler. Já vi o filme e fiquei encantada, me emocionei muito. É uma história muito triste mas uma crítica muito boa ao regime que dilacerou familias e sonhos. E no meio disso tudo há sempre espaço para a esperança através de uma amizade. É realmente muito bom este filme!

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Esse deve ser um livro incrível. Adorei a resenha e até quero ler!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Nossa esse livro é muito bom, não tem como vc se envolver e se emocionar, li ele em um dia... chorei horrores pois a história é linda..

    Adorei a resenha...

    Agora vou ler O garoto do convés...

    bjuuus

    ResponderExcluir
  6. Chorei muito com esse livro. Sempe me emociono com coisas relacionadas à Segunda Guerra. É uma pena eu não ter a oportunidade de ler mais nenhum livro do John Boyne.

    ResponderExcluir
  7. Nunca li nenhum livro dele mas, segundo comentários que vi por aí, ele é um bom autor.
    Esse livro está na minha lista de meta para esse ano.
    =**

    Luiza Helena Vieira
    Obsession Valley

    ResponderExcluir
  8. Olá, realmente não tem como não se emocionar com essa história, é uma história muito comovente que nos faz pensar na tristeza das guerras e na inocência das crianças.

    Fabiana

    ResponderExcluir
  9. Nossa, quero ler esse livro e depois assistir ao filme :)

    ResponderExcluir
  10. Já vi muita gente falar bem deste livro!!!
    Gostei muito da resenha!!
    Na lista! =)

    ResponderExcluir
  11. Eu já assisti o filme baseado nesse livro e, apesar de triste, eu gostei bastante, passa uma mensagem bem legal.

    O livro eu ainda não tive a oportunidade de ler, mas quero muito fazer isso, deve ser ainda melhor que o filme. =]

    ResponderExcluir
  12. esse eu já li \o

    Chorei rios com o final... axei tão triste q nem vi o filme =/
    mas foi surpreendente então considero um livro mto bom, mesmo não gostando de histórias com final triste ..

    ResponderExcluir
  13. Não li esse livro, nem assisti ao filme, pois se tratava de drama, gênero que fujo mesmo. Mas tenho uma amiga que idolatra esse livro, e ela me faz questãos de me contar resumidamente o livro. Parece ser uma história bem bonita, até pela amizade que vc citou, mas muito triste também.
    Bjus

    ResponderExcluir
  14. Não li esse livro ainda mas tenho bastante vontade apesar de saber que é bem triste o que eu não gosto muito.

    ResponderExcluir
  15. Eu sou simplesmente APAIXONADA por esse livro! MUITO MESMO! Recebi ele de uma troca que eu fiz e não me arrependi nem um segundo! :) MUITO LINDO! :D
    Adorei a resenha!

    bjs
    www.booksemporium.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Até hoje, não consegui comprar o livro, mas já vi o filme, e chorei muito no final, acho que é por isso que enrolo para comprar o livro, pois sei que vou me emocionar muito.

    ResponderExcluir
  17. Sempre me encantei com livros que relatam histórias que tenha a ver com a guerra, muito lindo e deve ser bem emocionante mesmo.

    ResponderExcluir
  18. ah que triste, já vi o filme desse livro :´(

    é uma história um tanto quanto bonita, e o final...dá aquele desespero...chorei horrores. Mas recomendo pra quem gosta desse estilo de livros.

    ResponderExcluir
  19. Depois de muito anseio consegui o livro! Fiquei bastante empolgada agora com a sua resenha, por saber tb que é narrado pelo garoto. A história fica mais leve mas sem deixar de nos tocar - pelo contrário.

    =**
    May
    It Cultura

    ResponderExcluir
  20. Eu tinha uma visão muito diferenciada desse livro, claro, eu julguei pela capa, mas parece que a história é mesmo incrível.
    Eu conheço gente que chorou com esse livro.

    ResponderExcluir
  21. Já li esse livro e gostei muito, apesar de ser triste ele ensina uma bela lição de amizade. O filme é muito bom também.
    Quero ler O garoto no convés do John Boyne também.

    ResponderExcluir
  22. Eu já li esse livro, ano passado...
    Lindo, maravilhoso, muito triste isso é verdade. Mas me encantei, a história é incrível...

    ResponderExcluir
  23. Sempre me falavam desse livro, mas eu não sabia sobre o que ele era, pelo tipo eu pensava que fosse outra coisa, mas agora estou com mita vontade de ler!

    ResponderExcluir
  24. Ja li o livro e vi o filme, são lindos e emocionantes!

    Uma leitura obrigatoria aos fans da literatura.

    ResponderExcluir
  25. Ah, eu li A garota que roubava livros depois desse, mas entendo a comparação.. Até lembro bem como eu li o final desse livro, estava dentro do ônibus de volta da faculdade e comecei a chorar do nada lendo os 2 últimos capítulos.. nossa, o povo ficava me encarando, não entendendo nada. Devem ter me achado uma louca, pq as lágrimas escorriam igual cachoeira. hahahaha
    É linda demais essa estória, embora em alguns momentos eu tenha ficado com muita raivinha do Bruno hahahaha
    Beijos flor.
    Até logo.

    ResponderExcluir
  26. Vi o filme deste livro, nunca chorei tanto! :( E o pior é que coisas assim realmente aconteceram...
    beijocas

    ResponderExcluir
  27. Chorei horrores assitindo o filme... imagina quando ler o livro?!

    ResponderExcluir
  28. Uma coisa é certa sobre o autor ele escreve divinamente. A história é mesmo simples, mas linda e emocionante.

    O garoto do convés segue a mesma linha nesse sentido.

    ResponderExcluir
  29. Eu queria muito ler o livro, mas depois que vi o filme e chorei horrores, desencanei..
    Triste demais X(
    Mas quem sabe, algum dia ainda tenha coragem de lê-lo? hauhauhaua
    Beijokas,
    Kell ^^

    ResponderExcluir
  30. Eu quero muito ler esse livro, conheci a historia numa adptação de teatro, feita num festival que teve na minha cidade. Achei o tema bem interessante.
    Parabens pelo blog.
    Gleison.

    ResponderExcluir
  31. Gente eu amo esse livro demais... Mesmo conhecendo cada fato que passa, eu me emociono muito toda vez que leio ele. Apoio a indicação, recomendadíssimo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  32. Eu gostei munito... espero poder ler outros livros desse grade escritor
    John Boyne

    ResponderExcluir
  33. Pense numa história emocionante e comovente e um dos primeiros livros que vêm à mente "O Menino de Pijama Listrado".

    Bela resenha.

    Papos Literários

    http://paposliterarios.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  34. um dos melhores filmes de drama q já vi!
    o livro deve ser mt melhor!!

    ResponderExcluir
  35. Já li tantas resenhas tanto sobre o livro,quanto sobre o filme E essa foi de arrepiar!
    Chorei horrores tanto em um, qto em outro..
    Mas confesso q qdo comecei a ler o livro, não dava muita coisa pra ele. O bom, fica da metade pra frente. Qdo surge a amizade de verdade. Emocionante, tocante, profundo.
    Vale a pena se emocionar.

    ResponderExcluir
  36. quero ler ele aida mas tenho um receiozinho, dizem que é muito triste, e eu fico bolado com livros emocionantes kk

    ResponderExcluir
  37. Esse livro é maravilhoso! Minha professora passou pra mim no 9º ano, me apaixonei e recomendo. É triste, mas vale a pena *-*

    ResponderExcluir
  38. Nunca li o livro,mas já vi o filme,ou melhor vi o filme ontem rs ,gostei muito do filme,é triste,mas muito bom ! Beijos ,gostaria muito de lê-lo !

    ResponderExcluir
  39. Ahhh é muito triste. Mas é lindo, lindo, lindo. Sempre recomendo pros meus amigos

    ResponderExcluir
  40. Morro de vontade de ler :( Vi o filme e me apaixonei. Crianças protagonizando uma história dramática fica sempre tão intenso e bonito. É realmente um dos filmes mais comoventes que já vi. Sou louca, louca pra ler o livro. bjs

    ResponderExcluir
  41. eu adorei o livro, deixa uma mensagem boa, e acho o Bruno um menino muito fofo...
    amei a sua resenha..
    beijos

    ResponderExcluir
  42. Nossa eu chorei tanto quanto li este livro, ele é de muita reflexão, assim como diz na sua resenha (que alias são sempre muito boas) nos faz pensar qual o valoor de uma amizade verdadeira

    ResponderExcluir
  43. Apenas assisti o filme (fui meio que obrigada a assistir para fazer um resumo para a escola). É muito triste, me segurei para não chorar, mas por dentro estava desabando. Não sei se teria coragem de ler o livro, não sei se conseguiria ter novamente aquele sentimento de tristeza. :/

    ResponderExcluir
  44. Assisti ao filme primeiro, depois li o livro. É incrível como o filme representa bem o filme, sem muitas modificações. E sim, é triste, bem triste. Mas é uma história de amizade linda.

    ResponderExcluir
  45. Ja vi o filme :( , que filme emocionante viu , ate chorar chorei, dá uma dó :( imagino que o livr seja tão bom quanto o filme,e o dia que der com todaaaaa a certeza vou comprar !

    ResponderExcluir
  46. Não li o livro mas quero muito ler. Parabéns pela resenha!!

    ResponderExcluir
  47. Eu não li o livro ainda. Mas quero ler, pois me falam muito bem da escrita do John Boyne. A história é realmente linda; assisti ao filme, e é muito lindo! Vale a pena assistir ao filme, quem já leu. Quero ler pois um livro nos transmite muito mais emoções, mas o filme é simplesmente maravilhoso ♥

    Beijos

    ResponderExcluir
  48. Já li o livro e adorei! 100x melhor que o filme, apesar de o filme ser bem fiel ao livro.
    Eu não consegui chorar com o livro e nem com o filme, não entendendo para quê tanto drama, mas...

    ResponderExcluir
  49. A menina que roubava livros é um dos meus livros preferidos, parece que vou gostar deste também. Vou tentar ver o filme, mas geralmente os filmes deixam a desejar...

    ResponderExcluir
  50. Já vi o filme e chorei horrores, quero muito ler o livro...

    ResponderExcluir
  51. Outro livro que ainda vou ler!!!! parece ser lindo!!!!!

    ResponderExcluir
  52. Terminei de ler faz poucos dias, é simplesmente perfeito. Todos deveriam lê-lo ainda na adolescência para compreender o quanto certas diferenças são insignificantes.

    ResponderExcluir
  53. eu somente assiti ao filme, que é muito bom, o livro dever ser melhor ainda!!

    ResponderExcluir
  54. Eu pensava que apenas eu não tinha lido esse livro ainda. hahaha
    Nem sabia que tinha o filme. Deu vontade de assistir agora ! '-'

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris