terça-feira, 6 de novembro de 2012

Resenha: Nas Sombras (Jeri Smith - Ready)

Por Carine: Este é o primeiro volume de uma trilogia da autora Jeri Smith - Ready. Nas Sombras foi publicado este ano pela Editora Galera Record.

O livro nos conta a história de uma jovem chamada Aura. Ela tem o poder de ver e falar com fantasmas, assim como todos os que nasceram após um evento denominado de A Passagem.

"Bem-vindo à minha vida. E só melhora!"

Esse "poder" incomoda bastante a protagonista que é constantemente bombardeada pelos mortos que a procuram pedindo ajuda. Alguns são bem raivosos e agressivos e acabam afetando-a fisicamente.
"Minha cabeça começou a ficar zonza. Ah não. Vertigem em uma pessoa nascida depois da Passagem, como eu, normalmente significa que um fantasma está virando sombra. Eles seguem poer esse caminho sem volta quando deixam a amargura deformar suas almas."

Esses fantasmas a procuram para que ela possa ajudá-los a fazerem justiça e prenderem seus assassinos. Sim, é isso mesmo, nessa sociedade, é possível que os mortos testemunhem na Justiça sobre o que lhes aconteceu. Para isso precisam de dois dos nascidos após a Passagem, estes confirmam o depoimento, validando-o e assim os fantasmas podem encontrar a paz através da Justiça.
"A Justiça não simplesmente aceita minha palavra, ou a de outra pessoa qualquer. O testemunho só conta se dois de nós, nascidos depois da Passagem, concordarmos sobre o depoimento do Fantasma. Já que fantasmas aparentemente não podem mentir, eles são ótimas testemunhas."
Apesar de estar fazendo o bem, Aura gostaria de poder se livrar disso, mas não sabe como, então tenta conviver da melhor maneira possível.

Fora isso a jovem leva uma vida relativamente comum de adolescente: ela tem um namorado, Logan frequenta escola, trabalha com a tia Gina, auxiliando-a a resolver os casos dos fantasmas que a procuram e está na dúvida sobre qual o momento certo para se entregar ao namorado.
"Essa é uma das especialidades da minha tia Gina: processo por responsabilidade em morte. Gina acredita em "paz através da justiça". Ela acha que ajuda as pessoas a passar do estado de fantasma para o que quer que esteja além. (...) O estranho é que normalmente funciona, apesar de ninguém saber exatamente o porquê."
No dia do aniversário de 18 anos de Logan, a sua banda, Keeley Brothers, se apresentará em um grande show onde poderão ser contratados por uma gravadora, além desse presente de niver, Aura quer tornar a noite do rapaz ainda mais especial e prepara tudo para que isso aconteça.
"(...) Logan beijou minha testa. - Esta noite está tão maravilhosa, Aura. Nós fizemos algo espetacular naquele palco, Nunca senti aquele tipo de energia antes.- Eu sei.- Mas não teria significado porra nenhuma sem você lá."
Uma atitude impensada de Logan o leva a morte e faz com que tudo vá por água abaixo: ele morre no meio da comemoração deixando Aura desolada. Diante de sua morte, a habilidade que a jovem sempre questionou é o que a mantém ligada ao seu amor, mesmo que eles não possam se sentir, nem se tocar.
"Quis me lançar escada acima, rasgar o saco e me agarrar à única parte do Logan que ainda podia tocar. queria gritar para os paramédicos não o levarem. Não ainda."
A situação é extremamente triste e delicada e Aura conta com um amigo que fica a seu lado e a consola, trata-se de Zachary um aluno que vem da Escócia fazer um intercâmbio. Ele é designado para ajudar Aura em seu projeto de Astronomia e desde que se conhecem, antes da morte de Logan, rola uma química entre eles.
"Meu pescoço se aqueceu com a forma que ele mexia os lábios e a língua ao pronunciar as palavras. Isso era errado, muito errado mesmo. Logan era o único cara que já tinha sido capaz de fazer me sentir assim, como se eu tivesse uma overdose de cafeína e uma queimadura de segundo grau. Toma jeito Aura. É só sotaque."

Há um mistério envolvendo-os, pelo menos é o que Aura acredita pois ela nasceu um minuto depois da passagem e ele, um minuto antes. Será coincidência? Será que se encontraram por acaso ou o destino de ambos está interligado?

Apesar do livro tratar do sobrenatural, um tema do qual não sou muito fã, a narrativa me prendeu em alguns momentos e fiquei curioso para saber como as coisas se resolveriam. Não podemos negar que há uma certa originalidade na maneira como a autora desenvolve um tema já tantas vezes tratado e esse é outro ponto positivo da obra. 

O ponto negativo, em minha opinião, fica pelo fato de que, em alguns momentos a história fica arrastada como se a autora não quisesse desenvolvê-la, talvez isso tenha sido proposital, para deixar perguntas sem respostas e mistérios em aberto e assim ter muito o que revelar nos próximos livros, de qualquer maneira achei que alguns pontos poderiam ter sido mais bem explicados como, por exemplo, a passagem, que é constantemente mencionada na história.

O livro é interessante, a leitura é fácil e além do sobrenatural há o romance com um triângulo amoroso dos bons. Acredito que grande parte dos leitores Jovens Adultos gostarão do livro e ficarão ansiosos, como eu, pela continuação.


- Veja o Book Trailler (em inglês)




Agradeço pela atenção de vocês! Espero de coração que tenham gostado da resenha e que ela os ajude a decidir se lerão ou não este livro.

Aguardo os comentários.
Até a próxima!

9 comentários :

  1. Nossa Nossa Nossa. Eu não sei porque, mas esse livro me lembra muito a série Wake, mesmo não tendo nada haver, mas isso não importa, importante mesmo é essa resenha que ficou maravilhosa e esse livro é muito... O.O

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha! Fiquei muito curiosa pra ler esse livro, achei a historia bem interessante o tipo de tema que nao estou acostumada a ler, mas que agora quem sabe eu nao mudo de ideia!! Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Não sei muito porquê, mas não me interessei. Acho que ainda falta algo para eu ficar curiosa em lê-lo.

    Meninas, tem novidade lá no blog: todos os preços dos meus trabalhos artesanais baixaram! Dêem uma olhada, e se gostarem, divulguem tb :)

    abração,
    Luciana
    Folhas de Sonhos artesanatos

    ResponderExcluir
  4. Ótima resenha, o livro me parece ter uma 'leve' inspiração em 'A Mediadora' da Meg Cabot. Fiquei bastante curiosa para saber como essa autora irá desenvolver esse assunto.

    ResponderExcluir
  5. Muito curiosa para ler esse livro. Gosto do "tema" fantasmas, e acho que iria gostar do livro.

    Beijos,
    Mandi - Book and Cupcake.

    ResponderExcluir
  6. Blog lindo!!!!! Seguindo. Amei suas resenhas!

    ResponderExcluir
  7. Esse livro parece ser muito perfeito, fiquei interessada quando vi um marcador do livro, depois fui procurar sobre a história e amei, super quero ler o livro!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Nossa, quando comecei a ler a resenha, achei que seria um tipo dos livros "A Mediadora" mas pelo que você escreveu o que acontece depois, parece que da um ar mais interessante.

    ResponderExcluir
  9. Adorei a resenha, mas o livro mesmo não me interessou muito. Até leria, não parece ser ruim... Quem sabe se eu ler não acabo gostando dele. Ah, a capa dele eu achei linda!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris