quinta-feira, 22 de novembro de 2012

[Gastronomia & Literatura] A Volta ao Mundo em 80 Pratos #3

Boa Tarde, Pessoas!

Próxima parada da nossa viagem pelo mundo é o Afeganistão, uma escolha um pouco inusitada eu sei. Exótico e até por certas vezes temido ele guarda grandes tesouros da literatura e da gastronomia.

Acredito que a maioria já deve ter lido algum livro do autor afegão Khaled Hosseini. E para hoje a indicação é o segundo livro do autor: A Cidade do Sol.

Sempre apostando no drama e na emoção, ele escreve com uma carga de realidade empolgante e envolvente.

Para mais informações sobre o livro, clique aqui.


E vamos a receita de Galinha Afegã (vou ficar devendo o nome orginal)

  • 2 dentes de alho grande
  • 1/2 colher (chá) de sal
  • 2 xícaras rasas de iogurte
  • Sumo de 1 limão grande
  • 1/2 colher (chá) de pimenta-do-reino
  • 2 peitos grandes de frango inteiros
Preparo:

  • Coloque o sal em uma tigela rasa e larga com o alho e amasse-os até formar uma pasta.
  • Adicione o iogurte, limão e pimenta.
  • Retire a pele do peito de frango, retire toda a gordura visível, e separe as metades.
  • Dobre cada parte de trás para quebrar os ossos e as peças ficarem deitadas.
  • Acrescente ao iogurte e vire para todas as superfícies ficarem bem revestidas.
  • Cubra a tigela firmemente e leve à geladeira.
  • Deixe marinar pelo menos durante a noite, até 1 dia e meio.
  • Vire após metade do tempo.
  • Para cozinhar, retire os peitos da marinada e limpe todos deixando uma fina película do marinado.
  • Assar ou grelhar de 6 a 8 minutos de cada lado, ou até ficar bem cozido.
  • Não deixar a carne tostar
  • Sirva imediatamente.
Espero que tenham gostado da dica de livro e da receita dessa semana. E não deixem de experimentar essa receita e ter um sabor do Afeganistão na sua casa. E a todos...

Boa Leitura e Bon Apetit
خواندن خوب و اشتها خوب

7 comentários :

  1. Amo o Volta ao Mundo! Achei bem legal a escolha de um lugar diferente. O livro eu nunca li, apesar de ter sido tão falado e tudo mais. Mas continua na minha lista. (algum dia, quem sabe? -rsrs)

    E essa receita deve ser divinaa!! Acho que vou me aventurar na cozinha. rsrs

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Ah, só de ler o nome do livro no começo do post, já deu uma saudadinha de ler ele novamente..rs
    E misturar uma boa galinha afegã nessa história deu água na boca.
    Gostei da receitinha, quem sabe logo não me arrisco?rs


    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Vou fazer tipo agora essa receita! Aparenta ser muito boa *----*
    Obrigada pela dica :)

    ResponderExcluir
  4. Só falta arranjar tempo pra fazer hahah

    ResponderExcluir
  5. Que receita mais peculiar, não sei se iria gostar.

    ResponderExcluir
  6. Esse é um dos melhores e mais emocionantes livros que já lia té hoje. Dá até vontade de ler novamente.
    E associar uma receita tão atípica pra nós a obra foi bem legal.
    Deu vontade de provar.

    ResponderExcluir
  7. Mmmmmm... O resultado dessa receita deve ser muito bom! Quem sabe, se uma das protagonistas desse livro tivesse preparado esse prato, um tal personagem muito grosso e cruel não teria feito o que fez... (quem leu vai entender!)

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris