quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Resenha: "O Caminho" (Richard Paul Evans)

Por: Cari Vieira: "O Caminho" é a sequência do livro "O Encontro" que integra a série caminhos da Editora Lua de Papel.


Para iniciar essa resenha gostaria de ressaltar que achei interessante o fato de que quem não leu o primeiro livro conseguirá acompanhar tranquilamente este, pois o protagonista vai mencionando, sempre que necessário, atos relevantes que foram contados  no livro anterior.

O livro começa com o personagem principal Alan Christoffersen no hospital, após ser atacado por um grupo de rapazes na estrada. Ao seu lado está uma jovem que ele ajudou na estrada em Spokane. A polícia a contactou porque foi o único nome que encontrou junto aos seus pertences. A moça se apresenta como Angel e passa a visitá-lo regularmente. Quando a médica lhe explica que precisará de repouso para se recuperar, Angel prontamente, se oferece para ajudá-lo convidando-o a morar com ela em seu apartamento.
"Em algum ponto entre ser esfaqueado e acordar no hospital tive uma experiência difícil de descrever. Pode chamar de sonho ou visão, mas McKale veio a mim. Ela me disse que não era minha hora de morrer, que ainda havia gente que eu estava destinado a conhecer. Quando perguntei quem, ele respondeu "Angel". Quem é essa mulher?"
Vivendo juntos eles vão construindo uma convivência amigável e com o tempo, Alan  fica curioso para entender por que não há fotos de parentes ou amigos da moça pelo apartamento, por que ela chora a noite e por que reluta tanto em falar sobre o passado.
"Fui arrastando os pés até o meu quarto, com Angel ao meu lado. quando cheguei à porta virei-me para ela. - Obrigado por tudo. Você é mais que uma boa enfermeira, é uma boa pessoa.
Ela me olhou nos olhos com uma luz que não consegui interpretar. - Eu gostaria que isso fosse verdade - disse ela, depois sumiu em seu quarto."

Ambos desenvolvem o hábito de assistir juntos a clássicos do cinema americano e, um dia, após assistir um desses filmes, ele finalmente entende o que está acontecendo com Angel e ela acaba contando os fatos de seu passado difícil.
"Nós humanos nascemos egocêntricos. O céu troveja e as crianças acham que Deus  está zangado com elas por algo que fizeram. os pais se separam e as crianças acham que é culpa delas, por não terem se comportado bem. crescer significa deixar de lado nosso egocentrismo pela verdade."

É a partir desse momento que Alan a ajuda a recomeçar, ele a incentiva a encontrar um novo sentido para a vida exorcizando os fantasmas do passado. Ele a convence que precisa de amigos e Angel passa, então, a conviver mais com Bill, um senhor solitário que é seu senhorio e a estudante Christine, sua vizinha.

O acidente sofrido por Alan faz com que seu pai o procure e eles conseguem aparar as arestas que prejudicavam o relacionamento entre pai e filho.
"Meu pai veio, Independente do que ele dissesse, seu gesto de vir me procurar falou mais alto."
Quando se recupera, Alan resolve recomeçar sua caminhada com o objetivo de chegar a Key West e, apesar de ser difícil despedir-se da agrande amiga que o auxiliou em um momento muito difícil, ele sente que é a hora de seguir com seus planos.
"Peguei minha mochila e a ergui até o ombro. (Ela) ficou  de braços cruzados, ocasionalmente limpando uma lágrima do rosto.
respirei fundo e disse - A gente se vê.
- A gente se vê."
Nessa nova jornada ele conhece Kailamai, uma adolescente órfã que está na estrada fugindo dos lares adotivos. Alan a salva de ser atacada por alguns rapazes e a partir daí eles caminham juntos por um tempo.
"Eu já tinha visto o suficiente. Subi na beirada da estrada e gritei: - Deixe-a em paz."

Ao conhecer toda a história de Kailamai e seus sonhos, Alan tem uma ideia brilhante a acaba contribuindo para colocar a jovem no caminho de transformar seu futuro e de alcançar o que tanto deseja, novamente então, ele passa a seguir seu caminho sozinho.
"Hoje eu fiquei sabendo a história de Kailamai. É quase tão difícil acreditar que alguém com tantas provações tenha tanta esperança quanto crer que haja aqueles com tantas vantagens e são tão desesperançados. "
Gostei mais deste segundo livro do que do primeiro, simplesmente porque neste, as descrições dos caminhos e cidadezinhas, que me cansaram no outro, ficam relegadas aos capítulos finais. O final de "O Caminho" também é mais marcante, deixando-nos curiosos para saber do que se trata e o que vai acontecer.

Novamente é o protagonista que narra a história o que nos aproxima ainda mais de suas angústias, problemas e decisões.Richard Paul Evans escreve muito bem com uma linguagem simples e cotidiana. A Lua de Papel fez um trabalho muito bom com a revisão e edição desse livro, entretanto não entendi muito bem a escolha da capa. Apesar dela ser linda e similar a do primeiro livro, considero que não tem muito a ver com o conteúdo do mesmo. Em "O Encontro" associei a capa a história de amor interrompida pela morte de McKale, mas, em minha opinião a capa do segundo livro deveria tratar mais de amizade, coragem e força de vontade que são seus temas principais. De qualquer maneira é lindas e, com certeza, chama a atenção do leitor, mas, não diz muito sobre a obra em si.

Como no livro anterior, há passagens muito bonitas que nos fazem parar, pensar e refletir sobre nossos problemas, nossas escolhas e principalmente sobre como estamos vivendo a nossa vida. Como vocês podem perceber.
"Todo mundo tem problemas. A questão é a forma como você lida com eles. Algumas pessoas escolhem ser choronas, outras escolhem ser vencedoras. Algumas escolhem ser vitoriosas, outras escolhem ser vítimas."
Indico para aqueles que gostam de livros de auto-ajuda, de histórias de superação e de mensagens positivas.

Espero que gostem da resenha
Quero ler os comentários!
beijos
Cari

8 comentários :

  1. Gizeli Regina Meisterquarta-feira, novembro 28, 2012

    Li duas vezes a sua resenha, esse livro conseguiu despertar o meu interesse é aqui estou, querendo saber mais dos dois livros, conhecer os personagens e seus dramas.

    ResponderExcluir
  2. Eu li o primeiro já dessa série. E achei muito bom. Eu nem sabia que havia saído o segundo.

    ResponderExcluir
  3. Pedi recentemente o livro O Encontro numa troca no skoob.Deve tá quase chegando.rs não vejo a hora de poder ler esse livro e agora, já tô maluca por essa sequencia.
    Eu gosto muito dos livros de auto-ajuda, alias, tá pra nascer um gênero que eu não curta muito.
    Acho super importante ler de tudo, para ir moldando minhas opiniões.
    E pelo que li na resenha, esse livro também faz refletir. E eu vou ler ele, com certeza.

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Esse é um dos livros que pedi para Papai Noel esse ano. Tenho o livro 'O Encontro" e apesar de ainda não ter lido, sei que vou me deparar com uma bela história.
    Quanto à capa, vc viu que vão relançar o primeiro livro com capa nova? Amei e odiei a ideia, já que tenho o antigo, fico me coçando para ter a capa nova, que é linda! Conta no skoob.

    Gostei da sua resenha e das citações, com certeza pedi direitinho meu presente de natal.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  5. Um livro pra refletir, ja entrou na minha lista de desejados. Essa serie parece ser tudooo de bom!

    ResponderExcluir
  6. Estou com muita vontade de ler O Encontro, do qual eu não lembro se já li alguma resenha. Mas amei a resenha de O Caminho, parece ser um livro bem gostoso e leve de ser lido.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. amei a serie.. Richard Paul já esta na minha lista de favorito. suas historias são lindas e inesquecíveis.. gosto da originalidade do autor, apesar da capa nos fazer lembrar Nicolas Sparks, as historias são completamente diferente, as historias de Nicolas S, infelizmente são clichês, as de Richard é um verdadeiro diferencial.. eu ameeeei e recomendo

    ResponderExcluir
  8. Ah sim..rs quero parabeniza-la pela resenha..rs soube expor muitíssimo bem o livro.rsrs. Bjus

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris