sábado, 30 de outubro de 2010

RESENHA "Os diários secretos de Agatha Christie" - John Curran

Para mim que não sou uma conhecedora das obras de Agatha Christie o livro foi bem complexo e demorado, mas consegui entender e ler e, as dúvidas que ficaram solucionarei lendo suas obras. A verdade é que você encontra tanto mistério e tanto desenvolvimento que o interesse desperta para a leitura de todas as obras, e não são poucas, acredite.
A rainha dos clássicos policiais tem uma mente para escrever e para o suspense que não é nem de longe fácil de ser desvendado e essa é a maior qualidade de suas obras: o mistério. Quem já conhecia o clássico personagem Poirot, ainda encontra um destaque especial a ele no livro “Os diários secretos de Agatha Christie”. 

A criação do detetive belga é explicada de maneira divertida e objetiva e o interessante é que embora Agatha Christie seja vista como a típica escritora inglesa, seu personagem mais famoso seja um “estrangeiro”, um belga. Poirot teve muitos rascunhos até ser criado como a rainha do crime achara satisfatório. Na época todos os personagens tinham a necessidade de ter uma clara idiossincrasia ou até várias, como Sherlock Holmes, o violino, a cocaína e o cachimbo. O detetive de Agatha, porém, foi criado belga, com seus bigodes, seus quartos minúsculos, sua excessiva vaidade, tanto intelectual quanto física, e sua mania de organização.

O único erro, porém, é que ao criá-lo em 1920, como membro aposentado da força policial belga, significava que em 1975 e no conto Cai o Pano ele estaria com mais de 130 anos de idade. Mas, claro, Agatha nunca imaginara que Poirot, que ela inventara, sobreviveria a ela. Interessante, não?

São vários os contos da rainha Christie, mas eu resolvi falar de um em especial, julgando ser um dos mais conhecidos, “ O Caso dos Dez Negrinhos”. Dez pessoas que não se conhecem são convidadas a passar um fim de semana em uma ilha próxima à costa de Devon. O anfitrião não aparece e uma série de mortes, dos convidados, faz com que descubram que um deles é o assassino, seguindo fielmente um poema infantil que está pendurado em cada um dos quartos, o poema é esse:
"Dez Negrinhos vão jantar enquanto não chove
Um deles se engasgou, e então ficaram nove.
Nove negrinhos sem dormir, não é biscoito!
Um deles cai no sono, e então ficaram oito.
Oito negrinhos vão ao Devon em charrete,
Um não quis mais voltar, e então ficaram sete.
Sete negrinhos vão rachar lenha, mas eis
Que um deles se corta, e então ficaram seis.
Seis negrinhos de uma colméia fazem brinco
A um pica uma abelha, e então ficaram cinco
Cinco negrinhos no for, a tomar os ares
Um ali foi julgado, e então ficaram dois pares.
Quatro negrinhos no mar, a um tragou de vez
O arenque defumado, e então ficaram três.
Três negrinhos passeando no Zôo, e depois?
O urso abraçou um, e então ficaram dois.
Dois negrinhos brincando ao sol, sem medo algum,
Um deles se queimou, e então ficou só um.
Um negrinho está aqui a sós. Apenas um,
Ele então se enforcou, e então, não ficou nenhum."
O Caso dos Dez Negrinhos é um dos romances mais famosos de Agatha Christie e, como é descrito no livro o mais difícil escrito por ela, já que aconteceriam dez mortes e nada poderia parecer ridículo. Agatha teve que ser meticulosa, perspicaz para conseguir vencer o desafio e e óbvio que ela conseguiu, haja vista que o conto é um dos mais conhecidos mundialmente. O que mais é interessante nessa obra analisada são as anotações e as explicações de John Curran, já que ficamos conhecendo as obras de Agatha por seu desenvolvimento, desde o início, desde os primeiros rascunhos. Parece que estamos vivenciando a época em que foram escritas, e isso, acreditem é uma honra.

Cada rascunho tem uma história, cada anotação pode se referir a algo que não sabemos e isso é contagiante, faz com que a leitura evolua para um patamar muito mais interessante, como o fato de que os próprios personagens do conto, O Caso dos Dez Negrinhos, deram um enorme trabalho para que Agatha os criassem. No princípio foram criados oito personagens, logo após em uma etapa mais adiante, a julgar pela mudança da anotação a lápis para caneta e a caligrafia alterada, ela tenta mais uma vez e inclui doze personagens. E as anotações seguem até o desfecho do conto. Ótimo!

Há ainda a história de dois novos contos, inéditos, de Poirot, creio ser um fato interessantíssimo e genial para os fãs desse querido personagem, criado pela maravilhosa Agatha Christie. John Curran consegue mostrar todos os seus contos de forma inteligente e curiosa, o que encanta e nos leva até a última página sedentos de prazer pela leitura misteriosa e sedutora de Agatha.

Ah, como lhes disse a curiosidade em conhecer todas as outras obras é tamanha e, por esse motivo já estou providenciando o meu exemplar de O Caso dos Dez Negrinhos, para que possa ler e desfrutar de todas as anotações feitas por ela. Assim que ler os diários, procure uma de suas obras para ler, afinal, todas essas anotações só conseguem nos deixar com inveja e vontade de ser um exímio conhecedor dos romances policiais da maior autora de todos os tempos. Até a próxima.

20 comentários :

  1. Adoro Agatha Christie...sou fã dela. Eu, para variar, já queria o livro, depois da resenha...Preciso Urgente...
    Bjos!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu li apenas um livro da Agatha ( cai o pano)e achei incrivel a forma com que ela escreve tudo.. Nos deixando curiosos o tempo todo. Adoro ,adoro e quero o diario hehe.. E todos os outros livro dela tmb. Parabens pela resenha ótima.
    Bj

    ResponderExcluir
  3. Nossa a Agatha Christie é tudo de bom eu amo de paixão os livros dela ela escreve super bem só que esse foi um dos livros que não me interessei muito sei lá o porque mais vale apena pelo menos tentar né

    ResponderExcluir
  4. Em primeiro lugar, parabéns pelo site.
    Acho que Assassinato no Expresso Oriente é o mais famoso, não, O Caso dos Dez Negrinhos. Além disso, aquele livro revolucionou a forma de escrever os livros sobre crimes. Antes dele, o crime já tinha acontecido e o investigador o resolvia (às vezes, nem precisava ir ao local, como acontece com o citado Sherlock Holmes). Agatha Christie coloca Poirot em um trem onde o crime ainda não aconteceu. Quando acontece, ele resolve. Foi realmente uma revolução. Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom! Das obras dela, eu só li "O Caso dos 10 negrinhos" e fiz um teatro na oitava série XD Lembro boa parte do poema de cór ate hj! É genial a maneira como as mortes acontecem!
    Quero muito ler dps a parte dos diários que fala sobre essa obra! E quero ter a oportunidade de ler mais obras dela! ^^
    Otima resenha, prima!

    ResponderExcluir
  6. Devo dizer que Agatha Christie representa para mim uma grande lacuna na minha estante. Nunca li nada dela. Triste, né? Mas qualquer dia desses eu mudo essa história.

    Enfim, esse livro que vc resenhou parece ser bastante interessante. Os adorares da autora devem tê-lo amado.

    Super beijo.

    ResponderExcluir
  7. Eu li Agatha Christie pela primeira vez no Ensino Fundamental, e foi justamente o livro O Caso dos Dez Negrinhos!!!
    Adorei esse livro,e depois dele eu já li vários livros dela.

    Estranho que até hoje nunca li nenhum livro que tivesse Poirot como personagem.

    E claro que eu quero ler “Os diários secretos de Agatha Christie”,que fala de uma das minhas autoras favoritas, sem falar que essa capa é linda.

    Bye

    ResponderExcluir
  8. Quero muito ler esse livro. Sou APAIXONADA pela Agatha e pelo Poirot. Ainda não tive coragem de ler Cai o Pano, justamente por ser o último. E até nisso ela foi um gênio, meu deus!

    Li o caso dos 10 negrinhos, mas não é um dos meus favoritos. Achei MUITO bom, mas prefiro o Poirot descobrindo as coisas :P

    Beijocas!
    Juh Oliveto
    Livros & Bolinhos ~

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li nenhum livro da Agatha, mas falam tanto, tanto de suas obras que dá vontade de correr e comprar um para ler *-*

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  10. Huum, nunca havia lido sequer uma vez uma das obras de Agatha Christie, há alguns dias eu até ia comprar uns livros dela, mas deduzi que não fossem bons então nem comprei.
    Gostei da história, mas não me despertou tanto interesse.

    ResponderExcluir
  11. Eu sou apaixonada pelos livros dela. O primeiro que eu li foi Expresso do Oriente e - G-suis! - o que foi aquilo? Eu simplesmente amei o final por ser tão... Humano. Não vou falar spoilers... rsrs

    beijos

    ResponderExcluir
  12. Bem; o que falar de Agatha Christie: Maravilhosa. Para os fãs deve ser uma maravilha de livro que tbm estara na minha lista.

    ResponderExcluir
  13. Sou superfã da Ágatha Christie. Quero esse livro! :)

    ResponderExcluir
  14. Olá! Parabéns, pela indicação.
    Amo Agatha Christie!
    Para os fãs dela acho que todos os livros são supreendentes e de sucesso.
    Li o Caso dos Dez Negrinhos e lendo a resenha rememorei cada cena do livro. Obrigado!

    Até breve...

    ResponderExcluir
  15. Quando eu estava na 5°série eu nem ligava muito para livros e leitura eu achava super chato mais eu tinha um professora de Inglês que todo mês ela contava uma historia diferente falando frases e trechos em Inglês pra gente traduzir e uma das ultimas histórias que ela contou foi O Caso dos Dez Negrinhos mais ela naun contou a historia super detalhada como é no livro e eu comprei o livro dela pra mim ler a historia melhor e foi o primeiro livro q eu comprei depois disso me apaixonei e naun parei mais de ler

    ResponderExcluir
  16. Agatha Christie é uma que está na minha lista...
    Ainda não li, mas tenho muita vontade!!

    ResponderExcluir
  17. Agatha christie sem duvida, a melhor escritora de policiais.Adoro, simplesmente as suas intincadas tramas e ansio pelos finais.

    http://silenciosquefalam.blogspot.com/2010/11/120-anos-de-agatha-christie.html#links

    ResponderExcluir
  18. Como eu já havia dito em uma outra resenha, Agatha Cristie dispensa comentários! E eu nem sabia da existência desse livro. Deve ser muito interessante!

    ResponderExcluir
  19. Greetings! This is my 1st comment here so I just wanted to give a quick shout out and say I genuinely take pleasure in reading by way of your posts. Can you suggest any other blogs that deal with the very same topics? Thanks for your time!

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Adoro Agatha Christie. Já tenho este livro e pretendo efetuar a leitura este ano.
    O Caso dos Dez Negrinhos e realmente um super livro.
    Sou suspeita em dizer (kkk...), qualquer livro cujo detetive seja o Poirot, é sempre bom.

    Bjos e obrigado pela resenha.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris