sexta-feira, 8 de abril de 2011

RESENHA: "Ghostgirl" (Tonya Hurley)

Primeiramente a capa do livro é muito legal, é sobreposta! E nota 10 pra diagramação, o design do inicio dos capítulos e das páginas é muito lindo. A Editora Agir está de parabéns.

A estória começa no primeiro dia de aula, conhecemos Charlotte, uma garota que timida, que não tem amigos e normalmente passa despercebida na escola.

Ela passou as férias toda se preparando e estudando maneiras de mudar seu estilo, ser notada, virar popular e conquistar o garoto mais lindo: Damen Dylan.

Na teoria tudo parece fácil depois de tanto planejamento, mas aos poucos ela vai percebendo que nada mudou, que ela continua “invisível”, ninguém nota nem sequer sua roupas novas, que seguem as tendências das garotas populares.

Todas as meninas da fila começaram a soltar risadinhas quando ela se virou para ir embora. Charlotte já havia sofrido esse tipo de crueldade antes – pela frente e pelas costas – e sempre tentara não se importar com o que as pessoas pensavam ou diziam dela. Mas, mesmo com suas roupas novas. Ainda não tinha ficado forte o suficiente para ser indiferente ao completo desgosto.

Logo no começo ela morre, de modo muito ridículo e demora um pouco para entender o que aconteceu. Mesmo como fantasma não esquece da sua busca.

Somente uma garota gótica, Scarlet, consegue vê-la, ela é irmã da líder de torcida mais insuportável (Petula). O momento que as duas se encontram, pela primeira vez, no pós-morte, é um tanto engraçado. As duas ficam amigas e a partir daí flui a maior parte da trama.

O closet de Scarlet parecia o banheiro de um bar barra-pesada, com poemas, desenhos e letras de música grafitadas em todas as paredes. (...) Scarlet começou a procurar desesperadamente em suas gavetas por alguma coisa, qualquer coisa, que a defendesse do demônio do chuveiro.
Há várias referencias de músicas e frases famosas, também há uma “explicação” (tipo uma moral da história) no inicio de cada capítulo.
Você pode ver meus olhos como portas abertas
Levando-o até meu âmago
Onde eu tornei me vazia, sem alma,
Como meu espírito dormindo em algum lugar frio
Até você encontrá-lo e levá-lo de volta para casa.
(Evanescence)
O livro, no fundo, é uma crítica ao escolas americanas e seus grupos, onde poucos são populares e a maioria são os perdedores, invisíveis, rejeitados. Embora aqui no Brasil não haja lideres de torcida e times de basquete/futebol americano, é bem fácil identificar que as coisas também funcionam assim na maioria das escolas. E o bullying rola solto.

"Ghostgirl" é uma série e deu pra perceber que é bem popular nos EUA (muitos videos relacionados no Youtube, de divulgação e editado por fãs) e já conta com 3 livros lançados.

A autora usa de muito bom humor e metáforas, para mostrar os dramas de Charlotte, cabe ao leitor perceber a mensagem. Se você quer um livro adolescente, com uma temática engraçada e descontraída, leia Ghostgirl!

25 comentários :

  1. Eu vi esse livro na livraria, é muito fofa a capinha, belas ilustrações. Eu achei que fosse só engraçado, não sabia que tinha essa critíca com relação ao sistema das escolas americanas. Espero ter a chance de ler esse livro. Adorei a resenha, está de parabéns.

    ResponderExcluir
  2. O livro é uma crítica para quem não se encaixa nos grupos pré- estabelecidos, afinal todos queremos fazer parte de um grupo. Ótima resenha e as ilustrações são lindas, dando um toque sombrio ao livro. espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  3. Eu comecei a ler esse livro em espanhol. Agora tô na expectativa pro meu chegar!

    ResponderExcluir
  4. Nossa!
    eu fiquei interessada...
    Ainda mais agora que o tema de Bullying tá sendo cada vez mais comentado...

    Acho que lá isso é bem mais barra pesada, mas aqui tb sempre teve e antes ninguem ligava pq não era falado.. rs

    bjs
    hey Evellyn!

    ResponderExcluir
  5. Já é a segunda resenha que leio do livro. As duas elogiaram a capa e diagramação, o que realmente me desperta um interesse enorme de grande. Mas não consegui me sentir atraída pela história ainda. Não à ponto de juntar dinheiro e ir lá comprá-lo. Quem sabe num empréstimo eu não acabe lendo-o(o que me lembra que preciso de amigos leitores para compartilhar livros aleatórios e comentários idem).

    ResponderExcluir
  6. Estou super curiosa em relação a esse livro, desde que vi a versão original (que tem um formato diferente, que - ainda bem! - a Agir modificou), pois a capa chama mesmo muito a atenção!
    Charlotte e Scarlet parecem ser aquelas duas melhores amigas que você fica pensando "Como elas são amigas?", né? =P
    Adorei o fato que todo começo de capítulo tem uma parte de uma música, ou coisa assim, gosto quando tem isso nos livros!
    Bjs,
    Isa ~ Portal dos Livros

    ResponderExcluir
  7. desde q li sobre esse livro fiqei com vontade de ler, agora a vontade aumentou mais ainda! *-*

    --
    hangover at 16

    ResponderExcluir
  8. Já tinha lido uma resenha desse livro mas não tinha me chamdo a atenção, você me fez mudar de idéia não é nenhuma prioridade mas se surgir uma oportunidade gostaria muito de ler.

    ResponderExcluir
  9. Eu achei o livro fofinho.rs MAs nao sabia que tinha "lição de moral", apesar de nao curtir mto isso, o estilo do livro é bem legal. Qm sabe as pessoas q lerem nao se conscientizam e param de atormentar os outros!!

    O Bullying ta solto!!

    Gosto muuuito da banda Evanescence. Ja fui viciadonaa!!rs

    Otima resenha!

    Beeijo

    ResponderExcluir
  10. Ainnn
    Eu estou louca por esse livro, acho tudo tão fofo.
    Todas as resenhas que lí são de uma forma ou de outra positivas.
    Eu quero!
    Adorei os trechos que vc citou.

    Beijooos

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha ;D sempre li ótimas resenhs sobre este livro, aí me fizeram ficar com vontade de lê-lo :) quando eu tiver a oportunidade, vou comprá-lo ;)
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Nossa, mto legal, não conhecia, mas parece ter uma idéia bem original e legal!
    Ótima resenha!
    Bjoos

    kastmaker.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Achei esse livro muito fofo desde que vi a capa e a história não poderia aparecer em melhor momento,já que o bullyng está bastante em evidencia!Tenho muita vontade de ler só vejo elogios sobre ele.

    ResponderExcluir
  14. baixei esse livro, to no cap 6 ainda. me impresssionei com o cuidado do design dele.
    todo cap começa com um desenho, uma citação e uma reflexão. mto fofo

    ResponderExcluir
  15. Eu já estava querendo ler esse livro, e depois que você colocou esse trecho de Evanescence... Morri *-*
    Mal posso esperar para ler!

    Bjus.

    ResponderExcluir
  16. Interessantíssimo o livro a partir do momento que traz, além da diversão e da leveza, a proposta de fazer uma crítica ao modo de organização das escolas que mostram o terrível fenômeno bullying! Merece ser lido e vai para a minha lista! Bjos!

    ResponderExcluir
  17. Fico feliz em ler resenhas de livros que eu não dava nada por eles, e descobrir que são bons. Tinha uma ideia contrária a Ghostgirl, não sei se foi a capa ou o tema sobrenatural, mas fiquei encantada com a resenha, e acabo de colocar ele na minha lista.

    ResponderExcluir
  18. Amei as figuras do livro!
    Afora todo o universo que ele propicia a reflexão sobre esse fenômeno hoje rotulado por bullying. Ótima leitura para os profissionais que trabalham na educação também, pois trabalha de forma descontraída um tema tão pesado.
    Mas vamos lá, vai pra listinha!
    Até,
    milaresendes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Fernanda Carvalhosábado, abril 16, 2011

    Esse ja ta na minha lista!!! Amei a resenha, quero mto ler!!

    ResponderExcluir
  20. Ainda não pensei em comprar esse livro, já li algumas resenhas, notei que o pessoal adorou a capa e a diagramação, o enredo parece interessante, e acredito que seja mesmo, porém li uma resenha que dizia que era uma pena o livro ser tão curto..rsr..entao vou esperar para te-lo. Mas com certeza desejo te-lo um dia...beijokas elis

    ResponderExcluir
  21. Já li muitas resenhas desse livro. Sim, adorei, sem falar nessa capa que ficou tão fofa.
    Apesar disso ser bastante comum nos eua, no Brasil, isso não é muito raro não. Tem gente que quase não se é notada na escola. Experiência própria, mas não morri, viu gente. rs

    ResponderExcluir
  22. Oi!

    Eu gostei da resenha, a história parece legal.
    Espero que o sucesso da série enfie algum juízo na cabeça das turminhas adeptas do bullying.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  23. Oi,

    Bom, primeira resenha completa que leio desse livro e ela me deixou curiosa. Parece ser uma leitura leve pra se se ler em uma tarde quietinha, certo?

    Quero ter a oportunidade de ler; estou precisando me desligar um pouco de livros que são séries ^^

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  24. Eu to doida pra ler esse livro também! A capa é maravilhosa e eu geralmente compro livros pela capa. Sim, eu admito hihi
    Mas essa é maravilhosa mesmo! Tomara que eu possa ler em breve hihi

    Beeijo

    ResponderExcluir
  25. Tenho muita vontade de ler esse livro sempre leio resenhas sobre ele, e a capa tbm parece ser tão linda! Eu quero *-*

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris