sábado, 11 de janeiro de 2014

[Minhas Palavras] Ano Novo, Vida Nova (?)

A coluna "Minhas Palavras" apresenta textos originais, de diversos temas, produzidos pela equipe do Dear Book.
POR: Raquel Morelli
(Colunista de Cinema e autora do blog "Pensamentos e Opiniões")



O final de um ano sempre tem um clima diferente do resto dos outros meses. É um misto de ansiedade, felicidade, renovação. Talvez porque muita coisa (que eu considero boa) acontece. É quando tiramos férias, esperamos pelo Natal, uma época que parece mágica porque tudo funciona diferente no Natal, e também ansiamos pelo ano novo.
Então, começamos a nos renovar.
Eu sempre penso em tudo de bom e ruim que aquele ano me trouxe. Todas as lições que aprendi e também começo a me planejar para o ano seguinte. Tudo que quero manter, o que desejo excluir e o que pretendo melhorar.
Então, no dia 31 de dezembro sinto aquele apertinho no peito por ter que me despedir de um ano (por pior que ele tenha sido, eu sou uma pessoa nostálgica) e ao mesmo tempo sinto uma alegria em saber que terei 365 dias para realizar planos, fazer novos planos, mudar e continuar escrevendo minha história.
Pois bem. Desde sempre faço (mentalmente ou não) aquela listinha com "Resoluções para o Ano Novo". E, sinto informar, muitas coisas que planejo acabam se perdendo no meio dos 365 novos dias.
Todo ano eu penso "Esse ano vou ter uma alimentação saudável, reduzir ao máximo o consumo de Pepsi e de chocolate. Vou comer menos massa e mais salada. Vou fazer exercícios e vou levar a serio a academia que todo ano começo mas sempre paro no primeiro mês".
Que droga. Estamos em 2014 e ainda não fiz nada disso.
Em contrapartida, algumas coisas se realizaram, pois quando era mais nova desejava um namorado (é, sim. Podem rir, eu sempre quis e no meio dos fogos queria que essa vontade se concretizasse no ano que chegava). Hoje posso dizer que 2011 me trouxe (finalmente!) o que eu tanto esperava e para esse ano apenas desejo que o meu relacionamento continue do jeito que está (sempre buscando o melhor, claro) e que eu sempre consiga demostrar todo o amor que sinto por ele nos pequenos detalhes do dia a dia.
Por fim, além do clássico desejo típico de todo ano novo que nunca realizo (que é aquele da alimentação saudável e academia), desejei que em 2014 eu me torne mais paciente, mais tolerante e compreensiva e menos ciumenta (tenho ciúmes de tudo, desde meu DVD favorito que não empresto para ninguém, até aqueles ciúmes clássicos do cachorro, da Vó, da mãe, do namorado, dos amigos).
Desejei que minha personalidade forte continue forte nos momentos certos e me dê um tempo nos momentos inoportunos.
Também espero que em 2014 eu tire algumas noias da minha cabeça, pois elas não são boas, não me fazem bem e eu posso viver muito melhor sem elas.
Também espero parar de beber vodca e principalmente tequila.
Bom, ok, todas essas resoluções estavam em minha mente na Terça-feira de revellion.
E quer saber? Já no dia 01 de janeiro essas noias continuaram como se o ano fosse o mesmo, no primeiro sábado de janeiro minha personalidade forte e meus ciúmes falaram mais alto e eu confesso que estou com vontade de tomar um shot de tequila na próxima balada que eu for.
(Quanto à vodca, realmente acredito que não vou mais beber, pelo menos por um bom tempo, após passar muito mal no Natal, enfim.)
Agora, para finalmente acabar esse texto, eu expus todas essas resoluções ("enrolei" para algumas pessoas) apenas porque queria dizer o seguinte: pode entrar e sair ano, você pode fazer suas resoluções, pode fazer simpatia, pode pular as sete ondinhas, mas se VOCÊ não tomar a iniciativa de realizar suas coisas, elas não vão acontecer. O ano novo não é obrigado a fazer milagres por você, coitado. Ele é novo e não milagroso. O milagre é você que tem que fazer.
Tem que acreditar que vai dar certo e mais, colocar realmente em prática seus desejos. Ou tudo vai ficar igual ao ano velho. Ano novo, vida velha.
Ah, lembrei que em 2011 dei um prazo de 5 anos pra eu conseguir escrever um bom livro e publicá-lo (um puta tempo, eu sei, mas para uma pessoa ansiosa como eu, que faz e para, começa e demora pra continuar, até que está ok), acredito que até o final desse ano (com 2 de antecedência), eu vou finalmente conseguir realizar esse sonho (oremos, mas garanto que a minha parte estou fazendo).
E outra coisa também, apesar de já ter feito algumas coisas que eu queria ter mudado e pelo jeito não consegui, pelo menos marquei horário na nutricionista...
Quem sabe né? Afinal, o ano está apenas começando.... Então, comece você também, REcomece!
Feliz ano novo, ou como minha família sempre diz: "Happy New Year"!!!!
( coloquei isso por ser em inglês, já que tem gente que vai ter que fazer TCC para concluir o curso de Letras em 2014)....

Boa sorte a você nesse ano novo :)

2 comentários :

  1. Realmente a iniciativa é tudo, o trabalho, o batalhar por aquilo que se deseja, querer não é ter. Quem quer deve buscar, realmente.

    ResponderExcluir
  2. "Esse ano vou ter uma alimentação saudável, reduzir ao máximo o consumo de Pepsi e de chocolate. Vou comer menos massa e mais salada. Vou fazer exercícios e vou levar a serio a academia que todo ano começo mas sempre paro no primeiro mês" kkkkkkkk Realmente me define !

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris