quarta-feira, 4 de março de 2015

Resenha: "Emma" (Jane Austen)


Por Yuri: Olá a todos! Sou a nova resenhista do Dear Book! Antes de apresentar a minha primeira resenha, gostaria de "falar" como surgiu a minha paixão por livros.

Quando eu tinha 6 anos de idade, sempre voltava da escola com um livrinho que alugava na biblioteca e pedia para a minha irmã ler para mim antes de dormir.
Eu cresci e essa paixão por livros só aumentou. Antes eu lia para dormir, agora eu leio para descobrir um mundo novo e para vivenciar coisas que talvez, de verdade, nunca aconteceriam comigo.

Então para estrear, a minha primeira resenha é de uma autora que gosto muito.

O livro escrito por Jane Austen conta a história da personagem Emma, que além de ser bela, inteligente e rica, é também adorada e mimada por todas as pessoas do seu círculo de convivência, e por esse motivo acredita que não precisa se casar. No entanto, um dos seus divertimentos é bancar a casamenteira.
Emma Woodhouse, bela, inteligente e rica, senhora de uma confortável mansão e de excelente disposição de espírito, parecia congregar em si alguma das melhores bênçãos da existência e vivera cerca de 22 anos num mundo em que quase nada havia que pudesse perturbá-la ou aborrecê-la.
Quando a jovem Harriet Smith chega à Hartfield, Emma decide que sua missão é arrumar um companheiro para sua nova amiga, mesmo que seu fiel amigo, Mr. Knightley, seja contra “Emma casamenteira”.
O sr. Elton é bem-humorado, alegre, obsequioso e educado. E me parece que ultimamente ele tenha ficado ainda mais gentil (...) Se ele está querendo alguma coisa, certamente será para agradar você. Já lhe contei o que ele disse a seu respeito noutro dia?
Eu vou apenas dizer que as intuições de Mr.Knightley se mostram corretíssimas, já que Emma arruma muitas confusões com seus conselhos amorosos!

Para quem não gosta de leituras paradas, o livro não é uma boa indicação, pois o livro aborda os aspectos cotidianos da vida de Emma, nada de reações super dramáticas e cheias de reviravoltas. Outra dificuldade que o leitor pode encontrar é a quantidade de personagens que aparecem com o decorrer da história. Como os personagens são tratados pelo seu título e sobrenome, às vezes dá um nó na cabeça para entender qual indivíduo de uma mesma família está sendo citado.

Mas o que torna o livro de Jane Austen digno de ser lido é a riqueza dos personagens. Para quem gosta de personagens com uma personalidade bem definida, esse livro é rico em descrições psicológicas e personagens bem construídos.
Não tem nada a ver com aqueles livros em que o autor, para criar uma trama e prender a atenção do leitor, abre mão da personalidade do personagem, fazendo com que este tome uma atitude que não tem nada a ver com quem ele era, e no final você fica sem entender o motivo do personagem ter feito tal idiotice.

No livro “Emma” o que acontece é um amadurecimento da personagem principal. Emma não muda de uma hora para outra, mas com os acontecimentos da vida ela percebe que não é perfeita como parece aos olhos de todos.

É a evolução da personagem que faz o leitor passar de “Odeio Emma mimada” a se apegar à mulher que ela se torna, portanto, não pare de ler o livro mesmo que Emma te deixe com raiva!

E para quem se interessa por curiosidades, o filme "As Patricinhas de Beverly Hills", lançado em 1995, foi inspirado nesse livro!



3 comentários :

  1. Bem vinda!

    Só li 3 livros da Srta Austen: Persuasão, Orgulho e Preconceito e Razão e sensibilidade. Mas desejo ter/ler tudo que ela tenha publicado. Emma está na minha lista há um bom tempo e a cada resenha que leio a vontade de ler esses livros que ainda não tenho me corrói.

    Parabéns pela primeira resenha.

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto muito dos livros da Jane Austen. Os meus preferidos são Emma e Orgulho e Preconceito.
    Simplesmente vale a pena ler os livros dela! Espero que você goste de Emma, assim como eu.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Yuri! Muito boa sua resenha sobre Emma. É um livro interessante, embora sem muita ação. Meu livro preferido da Jane Austen continua sendo Orgulho e Preconceito... preciso ler outrs, mas arrisco a dizer que foi a melhor obra dela <3 Também escrevi uma resenha sobre esse livro no meu blog. Se quiser conferir, o link é:
    http://pergaminhoamarelo.blogspot.com.br/2015/08/emma-um-cupido-na-literatura-inglesa.html

    Abraços!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris