segunda-feira, 30 de março de 2015

Resenha: "Perdendo-me" (Cora Carmack)

Por Sheila: Oi pessoas! Como vocês estão? Eu parei de fazer comentários sobre tempo/humor ou assemelhados, já que as postagens agora são programadas com bastante antecedência - por mim, diga-se de passagem - e as vezes os meus comentários ficavam totalmente fora de contexto!

Então vamos passar sem delongas à resenha de hoje! Eu ainda não tinha lido nada da Cora Comarck,  por isso fui dar uma "fuçada" pelo nosso querido amigo google  e ver o que encontrava a respeito. Pois então, descobri que este livro foi primeiro autopublicado pela autora para só depois, quando atingiu uma procura grande pelo público, ter seus direitos comprados por uma editora. (legal, não é mesmo? Como autora, isso me faz ter esperanças)

Para dar uma introduzida na história, vou colocar para vocês a sinopse presente no skoob:
Skoob: VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual.
Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?

Mas vamos dar uma situada. A realidade americana, por exemplo, é bem diferente da nossa. Então, apesar de Bliss estar se formando, ela tem somente 22 anos. E, na verdade, nem é ela quem tem tantos problemas assim para lidar com sua virgindade, mas sua amiga Kelsey que acredita que isto seja inadmissível.

Apesar de não fazer seu estilo, Bliss aceita ir para um bar com a amiga e "escolher ao acaso" o moço que dará fim  a esta situação mas, como vocês podem ter notado pela sinopse, as coisas acabam não dando muito certo, e a moçinha acaba desistindo bem na "hora h" e mandando Garrick embora. E reencontrá-lo na faculdade será muito mais que embaraçoso. Na verdade, para Bliss parecerá um tormento! Mas eu não vou contar por que, vocês terão de ler o livro para descobrir.

Num primeiro momento, confesso que nutri um certo preconceito pela leitura. Parecia ser mais um daqueles romances hot que pegaram carona na série "50 tons" o que já ficou francamente enjoativo. Isso foi o que mais me surpreendeu pois, apesar de haver sim algumas cenas um pouco mais "quentes" o foco da autora parece ser completamente outro.

Na verdade, Bliss e seus amigos estão em uma fase de transição, vivendo ainda muitos conflitos um tanto quanto adolescentes. Eles estão terminando a faculdade, logo esta na hora de que eles façam algumas escolhas, enveredem por alguns caminhões e entendam que errar, neste período, faz parte.

Além disso, a escrita é leve, lida com estes conflitos com grande suavidade, e faz inclusive com que demos algumas boas risadas durante a leitura. Por mais que seja um romance um tantinho clichê, as cenas fofinhas de Bliss e Garrick juntos acabam compensando, e tornando a leitura agradável. Leve para ler quando for tirar férias. Recomendo!




0 comentários :

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris