quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Resenha: "Schulz e Peanuts – A biografia do criador do Snoopy" (David Michaelis)



Tradução: Denis de Brong Mattar, José Juliodo Espírito Santo

Por Marianne: Esse ano posso dizer que foi meu ano das biografias. Comprei muitas algumas, recebi outras de parceria do blog, emprestei outras... E assim nasceu um amor!
   Foi então que recebi Schulz e Peanuts: a biografia do criador do Snoopy da editora Seoman em casa e confesso que minha primeira reação foi de me sentir completamente intimidada. São quase seiscentas paginas de uma letra miudinha contando a história da vida do moço. “Onde que fui amarrar minha mula?” eu pensei... Maaaas, tá tudo certo. Vamos romper preconceitos, deixar a preguiça de lado e enfiar a cara!

   Em Schulz e Peanuts o autor David Michaelis retrata detalhadamente a história de Charles Schulz, desde a infância de menino tímido e sem muitos atributos no subúrbio de Minneapolis, filho de mãe norueguesa e pai estadunidense, até se tornar o mais conhecido cartunista de sua época e criar a tira fenômeno que permanece até hoje na vida das pessoas, os Peanuts.

   O detalhamento na narrativa é algo essencial para entendermos quem foi Charles Schulz durante toda sua vida e a relação de suas experiências com a criação das histórias desenvolvidas nas tirinhas dos Peanuts. Conhecendo melhor a história de Schulz as tiras filosóficas, e muitas vezes bastante melancólicas, apresentadas pelo protagonista humano Charlie Brown nos remetem diretamente à uma associação com a vida pessoal do autor, apesar de Schulz sempre declarar que Charlie Brown nunca foi seu álter ego.

   De tirinha simpática do jornal a um fenômeno disseminado pelo mundo, acompanhamos na história a ascensão dos Peanuts e sua grande contribuição pra cultura pop da época. Happiness is a warm puppy — felicidade é um cachorrinho quentinho, numa tradução literal— foi um dos livros ilustrados por Schulz com tirinhas dos Peanuts. Este em especial falando basicamente sobre pequenos prazeres da vida. E virou sucesso imediato. A frase entrou na vida dos estadunidenses e deu origem a vários trocadilhos envolvendo seu conteúdo. Happiness is a warm gun, canção do consagrado White Album dos Beatles é uma delas.

   O ápice do sucesso veio quando Snoopy, o cachorrinho ultra melancólico de Charlie Brown, surgiu com mais destaque na tiras. Snoopy virou sucesso mundial e levou os Peanuts a se tornarem figurinha carimbada em milhares de produtos ao redor do mundo. Inúmeras propagandas estreladas pela turma de Charlie Brown e Snoopy renderam a Schulz algumas críticas em relação a comercialização da marca.

   Em meio a críticas, crises no casamento, nascimento dos filhos, Schulz fez dos Peanuts sua válvula de escape dos problemas e sua maior motivação. Sua paixão pelas tiras e a simplicidade por trás dos Peanuts, colocados de uma maneira ímpar, foram com certeza a chave do sucesso do autor.
    O livro ainda tem algumas fotos de Schulz em diferentes momentos de sua vida, alguns esboços de seus desenhos e propagandas relacionadas aos Peanuts.

A leitura é demorada, mas nem de longe cansativa. A história do mestre cartunista foi tratada com muito respeito e atenção pelo autor e merece cada uma das quase seiscentas páginas que foram dedicadas a ela.
Espero que tenham gostado da resenha e até a próxima!
:)
Curta o Dear Book no Facebook
Siga @dear_book no Twitter e @dearbookbr no Instagram


0 comentários :

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris