segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Resenha: "Jurassic Park" ( Michael Crichton)



Tradução: Marcia Men

Por Marianne: Eu não sei por que demorei tanto pra fazer essa resenha mentira sei sim foi falta de tempo mesmo se esse foi possivelmente o melhor livro que eu li em 2016.


Desde criança sou APAIXONADA pelo universo de Jurassic Park e foram anos da minha vida assistindo e reassistindo os filmes, brincando com meus primos que estávamos perdidos no Parque dos Dinossauros e me emocionando com a trilha sonora inesquecível do primeiro filme. E dai que o tempo passou, eu como boa fanzoca fui me informar mais sobre o filme e sua história, e descobri que a ideia genial de transformar DNA de dinossauro em dinossauro de verdade foi inspirada no livro Jurassic Park de Michael Crichton, originalmente lançado em 1990. Coloquei na minha listinha de desejos e lá ficou por uns bons muitos e muitos anos até eu finalmente ganhar de presente essa edição linda que a Editora Aleph lançou aproveitando a onda do quarto filme, que foi lançado ano passado.


Agora vou aos fatos, eu, Marianne, fanzoca com Box de DVD edição especial de colecionador (BREGA risos) tinha finalmente a oportunidade de conhecer a história original. E lá fui eu cheia de expectativa pra ver se a máxima “o livro é sempre melhor” se confirma também pra impecável adaptação de Spielberg.


Não vou dizer que minhas expectativas estavam baixas. Mas eu já curto TANTO o filme que não acreditava que o livro pudesse ter algo que realmente fosse realmente me impactar. Bom, eu estava errada. O livro É MELHOR QUE O FILME.


 A história é a mesma. O milionário maluco John Hammond decide usar DNA de dino encontrado em fósseis para recriar os animais e usá-los como atração num parque de diversões. Para assegurar a “eficiência” e segurança do parque John chama um grupo seleto de pessoas para fazer uma análise sua experiência no primeiro passeio do Parque dos Dinossauros, antes que este seja aberto ao público.


O livro tem como foco central o conceito da Teoria do Caos e sua consequência na ideia paradoxal de controle absoluto dos criadores sob os animais reproduzidos no parque.

Iam Malcom, um dos escolhidos no grupo para seu primeiro tour pelo parque, contratado por John Hammond para elaborar um relatório de segurança do parque, nos apresenta à Teoria do Caos de maneira excepcional, transformando a ideia de certo e errado no livro ser muito mais profunda e questionada. Os diálogos do matemático definitivamente roubam a cena o e o tornam meu personagem favorito ♥. Não apenas Iam Malcom te coloca para refletir se realmente os conceitos do parque são uma boa ideia claro que não como ele chuta na nossa cara algo que a maioria das pessoas teme: não temos controle de absolutamente nada no mundo. O universo é regido pelo caos.


Michael Crichton é mestre em criar um clima de suspense e tensão, mesmo pra quem já viu o filme e sabe qual rumo que a história segue, é impossível não se sentir preso no desenrolar da leitura.


Depois de terminar o livro conclui que filme e livro se completam. Steven Spielberg transformou a obra de Crichton em tudo que um público que sonhava em ver dinossauros de verdade queria, nos apresentando uma aventura marcante e divertida. Michael Crichton criou essa fantasia como um pano de fundo para a discussão extensa sobre a questão genética e o controle de um criador sob sua criatura.


O livro tem ainda a sequencia O Mundo Perdido, que também virou filme, e está na minha lista infinita e em breve coloco a resenha aqui também. É o dono de cinco estrelinhas no meu Skoob e também dono do meu coração, acho que nem preciso falar mais nada, LEIAM ESTE LIVRO!


Separei a trilha sonora do filme aqui embaixo pra quem já quiser entrar no clima da suspense da obra, apertem o play e bem vindos ao Parque dos Dinossauros! 




Curta o Dear Book no Facebook

Siga o @dear_book no Twitter e o @dearbookbr no Insta



0 comentários :

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris