segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Resenha: "Infinity Drake: Os filhos da Scarlatti (John Mcnally)

Por Sheila: E aí pessoinhas? Tudo tranquilo? Na sequência da minha saga por tentar-terminar-o-máximo-possível-de-resenhas-antes-de-me-operar cheguei a conclusão que era chegada a hora de trazer esta história divertídissima para vocês, pois não era justo que só eu tivesse lido o livro!

Eu sinceramente não soube o que pensar quando peguei este livro em mãos. E, ao invés das eventuais pesquisas pelo "tio" google afora, resolvi abrir as páginas do livro e me entregar a leitura.

Infinity, por incrível que pareça, é um nome. E de um garoto no auge de sua adolescência, que prefere ser chamado de Finn e já carrega, tão cedo, as marcas de uma tragédia familiar: seus pais foram vitimados por um acidente, e ele é criado por uma avó extremamente superprotetora.

No entanto, Finn tem um tio, cientista e meio atrapalhado, que vem libertá-lo de tempos em tempos da atenção sufocante da avó. E é isso que acontece no início deste livro. A avó está indo para um cruzeiro de crochê, deixando ao seu tio, All, a incumbência de cuidar de Finn até que ela retorne.

Acontece que Finn é apaixonado por insetos. Por caçá-los e catálogos. E seu tio Al sabe disso. Então os dois planejam uma viagem para explorar esta paixão, que parece começar muito bem. Os dois estão a caminho de sua aventura planejada quando uma outra, muito maior, praticamente desce no colo dos dois.

Eles haviam acabado de começar a discutir a afirmação de Al de que "rock é ruim para os jovens" quando Finn notou o helicóptero pela primeira vez.
Ele esticou o pescoço para dar uma olhada para trás, na estrada. Al tentou localizá-los pelo espelho (...)
- O que eles estão fazendo? - disse Al.
Depois uma voz ecoou pelo alto-falante na barriga do helicóptero.
- DOUTOR ALLENBY, PARE O CARRO.
- Eles conhecem você? - gritou Finn impressionado.
Agora, Finn descobre que seu tio All as vezes trabalha para o governos, ajudando a solucionar crises. E é exatamente isto que esta acontecendo: uma vespa modificada geneticamente, criada como arma biológica, foi solta. Seus único instinto é matar. Sua picada é mortal. E o desastre parece iminente. Parece que a única chance de apanharem o inseto, é usarem uma cópia do mesmo e segui-la. Mas existe um detalhe: a tripulação tem que estar miniaturizada para fazer isso.

Bom, acho que não preciso dizer para vocês que há um vilão. E que em algum momento, as coisas dão muito errado. E Infinity Drake, o nosso Finn, acaba sendo miniaturizado e envolvido nessa caçada eletrizante e fenomenal, deixando para trás um tio seriamente preocupado, uma avó com bons instintos que resolve entrar nessa briga e um cachorro, que também terá um papel decisivo no desenrolar desta história.

Esse é o primeiro livro que pego em mãos do novo selo da Novo Conceito, #irado, que faz jus ao nome. Por mais que a trama seja claramente infanto-juvenil, eu acabei lendo todo o livro em pouquissimo tempo, pela curiosidade que o autor ns faz ficar ao final de cada capítulo. Estes, são curtos e muito bem escritos e desenvolvidos, e o final realmente me surpreendeu. Ficaram algumas pontas soltas, mas como esse é o primeiro livro de uma série, creio que serão explicadas nos próximos.

A capa e os detalhes são simplesmente maravilhosos! Hoje em dia, é muito difícil encontrarmos livros com capa dura, coisa que eu simplesmente AMO, assim como aqueles pequenos detalhes, que fazem dar gosto ter um exemplar em sua estante. Já não é mais só literatura, mas pura arte.

A única coisa que eu salientaria como negativa são os inúmeros termos e referências científicas. Se por um lado elas dão verossimilhança ao relato, eu que não entendo "lhufas" ficava torcendo para que esta parte mais explicativa acabasse logo, e chegasse na ação. No mais, super recomendo e ansiosa pelo próximo livro da série. Abraços e até a próxima.







0 comentários :

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris