quarta-feira, 13 de julho de 2016

Resenha: “Uma Pitada de Coragem – palavras de incentivo para enfrentar as dificuldades” (Bradley Trevor Greive)

Tradução de Angélica Lopes
Por Kleris: Atire o primeiro marcador quem nunca encaixou um livro naquela compra de livros técnicos hehehe Uma pitada de coragem era um livro que me chamava desde a leitura de Um dia “Daqueles” – uma lição de vida para levantar seu astral (resenha aqui), principalmente pelo momento desafiador que passava. Às vezes a gente tem que mudar o que está lendo para procurar novas perspectivas, não é?

Em uma primeira leitura, acho que minha expectativa estava tão alta pela experiência anterior, que não me pareceu adequado. Como se aquelas palavras ainda não fossem pra mim, sabe? Pensando bem, acho que eu estava munida de coragem sem mesmo saber (?), o que é um tanto esquisito. Foi então que veio uma das reviravoltas da vida e fiquei bem confusa por uns dias... Não era apenas um dia “daqueles” como outrora, era de repente aquela desesperança, de não conseguir concluir nada, me seguindo para onde fosse. Persistência parecia uma palavra de outro mundo. Que dirá coragem!


Nem sempre é fácil manter o equilíbrio quando as coisas ficam difíceis. Em algumas situações, sobreviver já é uma vitória.

O que quero dizer é que muitas vezes erramos em esperar muito de um livro de autoajuda se não estamos no “recorte emocional” para o qual ele é voltado. Já tinha essa teoria sobre o quanto falam de livros desse segmento, mas essa experiência foi basicamente a minha confirmação. Sem estar precisando dele (e estar aberta a ele), não haverá real conexão que faça diferença. Permanece sendo um livro fofo de fotos, mas sua mensagem não chegará ao seu propósito.


Um belo dia, seu nariz já não aponta uma solução para seus problemas e você percebe que as coisas não vão nada bem.


E nem mesmo o melhor cirurgião plástico do mundo é capaz de pôr um sorriso verdadeiro de volta em seu rosto.


Você parece estar em transe, abobalhado e sem ideias.


A ansiedade é tão grande que você acha que seu cérebro vai explodir e sair pelos ouvidos.

E ele é fofo com uma mensagem que bate certeiro <3333 Ele toca na filosofia de que tudo faz parte e o que valem são os aprendizados. As imagens, nesse sentido, super colaboram e complementam a ideia ao descontrair-se da seriedade. De plus, o leitor ainda conta com um epílogo de emergência, que é uma pitada adicional, só para garantir.


É difícil acreditar que isso está acontecendo. No início, você estava tão confiante que tudo daria certo...


Mas agora, não importa quanto você se esforce, seus objetivos parecem totalmente fora de alcance.


E tudo fica cada vez mais difícil. Os obstáculos parecem insuperáveis, sem que você entenda por quê.

A pegada do livro é bem semelhante a outros trabalhos do autor: formato quadrado, leiturinha rápida, com fotografias de animais e um papo de aquecer o coração. Minha edição, dessa vez, foi uma de capa dura – queria o pocket (porque aaaaamo pockets), mas não encontrei – e acho que quero para minha próxima compra ser uma edição de brochura padrão 14x21, só pra terminar de misturar ^^

Uma pitada de coragem é um livro para manter na estante e buscá-lo naqueles dias que insônias, decepções ou perdas te pegarem de jeito. Que resistir esteja te consumindo. Que desistir pareça uma boa ideia – não é. Uma pitada de coragem é esse tapinha no ombro, um segurar na mão, um assentir de apoio, e uma fé na vida pra quando a gente sentir que tá perdendo o rumo. Como comentou uma leitora na resenha de Um dia “daqueles”, o livro nos toca de dentro pra fora. 


Mas demonstrar a coragem verdadeira não significa perder a ternura.

Não indicaria de presente como da vez passada, vez que esse me parece muito mais particular. Porém, vale sim comprar para ler para outra pessoa que está numa fase difícil ou para procurar algo que você sinta necessidade de falar a alguém e não sabe bem por onde começar. Recomendo!

Espero que apreciem os livros do BTG e espero que eles sejam certeiros para cada bad que venhamos a passar :) Até a próxima!



Pode ser que você não saiba, mas todos nascemos suficientemente fortes para brigar pelas coisas que julgamos importantes. 


Curta o Dear Book no Facebook
Siga @dear_book no Twitter e @dearbookbr no Instagram


0 comentários :

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris