quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Resenha Dupla: “Despertada” (P.C. Cast e Kristin Cast)

[Pode haver spoilers para quem ainda não leu os livros anteriores.]

Por Juny:
E hoje terminei mais um livro da série “House of Night”, o oitavo, “Despertada”. Não nego as criticas sobre a série, que mistura diversas mitologias doidas com vampiros e que algumas vezes força a barra, mas mesmo assim, tem algo na escrita dessas autoras que me cativa.

A cada livro o fim é surpreendente e o próximo retoma as pontas que ficaram soltas, em “Despertada” não é diferente. Zoey acabou de retornar do Mundo do Além, após ter conseguido restituir sua alma e salvar Stark. Ela ainda tenta se conformar com a morte de Heath e tem muito receio em voltar a Morada da Noite de Tulsa, o que faz faz ser tentada a passar uma temporada na Ilha de Skye, apenas curtindo o amor de Stark e a magia ancestral.
Como resposta, Stark a abraçou ainda mais forte e começou um longo e demorado beijo. Seu último pensamento antes de tudo começar a dar errado foi: Nunca fui tão feliz na minha vida...
Tudo acaba quando acontece uma morte inesperada, de um personagem querido, e ela precisa voltar imediatamente. Ai começa novamente todo aquele duelo entre Zoey x Neferet, Luz x Trevas. Em meio a tudo isso Kalona está com sua alma sob domínio de Neferet, tendo que se submeter as suas ordens.

Mas o foco principal desse livro é a relação Steave Rae x Rephaim, que já se tornaram um dos meus casais favoritos. Acontecem coisas surpreendentes envolvendo os dois, que se dividem o tempo todo entre o amor e suas obrigações com a Luz e as Trevas, que muitas vezes estão em conflito.
Enquanto observava seu pai abrir os braços e gritar alegremente para o céu, Rephaim pensava que nesta noite tudo mudaria e que, não importava o que acontecesse, ele precisava descobrir um jeito de deixar Steave Rae a salvo.
Senti falta de uma maior participação de Aphrodite (diva!) e Darius. Nyx aparece bem mais nesse livro, em momentos muito decisivos. Neferet esta ainda mais doida, tem muitos momentos “WTF?”.

Nesse livro temos capítulos narrados por Zoey, Neferet, Jack, Kalona, Steave Rae, Rephaim, Stark e mais dois personagens que eu não vou citar porque envolvem spoilers do final.

No começo a estória é lenta e arrastada, mas como sempre, o final é o maior babado, acontecem várias coisas e você não consegue parar de ler! Sempre tenho dificuldades de descrever as series que mais gosto, sem deixar transparecer todo o meu entusiasmo.
Fechei os olhos e deixe que Stark me confortasse até que eu chorasse toda a dor, o arrependimento e a perda e sobrasse apenas o amor. Sempre o amor.
Para quem já leu os sete livros anteriores e simpatiza com a série, “Despertada” é leitura obrigatória! Vários assuntos são resolvidos e novos problemas aparecem no caminho de Zoey, sempre com muita aventura, romance, humor e magia.

__________________________________________________

Por Paula: Quando pensamos que tudo vai resolver ou que simplesmente alguma coisa vai melhorar, nos enganamos completamente! Verdade verdadeira! Despertada traz muito mais conflitos, tristezas, mas claro que algumas cenas são simplesmente encantadoras e inesquecíveis, além do humor perspicaz de alguns personagens.

A verdade é que o oitavo livro da série House of Night ainda nos deixa atônitos, perplexos e boquiabertos com a maioria dos acontecimentos. Neferet? Pode ser definida como o cúmulo do absurdo. Kalona até que não irrita tanto assim, ao menos nesse volume. Stark e Zoey finalmente alcançam um pouco de felicidade, mas não se iluda com esse pouco. Aliás nunca devemos nos contentar com pouco, isso é aprendizado antigo, não?

O oitavo livro de P. C e Kristin Cast alcança picos e picos de clímax, digamos que a leitura está um tanto mais adulta. Aquele quê de literatura juvenil some completamente nesse livro, já que as cenas entre Zoey e Stark e o vocabulário de muitos outros personagens, não apenas o de Aphrodite está pra lá de adulto e cheio de sexualidade, aliás existem muitas cenas sensuais e de sexo.

O que poderia ser julgado precocemente como ponto baixo e defeito do livro, felizmente nos dá outra perspectiva, confesso que fiquei aliviada com Stevie Rae e Rephaim, já que no último livro e nas prévias de sinopse deste a relação de carimbagem entre eles é simplesmente uma aberração, mas deixando os spoilers de lado e voltando a uma resenha apenas de opinião, a história de Despertada não traz pontos que devem ser julgados errados, tediosos ou algo do tipo. Parabéns às autoras!

Agora o ponto alto do livro continua sendo os personagens, apesar da ilustríssima Aphrodite não ser tão presente, uma pena! E o próprio enredo, que apesar de literatura vampiresca, mescla um pouco de história indígena e crenças desse povo. Devo salientar que apesar de a história sempre ter mais e mais conflitos e que nada parece se resolver, Despertada merece ser lido com muita atenção, pois existem cenas que, sem dúvida nenhuma, são impactantes, aliás, o livro poderia até chamar Impactada ou algo do gênero. Boa leitura, pois está mais do que RECOMENDADO!

16 comentários :

  1. Primeiro Comentário! rsrs

    Bom, eu já li os outros livros da série e estou louca para ler "Despertada". Nem preciso dizer que "Queimada" me deixou com uma curiosidade ENOOORMEE!! E não tenho dúvidas de que o oitavo livro será surpreendente!

    Uma crítica que gostaria de fazer a respeito da série (não sei se concordam) é que as autoras parecem se prolongar muito nos livros. Eles poderiam ser mais enxutos. Afinal, uma série de oitos livros (até agora) não é algo muito comum, não é?!

    Beijoos,

    @gabiipascoal

    ResponderExcluir
  2. Concordo, Gabriela!

    Ja dava para ter terminado a serie há muito tempo, mas as autoras tão gostando de ganhar dinheiro! @_@

    ResponderExcluir
  3. Primeiro vou parabenizar a resenha dupla.. está ótima!!
    Também vou admitir meu amor por essa série, e realmente é difícil fazer uma resenha sem postar spoilers ainda mais desse volume.. É impossivel segurar hahaha
    Eu ri, chorei muito e gritei bastante, principalmente com o dragon!!!
    É um livro imperdível só tem um ponto negativo :: O tempo na narrativa, é uma série longa mas com uma passagem de tempo muito curta, o que confunde os leitores, principalmente em alguns detalhes!!!
    E também achei esse livro muito apelativo ao iphone e a série glee, realmente precisava de tanto merchan??

    bjs e mais uma vez parabéns pela resenha

    Jujuba

    http://diariodeleitoracompulsiva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Não sou muito fã da série, mas parabéns pela resenha, muito boa ;)


    retticencias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu tbm não sei pq, mas eu sou viciada nessa série. Apesar de me irritar às vezes kkk

    Meu casal preferido é Steave Rae e Rephaim, adoro a Aphrodite e o Darius e com toda certeza sou muito maiso Stark ;)

    ResponderExcluir
  6. Adoro House of Night... adorei a resenha ... ainda não li esse livro... vou esperar lançar o próximo daí já compro os dois de uma vez...

    Bom meu casal preferido é a Aphrodite e o Darius.... um dos melhores casais da série... tb gostava do Heath....

    Bjuuusss

    ResponderExcluir
  7. Confesso que não li a resenha, pois tenho os 4 primeiros livros e ainda não li. Não vejo a hora de acabar pois essa serie anda me desfalcando o bolso. Vai ser lomga assim na China, viu??!!

    ResponderExcluir
  8. Ana Livia Moraessábado, agosto 13, 2011

    Essa serie é incrivel! AMO!

    "Despertada" foi ótimo. Fiquei passada com a loucura da Neferet!

    E o que aconteceu no final [Mega Spoiler] adorei, quero muito ver o que "ele" vai fazer no proximo livro!!!

    ResponderExcluir
  9. Eu pensei que esse seria o ultimo, ja me perdi em quantos livros vao ser...OMG! oO
    Muito arrependimento de nao ter pegado Queimada e esse numa promo do submarino. Argh!! =/
    So me deixou com mais vontade de ler!!
    Apesar de alguns detalhes eu gosto bastante dessa série!!

    Vocês tem o dom de fazer qualquer livro parecer fantástico e me fazer querer comprar logoo!! rsrs


    Beijinhuss

    ResponderExcluir
  10. Estou aqui me roendo para ler. Consegui comprar numa super oferta do submarino. Só aguardando chegar.
    HON tem prioridade na estante.

    ResponderExcluir
  11. Como eu ainda pretendo dá uma chance a House of Night e só li até o número dois, vou pular essa resenha.

    ResponderExcluir
  12. Me decepcionei completamente com essa série. Nesse livro o único que salva é a relação Stevie Rae E Rephaim. A Zoey é uma completa idiota e esse amor besta dela com o Stark custa me dizer isso mais é mais boba que a da Elena com o Stefan. O que me deixou curiosa foi só o que a Neferet fez com o Heath (s2) no final pq se não nem me atreveria a ler o último.

    Beijos

    Amigas entre livros

    ResponderExcluir
  13. AAAA amei Despertada e fiquei muito chocada com o que acontece nesse livro. Senti falta da Aphrodite e também amei a Steve Rae com o Rephaim, fiquei até com vontade de começar ler o livro na onde eles se conheceram, para reviver toda a história novamente.
    AMEI AS DUAS RESENHAS, PARABÉNS :]

    ResponderExcluir
  14. Aiii eu amo a serie , estou doida varrida pra ler esse livro , adorei a resenha espero anciosamente para ler .

    ResponderExcluir
  15. Eu amo o Heath e fique p#@! da vida quando ele morreu.. é bom as autoras dar um jeito de ressuscitar ele fazer ele ficar com a Zoey senão eu surto :(

    ResponderExcluir
  16. Eu amo o Heath e fique p#@! da vida quando ele morreu.. é bom as autoras dar um jeito de ressuscitar ele fazer ele ficar com a Zoey senão eu surto :(

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris