domingo, 11 de setembro de 2011

Resenha: "Sangue Quente" (Isaac Marion)

Por Juny: Todos devem estar acostumados a ver os zumbis como vilões, a mata-los no vídeo game (Resident Evil Feelings!), a torcer para os sobreviventes em séries como “The Walking Dead”. Esqueça tudo isso quando ler “Sangue Quente”!
Estou morto, mas isso não é tão ruim. Aprendi a conviver com isso. Desculpe não me apresentar de forma correta, mas não tenho mais um nome. Dificilmente algum de nós tem um. Nós os perdemos como perdemos chaves de carro, os esquecemos como esquecemos alguns aniversários. O meu talvez começasse com R, mas isso é tudo que sei.
Tudo começa quando nosso zumbi principal, o “R” sai para caçar em um grupo e eles pegam alguns humanos. Tudo ia bem até que R come o cérebro (sim eles fazem isso para viver algumas memorias do morto) de um garoto chamado Perry e revive muitas de suas lembranças felizes com uma garota chamada Julie.

Foi muito mais intenso do que costuma ser e logo após R da se cara com Julie, ao invés de mata-la resolve protege-la, passa sangue de zumbi em seu corpo para disfarçar seu cheiro e a leva para “casa” (esses zumbis moram num aeroporto, e R tem um Boeing 747 como “casa”).

Muitas coisas acontecem depois desse encontro, mas não vou contar, pois é muito importante descobrir tudo junto com R e Julie.
Julie está levando a minha mente até ruas onde ela raramente iria. Durante os meses ou anos desde que estou aqui, nunca pensei nessas criaturas andando a minha volta como pessoas. Humanos sim, mas não como pessoas. Nós comemos, dormimos e andamos pela neblina em uma maratona cinzenta e sombria que não tem linha de chegada, medalhas e nem espectadores.
Confesso que no começo foi difícil assimilar todos os pensamentos e sentimentos de um zumbi. Ele pensa muito, embora consiga falar pouco e com muita dificuldade. É um personagem que me conquistou durante a leitura, que se mostra muito mais digno que muitos humanos. R é encantador!

É necessário ler esse livro com a mente aberta, pois o conceito de zumbi que conhecemos é completamente destruído.

O livro vai muito além do romance impossível entre zumbi x humana, ele fala sobre a humanidade que se esconde e vive uma vida sem sentido, fala sobre sentimentos que em meio há tanta destruição foram perdidos.
–Acho que fomos nos destruindo ao longo dos séculos, nos enterrando em ganancia e ódio e quaisquer outros pecados que conseguíssemos encontrar, até que nossas almas atingiram a camada de pedra no fundo do universo. E então fizemos um buraco nessa camada e atingimos um...lugar sombrio.
É uma grande reflexão, na qual você se transforma e aprende muito com R. O final é surpreendente, gostei bastante. É um livro que passa a mensagem da esperança em meio ao caos. Recomendo muito!

6 comentários :

  1. [COMENTARIOS PERDIDOS NA TRANSIÇÃO DO SISTEMA INTENSEDEBATE PARA O DO BLOGGER]

    samuelys2 53p · 1 week ago
    QUE MASSA!!!
    e a capa é show!
    adorei a resenha, beijos


    Natália R. Gomes 2p · 1 week ago
    No mínimo original. Se eu topar com este livro, posso até querer comprar. (Sou uma compradora de livros

    compulsiva em tratamento. Só posso comprar mais livros depois de ler os três últimos que comprei... :< ) Como é

    o nome original?


    João Victor · 1 week ago
    Oi ... Esse livro parece ser super interessante. Não sei se o leria agora, mas com certeza oportunidades não

    faltarão. :) Ótima resenha.
    João Victor http://amigodolivro.blogspot.com/


    Kamile · 1 week ago
    Esse é um dos mais lindos livros que eu já vi. A história vale muito mais do que a abordagem da criatura "zumbi"

    em si. Sem contar que a mensagem é muito forte =)
    ótima resenha!


    Mariana Borges · 1 week ago
    O livro já começou me surpreendendo na resenha, eu não esperava uma história tão interessante. A capa é linda e

    chama muita atenção, mas até então eu não tinha lido nenhuma resenha. Gostei também do romance impossível entre

    zumbi e humama. Já está na minha lista de próximas leituras, obrigada pela resenha! Beeijos.

    ResponderExcluir
  2. Esse livro não tem como passar despercebido, a capa é linda e, até agora, não havia nenhuma história com o personagem principal é um zumbi achei muito legal a ideia do autor

    ResponderExcluir
  3. Concordo com a Vanessa. Nunca ia pensar em uma história dessas na vida, achei Isaac Marion muito criativo o.o

    ResponderExcluir
  4. Sangue Quente foi o melhor livro que já li até agora, é viciante, nunca li algo parecedido com ele, Isaac está de parabéns. Adorei a Resenha *-*

    ResponderExcluir
  5. Agora que eu estava olhando a capa, que eu percebi que é uma silhueta ali no meio, e tem sangue saindo, sei lá. rs Eu não tinha percebido isso.
    Mas então, eu não gosto muito de zumbis. Só gosto nos filmes. Porque eles não dão medo.
    Mas eu tenho curiosidade em ler esse livro.

    Beijos,
    Mandi *-*
    Book and Cupcake

    ResponderExcluir
  6. Adorei a capa, e confesso que não estou meio que com o pé atrás com o fato de o personagem principal ser um zumbi. Mas apesar de tudo o livro parece ser bem legal e interessante, fiquei curiosa pra saber o desenrolar da história de Julie e R. haha
    Beijinhos

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris