quarta-feira, 15 de maio de 2013

Resenha: "5° Cavaleiro" - (James Patterson e Maxine Paetro)



Por Sheila: Olá todo mundo! Como estão? Para mim tudo indo, tentando desesperadamente colocar as resenhas em dia antes que a Junny me dispense do blog (huahauahuahau brincadeira ...). Enfim, mais um livro de James Patterson, da série "O Clube das Mulheres contra o crime". Para quem não esta familiarizado com o autor o clube compõe-se de:

Lindsay Boxer: tenente da polícia de São Francisco; Claire Washburn sua fiel amiga médica legista; Cindy Thomas, a repórter conceituada que as vezes troca informações valiosas com a tenente obtida através de seus informantes; e a mais recente integrante do grupo, Yuki Castellano, uma advogada que passou a fazer parte do grupo a partir do 4° livro da série (sim este é o 5°), 4 de julho, quando defendeu a tenente Lindsay. Rolou a resenha do livro aqui pelo blog, pode ser acessada aqui

Pois bem, estas mulheres terão que encontrar e descobrir quem é o assassino que esta por trás de diversas mortes, aparentemente naturais, que tem ocorrido em um grande hospital. A questão é: quem será esse sádico que, ao invés de preservar a vida, traz consigo a morte, lenta e cruel?
Jogando a cabeça de um lado para o outro, Jéssica corria os olhos pelo quarto quando percebeu um vulto na sombra.
Um rosto conhecido.
- Graças a Deus! - Seu tom de voz era ofegante. - Por favor, me ajude! É meu coração!
Jéssica esticou os braços, fechando os dedos sobre o nada, mas o vulto não se moveu.
- Por favor! - implorou ela.
O Vulto não se mexia, não tomava nenhuma providência para ajudá-la. Que diabos esta aconetcendo? Aqui é um hospital. A pessoa escondida nas sombras trabalha aqui.
Minúsculos pontos pretos foram surgindo diante dos olhos de Jessica enquanto uma dor lancinante roubava o ar dos seus pulmões. Em poucos segundos, tudo que ela conseguia enxergar era uma nesga de luz.
- Por favor, acho que eu estou ...
- Sim - disse o vulto na sombra - , você esta morrendo, Jéssica. É bonito ver sua passagem.
Só que, desta vez, a situação será muito mais difícil de resolver: a mãe de Yuki é internada neste hospital, quando tudo o que se tinha eram conjecturas, e é mais uma das que irá sofrer uma morte misteriosa, aparentemente por erro médico, mas que segue um mesmo padrão bizarro: o matador sempre deixa atrás de si sua marca.
O Notívago colocou o porta-retratos de volta na mesa, fechou os olhos da morta e pôs sobre cada pálpebra um pequeno disco dourado, menor que uma moeda de 10 centavos. Os dois traziam gravados na superfície um caduceu, símbolo da medicina em que duas serpentes se entrelaçam num bastão com duas asas.
Um adeus foi sussurrado em meio ao ruído dos carros que, na rua, cinco andares abaixo, cruzavam o asfalto molhado.
Quem será o médico que brinca de Deus com os pacientes internados no hospital? Como as amigas conseguirão ser profissionais para solucionar este mistério, quando a mãe de uma das integrantes do grupo foi uma das vítimas?

Os livros de Patterson tem uma escrita ágil, geralmente são curtos e cheios de reviravoltas. Foge um pouco ao clássico policial, pois não nos apresenta as pistas e os suspeitos para que possamos tentar, junto com o detetive, desvendar o mistério, motivo pelo qual estes livros não figuram entre os meus favoritos.

Mas com certeza um livro que vale a pena ser lido, bem escrito e com um final coerente. Espero que apreciem a leitura, abraço a todos e todas.

8 comentários :



  1. Free Work at Home Job (11568)
    Work at home completing simple surveys from home. No
    registration fees. Join today For more information
    visit: (http://www.eazy2earn.com)

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente para mim só li o volume 1 desta série e adorei, mas acabei não conseguindo os outros volumes para ler. Gosto muito dos livros do autor, do qual sou fã.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Me parece ser uma história bem interessante cheia de mistério. Eu não tnho costume de ler livros deste gênero, se é que eu alguma vez li, não me lembro. Vou ver se eu tenho tempo para esta leitura.

    ResponderExcluir
  4. Não curto muito James Patterson, acho as histórias dele muito exageradas e, como vc disse, não tem aquela coisa dos clássicos policiais, e isso que é o interessante. Sua resenha ficou bem legal, para quem gosta do autor deve ser uma boa pedida!

    Abraços
    www.entrepaginasdelivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Embora tenha lido mais livros da Agatha Christie, que qualquer outro autor do gênero, eu gosto de romances policiais. E se esse livro nos faz sentir como se estivéssemos em um filme policial americano, melhor ainda...Parabéns pela resenha ficou maravilhosa!!!!

    ResponderExcluir
  6. Já ouvi opiniões das masi variadas sobre esse autor e depois dessa resenha, acredito que vale a pena dar uma conferida numa de suas obras para tirar a prove dos nove.

    ResponderExcluir
  7. Tenho curiosidade em conhecer a escrita de James, mas ainda não li nenhum, isso mesmo, nenhum livro dele, principalmente por ele fazer séries.....
    Pelo que li na resenha, sua história não me atraiu muito, mas pretendo ler alguns de seus livros, o mais provável que eu leia primeiro é o Bruxos e Bruxas, que será lançado pela Novo Conceito.

    ResponderExcluir
  8. É uma série, e não me chamou muita atenção devido não dar pistas não dando a oportunidade de entrar na história e participar junto. Uma pena.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris