sexta-feira, 10 de maio de 2013

Happy Hour #39 - As mães e o amor pela leitura

Oi gentee!! Como vão vocês?! Espero que muito bem. Aguentando firme os trabalhos, seminários, provas, chefes e afins... a vida é bela! Bom, o que de fato foi belíssima, é a participação de vocês na última Happy Hour #38. Gente, bombamos nos acessos e nos comentários! Todos curtindo bastante as Excentricidades e Manias dos autores. Se você ainda não leu, não perca tempo e dê uma passadinha lá. Depois de ler aqui, né? rs 


Bom, eu estava pensando em um assunto diferente para a coluna de hoje e quando me dei conta de que domingo é Dia das Mães, percebi que essa data não poderia passar em branco no nosso Happy Hour!! Hoje, então, nossa coluna será uma homenagem e um agradecimentos às nossas mães! *-*




Mãe é a criatura mais especial desse planeta, para qualquer um. Não só porque elas nos aguentaram por 9 nove meses, em meio a enjoos, desconfortos, depois nos amamentarem e cuidarem de crianças atentadas (rsrs) com todo carinho e atenção, mas por que elas são a principal influência para formação de novos leitores, não é verdade? E não sou eu quem digo, as pesquisas provam...

O Instituto Pró-Livro, que encomendou uma pesquisa ao Ibope, chamada Retratos da Leitura no Brasil, para avaliar a importância materna no descobrimento da leitura, que já está em sua terceira edição. (os dados são de 2009) 


Segundo a pesquisa, um em cada três leitores tem lembranças da mãe lendo algum livro e 49% deles tem na mãe sua grande incentivadora no processo de ler por prazer. Entre as crianças de 5 a 10 anos, 73% citam as mães como quem mais as estimularam a ler.


Foi lançada uma campanha XIV Bienal do Livro Rio intitulada "Mãe, lê pra mim?" a partir da pesquisa. Foram coletados depoimentos de mães e mulheres que já incentivaram a leitura de alguém e também daqueles que aprenderam a ler por prazer. Estes relatos iriam compor vídeos de incentivos a leitura. Depois de muito procurar, achei o vídeo, feito na Bienal, com depoimentos, comentários. Há desde Matheus Nachtergaele, Tony Ramos, Walcyr Carrasco e Mauricio de Sousa a anônimos. Muito lindo! Confiram:





Pessoal, eu não sei vocês, mas me identifico completamente com as estatísticas da pesquisa e os depoimentos do vídeo. Desde pequena vejo "a leitura" aqui em casa. Minha mãe e minha irmã, com os livros, meu pai com os jornais todos os dias. Mas a maior influência acaba sendo da mãe mesmo. Quando ela te conta como é a história de cada livro, como é legal aquilo tudo e, principalmente, a vendo ler. Quando vamos ganhando os primeiros livrinhos, então! Explosão de alegria nos pequenos! Vamos nos tornando devoradores de livros

Ávidos por mais histórias, personagens e cenários diferentes. Depois, vamos para a escola, encontramos outros livro-maníacos (nem sei se esta palavra exite, mas tudo bem. Gostei da sonoridade.) que só vão nutrindo ainda mais nosso gosto pela leitura, aumentando nosso repertório de histórias, compartilhando experiências... 

Alguém aí já leu?
É muito mágico esse processo. Acho maravilhoso quando estou em uma livraria ou biblioteca e me deparo com pequenas criaturinhas e seus olhos brilhando ao passarem as mãos pelas páginas dos livros, se sentarem nas mesinhas e ficarem absortas naquele mundo paralelo. *-* E nas Bienais e eventos literários, então? 

Um dos primeiros livros que me lembro de ler é "Bonequinha de Pano" do Ziraldo que ganhei de quem? *um doce pra quem acertar* rsrs Minha mãe, lógico! =) Depois fui ficando bem curiosa e queria ler tudo! Qualquer coisinha no papel, já era objeto de desejo... Os quadrinhos, então, nem se fala. Alô Maricio de Souza! Alô Monteiro Lobato! Mestres!! \o/ 


~//~


Olhem como minha
mãe é lindeza, gente!! ^.^
Então meu povo, por hoje é só! Gostei muito de ter feito esse post, homenagear  todas as nossas mães, aquelas que são nossas leitoras e também da nossa equipe, a Paula que já mamãe. *-* Um feliz dia das mães especial para minha linda. Agradecer por tudo, pelo carinho, pelo amor, pela paciência e, claro, por ter me feito uma leitora! rs 

Agora eu quero saber de vocês. Como começaram suas experiências na leitura? Quais os primeiros livros que se lembram em contato? Me contem tudo hein? Espero os comentários de vocês! Querem fazer uma homenagem pra mãe de vocês? Mandem fotos com um texto bacana, quem sabe não vão para a nossa página no face? =)) 

Beijos beijos, até a próxima 

e, claro...

 FELIZ DIA DAS MÃES!! \o/ 




Fontes: Instituo Pró-Livro

17 comentários :

  1. Realmente é muito bom incentivar nossos filhos a ler,abre novos horizontes e também melhora o aprendizado.Até na escrita influencia,a criança fica mais capacitada e fluida na leitura.É bom ler e incentivar nossos filhos a lerem.

    ResponderExcluir
  2. Não me lembro da minha mãe lendo algum livro pra mim quando era pequenina, mas acho essa influência super importante.
    Já estou montando minha "pequena" biblio para quando tiver meus filhotes.
    Adorei o post!

    Feliz Dia das Mães!

    ResponderExcluir
  3. Que tema fofo da coluna de hoje, adorei!! Certamente, mãe que apoia e incentiva a leitura, é tudo de bom!
    Beijo pra minha mamis, hehehehe *-*

    ResponderExcluir
  4. Oun *-* mamães! Está chegando o dia das mães e o post ficou uma gracinha! Comigo não teve isso, minha mãe não me influenciou na leitura (pena!), mas ela nunca oi de ler, é da geração TRABALHE, sabe. Mas agora? A mulher não pode ver um livro meu que fica querendo ter! E nem lê! xD

    ResponderExcluir
  5. Lindo o post!! Curiosamente eu não me lembro bem da minha mãe ler para mim, mas ela sempre me incentivou a ler. O engraçado é que em casa ninguém gostava ou costumava ler, quase nunca vi meus pais lendo livros; eu, porém, desde que aprendi a escrever meu nome ando envolta em livros hahaha.

    Bjinho, Livro Lab

    ResponderExcluir
  6. Eu com certeza sou uma dessas mães que incentivam seus filhos a ler. Meu filho tem 3 anos e sempre que eu compro um livro pra mim, tenho que comprar um pra ele também. Toda noite eu leio algum livro e ele adoro! Tenho certeza que quando ele crescer vai adorar livros.

    ResponderExcluir
  7. Com certeza minha mãe contribui pra minha leitura... mais um motivo pra agradecer hj!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. :: Leitura vem de berço sim. Vou voltar um pouquinho mais e falar da minha avó, sim ela foi a primeira que eu vi com um livro. Ela contando a história, fazia com que eu conseguisse viver tudo (como num fantástico mundo de Bob). Desde então, comecei a procurar livros em casa, perguntar pra minha Mãe o que ela estava lendo. Criei gosto pela leitura! Comecei pelos quadrinhos e meu primeiro livro foi O mundo de Sofia (recomendo). Gosto muito de ler, ficção e romance são as que mais me atraem, mas nos dias de hoje, o que me prende é um bom livro técnico (como economia e gestão). Leitura é vida! Parabéns pelo post, Gabriela Pascoal! ::

    ResponderExcluir
  9. Tenho certeza de que minha filha será uma devoradora de livros, sempre leio para ela algum livrinho infantil, compro gibis, e clássicos da literatura infantil. Além do que ela sempre me vê lendo algum livro. Apesar de ter apenas 4 anos ela chora porque quer ler sozinha...

    ResponderExcluir
  10. No meu caso, acho que não entro para a estatistica da pesquisa xD
    Porque não me lembro de meus pais, terem lido algo para mim quando eu era pequetitinha..
    Lembro de ter ganhado livros mais eu já tinha ums 12 ou +.
    Ai conheci os mangás! Mas só comecei minha paixão pela leitura depois que li "O Menino do Pijama Listrado" (Foi para um trabalho do curso técnico), eu tinha gostado muito do livro, e como tinha pego em um biblioteca pública, quando fui devolver, peguei outros e assim foi... S2

    ResponderExcluir
  11. Awn, como eu amo essa coluna. Meu pai sempre me incentivou a ler, mas acho que fui eu mesmo que resolvi ler tanto, apesar de que talvez as atitudes dele tenham tido influência nisso. Eu espero mesmo que meus filhos gostem muuuuito de ler <3

    ResponderExcluir
  12. Acho muito interessante a mãe incentivar os filhos para lerem, pois tendo o exemplo em casa fica muito mais fácil para eles adquirirem o gosto pela leitura.

    ResponderExcluir
  13. Incentivar a leitura é muito importante, mas é preciso incentivar os filhos desde muito pequenos. Agradeço a minha mãe por ter me incentivado mesmo ela não gostando. É o melhor presente que ganhei.

    ResponderExcluir
  14. posso dizer que minha mãe é a minha maior inspiração para começar a ler. ela sempre incentivou a mim e ao meu irmão. mas filho que é filho tem que ser um pouco teimoso né ? rs. comecei a ler mesmo em 2010 e não me arrependi ( me arrependi apenas de não ter ouvido minha mãe antes) e ate hoje não paro de ler e quero sempre mais. Obrigada Mãe.

    ResponderExcluir
  15. Own!
    Me identifiquei muito com o post. Tenho uma princesinha de 3 aninhos que pega os livrinhos de historinhas e grita pra mim: " Mamãe conta uma história pra mim!". Acho importantíssimo o estimulo dos pais quanto a leitura. O incentivo deve começar cedo. E o melhor exemplos somos nós!
    Bjus

    ResponderExcluir
  16. Realmente, quando a mãe incentiva o filho a ler desde pequeno, ele tem mais tendencia a ser um BookLover, hehe.

    ResponderExcluir
  17. Que bom que sua mãe teve esse carinho e cuidado para com você em relação aos livros.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris