terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Resenha: "Helena de Troia" (Francesca Petrizzo)

Tradução por Marcos Marcionilo

Por Eliel: Essas são as memórias da mulher mais desejada do mundo. Em outros livros suas histórias foram narradas por terceiros, mas dessa vez a própria Helena nos conta cada pormenor de sua vida. Francesca desnuda a lendária protagonista e a torna mais real, mostrando a mulher forte que ela é.
Helena é meu nome, mas posso ouvi-los chamando-me de adúltera nas minhas costas. Nasci em Esparta, mas fui embora para Troia, por amor. Eles costumavam dizer que eu era a mulher mais bonita do mundo e viviam julgando o quão pouco ganhei e o quando perdi depois que fugi, mas eles não estavam lá depois de tudo o que passei. Eu estava.
Como será que deve ter se sentido ao ser oferecida em casamento à Menelau para garantir a paz e a sobrevivência de seu povo? Como deve se sentir uma mulher obrigada a buscar nos braços de outros o que lhe fora negado? Tristeza e tragédia já acompanham desde muito cedo.
Com passos hesitantes, alcancei o espelho. E odiei o que vi. Uma puta. O sono tinha desfeito a maquiagem em volta dos olhos, meu rosto era agora uma máscara borrada por diversão. A boca, uma careta sanguínea, descontente. Velha. O rosto de minha mãe, após uma noite passada com um de seus soldados.
Temos as narrativas desde a infância em Esparta, os anos ao lado de Menelau, a fuga com Páris e todas as consequências de todos os seus atos. Uma mulher poderosa movida à paixão e amor que causou uma das guerras mais famosas de todos os tempos.
- Vinda do mar... - quase um sussurro. E depois de novo aquela voz atormentada. - Vinda para trazer a ruína a Troia!
Francesca assumiu o risco de escrever sobre um tema amplamente abordado, e o fez com extrema maestria. Ela fez de algo conhecido algo novo. Você nunca mais verá Helena com os mesmos olhos.
O amor dos mortais é pouca coisa, e, no entanto, aquece, mesmo de longe.

4 comentários :

  1. Quem nunca leu algo sobre a vida de Helena de Tróia, que atire a primeira letra!!!
    Uma mulher a frente de seu tempo, que deixou o amor a guiar..tem como ser uma história ruim? E pelo que li acima, poder ler essa história de outro ponto de vista deve ser algo bom demais!!!
    Adorei!!!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente quando diz que "Você nunca mais verá Helena com os mesmos olhos." Fiquei encantada com esse outro lado da história.
    Na maioria das vezes solitária desejando apenas ser amada, uma mulher forte feita de pedra como ela mesma tanto ressalta mais tão frágil como qualquer outra mulher.
    Muito belo a história sobre esse outro ponto, beijos.

    ResponderExcluir
  3. Uma nova visão para uma história não contada ou contada aos poucos em relatos amplos de outra história. Parece maravilhoso!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, super interessante. Não conhecia esse livro, mas parece ser muito bom. A história de Helena já é super conhecida, mas um livro narrado pela própria é realmente inovar algo que já era um velho conhecido. Adorei.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris