sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Happy Hour #51 - Os livros mais caros do mundo


Biblioteca da Universidade de Salamanca - Espanha
Oi pessoaaas!! Como vão vocês? Alguém aí sentiu minha falta? Estou meio sumida, não é? Estou precisando de comprar tempo, gente. As 24 horas do meu dia não estão sendo suficientes para tudo que preciso fazer... Mas vamos que vamos! Reclamar não que piora! hahaha 

Não consegui postar na quinzena e semana passada passamos por uns "problemas técnicos" rs 

Mas vamos falar da última coluna... Fiquei decepcionada com vossas senhorias, que visitaram o post, mas não deixaram quase nada de comentários. Nós falamos de Invenções Inusitadas. Passem lá depois... =D

Mas enfim, vamos ao nosso tema de hoje. Como agora todo mundo está meio surtado pela Black Friday, -sim, eu entendo-, pensei em fazer algo um pouco diferente. Em um dia de grandes ofertas, falaremos de Livros Mais Caros do Mundo! Preparados?


A lista a seguir foi feita pelo site Flavorwire, listando os 10 livros mais caros já vendidos no mundo! Segura que é muita exclusividade e ostentação literária, meu povo! 


The First Book of Urizen,  William Blake — US$ 2,5 milhões
Publicado em 1794, "The First Book of Urizen" é uma das mais importantes obras proféticas de William Blake. Em 1999 a Sotheby’s, sociedade de vendas por leilão, vendeu seu exemplar por US$ 2,5 milhões (R$ 4,4 milhões).






The Tales of Beedle the Bard, J.K. Rowling — US$ 3,98 milhões
Olhem aí a criadora do bruxinho mais amado do planeta! Ela não poderia mesmo faltar nesta lista. Publicado no Brasil como "Os Contos de Beedle, o Bardo", o livro, que surgiu da obra "Harry Potter e as Relíquias da Morte", se tornou um sucesso editorial. Por isso, a autora J.K. Rowling escreveu sete cópias a mão. Seis foram dadas para amigos e editores, mas uma foi leiloada em 2007 por US$ 3,98 milhões (R$ 7 milhões), tornando-se o manuscrito contemporâneo mais caro já vendido.




Exempar de Geographia Cosmographia


Geographia Cosmographia, Claudius Ptolomeu — US$ 4 milhões
O primeiro atlas da história, "Geographia Cosmographia" foi leiloado pela Sotheby’s de Londres por US$ 4 milhões (R$ 7 milhões), em 2006.






Página de Traité des
arbres fruitiers




Traité des arbres fruitiers, Henri Louis Duhamel du Monceau — US$ 4,5 milhões
Escrito por Henri Louis Duhamel du Monceau e ilustrado por Pierre Antoine Poiteau e Pierre Jean François Turpin, "Traité des arbres fruitiers" ("Tratado sobre Árvores Frutíferas", em português) é formado por cinco volumes que retratam 16 variedades de árvores frutíferas. Uma cópia foi negociada por U$ 4,5 milhões (R$ 7,9 milhões) em 2006.





A Bíblia de Gutenberg — US$ 4,9 milhões
Uma cópia da Bíblia feita por Gutenberg foi vendida por US$ 4,9 milhões (R$ 8,6 milhões) em 1987 pela Christie’s de Nova York. Apenas 48 edições do livro existem no mundo.
Exposição de um dos exemplares da Bíblia de Gutemberg!
Não encontrei localização exata, mas creio que seja o
 Museu da Imprensa de Mainz




Funcionário do museu segurando
um exemplar conservado da obra
Shakespereana
First Folio, William Shakespeare — US$ 6 milhões
Apesar de seu preço original não passar de uma libra, cópias intactas do "First Folio" (nome dado à primeira coleção de peças teatrais de William Shakespeare) estão entre as obras mais procuradas por colecionadores. Estima-se que das 750 lançadas em 1623, apenas 228 ainda existam. Em 2001, o cofundador da Microsoft, Paul Allen, adquiriu uma por US$ 6 milhões (R$ 10,5 milhões).




Detalhe de uma
das páginas do livro.
Muito bela, por sinal!



The Canterbury Tales, Geoffrey Chaucer — US$ 7,5 milhões
A primeira edição de "The Canterbury Tales", publicada no século 15, foi leiloada pela Christie’s londrina por US$ 7,5 milhões (R$ 13,2 milhões).







The Birds of America, James Audubon — US$ 11,5 milhões
A valorização de "The Birds of America" é gritante. Em 2000, a Christie’s vendeu uma cópia por US$ 8,8 milhões. Dez anos depois, o livro foi negociado por US$ 11,5 milhões (R$ 20,2 milhões). De acordo com a Economist, "uma lista com os dez livros mais caros já vendidos contaria com ao menos cinco cópias de Birds of America."
Gente, que tamanho de livro!! =O 





The Gospels of Henry the Lion, Ordem de São Benedito — US$ 11,7 milhões
Encomendado originalmente por Henrique, o Leão, para o altar da Catedral de Brunswick, esse livro religioso foi comprado pelo governo alemão em 1983 por US$ 11,7 milhões (R$ 20,6 milhões).


The Codex Leicester, Leonardo da Vinci — US$ 30,8 milhões
Ilustrações de esquemas mecânicos
feitos por Da Vinci em seu livro

O livro de anotações de 72 páginas que pertenceu a Leonardo da Vinci foi comprado por Bill Gates em 1994. O valor pago pelo dono da Microsoft foi de US$ 30,8 milhões (R$ 54,3 milhões), transformando-o na obra mais valiosa do mundo! Ao menos o empresário fez bom uso do livro. Suas páginas foram digitalizadas e distribuídas como proteção de tela do Microsoft Plus!, para o Windows 95.





Beem, passada a lista das compras mais extravagantes, não poderia deixar de falar do leilão de terça-feira passada, onde The Bay Psalm Book , primeiro livro a ser impresso nos EUA foi arrematado  por uma quantia nunca antes vista! O magnata e filântropo americano David Rubenstein, desembolsou a bagatela de 14,2 milhões de dólares (R$ 32,5 milhões), tornando o livro mais caro a ser arrematado em leilão da história. Ele pretende compartilhar a obra com universidades do país.
The Bay Psalm Book


~//~

Eu confesso que não sabia de quase nada do que falamos hoje aqui... É surreal imaginar um objeto sendo vendido por milhões, por mais que sejam LIVROS, é algo fora da realidade... rs É incalculável, porém, o valor de obras como essas, dadas suas importâncias históricas e sociais. Fico tão feliz quando vejo algum capa dura na minha estante, uma edição de colecionador ou mais antigas, imagina com algo assim em casa? 


O que vocês fariam se tivessem edições raras e tão importantes assim em seu s acervos pessoais? Se tivessem a grana, estariam dispostos a desembolsá-las em livros raros? Quero que me contem! rs Estou imaginando as respostas de vocês... Ah! E não esqueçam de deixar as impressões do nosso papo de hoje, hein?

Beijos beijos e até a próxima! 


Fontes: Ig, G1.

6 comentários :

  1. Nossa gente, quanto livro absurdamente caro o_o sério, acho um exagero esse preço todo. Se eu já reclamo de pagar 40 num livro, quanto mais isso.. kkkk

    xx Carol
    http://hangoverat16.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Puxa, fiquei boba, boquiaberta! Caro eim!
    E a hipervalorização, que coisa, a cada pouco de tempo ficam muito mais caros. Gostei de saber sobre isso não fazia ideia.

    ResponderExcluir
  3. A imagem do "Geographia Cosmographia" ali tá errada! Aquela é a capa de Os Contos de Beedle, o Bardo que foi à leilão. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Renato! Primeiro, obrigada pela visita e pelo comentário! ^^
      Me desculpe pelo erro. Já concertei a imagem do livro.

      Volte sempre! (:

      bjs,
      @gabiipascoal

      Excluir
  4. Adorei o post e também não sabia sobre nada disso. E fiquei chocada! É muita grana, mesmo com livros. Mas quem pode, né? [o que não é o meu caso]

    ResponderExcluir
  5. Inacreditável o preço desses livros, o bom é que nenhum desses me interessa, então tá tudo bem kk

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris