sábado, 24 de janeiro de 2015

Resenha: "Antes da forca" (Joe Abercrombie)

Por Sheila: Olá pessoas como vocês estão? Eu estava muito ansiosa pela chegada deste livro, que faz parte da série "A Primeira Lei". O primeiro livro, intitulado "O poder da espada" já foi resenhado - por mim! - no blog, e você pode acessar a resenha aqui.

Esse foi um livro que, a princípio, não havia atraído minha atenção; inclusive, havia passado outras leituras na frente, já que a sinopse não havia me atraído. Bárbaros? Lutas épicas? Torturadores? Sangue (muito sangue)? Eu estava passando.

Logo, foi uma agradável surpresa ver que Joe Abercrombie conseguia juntar todos estes elementos com uma maestria tal, que não desgrudei os olhos das páginas do livro até terminá-lo. E é aí que começa o sofrimento: quando virá a continuação?  Será que continuará tão envolvente quanto o primeiro livro?

Nem sempre estas respostas são afirmativas, principalmente pela ansiedade pela qual esperamos a continuação. Ok, vocês querem saber se a continuação ficou dentro das minhas expectativas ou não? Vão ter que ler toda a resenha ...

Fazendo então um breve retrospecto sobre como acabou "O poder da espada" (spoilers!). Deixamos um grupo improvável de viajantes - O Primeiro dos magos, uma lenda entre os povos que habitavam aquela parte do mundo, seu aprendiz que tem amplos conhecimentos de história antiga, Logen Nove Dedos, um bárbaro das terras do Norte, Ferro, uma ex escrava com uma raiva demoníaca de tudo e todos, e Jezal dan Luthar, um jovem mulherengo e mimado da União que foi praticamente arrastado para esta aventura.

O que este conjunto tão díspar de personagens faz viajando juntos, é o mistério que nos é deixado ao fim de "O Poder da espada", assim como o destino do inquisidor Sand dan Glokta e a guerra contra os Gurkenses, e o coronel West na guerra contra os bárbaros do Norte. 

No presente livro, vamos acompanhar essas três diferentes frentes de batalha: primeiro nosso estranho grupo em viajem para a borda do mundo, numa busca que o Primeiro dos Magos, Bayaz, resolveu empreender atrás de um artefato malígno, mas que pode ajudar na luta contra Kenedias, outro mago que tem apoiado os selvagens Gurkenses.

Ficamos sabendo mais a respeito da criação do mundo, e dos primeiros conflitos entre Juvens, mestre de Bayaz, e os irmãos, que de certa forma preciptaram os acontecimentos recentes. Acontece que há uma forma de comunicar-se com o mundo inferior, e há coisas tão diabólicas que se pode aprender com os seres do outro lado, que Juvens viu-se obrigado a criar algumas Leis.

A Primeira Lei - que foi quebrada pelo irmão mais novo de Juvens, sedento de poder, e agora por Khalul, um de seus doze Magos aprendizes - diz que proibi-se aos homens tocar o outro lado. Já a Segunda Lei, proíbe que se coma carne humana. Quando isso se da, estranhas transformações acontecem com os chamados "comedores". É isso que acompanharemos com Glokta no cerco Gurkense à Dagoska, onde ele se deparará com esse grande mal que ronda as portas da União.

- Você é uma comedora?
- Temos outros nomes, mas sim. - Ela inclinou a cabeça suavemente, o olhar jamais se afastando dos olhos dele. - Os sacerdotes me fizeram comer minha mãe primeiro (...)
- Por que vocês comem?
- Porque o passaro come o verme. Porque a arana come a mosca. Porque Khalul deseja e nós somos os filhos do Profeta. Juvens foi traíd e Khalul jurou vingança, mas estava sozinho contra muitos. Por isso fez seu grande sacriício e violou a Segunda Lei, e os justos se juntaram a ele, mais e mais com o passar dos anos. Alguns se juntaram por livre vontade. Outros não. Mas nenhum o rejeitou. Agora meus irmãs são muitos, e cada um de nós deve fazer o sacrifício.

Ao mesmo tempo, seremos informados em outros capítulos - as três histórias centrais são narradas em capítulos paralelos - como a União vem se saindo no enfrentamento aos bárbaros do Norte. Apesar de uma recente e inesperada adição aos homens do Rei, quando Três árvores, chefe do antigo bando de Logen Nove Dedos, decide se unir aos soldados da União, não está fácil ao coronel West manter a ordem de seu pelotão e a segurança do Príncipe, que insiste em ignorar seus conselhos.

Acontece que a ele coube ficar junto ao príncipe Ladisla, mandado ao campo de batalha como uma forma de ganhar algum status com o povo, não para que verdadeiramente lutasse, dado seu despreparo e sua imaturidade para assumir tal posição. Mas a sorte não estava ao seu lado, e é justamente o pelotão de Ladisla que é primeiramente atacado.

Ou seja os inimigos são muitos: ao grupo que viaja, a própria estrada por onde caminham guarda armadilhas mortais, e inimigos impiedosos. Ao sul, há os Gurkenses, comedores de carne humana que vem se multiplicando e espalhando com velocidade espantosa. Ao Norte, os bárbaros, que parecem também ter forjado alianças escusas com seres com poderes sobrenaturais.

Apesar disso já podemos entender um pouco mais sobre a escolha de Bayaz por seus acompanhantes na longa jornada que empreende até a borda do mundo - apesar de que a escolha por Luthar ainda permanece um mistério não explorado.

O livro segue o mesmo ritmo intenso do primeiro, onde as páginas praticamente se viram sozinhas. O mundo criado por Joe Abercombrie é tão complexo e rico, que é quase impossível sintetizar todas as minucías das historias que culminaram nos atuais conflitos entre os diferentes reinos. Fora que ainda há muitos mistérios sem solução, palavras não ditas, traições e alianças não desvendadas.

Além disso, todos os personagens são muito bem elaborados, profundos, e parece que nenhuma das palavras do autor é desnecessária, mas que todas terão um sentido para a trama posteriormente. Ou seja, eu AMEI o livro, estou super empolgada com a história, e muito mais ansiosa pela continuação.
Vale também destacar a capa e o trabalho muito bem feito pela Editora Arqueiro, o papel é daquele amarelinho, que deixa a leitura muito mais agradável.
Recomendadíssimo! Abraços e até a proxima!





0 comentários :

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris