terça-feira, 24 de abril de 2012

Filme: "Candy"

Olá!

Antes de começar a resenha da semana propriamente dita, vou postar um texto de autoria própria que fiz baseado no filme em questão.
Para que vocês entendam melhor, “Candy” é um filme cuja história divide-se em Paraíso-Céu-Inferno.
As frases colocadas entre aspas foram retiradas do filme.

PARAÍSO
I want to try it your way this time.”
Eles são mais do que um casal. Não são um casal normal, não são apenas namorados. São almas gêmeas, são carne e unha, são vícios, são dependentes. Um do outro.
O corpo dela é um doce para ele, o corpo dele é uma verdadeira droga viciante para ele.
Vício.
Vício.
Antes de começarem uma paixão sem precedentes, sem limites, já haviam sido avisados: “When you can stop, you don’t wat. When you want to stop, you can’t.”
Eles não se importavam.
Eles tinham um ao outro. Eles tinham tudo, dividiam absolutamente tudo.
Alegrias, utopias, prazer, amor.
Vício.
- Casa comigo?
- Seremos homem e mulher. Um só.

TERRA
“Shit! She overdosed! Hey, Candy? Candy? Candy? Look at me. You woke up!”
Eles são as pessoas mais descoladas do Mc Donald’s. Eles são as pessoas mais descoladas do mundo deles. Eles são as pessoas mais descoladas que todos já viram.
Mas tudo tem seu preço e ela estava disposta a pagar contanto que ele pagasse também.
Mas ele não consegue. Pelo menos, não daquela forma.
Mas ele encontra outra forma. Ele sempre dá um jeito. Sempre.
E não foi diferente dessa vez.
Sete mil reais naquela conta roubada. Foi o que conseguiram.
Mas àquela noite após ela ter o agredido e feito com que ele precisasse de pontos na cabeça, trouxe uma conseqüência.
Eles não são mais dois.
São um.
São 3.
“O futuro era algo que brilhava. O presente era muito, muito bom. Eu não queria estragar a vida dela. Só queria melhorar a minha.” 

INFERNO

“Ha ha fucking ha you are so funny Dan.”

O bebê não resistiu e eles choraram o dia todo.
A vida deles ia de mal a pior e a casa no interior foi a melhor opção.
O recomeço. O casal apaixonado um pelo outro tentava resgatar esse amor viciante que parecia ter se perdido.
Os ventos do interior são melhores.
Tudo ficará bem, tudo voltará a ser como antes.
Mas ela não tem a certeza disso.
Eles nadavam, “
Can I stay with you forever?”, ela falava.
Mas não agora.
Não mais.
Ela foi embora. Ele partiu também.
Deixou o passado.
Mas ainda não sabe exatamente se a deixou.
Porque o vício é maior do que ambos.


E eis aqui, o segredo mais profundo que ninguém conhece. Eis a raiz da raiz e o broto do broto. E o céu do céu de uma grande árvore chamada vida. Que cresce mais do que a alma pode esperar ou a mente esconder. E esta é a maravilha que mantém as estrelas distantes. Carrego seu coração comigo. Carrego-o no meu coração.”

Bom, após o texto, vamos falar um pouquinho sobre este filme australiano de 2006 estrelado por Heath Ledger, Abbie Cornish e Geoffrey Rush.
Heath Ledger interpreta o poeta Dan. Viciado em heroína, vive sem dinheiro a maior parte do tempo pois praticamente tudo o que ganha vai para as drogas.
Candy, uma pintora, é sua namorada também viciada em drogas.Ao que tudo indica, foi Dan que levou Candy para essa vida.
O namoro dos dois é muito intenso, cheio de altos e baixos, brigas, sexo e muita droga.A família da moça aceita o namoro de uma forma meio contrariada.
Dá pra ver ao longo do filme que ambos se deixam levar muito fácil pelas drogas, eles acabam perdendo o controle de suas vidas e, principalmente Dan, acreditam que ainda terá uma saída, que tudo vai mudar.


Tudo que fazem é por impulso. Casam-se por impulso, engravidam por impulso, mudam-se por impulso, enfim, a droga os consome.
E para sustentar esse vício, contam com a “ajuda” de Casper (Geoffrey Rush). Um velho professor de química também viciado.
É um filme chocante, com cenas e diálogos fortes. Um verdadeiro drama.
Esse filme foi produzido na Austrália e, na época das filmagens, a mulher de Heath Ledger na vida real, estava grávida e no filme, Candy também engravida, mas por ser uma gravidez de risco, Heath ficou muito mal, em uma cena muito tensa, ele chega a chorar de verdade.

Outro fato curioso a respeito do filme é o próprio nome: “Candy” é o nome da personagem principal, mas também faz alusão à heroína (a droga).

Vale a pena assistir ao filme para refletir sobre o desespero que o vício causa nas pessoas e o quão chocante esse tema pode ser.

ONDE ASSISTI PELA 1ª VEZ: Em casa
QUANDO: em 2008
PORQUE EU ESCOLHI ESSE FILME: Porque havia comprado para a minha coleção de filmes do Heath Ledger.
O QUE EU SABIA DE ANTE MÃO:
-Que Heath Ledger era o protagonista
-Que era um filme australiano cujo tema principal eram as drogas
-Que Geoffrey Rush (o Capitão Barbossa de “Piratas do Caribe”) estava no elenco
-Que parecia ser uma história interessante
DIRETOR DO FILME: Neil Armfield
QUEM SÃO OS ATORES PRINCIPAIS: Heath Ledger, Abbir Cornish e Geoffrey Rush
QUE TIPO DE FILME É: Drama
DURAÇÃO APROXIMADA: 107 minutos, aproximadamente
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 16 anos
COMO É A HISTÓRIA PINCIPAL (Retirada da contracapa do DVD): “Dois amantes se perdem num mundo de luxúria, vício e auto-destruição. O filme conta a história de um homem que se apaixona por dois tipos de “doces”: uma garota chamada Candy e pela heroína, a droga. A narrativa mostra a decadência física e moral dos personagens que vão ficando, cada vez mais, dependentes da droga.”

O FILME CORRESPONDEU OU NÃO ÀS MINHAS EXPECTATIVAS? Correspondeu. Gostei muito da interpretação de Abbie Cornish, ela retratou brilhantemente a conturbada Candy, com um realismo sensacional. Geoffrey está sempre bom e nesse papel não foi diferente. Heath eu nem preciso comentar, porque ele sempre arrasa. Trouxe um Dan viciado e, ao mesmo tempo transmitindo um certo otimismo e uma visão ingênua dos fatos. Muito bom. O roteiro é bem interessante, gostei muito da divisão das cenas entre “Céu/Paraíso/Inferno”. Diferente e real.
A trilha sonora também foi muito bem escolhida. Destaque para a música "Song to The Siren".
PONTO FRACO: Como o assunto é pesado, há algumas cenas chocantes que podem deixar quem não tem “sangue frio” um pouco assustado. Porque, parecem cenas reais, de fato.
UMA CENA: A cena em que Dan chega em casa e encontra as paredes todas pintadas com um texto sobre eles escrito por Candy.
UMA FRASE DO FILME: O texto. Mas não vou postá-lo porque ele, praticamente conta o filme todo. As frases mais legais eu postei no texto acima que vocês já leram.
RECOMENDO ESTE FILME: Recomendo.
DICAS PARA QUEM PRETENDE ASSISTI-LO:
-Faça pipoca;
-Preste atenção nos diálogos
-Aproveite!

BOM FILME!!!!!!!
Kell ^^

OBS: Quanto ao filme "TITANIC" em 3D, eu o assisti e gostei bastante da remasterização. O filme, obviamente, não é aquele tipo de filme com mil ações, com tudo voando na sua cara em 3D. Mas sim, principalmente nas primeiras cenas (dos destroços do navio no fundo do mar) achei fantástico. E alguns detalhes ficam em 3D, como a ponta do navio em alguns momentos e também a cena do navio se partindo ao meio, ficaram muito boas! =)

18 comentários :

  1. Ameeeeeeeeei seu post, amei o filme, amei tudo *-* Mas não posso ver =/
    Fico muito deprimida com histórias assim e sofro muito depois :/
    Gosto de acreditar que tudo pode dar certo no final, porque tenho fé...
    E não importa quanto o poço seja fundo sempre há luz e esperança para todos ;_;

    ResponderExcluir
  2. Uau mesmo adorei a sua resenha sou muito fã dos filme Heath até hj não me conformo mt com sua morte, mas Deus sabe o q faz. Não sei tbm se vou ter coragem para assistir, mas pretendo parece ser mt bom.Gosto de dramas e o Heath como protagonista deve ser brilhante!

    ResponderExcluir
  3. Acho que esse filme não faz muito meu tipo, gosto de histórias mais leves. Mas gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  4. Acho que já vi esse filme...não lembro :S O cara é familiar...Bem, se vi ou não, gostei do trailer e quero ver de novo, ou pela primeira vez...sei lá :S

    ResponderExcluir
  5. Adoreiiiiiiiiiiiii!! Saudade monstra do Heath Ledger. :)

    ResponderExcluir
  6. Deve ser louco ver a relação deles com o vício. assim, juntos, fazendo tudo por impulso.
    deve ser bem pesado mesmo, mas achei muito, muito interessante!

    ResponderExcluir
  7. Deve ser um daqueles filmes que nos fazem chorar e sofrer MUITO. Mas o filme, com certeza, irá passar uma grande lição para quem for assistir. Gostei muito mesmo, porque a história em si envolve fatos reais... Vou ver se tomo coragem para assistir, porque sou uma pessoa que absorve todas as dores, todos os sentimentos transmitidos através do filme... hehehe.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Não gosto de ver filme com ele. ;/
    me da saudade.
    Beijoca

    Selene Blanchard
    Blanc – ModaeEu.blogspot.com – TEM PROMOÇÃO COM BlackBerry

    Espero sua visita!

    ResponderExcluir
  9. Dramas me fazem chorar...
    Esse parece ser um filme bastante forte e eu sou meio sensível.
    Não sei se conseguiria assistir sem ficar com um nó na garganta depois.

    Bjus

    Nâna

    ResponderExcluir
  10. Nossa, fiquei muito curiosa pra assistir esse filme, não conhecia..
    Adorei a resenha, muito bem feita. Tenho medo dessas "algumas cenas chocantes" mas verei, com certeza!

    BeijoOOs

    ResponderExcluir
  11. Ana Livia Moraesdomingo, abril 29, 2012

    Parece um film bem marcante. E adorei seu texto!

    ResponderExcluir
  12. Preciso ver esse filme, amoooo o Heath! Valeu pela dica e o otimo texto!

    ResponderExcluir
  13. Sou super fan do Heath Ledger, já tinha visto a um tempo atrás a
    sinopse deste filme mas como não curto muito filme de romance eu meio que passei mas depois de ler vários bons comentários e agora com sua resenha em que mostra uma história de amor fora do padrão onde parece mais um drama devido aos conflitos que são abordados eu fiquei com vontade de assistir.Abrc!

    ResponderExcluir
  14. Já ouvi e li tanto a respeito desse filme e ainda não consegui vê-lo :/
    Todo mundo retrata esse clássico, como uma obra imperdivel, com atuações impecaveis e um cenario meio sombrio.
    Adorei a resenha, a forma como foi escrita, em versos no inicio. Vou ver esse filme com certeza(demorou né:??) rs

    Abraços

    ResponderExcluir
  15. I think the admin of this website is actually working hard
    in favor of his web page, as here every material
    is quality based information.

    My site ... abnehmen/

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris