domingo, 10 de fevereiro de 2013

Resenha: "Sob a Redoma" (Stephen King)

Por Sheila: Oi pessoas! Hoje venho apresentar para vocês o último lançamento de Stephen King, mestre do suspense e terror. O livro se chama "Sob a Redoma" e nos trás um Thriller eletrizante do início ao fim.

Logo nas primeiras páginas, King nos apresenta à pequena cidade de Chester's Mill, localizada no interior do estado do Maine. Todas as pessoas estão vivendo pacificamente suas vidas e cotidianos quando algo inusitado acontece: um avião e um caminhão são bloqueados por uma espécie de campo de força invisível, sofrendo um fatal acidente que marca a descoberta de que algo vai terrivelmente errado.
Não muito longe à frente, do outro lado da estrada, havia uma marmota. Uma marmota danada de gorda ... Então duas coisas aconteceram ao mesmo tempo. A primeira foi a marmota. Estava inteira e então estava em dois pedaços. Ambos se contorciam e sangravam. Barbie parou, a boca aberta com a articulação do maxilar subitamente frouxo. Foi como se a lâmina de uma guilhotina invisível tivesse caído. E foi então que, diretamente acima da marmota cortada, o pequeno avião explodiu. 
 Passado o choque inicial, a cidade descobre que não é apenas em sua principal estrada de acesso à cidade em que existe esta espécie de barreira. Na verdade, esse campo de força - já que invisível aos olhos - rodeia toda a cidade, está fixada por dentro da terra e também pelo ar. Pelo formato esférico que este campo comporta, passa a ser chamado simplesmente de redoma.

Há muitos personagens marcantes que nos são apresentados no início do livro. Stephen King faz uma listagem logo no início (que eu particularmente consultei diversas vezes) de mais de 50 personagens, todos importantes e todos com alguma função na estória. Destaca-se o veterano de guerra e chapista do restaurante local, o Rosa Mosqueta, Dale Barbara ou simplesmente "Barbie", que estava prestes a fugir da cidade quando tudo começou e foi um dos primeiros a notar o que estava acontecendo; e Big Jim Rennie, vereador ganancioso e corrupto que tenta se aproveitar da tragédia que cai sobre a cidade para a conquista de poder absoluto.

Em Chester's Mill todos se conhecem. Muitos assistiram aos jovens crescer, ou cresceram juntos, constituíram família, fizeram carreira. Mas o isolamento do mundo exterior, a possibilidade de falta de mantimentos, de gás para manter a cidade, tudo isso faz com que isso mude. De uma hora para outra, passa a ser difícil saber quem é quem, e o caos é instaurado em favor da suposta ordem. Além disso, um desentendimento entre Barbie e Júnior, filho de Big Jim Rennie, recém eleito policial emergencial, promete deixar o clima dentro da redoma ainda mais tenso.
- O que você tá fazendo aqui? - Perguntou a Barbara.
- Tenho uma pergunta melhor - disse Júlia Shumway, lançando mão de seu sorrisinho apertado - O que você tá fazendo agredindo um homem com um quarto do seu peso e três vezes a sua idade?

Júnior não conseguiu pensar em nada para dizer ...

- Qualquer problema com a polícia deve ser encaminhado ao novo chefe senhora. Enquanto isso é bom lembrar que por enquanto estamos por conta própria. As vezes quando se esta por conta própria é preciso se estabelecer certos exemplos ...

Júnior olhou Barbie mais um instante e disse:

- É bom ter cuidado com essa boca perto de mim. E cuidado com o que faz. - Ele tocou de propósito a nova insígnia brilhante com o polegar. - Perkins morreu e eu sou a Lei.
Aliado ao declínio da cooperatividade entre os moradores e a progressiva caminhada para um funcionamento mais rústico e desorganizado, está a crescente angústia por não saber o que está acontecendo. Afinal de onde veio a Redoma? O que ela é? Qual seu propósito. E, principalmente: QUEM teria a criado e colocado ao redor da cidade?

Provando mais uma vez sua excelência como escritor (ok, sou uma grande fã e minha avaliação é um tantinho tendenciosa) Stephen King nos faz entrar na vida desta pessoas e realmente sentir a precipitação dos acontecimentos e a loucura em que esta pacata cidade parece ir mergulhando ao longo das horas e dias (sim, tudo dura cerca de apenas uma semana).

Escrito num ritmo acelerado, vibrante e viciante, "Sob a Redoma" não é, na minha modesta opinião, o melhor livro já escrito por Stephen King. No entanto, sua excelência se encontra justamente no fato de retratar o bem e o mal existentes dentro de cada pessoa, e o quanto nosso lado irracional pode ser despertado com relativa facilidade em situações extremas.

Afinal, até onde você estaria disposto a ir pela sua sobrevivência? O livro tem quase mil páginas, mas realmente vale muito a pena lê-lo, não consegui largar até as últimas páginas. Recomendadíssimo.

17 comentários :

  1. Estou louca para ler este livro...na verdade muitos livros do Stephen King, ouvi falar dele recentemente e pelo que tenho lido sobre seus livros percebo que ele é um grande escritor. Querrooo muito ler este livro. Ótima resenha, despertou ainda mais meu interesse. ^^
    @apathy_patricia

    ResponderExcluir
  2. Stephen King é mestre! Esse promete ser um bom livro, tenho muita vontade de ler, o interesse é grande!!

    abraços,
    Luciana
    Folhas de Sonhos artesanatos

    ResponderExcluir
  3. Já li esse livro, e me considero um grande fã do Stephen King. É uma boa história, apesar de as vezes cansativa e ter um final um tanto quanto bobo.

    Não considero os livros do Stephen de terror, mas considero-os bons livros, e recomendo.

    ResponderExcluir
  4. Stephen King é animal, e preciso tanto ler Sob a Redoma, caramba... Estava esperando o preço do livro ficar menos salgado, mas como minha fila anda "tensa", optei por esperar um pouquinho antes de sair que nem louca para comprar. E mesmo assim, pelo que andei vendo, o livro continua meio caro, né... Por que minha família não é dona de uma livraria, hein??? =S

    Bjs
    Livro Lab

    ResponderExcluir
  5. Como é que vc diz que este não é o melhor livro dele e "esquece" de citar qual é então na sua opinião?????
    *curiosíssima*
    Pergunto isso pq apesar de ainda n o ter lido este livro parece ser muito muito muito boom!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo. Também senti falta da sua opinião sobre o livro, vc meio que saiu pela tangente, Sheila.

      Excluir
  6. Quero muito ler este livro. É simplesmente muito interessante essa reflexão que o livro explora sobre os limites de cada um, o quanto cada um pode chegar/fazer em situações extremas. Acho que mostra muito do ser humano e isso torna uma narrativa muito interessante.
    Realmente quero muito ler o livro, mas o preço não ajuda: 68 reais na saraiva, com esse mesmo dinheiro dá para comprar uns três livros pelo menos! Assim fica difícil.

    ResponderExcluir
  7. Mal posso esperar para ler, SK é o mestre sem duvidas. Boa resenha.

    ResponderExcluir
  8. Confesso, e tenho vergonha de, que nunca li um sequer dele. E estou com muita vontade mesmo de ler este!
    Sou uma apaixonada por romances policiais e a cada resenha que leio, mais me atraio pelas histórias do autor.

    Beijos,
    Hannah - Secrets of Book.

    ResponderExcluir
  9. Oi respondendo a Ariana e Luciana, acho bem complicado dizer qual o melhor livro de King, mas há vários que eu colocaria à frente deste, como "A Coisa", "O Iluminado", ou "Saco de ossos"
    Luciana, não entendi ... por que pela tangente? Disse que gostei do livro mas que, na minha opinião, não é o melhor já escrito por ele. Gostei muito da forma como el retrata a dualidade bem/mal, mas no geral (enredo, personagens e CLARO, um final que deve ser adequado a essa zona toda que ele cria) daria um 7.

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Puxaa! Necessito loucamente esse livro! Parece ser muuito bom! E, depois da sua resenha, minha vontade aumentou muitíssimo!
    Ótimo blog, já acompanho a algum tempo, e parabéns pela resenha!
    Beijos!

    overdose-de-ideias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Faz tempo que eu queria ler um livro do Stephen , acho que vou começar por esse. A estória parece ser interessante.

    ResponderExcluir
  12. DOIDO PARA LER! SÓ LI UM LIVRO DO STEPHEN E AMEI!

    ResponderExcluir
  13. Quero muito ler esse livro, pois todas as resenhas (incluindo a sua) e os comentários que li até agora, deixaram-me bastante curiosa. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  14. Nunca li um livro do Stephen. Comecei a ler mesmo a pouco tempo então não conheço tanto assim, mas pelo nome, já havia gostado deste. Pela resenha, o achei bastante interessante. Até agora adoro livros de ação/suspense, e este me parece que me ganharia com certeza.
    Ter mil páginas ajudou rs
    Quero.

    ResponderExcluir
  15. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo
    livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de
    um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de
    todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas
    usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais
    mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite
    reverso...a capa do livro é linda, ela traz o universo de fundo.

    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris