sexta-feira, 16 de julho de 2010

INDICAÇÃO: "As Andorinhas de Cabul" - Khadra, Yasmina

A indicação de hoje é uma trilogia de livros daqueles dramáticos e que tocam o nosso coração, do Yasmina Khadra, que falam sobre os problemas enfrentados no Afeganistão, pinta de best seller não é?

Hoje o destaque é o primeiro livro da série "As andorinhas de Cabul" que conta a tragetória de 4 personagens em meio aos problemas enfrentatos durante o regime Talibã. Fiquei muito interessada em ler, pois livros que envolvem guerra e dramas contemporaneos, estão sempre entre os meus favoritos! ^^

Clique aqui para compra-lo.

Titulo:
As Andorinhas de Cabul
Autor:
Khadra, Yasmina

Editora: Sa Editora
Categoria: Literatura Estrangeira / Romance
I.S.B.N.: 8588193307
Número de Paginas : 176

Sinopse: Este belíssimo romance conta a história de quatro personagens marcantes que vivem na Cabul do ano 2000, quando os talebans imprimem ao Afeganistão um regime atroz: Mohsen, um intelectual, descendente de prósperos comerciantes que o conflito levou à ruína; Zunaira, sua mulher, outrora uma brilhante advogada, condenada à vida doméstica e a esconder sua beleza atrás dos véus; Atiq, um carcereiro, que não suporta mais viver nas ante-câmaras da morte, enquanto tem em casa, sua própria mulher, Mussarat, sofrendo de doença incurável.

Um gesto insensato de Mohsen, envolvido pela histeria da multidão no apedrejamento de uma adúltera, joga os personagens em uma tragédia maior e expõe o universo de contradições vividas em um mundo de guerra político-religiosa. Raramente um escritor apresentou com tanta clareza e lucidez a complexidade de comportamentos e de situações que permeiam as sociedades muçulmanas, fendidas entre o feudalismo e a modernidade.

Em uma soberba homenagem à mulher, Khadra revela angústias, expõe faces e dramas obrigados a se ocultar atrás das burcas, que condenam as mulheres a viverem como "nuvens de andorinhas (...), azuis ou amareladas, por vezes descoloridas, em atraso de várias estações, e que emitem um som triste quando passam perto dos homens".


Revelado ao público brasileiro com O atentado (Sá Editora, 2006), o escritor argelino de língua francesa Yasmina Khadra já está traduzido em vinte e dois países. Depois deste As andorinhas de Cabul, sobre o Afeganistão, publicado originalmente na França em 2002, veio O atentado, dedicado ao conflito árabe-israelense; teremos ainda a publicação este ano de As sirenes de Bagdá, enfocando a guerra do Iraque, fechando-se assim a trilogia que o autor consagrou ao "diálogo de surdos" que se trava hoje entre o Oriente e o Ocidente.

Autor: Yasmina Khadra (pseudônimo de Mohamed Moulessehoul)

O escritor argelino de língua francesa Yasmina Khadra, na verdade Mohammed Moulesseboul, nasceu em Kenadsa, no Saara argelino, em 1955. Foi ao mesmo tempo oficial do exército e escritor, quando adotou o pseudônimo feminino – aliás o nome de sua mulher – depois de conflitos gerados pela publicação de livros nos quais discutia a estrutura de poder e a corrupção em seu país.
Hoje, autor de mais de uma dezena de obras, consagrado pela crítica e pelo público, traduzido em mais de vinte e dois idiomas, Khadra vive na França e escreve originalmente em francês.

3 comentários :

  1. Sabe quando você fica com a pulga atrás da orelha? Pois é, eu fiquei, a respeito desse livro. Me bateu uma vontade de ler. Adoro histórias dessa forma, sem tirar nem pôr.

    ResponderExcluir
  2. Boa abordagem, livro interessante! Quero!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris