sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Happy Hour #24 - Tradições de Aniversário

Olá, minha gente!! Como vão vocês?! Confesso que estou um pouco ansiosa porque o ENEM está chegando e, com ele, os vestibulares, batendo na nossa porta (pelo menos na minha!) -rsrsrs. Antes de tudo, gostaria de agradecer a vocês pelo carinho e atenção com a Happy Hour #23. Grafologia é um assunto bem interessante, né! =D

Maas, vamos ao assunto de hoje! Não sei se vocês perceberam, mas no dia 10 deste mês a nossa querida coluna completa um ano. Siim! Um aninho de Happy Hour no Dear Book!! *-* É gente... o tempo está passando muito rápido! Lembro de, outro dia mesmo, estar me apresentando para vocês aqui na semana Halloween, lembram? rsrs Maaas enfim, já que a data está anunciada, temos que fazer algo a respeito, né? kkkk Pois bem, vamos ter uma coluna COMEMORATIVA hoje! Vamos falar sobre Tradições de Aniversário. Afinal, a gente se diverte e conhece coisas novas, ao mesmo tempo! ;D 



Hoje é dia de festa, bebê!! *-*

A comemoração de aniversário é uma tradição bem antiga! Os egípcios comemoravam somente os aniversários de seus governantes quando aconteciam desfiles e suntuosas festividades. Os romanos também comemoravam o aniversário dos deuses homenageando-os com corridas de bigas e desfiles imponentes. Os simples mortais não podiam ser honrados, nem mesmo lembrados no dia se seus aniversários.

Com essa celebração, foram surgindo algumas tradições que marcavam presença na maioria desses eventos.As primeiras coisas que me vêm a cabeça são o bolo e as velinhas. Mas qual é a história por trás deles? 

A tradição de comer bolo surgiu há cerca de 200 anos. Preparados com massa de pão e cobertos com açúcar: esses foram os primeiros bolos de que se têm notícia e nasceram na Alemanha. Contam algumas lendas antigas que, se o bolo de aniversário murchasse no forno, era um sinal de má sorte para o ano seguinte. Moedas e jóias eram assadas dentro dos bolos e os convidados que recebessem as fatias com as preciosidades teriam a garantia de riqueza e felicidade para os próximos anos. Ah, se fosse comigo, acho que acabaria comendo algum anel ou coisa do tipo, viu? hahaha É bem estranho, né? rsrs E vale lembrar que os aneis são símbolos de pedidos de casamento (cenas tão famosas em filmes e telenovelas...). 
Artemis: Deusa da guerra
e da pureza


Já a tradição de apagar velinhas começou na Grécia antiga. Os gregos costumavam acender velas no bolo oferecido à deusa Artemis. Antigamente, os povos rezavam sobre as chamas da fogueira. Eles acreditavam que a fumaça levasse seus pedidos e pensamentos até Deus, o que deu origem a tradição da vela acesa. Se você apagar a vela em um só sopro, seus desejos serão atendidos.


Para eles, a chama das velas simbolizava as luzes do luar. Na Idade Média, esse costume chegou à Alemanha. Os camponeses faziam festas que começavam ao raiar do dia. As velas eram acesas e a criança acordava com a chegada do bolo. O número de velinhas não era igual ao da quantidade de anos do aniversariante. O bolo recebia uma vela a mais, que representava a luz da vida. 











Aniversários mundo afora...

Apesar dessas características em comum, alguns lugares possuem comemorações bem singulares e exóticas. Encontrei algumas coisas bem legais...



RÚSSIA - Os russos fazem aniversário duas vezes por ano! Antes da Revolução Russa, em 1917, a influência da Igreja Ortodoxa era tão grande que muitos fiéis batizavam seus filhos com nomes de santos. Assim, o aniversário era comemorado no dia do santo que dava nome à pessoa - um sistema conhecido como "Onomástico". Durante a União Soviética, manifestações religiosas foram proibidas, então os aniversários passaram a ser comemorados da maneira tradicional, no dia do nascimento da pessoa. Com o fim do governo soviético, os russos voltaram a comemorar da maneira onomástica, mas mantiveram a comemoração na data de nascimento. Em russo, a saudação "Mnogoilheto" (só não me perguntem como pronunciar essa palavra!! rsrs) significa "muitos anos de vida".   

IRLANDA - Quando o aniversariante é adulto, os amigos e convidados realizam uma peregrinação de pub em pub, bebendo uma cerveja em cada um em homenagem ao aniversariante. Esse aí é animado mesmoo!!! rsrs Haja cerveja!! '-' Será que vale quando a gente passar no Vestibular? rsrs 


MÉXICO - É costume o aniversariante quebrar uma pinhata - espécie de embrulho de papel suspenso por uma corda recheado com doces - com os olhos vendados. No Brasil é famosa nos estados da Paraíba, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte com os nomes de quebra-panela ou quebra-pote. A gente sempre vê a cena em filmes norte-americanos e crianças destruindo pinhatas em suas festinhas de aniversário... não imaginei que fosse tradição mexicana. 

Pinhata mexicana. Muito bonita!! 




ÍNDIA - O aniversário, para os indianos, é a data mais importante do ano. É celebrado como se fosse um "Ano Novo" pessoal. Um "ritual de fogo" é praticado na data, a fim de purificar o corpo e o espírito do karma ruim, para começar tudo de novo. 
Yajña, o ritual de fogo indiano


TAILÂNDIA - Em vez de promover um festão, elas aproveitam a ocasião para agradecer a vida e fazem boas ações, entre elas, entregar alimentos aos monges budistas que passam pela rua.


COREIA - Na primeira festa de aniversário, a criança coreana é colocada em frente a uma série de objetos trazidos pelos convidados. Acredita-se que o presente escolhido pelo bebê dá uma pista de seu futuro e de sua futura profissão. Se ele pegar carretel de linha, significa que terá vida longa. Se for um livro, ele será um menino totalmente dedicado aos estudos. Se escolher dinheiro ou arroz, terá sucesso financeiro quando for adulto

ITÁLIA - Lá o "aniversário d’oro" é especialmente importante! Ele acontece quando a idade do aniversariante coincide com a data de nascimento - por exemplo, completar 20 anos em um dia 20. Ah, como os italianos são encantadores! =D


SENEGAL - Lá, a moda é preparar vários tipos de carne para homenagear a aniversariante. E haja fôlego! A tradição manda distribuir os assados pela vizinhança. 



~//~

Então galera, essa foi nossa coluna de hoje. O que vocês acharam, hein? Já sabiam quanta história havia por trás de uma simples comemoração de aniversário? E as tradições mais que diferentes em todos esses países? Bem interessante... Eu amo descobrir coisas novas (acho que já perceberam... rsrs). Bom, nem preciso dizer (mas já dizendo.. rs) que estou esperando seus comentários, né? Deixem suas opiniões, críticas, dúvidas, elogios, enfim... o que quiserem! rs

E antes de me despedir gostaria de deixar um parabéns a todos vocês que, assim como a Happy Hour, fazem aniversário no mês de outubro!! '-' Tudo de boom! Muitas felicidades, sucesso e saúde na vida de todos! E, também, o último agradecimento ao carinho de vocês, sempre, com a coluna que tornou possível esse primeiro ano DE MUITOS da nossa Happy Hour. 


Nos vemos em breve, pessoal!! Até mais!! 


Fontes: Frugal, Guia dos Curiosos, UOL           

15 comentários :

  1. Que seja o primeiro de muitos.
    As postagens estão cada vez mais bem elaboradas e interessantes.
    Parabéns pelo 1o ano.


    www.eagoraque.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa que legal, um ano não é pra qualquer um, é o Happy Hour sempre fazendo por merecer, é isso ai Gabi, espero que ainda tenha muito anos pela frente, sempre evoluindo!

    Parabéns e boa sorte nos vestibulares!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns, o blog está cada dia melhor.

    Que venham muitos anos de comemoração.

    Beijão
    http://lilicasg.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Parabens por esse 1 ano de HH! Uma coluna sensacional!!!
    E o assunto de hoje ficou super legal, adorei.

    ResponderExcluir
  5. Bem interessante, é bom saber as origens daquilo que fazemos em nosso dia-a-dia.

    ResponderExcluir
  6. Muito legal o post, eu só tenho um certo trauma de aniversário porque o meu cai em 31 de dezembro, então nunca dá para fazer uma festa e convidar os amigos, é super complicado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris! Minha irmã também faz aniversário no dia 31 de dezembro. A gente faz assim: comemoramos antes ou depois pra dar para virem os amigos, antes de todos viajarem ou então juntamos com as comemorações de fim de ano! rsrs

      Excluir
  7. Ahh, parabéns, Gabi! O Happy Hour é uma das melhores colunas do DB, acho que foi o que me fez ficar da primeira vez e conhecer outras postagens do site! Não sei como você consegue ir atrás de TANTAS informações semana-sim-semana-não... quando era vestibulando eu também não conseguia ficar longe da internet, mas não tinha tamanha responsabilidade. Então, por favor, você ~tem~ que passar no vestibular, para que seus leitores não se sintam culpados de ter tomado seu tempo! :P
    Interessantíssimo o Happy Hour (pleonasmo, oi) sobre aniversários! Eu nunca tinha parado pra pensar que aquelas velinhas em cima do bolo tiveram origem em um ritual de adoração a uma deusa! :0 E a comemoração na Tailândia? Um grande exemplo... só tenho minhas dúvidas se todos fazem mesmo uma boa ação nesse dia. rs E esses beberrões irlandeses? hehe Ano que vem é meu aniversário d'oro, espero me lembrar disso na época pra comemorar em grande estilo. o/
    Também li hoje o HH#23, que foi sobre um assunto que muito me intriga. Eu até acredito que dá pra "conhecer" um pouco da pessoa pela letra, mas não sei o quão exata é essa análise. Eu, por exemplo, quando entrei pro cursinho, percebi que minha letra (de mão) apesar de legível, era meio feia, então mudei pra letra de forma. Aparentemente foi só porque caí na real quanto aos meus garranchos, mas será que reflete uma mudança de personalidade também? Não sei...
    Devo dizer que achei super legal saber que você tem um caderninho pra organizar as postagens e tudo mais... é muito capricho, gente! haha
    Espero comemorar muitos mais aniversários de Happy Hour!
    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Adônis! Que baita comentário! Estou até sem palavras, viu!!

      Muito obrigada pelos elogios. Fico feliz que goste tanto da coluna e que, por ela, você tenha conhecido mais do blog. =DD

      Excluir
  8. Nossa, muito bacan essas curiosidades sobre diferentes comemorações de aniversário, cada cultura é muito rica e tem seus próprios costumes, isso sim é bacana!

    ResponderExcluir
  9. Achei muito interessante esse post. É legal saber como são as tradições de algo simples como aniversário em outros lugares.
    Aah, parabéns pelo 1 aninho do blog *-* Falta só algus meses para o meu completar um ano também ><

    Beijos.

    Beatriz - Blog Escrevendo Mundos
    @escrevendomundo

    ResponderExcluir
  10. Meu aniversário foi dia 08 de setembro, nem tiveram velas, nem bolo haha' Só pedi na minha mente o meu presente :P Mas é legal saber essas curiosidades, no meu próximo niver vou fazer uma delas XD

    ResponderExcluir
  11. Interessante essas curiosidades. E só tenho uma coisa pra falar... Vou me mudar pra Rússia desde já. Rsrsrs

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  12. Que este seja o 1º de muitos!
    Até hoje eu não sei se é verdade, mas conheço aquela velha história que na China (Japão, não tenho certeza) eles choram quando a pessoa nasce eles choram e quando morrem eles riem.

    ResponderExcluir
  13. Amei saber como reage cada povo citado em cada situação de aniversário por eles festejada. Realmente essa de pegar carne e sair na vizinhança distribuindo é demais! Muito engraçado isso.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris