sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Happy Hour #23 - Grafologia

Oi pessoal, como vão vocês?! Fora o cansaço do trabalho e dos estudos (e desse tempo seco e quente), tudo muito bem, né! rsrsrs Antes de começar, de fato, nosso assunto de hoje, gostaria de levar um papinho com os senhores. Sim, você mesmo que está aí do outro lado!! =P Nunca os vi tão preguiçosos quanto na Happy Hour #22! =O Me surpreenderam com apenas 3 comentários e mais de 130 visualizações. Podem parar com isso já, hein! rs '-' Mas agradeço àqueles que deixaram sua opinião por lá e também aos que visitaram! Afinal, vocês sempre são mega fofos comigo. *-*

Maas vamos ao tema de hoje. Vamos falar de uma ciência que estuda a personalidade pela escrita: é a Grafologia!  Já ouviram falar?!  Então vamos lá...


As Origens...
A grafologia começou a ser estudada no século XVII, na Itália, por um médico chamado Camilo Baldi, que percebeu que o estado fisiológico de seus pacientes se refletia no formato de sua escrita. Antes, porém, uma forma similar de análise era feita em confessionários da Espanha, no século XIV. O rabino Samuel Hangid avaliava o modo como os fiéis escreviam e lhes dava conselhos a partir disso. 

Muito interessante ver que pessoas já desenvolviam modernas técnicas de análise psicológicas há centenas de anos, não é?!



Hoje em Dia

A Grafologia vive da prática, da experiência, do estudo das letras, através de pequenas análises a textos escritos, pela mão do próprio indivíduo. Os profissionais especializados nessas análises são chamados de grafólogos ou grafologistas. Para receber tal título, oficialmente, a pessoa deve fazer um curso de Grafologia com profissionais reconhecidos pela Sobrag (Sociedade Brasileira de Grafologia), que têm durações variadas, de acordo com o grau de aprofundamento que se queira. 


Muitos afirmam que quanto mais conhecimentos o Grafólogo tiver de psicologia, mais extensa será a sua apreciação, utilizando um método muito próprio dotado de um estilo pessoal. Assim, são analisados por qualquer perito nesta matéria, o seu ideal de inteligência, a forma com se relaciona com os outros e com o mundo e, os parâmetros do seu temperamento. Cá pra nós, confesso que eu fiquei louca para aprender a analisar a personalidade das pessoas pela escrita. É muito interessante!! =D





A análise
“Quem escreve não é a mão, mas sim o cérebro, que comanda o movimento muscular. Se existe algum distúrbio emocional, isso será refletido no trabalho cerebral, logo, no movimento do punho que escreve e, consequentemente, na forma da escrita”, esclarece o autor do livro 'Grafologia: a Ciência da Escrita', José Bosco.

Separei algumas características que apareciam com maior ênfase nos sites em que pesquisei e que me pareceram bem curiosas. Confiram:



A pressão da letra
A pessoa que escreve muito forte tem uma energia muito grande, inclusive a sexual. O grau desta pressão pode ser visto passando apenas o dedo no verso do papel, verificando que ficou marcado em relevo. A pressão leve é de uma pessoa que tem menos energia, é uma pessoa mais voltada para o lado espiritual

Letra inicial e final em uma palavra
A letra inicial está ligada ao temperamento, o lado esquerdo do cérebro e a letra final ao lado direito representando o caráter. A letra inicial mostra como a pessoa realmente é e a final o que ela aparenta ser na sociedade. Quando existe uma diferença muito grande entre a final e a inicial existe um conflito interior muito grande. 



O tamanho da letra
A pessoa mais expansiva escreve grande e a pessoa mais fechada escreve pequeno. O tamanho da letra esta relacionado à expansão da pessoa. Um cientista muito concentrado escreve muito apertado. O mesmo vale para letras largas e estreitas. Extremamente largas expansão e extremamente estreitas introversão. Letras médias representam equilíbrio, tranqüilidade e organização. 


A letra maiúscula
A letra maiúscula é a primeira e está sempre relacionada ao temperamento. Ela pode estar ligada ou desligada da palavra seguinte. Quando está ligada a pessoa coloca o seu Eu de uma forma fluida no universo social de acordo com os padrões e convenções. A pessoa que separa a letra maiúscula do resto da palavra foge mais dos padrões sociais. 


A assinatura 
Quem dá mais ênfase ao nome demonstra que teve uma infância feliz. Uma pessoa que dá ênfase ao sobrenome é uma pessoa mais orgulhosa de si. Pontos na assinatura indicam autoridade, tipo "ponto final e acabou". Os traços na assinatura demostram relevância. A pessoa que faz uma bola em volta é o oposto como se quisesse esconder o Eu num invólucro.

Inclinação
A inclinação para a direita, significa que a pessoa é mais extrovertida, ao passo que se a letra por inclinada para a esquerda, indica introversão. Já aquelas grafias que são perpendiculares, demonstram autocontrole e firmeza de emoções.


A letra g, a letra m e a letra t revelam traços da personalidade. Um t com um corte mais para a direita revela uma pessoa arrojada e firme e um t com a barra mais para a esquerda revela uma pessoa mais medrosa e lenta nas decisões.


A letra i com a altura do pingo: um pingo muito distante revela uma pessoa sonhadora e idealista e um pingo muito próximo uma pessoa objetiva e materialista. A falta de pingo mostra uma pessoa negligente, desatenta e preguiçosa.


Nossaaa!! Quanta coisa, hein! Agora vocês pode virar "grafólogos" em casa e analisar a própria escrita! rsrs Mas se ainda não se sentirem confiantes para tal, encontrei alguns testes onlines grátis bem bacanas, no Horóscopo UOL e o outro no Portal Ig. Só pra criar uma brincadeirinha aqui, vocês podem fazer uma "análise" de minha pessoa pela letra. O que acham? rsrs 

Essa aí é minha letra! Escrevi uma frase bacana e uma declaração
de amor (nossa) para a Happy Hour. rsrs

Essa foto não está tão nítida porque tirei do meu humilde celular que não é
lá essas coisas! rssr Esse é meu caderninho, em que organizo
postagens da Happy Hour, resenhas e projetos
para o blog. *-* 

Também minhas pesquisas internet afora, acabei descobrindo que Luísa Medeiros é uma das mais conceituadas grafólogas do país e que, recentemente, marcou presença no programa Saia Justa, do GNT. Nele, ela faz a análise da personalidade dos convidados do dia a partir de um texto de 20 linhas que cada um enviou e eles vão fazendo os comentários depois de escutar os "relatórios" da especialista. Confiram:


Para finalizar, vale ressaltar que os estudos de Grafologia são muito usados hoje em exames de admissão de trabalho, já que a partir da análise, pode-se verificar se o candidato possui características que componham o perfil da empresa. =D


Então, é isso aí, meu povo. O que vocês acharam da coluna de hoje? Aprenderam algo. Já conheciam a Grafologia ou fizeram análise com um especialista? Não deixem de comentar suas opiniões e/ou críticas. 

Grande abraço e até HH #24!!! *-*

Fontes: Conexão AlunoLetra by DaniMulher PortuguesaAprenti

12 comentários :

  1. Gizeli Regina Meistersexta-feira, setembro 21, 2012

    Nunca fiz exame de grafologia, acho muito interessante.
    Tem alguns profissionais que não poderiam participar desse exame...um deles e os medicos...que letrinha, hein! e o pessoal da informática também entra nessa (tenho que incluir a minha,rsrssrsr).
    Alguns até tentam melhorar um pouco,os médicos se não estou enganada tem até lei,mas no meu caso é difícil.:)

    ResponderExcluir
  2. Sou facinada por Grafologia, já fiz até um post sobre isso lá no meu blog...
    http://toalhasbordadasamao.blogspot.com.br/2012/04/voce-ja-ouviu-falar-em-grafologia.html
    Adorei seu post... bem completo!
    Sua letra... pelo menos da assinatura... parece com a minha!
    =)

    @mytchelli

    ResponderExcluir
  3. Super interessante, não sabia sobre a existencia dessa ciencia.

    ResponderExcluir
  4. Muitooo bom! Consegui identificar algumas caracteristicas da minha maneira de escrever. Achei o assunto bem interessante, parabens Gaby ^^

    ResponderExcluir
  5. Super legal! Vou procurar saber mais sobre isso. E sua letra é bem parecida com a minha!

    ResponderExcluir
  6. Uma ciencia tão antiga e pouco divulgada, gostei bastante do seu post, esta de parabens. Muita informação!

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia a Grafologia, mas achei interessantíssimo o estudo dessa ciência. Analisei a minha letra e algumas deram muito certo, o que dá vontade de estudar mais a fundo a grafologia né? :) Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  8. Acho muito interessante a grafologia, gosto de ficar reparando nas letras as pessoas, e na minha também; muito legal seu post!

    ResponderExcluir
  9. Realmente interessante! Descobri coisas sobre mim apenas com a forma de escrever. Confesso que peguei um papel escrevi uma frase e fui vendo as características! kkk


    Beijos

    Beatriz - Blog Escrevendo Mundos

    ResponderExcluir
  10. Acho bem interessante este estudo, minha letra mudou muito com o tempo, mas ainda parece de criança..sabe aquelas bem pequeninhas e redondinhas, é mais ou menos assim, ja tentei mudar, mas ainda continua minuscula rs,
    beijos.

    ResponderExcluir
  11. Amei esse post, tantas coisas que não sabia e fiquei sabendo.
    A grafologia é de suma importância para a área do Direito, é algo muito bom se estudado a fundo.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris