quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Resenha: "O Senhor das Sombras" (Leandro Reis)

Por Sheila: Olá pessoas! Hoje vim apresentar a vocês o segundo volume da trilogia "Legado Goldshine", de Leandro Reis. A resenha do primeiro livro, Filhos de Galagah, pode ser lida aqui Como este é a continuação da trama contida no primeiro volume, a partir daqui serão lançados alguns spoilers então, para a galera que ainda não leu e não gosta de estragar a surpresa é melhor parar por aqui e ler antes o primeiro livro :)

Bom, o segundo livro começa eletrizante já no prólogo, quando um dos grandes mistérios deixados sem solução no Livro I nos é revelado: o destino do príncipe Thomasil, irmão de Galatea Goldshine, que havia sido aprisionado por Enelock. Para resumir em uma palavra: impactante. De forma alguma eu esperava o que é revelado nas dua primeiras páginas (e, desculpem, mas eu não vou contar ...)

Já nos primeiros capítulos a estória dá seguimento à busca da Campeã Sagrada às crianças com os arcanos, chamadas Serafins, junto com seu grupo de amigos formado ao longo do primeiro livro: Gawyn, um elfo criado por humanos, Sephiros, elfo guerreiro-mago, Ethan, O Flagelo Dourado e Iallanara Nindra, a bruxa vermelha das florestas de Galagah, com o acréscimo de mais alguns aliados importantes. Mas a busca pela segunda criança se mostrará tarefa que parece, em alguns momentos, abalar até mesmo a fé de Galatea a Guardiã da Vida. Preocupada com a segurança dos seus, um momento de fraqueza pode por toda a jornada em risco.
O som da batalha, ainda distante, chamou a atenção de Galatea: gritos de alerta e sons de trovões ecoaram. Chamavam por seu nome.
Há semanas ela procurava pela criança, guardiã da segunda runa, sem êxito. Havia passado próximo à fronteira de Galagah e avistara fumaça, mas Ethan a convencera a tomar a estrada para sudoeste, evitando sua terra natal.
A batalha pareceu aproximar-se. Cheiro de fumaça. Gritos apavorados. A princesa conseguiu distinguir a voz de Gawyn em meio ao tumulto.
- Fé e paciência ... - realçou Vanliot. Seguido de um forte trovão.
Com a descoberta de que a criança procurada encontra-se junto aos povos bárbaros do sul, é para lá que a comitiva se dirige, tendo que correr contra o tempo para que a visão mais aterradora de Galatea não se realize: perder o segundo Serafim para as forças de Enelock. Mas, infelizmente, por mais que o grupo tenha se fortalecido com o acréscimo de novos e valorosos aliados, é na traição de um amigo que reside a fragilidade da missão da Campeã Sagrada.

Enquanto num plano macro trava-se a batalha contra o Bem e o mal no mundo, Iallanara Nindra a bruxa vermelha continua lutando contra as trevas que nela habitam, e que ameaçam subjugar sua, algumas vezes frágil vontade de parara de flertar com as forças das trevas. Além disso, o ressurgimento de Sukemarantus, seu antigo mestre, irá colocá-la em meio a uma escolha aparentemente impossível: matar seus amigos ou traí-los? O fato de ser descendente de uma raça pura, chamada Templaris, só parece confundi-la mais

Ethan sorriu, procurou palavras para explicar e, após alguns segundos, optou pelo modo fácil. - Eles emanam energia positiva para o mundo. (...)
- Eu não emano Energia Positiva, Campeão Sagrado. - Iallanara encarou-o. Ele podia ver a alma fragmentada da pobre criança.
- Mas você já emanou - respondeu ele. - E, não fosse por sua criação, ainda emanaria. Você sabe melhor que ninguém que esta perdida... E sabe também que somente você pode encontrar o caminho de volta à luz.
A ruiva manteve o olhar nele, ainda que seus pensamentos estivessem distantes ... Focados em Sukemarantus, ou na velha que a servira como mãe na infância e como uma serva-zumbi durante o restante de sua vida. Pensava nos homens, mulheres e crianças que oferecera em sacrifício. Não. Não havia mais luz, não havia nada de bom nela. Só restava sobreviver, não importasse como.
Comparado ao primeiro livro, este é muito mais intenso, com batalhas maiores e mais épicas: já não estamos mais às voltas com um grupo isolado em uma missão secreta, mas toda uma guerra é deflagrada, são delineados aliados e inimigos, há intrigas, traições e até mesmo o sacrifício de um dos companheiros de jornada - que não é um dos personagens principais, mas acaba morrendo para poder dar maiores chances a seus amigos de sobreviver.

As vezes as exigências dos leitores devem soar estapafúrdias; se ninguém morre, o texto é taxado de previsível. Se o autor resolve sacrificar um dos personagens eu sou uma leitora que lá no fundo, mas beeeeem no fundinho, espera que ele se salve no último segundo. Mas isso não acontece, e no Livro III (que estou ansiosíssima para ler) haverá menos um companheiro nesta jornada que, aliás, parece ficar cada vez mais difícil.

Além de chamar atenção para a ação neste segundo volume, muito maior que no primeiro, iremos encontrar um grupo menos entrosado, com Iallanara aprofundando-se mais em seu conflito interno entre luz e trevas, e Galatea mostrando-se mais humana e sujeita a falhas. Enfim, Leandro Reis consegue construir uma miscelânea de personagens, diálogos, espaços, narrativas e conteúdo para leitor de Literatura Fantástica nenhum colocar defeito. E se você não é muito fã deste tipo de livro, mesmo assim recomendo ler. Realmente muito bom.

5 comentários :

  1. Até que parece bom, mas pra mim não chamou muito atenção não. Não achei a história como aquelas que gosto.... Sei lá.

    ResponderExcluir
  2. Ja ouvi falar dessa serie, mas nunca tinha lido muito sobre o assunto. Curti a resenha, não acho que tenha spoilers que atrapalhem quem ainda não leu o primeiro e gostei de saber que a serie tem tudo que o leitor de Literatura Fantástica gosta.

    ResponderExcluir
  3. Essa capa é tudo! Tomara que o livro também seja..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bom, eu sou suspeita para falar, já que virei fã, mas é um livro surpreendente muito melhor que o primeiro - que já era muito bom. Ah, e já esta disponível a resenha do terceiro volume, abraços

      Excluir
  4. Vi a resenha de um outro livro dessa série e gostei bastante, parece ser uma boa história! Adorei a sua resenha *-*

    Beijos!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris