domingo, 21 de abril de 2013

Resenha: "Extraordinário" (R.J.Palacio)

Por Gabi: Oi pessoal. Hoje vamos falar de um livro que vem conquistando fans por onde passa. "Extraordinário" pertence aos chamados sick-lits, livros voltados para adolescentes mas trazendo personagens envoltos em doenças graves, depressão, anorexia, tentativas de suicídio e outros problemas realistas que antes não eram abordados.

Vamos, então, conhecer a história. August é uma criança de 10 anos que nasceu com uma deformidade facial devido à uma rara síndrome genética. Sua infância foi bem difícil, por um lado, já que ele passou por 27 cirurgias e sempre era submetidos a tratamentos e internações. Mas, por outro lado, ele sempre teve o amor incondicional da família e amiguinhos. 

O garoto nunca deixou de estudar, sua mãe lhe dava aulas em casa, mas aquilo não seria o suficiente para o resto da vida dele. Foi então que seus pais tiveram a ideia de colocá-lo na escola, pela primeira vez. Como estaria começando o quinto ano, seria uma boa oportunidade, já que todos seriam novatos e estariam se conhecendo. 

August fica, a princípio, inseguro, mas conquista confiança para esse novo desafio. Essa fase escolar não é fácil para nenhuma criança e para August, então, que enfrenta várias lutas diárias, é mais difícil ainda. No começo, seus colegas se assustam com o rosto do garoto, não querem se sentar perto dele na sala, nem no refeitório, na hora do almoço, e tampouco conversar. Crianças são criaturas extremamente sinceras e não conseguem esconder o choque com o rosto dele e vemos que muitos adultos, ao longo da história, também não. 
SEUS FEITOS SÃO SEUS MONUMENTOS
As coisas que fazemos sobrevivem a nós. Elas importam mais que tudo. Mais do que aquilo que dizemos ou do que nossa aparência. São como monumentos que as pessoas erguem em honra dos heróis. Só que em vez de pedra, são feitas das lembranças que as pessoas têm de você.
O garoto é, entretanto, uma criança ativa, muito inteligente e tem um senso de humor incrível. E esses fatores são mais que suficientes para que ele conquiste verdadeiras amizades na escola, como as de Summer e Jack, por exemplo. A irmã Via e sua amiga Miranda também são importantes alicerces  (e amigas) para August. 

Sob uma narrativa em primeira pessoa, construída por diferentes pessoas ao longo do livro, em pequenos capítulos, somos introduzidos à trajetória de August fora da proteção constante dos pais, na escola, com seus dilemas, desafios, tristezas, muitas conquistas e alegrias
Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo. - Auggie
O livro é um deleite. Muito bem escrito e apesar de tratar de um tema pesado, como uma fatalidade genética, não é uma leitura massante, muito pelo contrário, eu o devorei em dois dias. A autora teve uma sacada ótima de transcorrer a história por diversos pontos de vista, o que nos permitiu entender cada personagem e ver através de seus olhos. Os personagens são muito bem construídos. (Queria tanto ter um professor como Sr Browne!)
Foto do fofíssimo kit cedido pela Intrínseca.
Atrás há um poster com a capa do livro e atrás
de Star Wars (faz muito sentido na história).
Marcador, um encartezinho com CD com
booktrailer. O redondo vermelho é um espelho por
trás e a cartela cinza é de imãs, daqueles
de geladeira. =)
 
É engraçado como às vezes nos preocupamos muito com uma coisa e ela acaba não sendo nem um pouco importante.
Me senti muito triste em algumas passagens. Na parte da cadelinha da família, vocês vão ter vontade de entrar no livro e confortar todos. (não posso falar muito para não soltar spoiler). É uma história emocionante e muito linda. Não me fez debulhar em lágrimas e nem acho que esse tenha sido o intuito da autora, mas, por outro lado, me levou a refletir muito a respeito da vida, de como reclamamos tanto, de coisas tão frívolas, de como damos tanta importância às aparências e não valorizamos tanto quando deveríamos as verdadeiras e sólidas amizades. 

Foi difícil escrever a resenha, até demorei um pouco. Uma obra bem escrita, que te faz refletir e ponderar a respeito de seu comportamento perante tantos aspectos da vida e, além de tudo, que consegue te arrancar um misto de emoções. É claro que indico imensamente o livro! 


Espero que tenham gostado da indicação de hoje. Não esqueçam de deixar suas críticas e opiniões? Já leram o livro? Estão gostando dessa nova onda dos sick-lits? Comentem! ^.^ 

Beijos beijos e boa leitura!

12 comentários

  1. Realmente, Extraordinário tem ganhado cada vez mais , o carinho de muitos leitores!
    Eu ando angustiada pra ler logo.Cada resenha mais linda que a outra!
    Acho que o tema, doença, preconceito..é sempre um tema que pode ser explorado de muitas formas..
    E em tudo que leio sobre essa obra, me dá a entender que foi explorado da maneira correta. Sem se tornar meloso, cansativo ou nos deixar com aquele sentimento de piedade.
    A reflexão de nossos valores, o olhar casca e julgar.
    Resenha fantástica!!
    Parabens!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu achei esse livro maravilhoso,chorei na parte da cadela, e no restante, apesar de ser uma história triste, não me senti triste pela forma q a autora mostra o August e sua família, recomendo para todos esse livro.

    ResponderExcluir
  3. Eu não sei porque, mas não estava com vontade de ler esse livro, e nem lia as resenhas. Mas depois dessa tenho que ter ele na estante! Adorei o segundo quote. E acho que vou me emocionar demais com a história...

    ResponderExcluir
  4. Adorei! Gosto de livros assim, porque justamente sempre nos indentificamos com algum personagem. E sempre nos fazem pensar e questionar, seja o mundo ou nossas atitudes, isso é muito bom. Gostei do livro. Pela capa simples nunca me chamou a atenção e foi um erro, porque esconde uma história linda!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. O livro é lindo! Li e fiquei completamente apaixonada pela história difícil de Auggie, como ele sofre mas enfrenta seus problemas. E como a família dele tem participação na sua vida, de forma positiva, ajudando-o a superar as dificuldades e a não sentir pena de si mesmo!
    Um livro maravilhoso, indico demais!

    ResponderExcluir
  7. Online Data Entry Jobs (11562)
    Earn dollars by working at home, just add post
    online data on classified sites and get money by work at home
    For details visit (http://www.JobzInn.com)

    ResponderExcluir
  8. Num primeiro momento não dei muita atenção ao livro, mas a resenha me animou bastante a lê-lo, parece bem emocionante!

    ResponderExcluir
  9. This Is A Time Of Digitization, We Offer You Programming(11562)

    With Best PHP Programming It Is Best, It Is Cheapest,
    We Are Introducing Now The New Techniques Of PHP Programming,
    Viruses & Hacker Now Should Be Forget You Site
    For More Details www.bestonlinejob.net

    ResponderExcluir
  10. This Is A Time Of Digitization, We Offer You Programming(11562)

    With Best PHP Programming It Is Best, It Is Cheapest,
    We Are Introducing Now The New Techniques Of PHP Programming,
    Viruses & Hacker Now Should Be Forget You Site
    For More Details www.bestonlinejob.net

    ResponderExcluir
  11. Me parece um livro muito bom para se ler, mas eu relmente tenho tantos n afila que não se vai dar para lê-lo.

    ResponderExcluir
  12. Eu tô amando essa literatura sick-lit hehe. Um livro mais lindo que o outro. Eu tenho Extraordinário comigo e quero muuuuito ler, a diagramação dele é linda e a história parece ser mesmo incrível. Espero gostar também. E a Intrínseca fez um kit suuuuper lindo e caprichado, amei!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

 
Ana Liberato