quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Resenha: "O Assassinato de Roger Ackroyd" (Agatha Christie)

Por Sheila: Mais um Romance de Agatha Christie que tem como personagem principal o brilhante e extremamente meticuloso detetive belga Hercule Poirot. Decidido a aposentar-se da vida de investigações sobre assassinatos, traições, vinganças, Poirot resolve mudar-se para a pacata vila Britânica Kings About. No entanto, um grande amigo de seu mais recente vizinho, Dr Sheppard - que é quem nos narrará a história a partir de seu particular ponto de vista - é assassinado, cabendo a este narcisista homenzinho de bigodes pronunciados a sua solução.

A trama gira em torno do assassinato, logo no início do livro, de Roger Ackroyd que é um cidadão rico e proeminente, paciente e amigo do Dr Sheppard. Morto a punhaladas com adaga tunisiana de sua propriedade, Roger havia recebido uma carta de sua falecida amante, Mrs Ferrars, logo antes de ser assassinado.

A carta foi escrita por Mrs Ferrars antes de suicidar-se, onde esta revelava haver cometido tal ato por estar sofrendo chantagem. A partir desta, denuncia o nome do responsável por seu gesto, selando também o destino de Ackroyd - morto para não levar o criminoso à justiça. Dr Sheppard, que estava com Ackroyd quando este recebeu e começou por lê-la, é a única testemunha da existência da carta incriminadora.
Avançamos e curvamo-nos sobre aquele corpo inanimado. Ouvi o mordomo soltar um profundo gemido de angústia.

- Apunhalado pelas costas - murmurou - . É horrível! ...

- Olhe há cartas no chão. Olhei.

No soalho havia três ou quatro cartas, no lugar onde Acroyd as deixara pouco antes, durante a nossa conversa. Mas o sobrescrito azul que continha a carta de Mrs Ferrars desaparecera.
Começa então a caçada de Hercule Poirot, ajudado pelo Dr Sheppard, à solução deste mistério e busca da identidade do assassino. Escrito em 1926, O Assassinato de Roger Acrkoyd é considerado por muitos uma das mais famosas e intrigantes histórias de Agatha Christie, não só pelo jogo sutil entre verdades e mentiras e detalhes secundários que se explicam ao longo da trama e se encaixam no todo, mas por que o desenrolar da estória, inicialmente complexa, acaba por nos levar a um desfecho genial em sua lógica e simplicidade.

Uma das máximas mais utilizadas pelo detetive Poirot, neste e em todos os outros livros em que aparece como figura central, acaba sendo o ponto mais importante desta intrigante trama: numa investigação policial, nunca se esquecer que não se deve acreditar no que é dito, mas nos fatos. Se você é fã dos livros de Agatha Christie, esta é uma das leituras obrigatórias, onde nada é o que parece e o mistério não é solucionado até o surpreendente desfecho.


24 comentários :

  1. uau, que trama! acredita que tenho toda a coleção da Agatha Christie em casa e nunca li nenhum? Nem é falta de vontade, mas falta de tempo pra passar todos esses livros pra minha interminável fila de espera. Adoro livros policiais, e os clássicos da Christie só prometem o melhor. Um dia ainda os leio :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. £ädÿ, você me ofende! Ter toda a coleção e não ler? Poxa! E eu aqui me esforçando para achar as edições que quero. :/

      Excluir
  2. Adoro é muito bom Agatha Christie é na minha opinião a melhor escritora de livros policiais,Tô atras de um box com todos os livros dela adoro mesmo...Sua resenha tá muito boa parabens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patricia nunca encontrei um box, mas a L&PM Pocket está publicando toda a coleção!

      Excluir
  3. Esse livro me deixou sem palavras. rs
    É intrigante, surpreendente, incrível.
    Agatha Christie foi genial.rs

    Ainda vou ler todos os livros dela! \o/

    Muito boa sua resenha!

    Beeijo

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nenhum livro da Agatha Christie, quem sabe não me animo com esse ai, né?

    Beijos e até a próxima visita ;)

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua resenha! Sou fã confessa de Agatha Christie. Já li a maioria dos livros dela, e de vez em quando gosto de reler, pq para mim ela é a Rainha do gênero policial!

    Beijos

    Eliane (Leituras de Eliane)

    ResponderExcluir
  6. Agatha é SENSACIONAL!!! Não tinha ouvido falar desse livro. A estória parece ser bem interessante. Vou procurá-lo para comprar! =D

    Resenha muito bacana, Sheila.

    ResponderExcluir
  7. Ótima resenha! Adoro quando os blogs colocam em evidencia a "Rainha do crime" e deixam um pouco de lado as modinhas sobrenaturais. Precisamos conhecer e valorizar os clássicos também!!!

    ResponderExcluir
  8. Nunca ouvi falar desse livro dela, pode não estar entre os mais pop's mas curti MUITO a resenha, vou procura-lo na biblioteca da escola, tomara que tenha!

    ResponderExcluir
  9. Me envergonho de só ter lido um livro dela ("O caso dos 10 negrinhos") =x
    Gostei muito da resenha, vou procurar esse livro para trocar no Skoob! *-* Preciso ler mais livros assim!

    ResponderExcluir
  10. Muito boa a resenha. Eu não sei se já li esse livro, mas sei que o tenho aqui em casa. Sempre anoto quais leio, mas esse eu devo ter lido há muito tempo. Vou tentar ler novamente! Adoro esses temas de assassinatos em livros.

    Beijos, Hannah.
    @secretsofbook
    http://secretsofbook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Confesso que nunca li nada da Agatha Christie, só agora que os mistérios e dramas policiais estão me chamando mais atenção (acho que por causa das séries que eu venho assistindo).. mas sei que essa é quase uma leitura obrigatório para quem gosta desse gênero, já estou procurando por um livro dela para começar.. só não sei ainda qual AHSUAHSUAHSUA Obrigada pela resenha, beeijos!

    ResponderExcluir
  12. Amo essa autora. A resenha ficou um coisa linda *-*
    Gosto muito desse tipo de livro.
    Beijocas,
    Blanc
    modaeeublogspot.com
    ESPERO SUA VISITA.

    ResponderExcluir
  13. Oi pessoas!

    Mto obrigada pelos comentários! Bom, eu sou uma fã incondicional da Agatha, mas esse livro para mim é um dos melhores - só perdendo para o caso dos 10 negrinhos. Eu já tentei ter a coleção completa em casa, mas era mto $$$ então me contentei com a coleção completa em formato ebook mesmo ...

    abraços!

    http://psicologias2011.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Mais um bom livro desta grande escritora.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  15. Nunca li nada da Agatha, mas mal posso esperar. Até hoje, só vi criticas positivas dos livros dela *-*
    Ótima resenha!
    Beijoos,
    http://mundo-da-noite.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Acho os livros dela ótimos, to precisando dar uma lida nesse estilo para animar... Beeijoss

    ResponderExcluir
  17. Minha amiga tem uns livros dela,acho que ela é a melhor escritora de livros desse tipo.Louca para ler !

    @larissathaisgs

    ResponderExcluir
  18. Vou ser muito sincera... Eu não gosto dos livros da Agatha! E não foi por falta de livros. Já li quatro livros dela, e sim... ela é muito boa no suspense, tão boa à ponto de nos causar indignação. No final, fica tudo tão resolvido, tão nos mínimos detalhes que só sendo mesmo em um livro. Algo que seria impossível, eles resolvem. Enfim... dizem que tudo em excesso é ruim... concordo! Fica tudo tão exageradamente resolvido, que chega a ser inacreditável, chega a ficar chato. Só, realmente, nos livros da Agatha para ocorrer isso. É meu gênero favorito, mas quando me aconselharam ler, realmente não me agradou, até também pela escrita.

    Bom, mas adorei a sua resenha!

    Beijos (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu creoio que exista alguns detalhes que talvez você não pode deixar de considerar, eu compreendo o que falas, mas será que a questão não seja os livros dela e sim o gênero, pois todos os livros desse gênero (policial) com detetives e tudo mais, sempre são enredados e com um final que explica tudo, é meio óbvio, confesso, mas nesse gênero todos são assim. tivos mais Pra você, com relação a Agatha Christie sugiro que você saia do convencional, não leia os livros que tem os detetives "mais engenhosos" como os com Poirot ou Miss Marple, leia alguma coisa mais normal, digamos com pessoas mais "normais" ( sem tanta célula cinzenta) comece por Aventura em Bagdá, O detetive Parke Pyne, Por que não pediram a Evans?, O Homem de terno marrom, estes que te recomendo, são bons, são da Agatha, mas fogem um pouco daquilo que você não gosta, digamos que é "mais real"
      Amanda

      Excluir
  19. Não sou fã da Aghata, sim, eu sou estranha, rs. Sei lá, tentei ler um livro dela uma vez e não consegui ler tudo, sei lá =[

    ResponderExcluir
  20. Sou simplesmente viciado nos livros de Agatha Christie. Esse eu nunca li, mas pretendo ler todos os livros dela. Será que eu consigo?
    rsrs
    Adorei a sua resenha. Estou acompanhando várias...

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris