sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Happy Hour #48 - Ode à Natureza!

Olá, meu povo! Como vão vocês? Muita gente aí com ressaca pós Rock in Rio? rs Se não foram ao festival, espero que tenham acompanhado nosso Especial aqui no blog, hein? Na Happy Hour falamos sobre personalidades que dividem seu tempo entre a paixão pela música e pela literatura. Não deixem de conferir (depois de ler este post, lógico!) =D

Nosso tema de hoje é bem diferente. Confesso que tinha outro assunto em mente, mas quando me toquei que hoje, 4 de outubro, é celebrado o DIA DA NATUREZA, achei que poderíamos tirar algum proveito disto, afinal um happy hour me remete não só a um barzinho bem legal, como também a um ambiente gostoso ao ar livre (não que o primeiro não possa ser), coisa mais natura... Pois bem, falaremos hoje sobre JARDINS EXÓTICOS

Podemos falar, em outra oportunidade, dos esplêndidos jardins de Versalhes ou do Butchart Gardens. Mas hoje vamos tratar de lugares com projetos paisagísticos e propostas diferentes, que muitos possam não conhecer, que não deixam de ser deslumbrantes e intrigantes. 




Os Jardins Perdidos de Heligan - Cornwall, Inglaterra
Os jardins foram criados em meados do século 18, negligenciados durante as Grandes Guerras, mas os descentes da família que os havia construído o abriu ao público em 92 e ainda fazem parte da família Heligan. 

O que mais impressiona no lugar além das mais de 70 espécies de camélias e 350 rododendros antigos e os vários ambientes criados a partir de sua extensão e a harmônica interação entre diversos tipos de vegetação, são as esculturas gigantes. Estas foram encontradas em 1990, cobertas de relva e escondidas pela natureza. Diz a lenda que ali foram colocadas no ano de 1200. Não sei se é verdade, mas elas são belíssimas, vejam:








Jardim do Veneno - Eureka, Califórnia
Amy Stewart

Achei muito interessante esse jardim, mas é dificílimo achar informações sobre ele. Eis o pouco que encontrei.


A escritora Amy Stewart é a dona deste local. A proprietária do jardim possui também uma espécie de sebo e é apaixonada por botânica. Quando os livros tornam-se tão velhos a ponto de impossibilitar a leitura, ela os recicla, enterrando-os. Seria para fornecer nutrientes para suas plantinhas? rs  Na única foto que encontrei do local há uma espécie de "home office", até com um crânio na mesinha...

Para completar, e fazer jus ao nome, há cerca de 35 espécies de plantas diferentes que, se forem manuseadas de forma incorreta, podem causar feridas no corpo. Ópio e ricina fazem também parte das plantações de Amy. 





Jardim Suspenso - Fukuoka, Japão
(alguém aí pensou em "Suspenderam os Jardins da Babilôniaaa..." Salve Rita rs) Deixei o terceiro e último para fechar com chave de ouro. Esse jardim é sensacional! Não só ele, mas como todo o projeto envolvido, o conceito que une design, sustentabilidade e funcionalidade, ou seja, arquitetura verde

Na compacta ilha que é o Japão, o arquiteto argentino Emilio Abasz projetou o “ACROS Fukuoka” (Asian Crossroads Over the Sea), um lugar singular na cidade. De um lado, um prédio comercial, com espaço polivalente com sala de exposições, um museu, um teatro de dois mil lugares, instalações para conferências, escritórios privados e governamentais, bem como vários níveis subterrâneos de estacionamento e lojas. 

De outro lado, surge um belíssimo jardim, em forma de terraços, 15 ao todo. atingem cerca de 60 metros acima do solo, contém 35 mil plantas representando 76 espécies.  Além de dar um visual super bacana à área, o jardim contribui para manter a temperatura do prédio mais estável, reduzindo consumo energético, além de captar águas das chuvas. 

Esse artigo fala muito bem do empreendimento. Vale a leitura. =D Não vou entrar em muitos detalhes a esse espeito aqui, porque nosso foco é no jardim. 


De um lado, prédio...
... do outro, jardim!













































~//~ 


Então pessoal, espero que tenham curtido nossa humilde celebração à natureza e também a capacidade do homem de manipulá-la de forma tão bela, harmônica e funcional. Nem preciso dizer que é uma coisa que amo, não é? Uma das áreas da minha querida Arquitetura, o paisagismo. '-' Fora a tranquilidade de estar num lugar assim. Seja para ficar sozinho, lendo um livro, ou então com a turma, é uma ótima pedida!! 

Mas digam-me, o que acharam? Já conheciam algum desses lugares? Alguém aí já os visitou pessoalmente? Não deixem de compartilhar suas opiniões e críticas, hein? A gente se fala na próxima quinzena!

Beijos beijos e até a próxima!! ^^


Fontes: Viajar é alargar nossos horizontesAmy StewartSábado.

3 comentários :

  1. Mais um HH maravilhoso!!! Não sabia sobre essa data comemorativa e adorei os jardins exotocos, lindos!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, amei! O mais interessante por estar em uma cidade e unir edifícios com a natureza foi o do Edifício no Japão. Maravilhoso!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, fiquei chocado com essas imagens. Nunca vi nada parecido. Achei incrível. Eu adoro o lugar onde moro, tem muitas árvores em Goiânia. A imagem que eu mais gostei sem dúvida foi o prédio no Japão.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris