domingo, 3 de março de 2013

Resenha: "O Atlas do Amor" (Laurie Frankel)

Por Gabi: Oi pessoal! Hoje venho falar para vocês sobre uma deliciosa história de três amigas, que é uma celebração à família contemporânea, ao companheirismo, ao amor, à amizade e à cumplicidade. 

Janey é a nossa narradora, a mais centrada e responsável. Jill é bem descompromissada e divertida. Já Katie é conservadora, louca por compras, mórmom (esse detalhe faz a diferença na história) e ávida por encontrar um marido o mais rápido possível.
Família não é uma questão de sangue, mas de destino. Não dá para escolher. 
Janey e Jill se encontram na seção de bolachas do supermercado ("prato" número um de Jill) e se aproximam nas aulas da pós graduação. Lá encontram Katie, que era, a princípio, uma empatia mútua, mas que se desfaz quando ela se convida para aprender a cozinhar com as garotas. 

Três pessoas tão diferentes cultivando uma amizade verdadeira, que era, também, um escape da loucura de conciliar a pós-graduação em literatura, lecionar e, claro, aprender a cozinhar. Para atribular ainda mais a vida dessas amigas, Jill descobre que está grávida de Daniel, seu namorado 7 anos mais novo. Ao contrário dela, Dan não quer ter o filho e simplesmente abandona o barco! 
Ele era um ótimo sujeito, é verdade, um cara legal, inteligente e apaixonado, não tínhamos dúvida, mas isso não tinha nada a ver com ser um cara recém-formado que vai criar um bebê com alguém que namora há três meses.
Jill se vê sem chão: grávida, sem grana nem tempo para cuidar do bebê e carregando uma desilusão amorosa. Mas ela não está sozinha nessa! Suas melhores amigas se prontificam a ajudá-la criar Atlas. Inicia-se, então, uma nova fase na vida dessas amigas.
Atlas prestava atenção, com os olhos bem abertos e brilhantes, a cabeça encostada em meu peito, pesado e cálido em meus braços. [...] De uma hora pra outra, deixei de acreditar em emoções destrutivas, como raiva e obsessão, quando tamanho amor emanava daquele novo e pequeno ser e permeava a sala, a casa, meu coração.
Elas se mudam para uma casa maior, adotam uma linda border collie, Tio Claudereorganizam seus horários para conseguirem assistir às aulas da pós -graduação, lecionar, corrigir trabalhos, cumprir a agenda de leituras e, de quebra, cuidar do bebê. Em meio a essa loucura Katie tenta desesperadamente encontrar um marido -que seja mórmom-, Jill sofre uma certa pani psicológica e existencial, enquanto Janey tenta manter a sanidade nessa casa. 

A partir daí acontecem deliciosas confusões, situações inusitadas e surpresas hilárias que envolvem não só as garotas, como também seus pais, os amigos gays, Lucas e Jason, um incrível casal e até ex-namorados. Aliás, os personagens secundários merecem destaque a parte por se encaixarem tão bem na história e por não serem meros coadjuvantes. 
Agradecemos pelos milagres passados - aprender a cozinhar, a lecionar, seguir com a pós graduação, não ter que comer espinafre congelado com molho branco em cima de arroz de saquinho todas as noites. Agradecemos por nossa amizade.
Esse livro me conquistou do começo ao fim! Indico, sem dúvidas!! É uma linda história com personagens reais, com suas tristezas, desilusões, impasses e felicidades palpáveis. É uma leitura que nos provoca inúmeros sentimentos. Dei ótimas risadas, principalmente com Katie, me senti triste em algumas situações e até com raiva de algumas personagens em certos momentos. É inegável também a identificação com o amor dessas amigas pela literatura e pelos livros. Não há como não se sensibilizar com a amizade dessas garotas que supera tantas adversidades e o amor, que em suas diversas faces, exala pelas páginas do livro.
Acredito piamente que é possível conhecer as pessoas pelos livros que lêem, pelos trechos que sabem de cor e pelo modo como passam os dedos pelas lombadas deles.
Laurie Frankel
A capa é um charme, bem mais bonita que a original, diga-se de passagem. Meus parabéns à Paralela, selo da Editora Companhia das Letras, que lançou a obra aqui no Brasil. Uma coisa que incomoda um pouco é que são usadas aspas em vez de travessões nos diálogos. Bem, é uma preferência minha por eles. 



E vocês, gostaram da indicação de hoje?! Já leram o livro ou algum outro da autora? Não deixem de comentar!!

Beijos beijos e boa leitura!! *-*


53 comentários :

  1. Já vi um filme com história um pouco parecida , mas esse livro tem uma história bem mais interessante e detalhada . Me deu vontade de ler .

    ResponderExcluir
  2. Só de personagens terem esse ambiente literário em seu cotidiano já fica interessante a história. Deve ser ótimo! Adorei a capa tb.

    Luciana
    http://folhasdesonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ainda não conhecia a história, mas pelo que li da sua resenha parece ser bem legal! A capa é muito linda, amei! Adorei os quotes que você usou.

    Beijos

    Bia - @escrevendomundo

    ResponderExcluir
  4. Gizeli Regina Meistersegunda-feira, março 04, 2013

    Esse livro parece bom para quando se esta um pouco a fim de ler algo mais leve diferente. Apesar de ele abordar um tema que é bastante comum hoje em dia que a questão de ser mãe sorteira.

    ResponderExcluir
  5. Ai que fofa essa história! Me pareceu bem interessante, quero ler algum dia! :)

    ResponderExcluir
  6. Realmente essa capa é bem melhor que a original. Não conhecia o livro, mas deve ser muito bom já que causa essa mistura de sensações no leitor. Deu muita vontade de ler, parece ser um livro que flui bem rápido.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. "Família não é uma questão de sangue, mas de destino. Não dá para escolher." Adorei esse trecho, concordo muito! A história parece ser muito cativante mesmo, o estilo de livro que eu gosto muito.

    ResponderExcluir
  8. Realmente a história parece ser incrível, e algo que acontece cada vez na atualidade. Parece ser um livro em que a história flui com facilidade, só de ler a resenha acima já dá muita vontade de lê-lo, com certeza vai para a lista de livros que quero ler!

    ResponderExcluir
  9. Faz muito tempo, que não leio um livro assim, com personagens realmente reais. Esse livro parece ser ótimo, cheio de emoções e sentimentos verdadeiros! Adorei a dica!

    ResponderExcluir
  10. Interessante a resenha e o livro deve ser ótimo.

    ResponderExcluir
  11. Gosto de ler sobre histórias de vida, tenho a mania de colocá-las todas no divã e me divirto =]

    miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  12. Esse é o tipo de leitura que mais gosto. Que mostra a vida e nos faz pensar nela.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Adorei a resenha, me deu uma vontade absurda de ler!

    ResponderExcluir
  14. Gizeli Regina Meisterquinta-feira, março 07, 2013

    Nossa, parece um livro muito interessante, gostei da temática, e os dois amigos gays dela devem dar um ar de divertido o livro, quero ler. Adorei a resenha!!!!!

    ResponderExcluir
  15. Eu normalmente não leio muitos livros da vida "normal" sem ser fantasia, este é um genero novo para mim rs.
    E os que tenho lido do genero eu adorei, so achei estranho o nome do bebê rs, e a capa nacional é realmente muito mais linda, parabéns a editora,
    beijos.

    ResponderExcluir
  16. Uau!!! Lendo o titulo pensei que fosse algo de geografia: Atlas! kkkkkk...Amei saber que é uma história de amor, de amizade, de relacionamentos e ainda tem uma fofura de criança. E a capa é um primor de tão fofa! Eu quero ler esse livro agora. Adorei o enredo.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  17. Que legal, tenho muitos amigos gays e é uma amizade muito importante pra mim!

    ResponderExcluir
  18. A história é bem fofinha
    o livro parece ser ótimo! Gostei da resenha! :)
    E a capa é lindaaa! amei!

    ResponderExcluir
  19. Adorei o livro, acho que me daria bem com o enredo, só não sei bem se vou gostar dos personagens rs

    ResponderExcluir
  20. Gostei muito da trama. Me parece ser uma daquelas bem leves e divertidas. E essas personagens secundárias que dão um suporte bem interessante para o desenrolar da história são essenciais. Enfim, se tiver oportunidade, lerei, sim!

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  21. Me apaixonei pela história. Uma grande lição de amizade e amor. Quero ler sem falta.

    ResponderExcluir
  22. Esse livro tem não só um título intrigante como também uma sinopse de chamar a atenção. Eu, sinceramente, não sabia o que esperar do livro, mas já li muitas resenhas positivas e mal posso esperar para conferi-lo!

    xx

    Only The Strong Survive

    ResponderExcluir
  23. Parece com um filme que assisti, é o tipo de historia que te faz rir e chorar. Gostei do livro!

    ResponderExcluir
  24. Poxa, adorei o livro... sua resenha está otima... deu muita vontade de ler sobre a vida desse pessoal todo ai.... espero ter a oportunidade!
    bjos

    ResponderExcluir
  25. Parece ser uma gracinha, fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  26. Parece ser um livro diferente, muito interessante, a resenha ficou ótima! Gostaria muito de ler o livro algum dia...

    ResponderExcluir
  27. A história deve ser muito boa, preciso ler esse livro logo!

    ResponderExcluir
  28. Eu não conhecia esse livro e lendo a resenha fiquei com muita vontade de ler. A história parece ser bem interessante e gostei muito dos quotes. Fora que a capa é muito fofa. Vou colocar na minha lista de desejados! hihi :)

    ResponderExcluir
  29. Nunca li nenhum livro dessa autora mas adorei a resenha e fiquei muito curiosa para ler o livro. Parabéns pela resenha e pelo blog, espero ter esse livro na minha estante em breve.

    ResponderExcluir
  30. Sua resenha despertou-me grande interesse em ler o livro. Adoro livros que despertam variados sentimentos, do drama à comédia. A capa é muito charmosa. Quero muito o livro.

    ResponderExcluir
  31. Parece um livro mais maduro, né! Me interesso, espero que eu goste!

    ResponderExcluir
  32. Me encantei por esse livro só pela sua resenha.
    Não conhecia essa autora.
    Mas fiquei com muita vontade de conhecer através desse livro ^^

    ResponderExcluir
  33. Há um bom tempo que tinha ouvido falar sobre esse livro e tinha curtido muito a sinopse. Acabei dando prioridade a outros livros e meio que tinha esquecido dele. Agora, lendo sua resenha, me arrependo de não ter aproveitado uma promoção que ele estava com preço muito bom :/

    ResponderExcluir
  34. Este livro está na minha estante de desejados desde a primeira vez q o vi. Adoro histórias assim, que falam da vida, das nossas dores, encontros e desencontros. Das mágoas e das alegrias cotidianas, da amizade e da felicidade construída. Quer muito ler!

    ResponderExcluir
  35. Olá,td bem?
    É a primeira vez que leio uma resenha desse livro,e gostei muito.
    Um livro que nos proporciona sentimentos diversos enquanto o lemos,com certeza quero muito lê-lo.
    Bjos :D

    ResponderExcluir
  36. Não tinha ouvido falar ainda desse livro, mas achei interessante a sua opinião, e ficou curiosa para ver se é como vc disse .

    Por isso participando . . .

    ResponderExcluir
  37. Vi no twitter dizer assim "...com personagens reais, com suas tristezas, desilusões, impasses e felicidades palpáveis." Não deu outra, cliquei. A gente precisa de uns desses de vez em qnd.

    ResponderExcluir
  38. Não me pergunte o motivo, mas a capa desse livro me deu uma vontade de ler Mulherzinhas. rs

    Adorei a resenha. Curiosa para saber como três amigas lidam com um bebezinho. Já que a chegada de um anjinho desses é uma transformação na vida de quem esteja por perto.

    E... eu não sei qual a doutrina de quem é mórmom... só ouvi dizer que eles não podem tomar café (verdade?).

    Enfim, fiquei interessada no livro. Nesse tema de amizade. E como já disseram: os amigos são a família que escolhemos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica! Obrigada pelos elogios. '-'

      A respeito de sua dúvida na doutrina mórmon, confesso que eu não tinha conhecimento dela, só o que aprendi pelo livro, que é proibido o sexo antes do casamento e também os 'amassos'. rsrs Mas fui pesquisar o que você disse e é verdade mesmo. Dentre suas regras de conduta é proibido o álcool, fumo e ingestão de qualquer substância que contenha cafeína.

      Há também outras particularidades, como a polêmica prática da poligamia. Caso queria ler mais a respeito, essa matéria está bem legal (http://bit.ly/16EyhIC).

      Espero ter clareado um pouco. =)


      Beijinhos e volte sempre! ;*

      Excluir
  39. Gosto de livros assim. Parece ser meio chick-lit mas muito mais maduro. A narrativa parece ser bem envolvente também =) Achei interessante e pretendo ler em breve!

    Bjs
    @Tibiux

    ResponderExcluir
  40. Não conhecia o livro, parece ser bem interessante.

    ResponderExcluir
  41. Já passei por uma história parecida, quando jovem. Dividia uma casa com mais 3 amigas e uma delas estava grávida. Teve o bebê e nos revezávamos para ajudá-la com as tarefas de cuidar do pequeno e trabalhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que baita coincidência, Tânia. A leitura de "O Atlas do Amor" deve ter um gostinho diferente para você, carregado de identificação com a história. Como ter uma parte de sua vida retratada no livro.

      Espero que goste da leitura. =)

      Bjss

      Excluir
  42. A capa é mesmo uma graça! Acabo de conhecer um pouco da história por aqui, não é meu tipo de história predileta mas estou aberta a coisas novas e pelo que disse parece até uma história legal. Se eu tiver oportunidade de lê-lo, o farei. =)
    Boa resenha!

    ResponderExcluir
  43. Eu não conhecia nada sobre o livro, mas fiquei muito interessada. Parece ser divertido e adoro esses livros que tratam sobre amizade. Sempre acabam me emocionando *-*

    ResponderExcluir
  44. Passei por várias resenhas desse livro e nunca tinha parado para ler, mas depois que vi alguns comentários no twitter sobre ele, resolvi procurar mais, mas o que eu tinha lido me desinteressou novamente, essa resenha tem algo diferente e tô com vontade de lê-lo agora, hahaha!

    http://411dreams.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que a resenha tenha despertado um "quê" a mais em você, Vanessa. Se tiver a oportunidade não deixe de ler.

      Obrigada pelo comentário e volte sempre! *-*

      Bjss

      Excluir
  45. Elisa da Luz Adornasábado, março 23, 2013

    lembra o Melância, uma mulher abandonada com um bebê cercada por pessoas loucas que ajudam ela

    ResponderExcluir
  46. Chick Lit... adoro livros assim! A capa realmente é lindissima... super meiga!
    Vai pra minha listinha.
    Ótima resenha. Bjo

    ResponderExcluir
  47. Adorei... uma história diferente que foge do convencional! Mais do que livros sobre relacionamentos amorosos, adoro quando chick-lits abordam outros temas.

    Miki
    www.sociedadedoscobertores.wordpress.com

    ResponderExcluir
  48. ACho que poucas vezes vi uma resenha tão bem escrita.
    Adorei a história do livro e a capa é uma fofura.
    Todo livro ensina alguma coisa e sei pouco a respeito dos mormons. Vamos ver se ele me ajuda nissa questão...hehehe
    Parabéns!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris