terça-feira, 15 de maio de 2012

Resenha: "O Pistoleiro - A Torre Negra #1" (Stephen King)

Por Juny: Desviei o foco da minha “fila de leituras” por esse livro. Tudo por causa de uma aposta, se meu namorado (Leo Rios, da equipe do blog) lesse os 3 volumes da série “Jogos Vorazes” (que cá entre nós, ele gostou muito) eu leria a série favorita dele, que é “A Torre Negra” do Stephen King.

Confesso que nunca li nada do autor e não sabia o que esperar. Antes do livro propriamente dito, temos a “Introdução” e o “Prefácio”, que são como crônicas do autor sobre o que o levou a escrever a série, a inspiração em Senhor dos Anéis e comentários sobre os 33 anos que ele demorou para terminá-la. Textos muito bons por sinal.

Em um futuro totalmente distópico, começamos a acompanhar a trajetória de Roland, “O Pistoleiro”, vagando pelo deserto. Desde o inicio seu objetivo é encontrar “O Homem de Preto”, aparentemente seu inimigo. Ele quer respostas sobre a “Torre Negra”, um lugar que conecta todos os mundos. Pode parecer um pouco confuso o começo, pois não há paradas para explicações, muitas coisas o leitor só descobre ou entende no decorrer da trama.

Em meio a sua perseguição ao Homem de Preto, Roland conhece varias pessoas e vive diversas aventuras paralelas, como o massacre na cidade de Tull e a conversa com Brown (um colono que encontrou pelo caminho). Ele também conhece Jake, um garoto que o acompanha em sua incessante busca.

– Acho que está muito perto do seu homem de preto. Ele não está encurralado?
– Não sei.

– Você está?

– Ainda não. – disse o pistoleiro olhando para Brown com certo ar de desafio. – Vou onde tenho de ir, faço o que tenho de fazer.
Um dos pontos altos do livro, que mais me empolgou, foi o flashback em que Roland conta a Jake como fez a transição, passou para a vida adulta, o que o motivou a isso e como foi a batalha com seu mestre.

O esforço do homem para falar concedeu grande ênfase a suas palavras:

– Deixe a noticia e a lenda correrem antes de você. Existem aqueles que se encarregarão das duas. – Os olhos oscilaram para além do ombro do pistoleiro. – Tolos, talvez. Deixe sua sombra se estender sobre a face das pessoas. Deixe que se torne negra. – Ele sorriu grotescamente. – No tempo certo, as palavras poderão até encantar um encantador. Entende o que estou querendo dizer, pistoleiro?
Stephen King descreve muito bem os diálogos e os detalhes das cenas de ação, algumas passagens tem frases de impacto, algumas vezes até poéticas.

Roland é um protagonista marcante, que põe seu objetivo acima de tudo e faz bem o estilo dos pistoleiros de filmes de faroeste. O Homem de Preto é uma incógnita, ambíguo, sempre com seu tom irônico, misturando verdades e mentiras.

O homem de preto tirou seu capuz com as costas de ambas as mãos rindo.

– Então! – ele gritou. – Não um final, mas o final do começo, hã? Está progredindo, pistoleiro! Está progredindo! Ah, como eu admiro você!
É um tipo de leitura bem diferente do que eu estava acostumada, a falta de explicações e mudanças abruptas da narrativa (as vezes começam do nada flashbacks sobre o passado do Pistoleiro), mas ao decorrer da leitura você se acostuma com esse estilo e são apresentados fatos que ajudam a entender melhor o contexto.

Embora tenha tido algumas dificuldades no inicio da leitura, “A Torre Negra” é uma série original que me agradou muito e que vou continuar acompanhando para saber mais sobre o passado de Roland e o que o futuro lhe reserva, se ele realmente encontrará a Torre. Recomendo!

19 comentários :

  1. King é o mestre, isso não há duvidas!
    Essa coleção tá na minha lista de desejos, mas sei que é complicado, complicado..rs
    Pq ela é cara, muito cara pro meu pobre bolso.
    Mas todos que já leram, são convictos em afirmar que a obra é perfeita, cheia de mistérios e fica meio que como vc citou, aquela vontade de ler o proximo.
    Otima resenha..um post a altura de King :)

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. no submarino ela não é cara, eu ja vi ela por 89 quando era promoção do dia e hoje ela ta 116 só

      Excluir
  2. Sou doida por essa série! Mas é tãao cara x-x
    Vou colocar um daqueles cofres de porquinho na entrada de casa escrito: Ajude um ser humano à ler Stephen King. Espalhe cultura e melhore seu karma.

    Sua resenha me deixou com mais vontade ainda *-*
    Beijitos
    http://www.bookpetit.com/

    ResponderExcluir
  3. O ruim é que o preço não ajuda muito né. Mas a série deve ser perfeita, quero muito ler. Vou ver se pego em biblioteca ou compro mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Tenho medinho dos livros do King,mas essa serie sempre me chamou atenção ,mas como nao faz muito meu genero ainda n ao li nenhum ,mas pretendo .

    ResponderExcluir
  5. Ah, não gosto desse tipo de histórias, a palavra ''pistoleiro'' não me desperta curiosidade =/ Maaas tenho vontade de ler outros livros do King, já assisti vários filmes dele, inclusive gostei bastante de Rose Red, ,mas nunca li nenhum :o

    ResponderExcluir
  6. Ola tudo bem?
    Ainda não li nada do Stephen King, apesar de ouvir e ler somente elogios quanto à genialidade do autor. Fiquei curiosa quanto aos livros, vou colocar na listinha de leitura.
    Abraços
    Amanda Almeida
    http://vceoqueler.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li essa série mas adorei tudo o que já li de Stephen King, quando li O iluminado, fiquei mais amedrontada do que ao assistir ao filme, as descrições que ele faz costumam ser incrivelmente vívidas e despertam a imaginação de qualquer um. Por isso ele é chamado de mestre do suspense. Criar um clima é com ele mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Muito Legal Mo! Você conseguiu comentar muito bem o livro.
    Parabéns!:)
    O segundo já está esperando aqui..hehehe bjos

    ResponderExcluir
  9. Já ouvi falar da série, até participei de uma promoção concorrendo, mas a sorte não estava comigo, enfim. Que maravilha o protagonista fazer o estilo pistoleiros de filmes de faroeste, adoro.

    ResponderExcluir
  10. Resenha muito boa,nunca ouvi falar dessa série,mas creio que seja muito boa.

    ResponderExcluir
  11. Nunca li nada do King, mas sou super a fim de ler! De fato, tenho um pouco de receio pois normalmente me perco nas histórias e começo a pensar sobre elas, e sabendo que as histórias dele são bem assustadoras, já viu né? Sou bem medrosinha, não assisto filmes de terror, e os livros tem o mesmo efeito, acredito. Você, sozinho, lendo a noite... Deve dar o maior medo kkkkkkkkkkkk Porém sou curiosa, e se tratando de Stephen King, considerado o melhor do gênero, tenho que conhecer a obra. Adorei!

    ResponderExcluir
  12. Uma curiosidade, são 8 livros agora, ele lançou o 8º livro da Torre Negra esse ano, que apesar de ser o 8º fica situado entre o 4º e 5º livro!
    Asérie é muito boa, dizem que o final é meio decepcionante, mas ainda estou no 6º livro e por enquanto eu to curtindo muito <3

    ResponderExcluir
  13. Li esse primeiro livro e gostei muito.
    No início, achei uma leitura meio complexa e me confundi um pouco. =/
    Pretendo reler, já que faz tempo que li. Mas vou esperar ter R$ pra poder comprar os livros, ler Ebook é cansativo demais.
    S. King escreve com maestria. Consegue prender o leitor desde o início. É intrigante e assusta um pouquinho. rs *-*

    Gostei da resenha.

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Ja li infinitos livros do SK , mas esse não oO Vou comprar essa série então, ja que sou uma fã dele mesmo, hihi

    ResponderExcluir
  15. Meu sonho é ler algo dele!
    Parabéns pela resenha, ficou muito boa!

    ResponderExcluir
  16. Kurti bastante toda a jornada, detalhes livro a livro nesse link...

    http://b1brasil.blogspot.com/2014/02/a-torre-negra.html

    LONGOS DIAS E BELAS NOITES!

    JOPZ

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris