terça-feira, 1 de maio de 2012

Resenha: "A Lista Negra" (Jennifer Brown)

Tradução por Claudio Blac

- 20 de abril de 1999 – Columbine, Estados Unidos;
- 26 de abril de 2002 – Erfurt, Alemanha;
- 16 de abril de 2007 – Virginia Tech, Estados Unidos;
- 07 de abril de 2011 – Realengo, Brasil.


Por Eliel: Abril foi marcado pelo horror de massacres ocorridos em escolas por jovens. Porém, esses são só alguns exemplos que nos chocaram pela violência dos atos de assassinato. As primeiras páginas, que nos dão boas vindas à leitura, são como um desses noticiários que normalmente aparecem logo depois do atentado.

Somos convidados a viver as emoções após o massacre do Colégio Garvin em 03 de maio de 2008, nessa obra de ficção de Jennifer Brown. Como as vítimas e os agressores, de uma geração marcada pelo bullying, lidarão com essa nova realidade?
- Não - respondeu, olhando fixamente para minha mão no balde de contas. Retirei-a abruptamente, duas contas caíram e dançaram no chão. Ela sorriu quando ruborizei, como se minha vergonha lhe despertasse ternura. - Ah, não, não dou aula para qualquer um. Alguns me dão aula.
O foco principal dessa narrativa são Valerie e Nick, um casal que tem muito em comum, desde lares conturbados à alvos da gozação dos seus colegas de colégio. A escapatória encontrada foi um pequeno caderno, na verdade uma lista, onde compartilham suas angústias e seus ódios. Esse era um local seguro, pelo menos para Val. A "Lista Negra", como era conhecido esse caderno, não era apenas uma brincadeira para Nick.

Nick usou a Lista Negra para abrir fogo contra seus colegas, muitos morreram, outros foram feridos, inclusive sua namorada Val, ao tentar parar com aquele massacre. Depois de uma longa recuperação Valerie se vê forçada a volta às aulas, onde agora se torna responsável pelo massacre, além de enfrentar os problemas de relacionamento que apenas ficaram mais graves.
- Nunca sinta muito por uma mãe - aconselhou ela. Você pode sentir muito pela mãe, por algo que ela sofreu, mas por algo que a mãe fez, não. Quase sempre as mães adoram violeta. Eu devia saber... tive uma mãe muito violácea.
Um romance magnífico que aborda um tema universal cada vez mais presente no mundo da adolescência. A identificação com os personagens ecom algumas situações será imediata.

Devo confessar que a leitura no começo é meio maçante, porém poucas páginas à frente e o tema se desenrola de forma tão frenética e envolvente, é impossível manter o livro longe das mãos.
... para lembrar as vítimas daquele dia. Pessoas que nunca esqueceremos.
Porém uma pergunta que fica no ar é: Pessoas que foram marcadas por acontecimentos tão horríveis podem ter finais felizes?

26 comentários :

  1. Eu fiquei bastante curiosa para ler esse livro, me falaram que algumas partes ele é bem pesado. Mas não deixa de ser a verdade que algumas pessoas infelizmente já passaram por isso. Obrigada pela resenha, beeijos!!

    ResponderExcluir
  2. Eu ganhei ele em um sorteio, está perto de chegar!!! :D

    ResponderExcluir
  3. Nossa, intenso.
    Acabe nem pedindo ele para resenhar :(

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não tinha lido nenhuma resenha desse livro, nem sabia do que se tratava... Puxa deve ser uma leitura um tanto pesada né? Tenho vontade de ler, mas tenho medo também, geralmente esse tipo de realidade me assusta.

    ResponderExcluir
  5. Não.
    Acredito que acontecimentos assim, deixam feridas que nunca serão fechadas totalmente.
    Marcam na pele. É possivel sim, recomeçar. Mas esquecer, jamais.
    Já tinha lido a respeito desse livro em alguns sites, coisa que me fez o colocar na lista de desejados.
    Não tinha lido nada a respeito de ser maçante no começo..rs mas acredito que é mesmo questão de gosto né?
    Cada um, interpreta de uma maneira diferente.
    Acho tbém que a capa poderia ter sido melhor trabalhada..

    Abraços...

    ResponderExcluir
  6. É um livro tenso demais . E a quantidade de casos parecidos com esses tem aumentado muito. Sinistro isso.
    E as vezes tudo começa com uma simples 'brincadeira'...

    Gostei da resenha, mas não é um livro que me agradou.

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Esse livro me saltou a vista nas estantes da Leitura. Achei a sinopse muito interessante. Um tema que já está há muito presente na mídia e, principalmente, na realidade de milhares de pessoas.

    Parece ser uma obra bem intensa mesmo. Tenho muita vontade de ler para sentir todos os sentimentos dos personagens. E o acabamento dele também é todo estilizado. Curti.

    Parabéns por mais uma bela resenha, Eliel. =D

    Beijoos!

    ResponderExcluir
  8. Oi ..

    Nossa, ele livro deve ser muito bom. Apresenta novamente um tema tão polêmico e devastador. Estou muito curioso para lê-lo e ver se é mesmo tão bom quanto as resenhas falam que é, rs.

    Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  9. Oiie,

    Estou desesperada. Necessito ter este livros em minhas mãos, desde que li a primeira resenha sobre ele soube que lê-lo era praticamente uma obrigação. Espero ter esta oportunidade em breve. Adorei a resenha.

    Beijos

    Amigas entre Livros

    ResponderExcluir
  10. eu vou ficar DOENTE se não ler esse livro, SÉRIO!

    ResponderExcluir
  11. Demorou um pouquinho né?1
    HEH.
    Amo livro com listas. :D

    ResponderExcluir
  12. Acredito que sim, mas, o que foi feito no passado jamais será apagado. Quero mais para frente ter a oportunidade de ler o livro. Gostei bastante do titulo, e a resenha reforçou a vontade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  13. Nossa,o título chama muito a atenção e ao ler a resenha,você fica cada vez mais interessado,já fui alvo de algumas brincadeiras na minha infância e não consigo esquecer,mas quero perdoar.Enfim,acho que todo mundo tem uma lista negra.

    ResponderExcluir
  14. É a primeira resenha que eu leio desse livro e achei o tema um pouco pesado,mas necessário para mostrar a nossa realidade.
    Acho que pessoas que passam por isso podem sim ser felizer, mas sempre carregarão as cicatrizes do que passaram.

    ResponderExcluir
  15. Já li várias resenhas sobre o livro incluindo a sua, adorei mesmo e fiquei super empolgada pra ler, sei que é tenso mas é real, eu já sofri com bullyng e dói demais mesmo, deixa a pessoa louca e deprimida, é horrível!

    ResponderExcluir
  16. Recentemente eu vi um programa que fala mais ou menos do mesmo assunto. O livro me dá a impressão de ser bastante franco e emocional. Estou muito ansiosa para lê-lo.

    ResponderExcluir
  17. Quero muito ler esse livro. Já senti que a Jennifer Brown é ótima no que faz.
    E essa violência é uma realidade nas nossas vidas.
    Amei os quotes, são eles que me fazem sempre querer muito o livro.

    Boas leituras pra vcs.

    XOXO, da Lisse

    ResponderExcluir
  18. Super ansiosa para ler esse livro. Adorei a forma como você falou sobre ele, parabéns.
    É uma história realmente intrigante e fala sobre um tema que está perto da nossa realidade. E ainda tem romance! *-*
    Já está na minha wishlist.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  19. Ótima resenha, estou com vontade de ler este livro!

    ResponderExcluir
  20. Um tema bem atual e que deve ser levantado pela sociedade! Parabens pela resenha!

    ResponderExcluir
  21. Não entendi muito bem os quotes que você separou, mas a resenha ficou ótima!
    Esse é um tema muito falado ultimamente mesmo, por isso talvez o começo seja um pouco maçante...
    Estou louca para ler esse livro, espero que ele chegue em minhas mão logo ^^

    Beijos
    Geê - almaleitora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Eu tenho esse livro, sou doida pra lê-lo, só não tive tempo ainda!!!
    Mas adorei saber só um pouquinho mais dele!!!

    Bjkas

    ResponderExcluir
  23. Desejo esse livro a um bom tempo!!
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  24. Olá. tenha muita vontade de ler esse livro, uma tema bastante interessante que é o bullying, sem temas como sobrenatural.
    gostei da resenha
    bjs

    ResponderExcluir
  25. Ahhhhh soh pelo título ja da uma curiosidade néeee

    ResponderExcluir
  26. Estou LOUCAAAAAAAAAAAAAA para ler esse livro. É um tema super debatido...

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris