quinta-feira, 21 de junho de 2012

[Gastronomia e Literatura] Memórias de Uma Gueixa

Bom Dia Pessoas,

Em primeiro lugar, me desculpem pelo desaparecimento, mas é que tem acontecido muitas coisas na minha vidinha de apenas 24 horas que está praticamente impossível associar tudo, porém cá estamos voltando à normalidade e torcendo para que nada mais saia do controle.

Dedico o post de hoje à um dos meus favoritos: Memórias de uma Gueixa



Ela se pinta para esconder o seu rosto. Seus olhos são águas profundas. O resto é escuridão. O resto é segredo. Estas não são as memórias de uma Imperatriz, nem de uma Rainha. Estas são memórias de outro tipo.
Memórias de uma das mais famosas gueixas do Japão: Nitta Sayuri. Ela nos conduz por um mundo onde o que conta são as aparências, onde mulheres são treinadas para a sedução e o amor não passa de uma ilusão.Tudo começa em 1929, quando Sayuri uma criança de apenas 9 anos de idade é vendida como escrava junto com sua irmã.

Sua vida em Gion não é fácil, constantemente é alvo das armadilhas de Hatsumomo, uma gueixa que vive na mesma casa de gueixas que Sayuri. Desde cedo ela treinada nas artes da dança, da música, das vestimentas, da maquiagem e de servir saquê, para ser uma grande gueixa.

Quando criança perde de vista todos os seus objetivos, não tinha mais uma razão para viver até que conhece um homem que pode mudar sua vida. Sayuri finalmente conhece o amor, então decide se dedicar a arte de ser gueixa para conhecer o homem que ama e que se quer sabe que ela existe.

Nesse jogo de sedução, Sayuri, conhece muitos homens influentes, brinca com corações, apenas para chegar mais perto da única pessoa que ama. Mas gueixas não devem se apaixonar.

Um livro fantástico escrito por Arthur Golden que mergulha fundo nas memórias nunca antes reveladas de uma gueixa. Ele nos trás detalhes da cultura e da história japonesa pelos exóticos olhos claros de uma simples gueixa.

Mas por que uma gueixa desejaria registrar suas memórias, já que como as prostitutas – inferiores às gueixas – são poços de total confiança de seus amantes? A resposta de Sayuri é muito vaga. A verdadeira razão deve ter sido a única informação que fora mantida em segredo, portanto cabe a cada leitor tentar descobrir qual teria sido a verdadeira razão.

Quebre seus preconceitos contra essa classe e descubra o quão interessante é a vida dessas artistas japonesas. Você vai se comover com essas sinceras memórias que nos levam a sentir a verdadeira magia de se ler: a de participar da história.

Vale lembrar que Memórias de uma Gueixa também foi adaptado para o cinema em 2005 pela Columbia Pictures (fica a dica Kell).

E a nossa receita também vem do Japão, inclusive eu não a conhecia até essa semana quando meu amigo Matheus Sanches, que está a frente do restaurante Kitay aqui em Itu mesmo, me sugeriu essa delícia. Vamos à receita de Katsu de Frango:

  • 4 filés de peito de frango, sem osso e sem pele, com 1 cm de espessura
  • Sal e pimenta a gosto
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 1 ovo batido
  • 100 g de farinha de pão tipo panko
  • 250 ml de óleo para fritar, ou conforme o necessário
Preparo:
Tempere os peitos de frango, dos dois lados, com sal e pimenta. Coloque a farinha, o ovo e a farinha de rosca panko em pratos rasos separados. Cubra os peitos de frango com farinha, sacudindo-os para retirar o excesso. Depois, passe-os no ovo. Em seguida, na farinha de rosca panko de modo a cobri-los dos dois lados.

Em uma frigideira, aqueça 6 mm do óleo em fogo médio-alto. Coloque os peitos de frango no óleo quente. Cozinhe-os por 3 a 4 minutos de cada lado. Ou, então, até dourarem bem.

Espero vocês na semana que vem com mais uma receita deliciosa. Ah, e quem vier a Itu não deixe de visitar o Kitay e experimentar outras delícias do Oriente. Desejo a todos um...

Bon Apetit e Boa Leitura


26 comentários :

  1. hummm deu agua na boca!!! para ler o livro e comer o franguinho!!!! parabens

    ResponderExcluir
  2. Só vi o filme e achei adorável.

    E vishe, já anotei a receita.
    Logo tento fazê-la...

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  3. Haaa eu vi o filme e ME APAIXONEI, é um filme muito lindo, até por isso me interessei em LER O LIVRO, mas ainda não tive oportunidade! =(
    Ainda não li o livro, mas creio que o filme foi um dos poucos que segue "FIELMENTE" a hitória real, pq uma historia tão linda não pode ter saido da cabeça de qualquer diretor a não ser do autor do livro! =)

    E essa receita aí é do JAPÃO é????? O_O
    Eu sempre fiz aqui em casa, mas jurava que era invenção minha! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

    ResponderExcluir
  4. Sou muito fã do filme, comprei e vejo pelo menos 1 vez por mês ^^

    Comprei o livro em uma super promoção nas lojas americanas, por isso não li a resenha (medo de spoilers). Quando ler volto aqui e comento!

    Adorei a receita!

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Puxa, eu vi o filme. Mas nunca consegui ler o livro...rs
    Tbém deve ser bom né?
    Agora vamos ao que interessa...que receita hein???rs
    Deve ficar muito bom.
    Abraços..

    ResponderExcluir
  6. Pra tirar qualquer um do regime! Fiquei imaginando isso num molho doce azedo! *-*

    ResponderExcluir
  7. n vi o filme todo mas tenho esse livro, so q ainda n li ;p

    ResponderExcluir
  8. Nem posso ver essa receita num período de dieta. O post de hoje ficou lindo, Eliel. Parabéns!! *-*

    Aliás, ainda tenho que ler esse livro, né! Parece ser super bacana!! *-* Afinal, foi um presente especial... =DD

    ResponderExcluir
  9. muito obrigado Elieu! Estarei sempre aqui para indicar os melhores pratos aos meu clientes. E aqui vai mais uma dica , para acompanhar essa preparação um molho que vai dar um toque especial ''TONKATSU'' perfeito para esse prato!

    mais uma vez muito obrigado pela presença e pela publicação. o Kitay Oriental House agredeçe.

    Matheus Sanches

    ResponderExcluir
  10. Quero muito ler esse livro, mas sempre pulo.
    Parece delicioso o prato. Bacana o post.

    ResponderExcluir
  11. Quero muito ler esse livro, mas sempre pulo.
    Parece delicioso o prato. Bacana o post.

    ResponderExcluir
  12. A que delicia!
    a comida me chamou mais atenção.
    :D

    beijos.

    ResponderExcluir
  13. Esse livro é incrível. As primeiras 20 páginas, confesso, achei maçantes - mas depois a história entra num ritmo impressionante, apaixonante. Eu adorei! E a tradução da Lya Luft não deixa nada a desejar.

    ResponderExcluir
  14. Li o livro e vi o filme. Maravilhosos! Aprendi muito sobre a cultura japonesa, que é espetacular. Recomendo a todos.

    ResponderExcluir
  15. Não sabia que você é de Itu, eu sou de Salto, aqui do ladinho *-*
    Tenho muita curiosidade para ler esse livro, eu sempre vejo ele bem baratinho no Submarino e depois dessa indicação vou colocar no carrinho na próxima compra! ;D
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá! Já ouvi falar tanto deste livro quanto da adaptação para o cinema, mas ainda quero conferir. O seu post me deu um panorama melhor do que realmente é a história. E a receita, que parece ser muito boa, deu um toque todo especial. Adoro seus posts de "Gastronomia e Literatura".

    Beijos,

    Paula

    http://tri-books.com

    @Tri_Books

    ResponderExcluir
  17. Que receita deliciosa!! *-* Amei.

    Já assisti ao filme, nossa. Achei excelente!!
    O livro está aqui pra ser lido, é muito lindo *-* e enorme!!
    Acho que depois desse post vou adiantar a leitura dele pra semana que vem. rsrs

    Beeijo

    ResponderExcluir
  18. To comprando esse livro! *-*
    Espero que seja bom como disse. :p


    Beijos!
    Blog|Fã Page|Twitter|Sorteios

    ResponderExcluir
  19. Nunca vi o filme, mas tenho o livro! Lerei ele em breve!

    ResponderExcluir
  20. Oieee
    Fiz uma resenha sobre o livro ontem! haha
    Amei ele também, Arthur Golden superou minhas expectativas no final, fiquei tipo: como assim? haha
    Adorei a ideia de postar as receitas, apesar de que eu sou vegetariana então nem rola >< enfim, ficou muito legal ^^
    Beeejos
    http://sessaodas10.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Eu sempre quis ler memórias de uma gueixa, me falam muito bem. O filme foi super premiado, imagino que o livro seja melhor.

    ResponderExcluir
  22. O livro é demais, você simplesmente VIVE a história, é como se a vida da Sayuri fosse a nossa sério, sou completamente apaixonada, chorei tanto no final. KKK vale a pena ler com certeza! E nhaaaaaawn quero comer esse Katsu só que alguém tem que fazer pra mim. hehehehe

    ResponderExcluir
  23. Interessante a história, uma ótima oportunidade para conhecer mais da cultura japonesa. Já ouvi alguns comentários sobre a obra e pensava em ler, mas priorizei outras leituras. Espero poder fazer isso logo.

    ResponderExcluir
  24. Sou louca para ler o livro e ver o filme *-*

    gostei da receita do Katsu de Frango, deve ser mto bom!

    ResponderExcluir
  25. Já li e tenho o livro. Não gostei tanto assim, mas acho que vou reler só pra comer com essa receita! haha
    Larissa,
    Another Words
    http://anothersimplewords.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Tenho esse livro e está na fila de espera mas agora acho que ele vai passar na frente de alguns! O frango parece ser muito bom também! :)

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris