sábado, 5 de janeiro de 2013

[Anime/Mangá]: Beelzebub



E se você fosse escolhido para ser baba de um bebê? E ele fosse o filho do Demônio? Beelzebub é isso e mais um pouco, sendo sem dúvida alguma um dos mangás/animes mainstream mais divertidos da atualidade. O mangá freqüente no top 10 da Shonen Jump chegou ao Brasil pela Editora Panini, bimestralmente (apesar dos atrasos da editora) e sem duvido vale a pena ser comprado.



Na história o Rei Demônio está muito atarefado no inferno e não tem tempo para destruir a terra, então ele resolve mandar seu filho, Beelzebub IV, ainda bebê para destruir a terra no seu lugar, junto com sua baba, Hildegarde, para encontrarem uma alma maligna que cuide da criança enquanto isso.

Nesse momento o estudante Oga Tatsumi, um típico arquétipo de aluno delinqüente e brigão japonês, que freqüenta uma das piores escolas locais está dando uma surra em alguns alunos, bem no momento que o Beel o filho do demônio chega a terra e fica encantado com a “maldade” de Oga, escolhendo ele como “pai”. Assim começa a jornada de Oga que tentara encontrar alguém mais “maligno” que ele e tentar parar de arrumar confusão para o bebê se apegar a outra pessoa, já que se Beel ficar alguns metros longe do estudante ele acaba chorando e eletrocutando tudo ao seu redor.




Assim se da inicio a trama do mangá de Ryuhei Tamura, que apesar de usar todos os clichês de um mangá sobre deliquentes, onde o vemos no próprio Oga o arquétipo clássico como em Yusuki Urameshi de Yu Yu Hakusho.Ainda sim a série arranca muitas risadas do leitor, pois além das lutas clássicas do gênero, temos de forma bem abordada toda a interferência que o Beel traz para vida do estudante, por exemplo, o pai de Oga acham que ele engravidou Hildegarde, a baba do bebê. As mães acham um absurdo o bebê andar pelado pela rua, pois o filho do demônio não gosta de roupas e muitos outros problemas que da ter um filho, ainda mais quando esse filho é um demônio.

A série é lançada semanalmente em mangá no Japão desde 2009 e já ganhou um OVA e um anime que terminou esse ano com 60 episódios. Por um período Beelzebub foi uma grande aposta, sendo considerada uma das possíveis séries que seriam o carro principal da Shonen Jump, mas isso não aconteceu, porém ainda hoje a revista se mantém sempre no top 10 da revista.
Beelzebub não é uma série revolucionaria, mas faz bem o feijão com arroz de uma série de luta/cômico e consegue divertir e sem dúvida vai tirar de você algumas risadas.

8 comentários :

  1. Acompanho esse mangá há um bom tempo.
    Quase desde o início.
    E recomendo.
    O anime é uma porcaria, adaptação ruim.
    Mas o mangá é dentre todos que acompanho com certeza o mais prazeroso.

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAH Beelzebub eu ri pra cacete no primeiro episódio e o Oga é um protagonista muito FDP U_U estou feliz em saber que também falam de animes por aqui *------*
    \o/
    It's SUGOI xDDD
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  3. hahhhaha que engraçado esse Beelzebub, nunca tinha visto ou ouvido falar desse mangá

    ResponderExcluir
  4. Faz um bom tempo que eu quero ver o anime. Uma amiga assiste e AMA. Achei muito boa a ideia e uma ótima forma de rever animes :)

    ResponderExcluir
  5. Parece bem engraçado, vou procurar o manga pra baixar

    ResponderExcluir
  6. AAAAAAAAAAAAAH, eu (tento) acompanho esse anime! é muitooo legal! super recomendo!

    ResponderExcluir
  7. Estou a ver One Piece, K-On, Mawaru PenguinDrum, D-Gray Man... Sim, eu acumulo animês e mangás... meu amigo já viu este e me recomendou... bom, pelos comentários de recomendação, este deve ser muito bom mesmo! Vou tentar assistir :3

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris