terça-feira, 25 de outubro de 2011

[Conto] "Rosas Negras" (Eliel Carvalho)


Durante a Semana de Halloween teremos alguns contos escritos pela Equipe do Dear Book.

"Rosas Negras" (Eliel Carvalho)

Todos os dias à sua porta, ao chegar do trabalho ela encontra uma linda rosa de cor tão surpreendente quanto o mistério que a envolvia. Rosas negras eram muito raras, porém não havia uma única noite que ela não encontrasse seu misterioso presente.

Sempre que a recebia sentia como se estivesse sendo observada de longe por alguém ou alguma coisa escondida na escuridão. De alguns meses para cá se sentia perturbada por essa presença constante em suas noites. Não conseguia dormir direito pensando naquelas rosas de beleza hipnotizante, mas que representavam negras lembranças.

Um paradoxo que em suas mãos, as rosas que a perturbavam eram as mesmas que a confortavam em sua solidão. Não podia esquecer-se do seu passado jamais, pois sempre que chegava a sua porta lá estava mais um lembrete em forma de flor de quão negro sua vida fora.

Quando finalmente pegava no sono não se sentia só, pois sentia uma forte presença ali, em seu próprio quarto. Embora ela não viesse exatamente para lhe fazer companhia.

Sentia essa presença cada noite mais e mais próxima quase como se pudesse tocá-la. E era uma sensação quente e ao mesmo tempo fria. Algo inexplicável que ela devesse temer naturalmente, mas que lhe fazia bem.

Um simples arriscar de abrir os olhos lhe revela seu companheiro tão querido e tão temido. Parado próximo a porta lhe estendendo a mão convidativa. Com os pesadelos se misturando à realidade ela se senta na cama. Finalmente ele chegou para levá-la a julgamento com suas asas negras abertas e um lindo buquê de rosas negras na mão.

11 comentários :

  1. Você escreve muito bem, mesmo o conto sendo curto me cativou! Boa essa ideia da semana de Halloween.

    ResponderExcluir
  2. Curto e, ainda assim, tocante. Muito bom! As rosas negras me lembraram fantasma da ópera por causa da fita negra que ele amarrava nas flores.

    Gostei da ideia de contos de terror, vou tentar fazer um pra postar dia 31 no meu blog.
    Beijinhos
    http://letraslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Levemente sinistro e romantico, ameiiiii!

    ResponderExcluir
  4. Mais uma fã do seu conto o/ HAUAHHAU Vc escreve muito bem!
    Adorei! *-* Todo um suspense e o final sinistro e romantico!

    ResponderExcluir
  5. Realmente cativante, o suspense com um toque de romance, muito bom mesmo. Além de que você escreve muito bem! Parabéns!!

    ResponderExcluir
  6. Olá,vim conhecer seu cantinho e já estou super seguindo!
    Parabêns pelo Blog e sucesso pra ti!

    Se quiser me fazer uma visitinha,será muito bem vinda e se quiser seguir também,sinta-se em casa!
    Beijinhos no core!

    http://umamulherbemvestida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Geeeeeente, amei!
    Apesar de ser bem curtinho, achei super interessante! *o*
    Amei, amei, amei! rs
    Ja pensou em escrever um livro?!!! rs
    Muito criativa...
    beijos.

    ResponderExcluir
  8. adorei seu conto... um conto misterioso e romantico... mto bem escrito

    Bjosss

    ResponderExcluir
  9. Adorei o conto, mesmo sendo pequeno conseguiu prender muita atenção, você escreve muito bem ;D
    ;*

    ResponderExcluir
  10. Muito bom! Mesmo sendo curto conseguiu prender e ser bem misterioso!

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito! Você escreve muito bem! Mas este final me deixou encabulado. Li várias vezes e ainda não consegui definir quem veio buscá-la...

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris