terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Retrospectiva Dear Book 2016 – Editora Planeta Brasil (Parte 1)

Se você está procurando por um livro e não sabe bem qual adequar ao momento – ou mesmo está em dúvida sobre levar ou não um livro a mais no carrinho de compras numa promo, vamos destacar neste post livros e trechos de resenhas da nossa equipe, de 2016. Esperamos que isso ajude nossos caros leitores na hora da compra ;) Acompanhem as retrospectivas!

Obs: nem todos os livros são lançamentos de 2016.


EDITORA PLANETA BRASIL

Selos: Planeta Jovem, Planeta Infantil, Essência
Academia, Crítica, Outro Planeta, Barsa Planeta, Pórtico, Tusquets


Comece por aqui
Lee Crutchley
Resenha completa aqui

[...] certos de agora conhecer os truques e técnicas, devemos nós mesmos escolher as que mais deram certo. Comece por aqui é, assim, uma ponte que te leva a pequenas revelações, para você se sentir mais solto para aquele mencionado primeiro passo.
As partes que mais gostei foram as que faziam alusão a mapas mentais, que são coisas que já sou habituada a fazer, exercícios de escrita e avaliar meu próprio comportamento. Por outro lado, resisti (muito mesmo) quando Lee me colocava pra desenhar (e há trocentas notas minhas no livro perguntando por que tanto desenho????).

Pela lente do amor
Megan Maxwell
Resenha completa aqui

Imaginem Plano B – aqueeeeele filme com a J-Lo – só que diferente e com um belíssimo tordo, lindo e cafajeste. Ler este livro foi como assistir a uma comédia romântica melhor desenvolvida, com conflitos mais bem trabalhados.
Pela Lente do Amor é um livro irremediavelmente divertido. Ponto. Mas é também comovente e, além disso, reflete de uma forma bastante inteligente acerca do perdão, das segundas chances e de como se encara o amor. [...] Então, se você quer se apaixonar, sentir raiva, sentir amor, sentir as lágrimas rolando pelas suas bochechas, ao mesmo tempo rindo e com o coração acelerado, imaginando-se em plena Madri, ao som de muita música latina, leia Pela Lente do Amor. Você vai amar.



Entre dois amores
Carolina Estrela
Resenha completa aqui

Entre Dois Amores é um livro bem brasileiro. Você se identifica com umas passagens aqui e acolá quando fala de escola, de amores, de vícios e de hábitos. É um livro que vive a realidade jovem de hoje, com internet, blogs, séries, música... Como estudar ao meio disso tudo, né? Dilemas! Carolina acerta muito em diversos pontos, mas em outros aspectos... não achei que deixariam a desejar. [...] Como veem, o livro não me ganhou. Em contrapartida, ainda me parece um bom livro... para quem procura um drama bem teen, uma trama clichê ou uma história carismática.


História bizarra da 2ª Guerra Mundial
Otávio Cohen
Resenha completa aqui

Com uma linguagem clara e objetiva, pode ser de ajuda para os estudantes compreender o que aconteceu em um dos mais importantes eventos da história mundial. O objetivo não é ser um livro didático, isso pode ser visto claramente pelo humor característico que os fãs da revista Superinteressante (Otavio Cohen escreve lá ^^). [...] Os fatos são apresentados de uma forma lúdica, temos relatos da vida das peças mais importantes desse conflito e também de anônimos que sem querer estavam envolvidos nisso tudo; enfim, os fãs do tema vão se deliciar com essas mais de 50 histórias. Tomo a liberdade de dizer que esse livro acaba se tornando indispensável para todos que queiram entender as nuances da Segunda Guerra.

Bom dia, Princesa
Blue Jeans
Resenha completa aqui

[...] essa é a beleza do livro, mostrar a vida como ela é. Amizades se construindo, pessoas se apaixonando, relacionamentos se desfazendo, as dificuldades da vida e as alegrias de ter pessoas especiais com quem contar.
Este é um livro muito bom de ler para descansar. A leitura flui facilmente e dá para acabar de ler em pouco tempo, apesar do livro ter bastante páginas.
Diferente da maioria dos livros que eu estou acostumada a ler, no qual o cenário é algum lugar americano, a história se passa em Madri. Achei legal conhecer um pouco sobre a cultura deles e os lugares que tem nessa cidade.

365 tweets de Deus
Leo Cardoso, @OCriador
Resenha completa aqui

Seu humor pode ser facilmente interpretado como ofensivo para os mais intolerantes, por isso gostaria de dizer antecipadamente que é preciso ler esse livro com muito amor no coração. [...] Não vale a pena levar a sério cada palavra acerca de temas polêmicos como feminismo e religião. Quando se lê com bom humor é possível rir de cada piada. Fica a dica para se divertir!

Paixão Índia
Javier Moro
Resenha completa aqui

Sem dúvida, uma das características que me deixou mais encantada por Javier Moro, foi a sua habilidade de abrir um mundo completamente novo para o leitor. A sua narrativa é tão aberta, que nos faz sentir como se estivéssemos dentro do livro, vivenciando tudo aquilo com Anita Delgado. Tal qual a forte tradição historicista da cultura indiana, Javier Moro narra Paixão Índia como os feitos heroicos e aventuras amorosas que o patriarca indiano conta a seus descentes sobre os ancestrais da família. Só que com uma pitadinha de Mil e Uma Noites. [...] Paixão Índia não é exatamente um conto de fadas oriental, mas uma trama real, com amores arrebatadores, traições e anseio de liberdade, que aborda a atração irresistível entre ocidente e oriente; que, ao mesmo tempo, parecem impossíveis de se conciliarem.
Então se você quer viajar para uma pequena cidade indiana cosmopolita, conhecer belos palácios indianos, viver o amor impossível de Anita Delgado e se envolver com uma trama que te atrai de todas as maneiras para suas páginas, não deixem de ler Paixão Índia!


O pulo da gata
Fernanda Franças
Resenha completa aqui

A parte que eu gostei foi o amadurecimento da personagem e a sua evolução pessoal ao longo da história. Eu, particularmente, gosto bastante desses livros que me fazem sentir alguma emoção e conexão com os personagens.
“O Pulo da gata” é uma história cotidiana que todo mundo já deve ter vivenciado alguma vez na vida, seja como Maggie May ou amigos/amigas de Maggie May. Vale a pena gastar um tempinho e se identificar com algum personagem do livro.
Fica a dica para uma leitura rápida.


O pálido olho azul
Louis Bayard
Resenha completa aqui

[...] achei a obra pra lá de inteligente por todos os seus detalhes; o início lento, a consciência de um Leitor e até a consciência da manipulação da mente de um Leitor.  Recomendo esse livro, principalmente para quem gosta de um bom romance investigativo e não esteja procurando algo que fuja das resoluções óbvias. Advirto só um pouco de força de vontade no início. De resto, como diria minha professora de literatura, deleitem-se.



Azeitona
Bruno Miranda
Resenha completa aqui

Com humor e carisma, Bruno nos conduz a um enredo inteligente e verossímil. Para o gênero, ele sai do lugar comum sem abrir mão de alguns clichês, que funcionam. [...] Azeitona é um livro de leitura rápida para quem busca se distrair e se envolver com uma história bem trabalhada. Para um autor principiante, Bruno tem uma excelente desenvoltura. No começo você não diz muita coisa, mas o desenvolvimento fala por si. Minha leitura, inclusive, deu uma empacada no início – que me pegou justo na época de um bloqueio daqueles – e então engrenou de vez.


Diário internacional de Babi
Chris Salles
Resenha completa aqui

A escrita de Chris Salles é maravilhosa, tão limpa, esclarecedora e envolvente, que o leitor se sente parte da história, vive os momentos e dramas de Babi, sua imaginação vai muito além do que se lê. É aquela história que você se identifica, vê que também passou por alguma coisa daquelas. Salles e Babi escreveram uma história que mostra a realidade de enfrentar novas mudanças, as consequências, novas pessoas, novos lugares. O que realmente acontece, que nem todos os momentos são perfeitos.


Você se lembra de mim?
Megan Maxwell
Resenha completa aqui

Pelo que li, Você se lembra de mim? é o livro mais pessoal da Megan Maxwell, inspirada na história de amor de seus pais. E que grande história de amor, minha gente!!! [...] Você se lembra de mim? é um livro que te faz grudar nele durante dois dias insanos, em que você só vai largá-lo ao chegar à última página. Livro de uma tacada só e digno de DPL (depressão pós-livro).
Portanto, se você quer rir, chorar, amar, se apaixonar e, sobretudo, conhecer – ou re-conhecer – uma autora excelente, que merece todos os louros que tem recebido pelo seu trabalho, não deixe de ler Você se lembra de mim?


Quando o sofrimento bater à sua porta...
Padre Fábio de Melo
Resenha completa aqui

Nesse links de temas, Fábio relata casos e mais casos, alguns pessoais, outros de pessoas que o procuraram para alguma orientação. Ao pautá-los dentro das discussões, essas histórias deixam de ser meros exemplos e, às vezes, tornam-se pequenas lições – eu só não contava com a contradição de algumas delas. Achei complicado ele trazer ao texto situações complexas de um modo tão simplista e até ingênuo. Noutras vezes o particular falava mais alto e o ensinamento se perdia. Enfim, foi um pouco confuso.
Pensando mais a respeito, minha conclusão é de que o conteúdo precisava de mais cuidado para quem ou como está sendo direcionado. Quem quer sentar e passear pelas grandes teorias, desde filosofia à literatura, esse papo é pra você; se você busca algum exercício de fé, sugiro outra leitura.


Veja outras retrospectivas aqui

Curta o Dear Book no Facebook
Siga @dear_book no Twitter e @dearbookbr no Instagram

0 comentários :

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris