quarta-feira, 22 de setembro de 2010

INDICAÇÃO: "O que está acontecendo com nossas garotas" - Maggie Hamilton

Não é segredo para ninguém que as adolescentes, atualmente, são totalmente diferentes do que já fomos um dia, concordam? O que nos deixavam felizes aos sete ou aos oito anos hoje é piada. As adolescentes são tão adultas quanto nós somos, hoje, e se olharmos para trás veremos que na idade delas éramos muito inocentes. O que, na verdade, eu prefiro e não me arrependo de ter sido.

Vivi minha infância da melhor maneira possível, com graciosidade, tempo para brincar, com meus pais por perto e sem preocupação. Era uma verdadeira criança, com meus trejeitos, assuntos, vestimentas. E sinceramente, eu tenho uma pena dessas garotas e garotos de hoje. Todos estão amadurecendo muito rápido, já não têm mais aquele frescor de infância que tivemos um dia. As brincadeiras de boneca, amarelinha, ciranda, passa-anel, não existem mais. O que ocasiona a diversão são os computadores, video games... A garotinha que antes se preocupava com o brinquedo, hoje se preocupa com a aparência, a roupa que vai usar, o sapato que TEM que combinar, a maquiagem... Enfim, você deve ter uma mini mulher em casa ou conhecer alguma.

E quando eu falo em ter pena, digo no sentido de não ver mais aquelas crianças que nós fomos um dia. Pois, quando olho para trás vejo saudade, alegria, felicidade de um tempo que não volta mais e, ao olhar para os adolescentes de hoje, sinto uma preocupação que eles não deveriam sentir tão cedo. Falta inocência, medo do escuro, acreditar em Papai Noel... Falta a essência de ser criança.
E se você, como eu, quer que seu filho, futuramente, tenha um mundo onde ele queira ser criança e onde ele possa ser criança, dê uma olhadinha nesse lançamento da Editora Novo Conceito, "O que está acontecendo com nossas garotas?", de Maggie Hamilton. Salvar a infância é dar continuidade em um futuro onde ele tenha saudades de um tempo bom...

Autor: Maggie Hamilton
ISBN: 978-85-99560-71-6
Formato: 16x23 cm
Acabamento: Brochura
Ano: 2009
Edição: 1
Páginas: 276
Preço: R$ 45,90
Clique aqui para comprar.

Sinopse: Em poucos anos nossas garotas ficaram vulneráveis – não só as adolescentes, mas também as meninas e bebês. Elas estão sendo forçadas a crescer cada vez mais rápido. O que uma garota de doze anos experimentou aos sete não é mais o que uma garota de sete anos enfrenta hoje.

Nenhuma geração de meninas teve o que as jovens de hoje estão vivenciando. Alguns dos temas deste livro são chocantes e não têm nada a ver com o que a maioria das adultas viveu.

No passado, as crianças seguiam o caminho dos adultos. Mas não há mais uma ligação clara entre uma geração e a próxima porque a cultura popular e as novas tecnologias deixaram os adultos para trás. Como resultado, as nossas garotas se sentem isoladas. Acreditam que os adultos não se importam com elas.

O que está acontecendo com nossas garotas é um livro para pais e todos aqueles que querem entender melhor as garotas de hoje e ajudá-las.

11 comentários :

  1. Concordo plenamente, sabe?
    Fico olhando para as crianças e adolescentes hoje em dia e penso em onde o nosso mundo vai parar, né?
    Eles estão deixando a melhor época da vida para trás. É triste dizer isso, mas é a mais pura verdade.

    ;**

    ResponderExcluir
  2. Esse tema é muito importante e devia ser abordado com mais frequência.
    Eu me assusto com as crianças de hoje em dia. Criança de oito anos tem namorada e ganha celular dela. É óbvio que o significado de namorada pra ele ainda é muito distorcido, mas aos oito anos eu brincava de boneca e barbie com a minha prima.
    Sinceramente, se eu pudesse voltar no tempo, a infância que eu escolheria seria a minha mesmo, a "infância" atual nem sei se pode ser chamada assim.
    Gostei do livro por abordar esse tema!
    Parabéns, meninas, por nos mostrarem o livro! =)

    Beijos,
    Gabi - Está Inspirada

    ResponderExcluir
  3. Acho que as crianças estão crescendo muito rápido, mas não AMADURECENDO. Muito pelo contrário. Tudo acontece em alta velocidade, as experiências se atropelam e esse amadurecimento comum à idade não vem. Não como vinha para nós.
    Sinto orgulho da minha infância e adolescência.

    Adorei o post :)

    Beijocas!
    Juh Oliveto
    Livros & Bolinhos ~

    ResponderExcluir
  4. Otimo texto, concordo plenamente!
    Não troco por nada nossas tardes que brincavamos de Barbie, esconde-esconde e assistiamos desenhos. As crianças hj em dia acham td isso tao ultrapassado.
    Nao acho q seja culpa da tecnologia pq desde cedo tive contato com video game e computador, mas é a forma como os pais estão fazendo as coisas, deixando as crianças fazer escolhas que deviam ser feitas por eles...
    Qd eu decidir ter um filho, vou ler mts livros desse tipo...

    ResponderExcluir
  5. Adorei a indicação! Vou comprar esse livro e dar à minha irmã. Minha sobrinha, com 13 anos, já se considera uma mulher. É impressionante, ela tem mais vaidade e mais acessórios (maquiagem e saltos) do que eu. Ela não tem mais a inocência de uma garotinha e é uma pena.

    ResponderExcluir
  6. bem complexo mas muito explicativo adorei era oq estava faltando

    ResponderExcluir
  7. Me faço essa pergunta todos os dias! Cada vez mais me impressiono com as crianças de hoje em dia. As meninas são as mais fragilizadas. Precisa ser dado uma atenção especial ao assunto, senão sabe Deus o que será da sociedade futuramente!

    ResponderExcluir
  8. Um tema que realmente preocupa a todos, não devendo ficar restrito apenas às mães, mas aos pais, aos tios, tias, avôs, avós, e profissionais das mais variadas áreas

    Como Assistente Social, essa realidade me alcanca de uma forma ainda mais forte, cruel e desumana... Trabalhando diretamente com os Programas de Governo voltados para a infância e a Adolescência, o que vemos é um retrato distorcido do o que é ser criança, do que é ser adolescente..
    Vemos os flagrantes desrepeitos aos direitos mais básicos, como a vida, por exemplo.

    E vemos as consequências disto atuando fortemente nas formações psicosociais destas crianças e adolescentes que se acreditam sozinhas, abandonadas, incompreendidas...

    A perspectiva de proteger e reforçar os laços familiares é ainda hoje, após a Política Nacional de Assistência Social e o SUAS, um verdadeiro desafio, sem falar ainda à sobrevivência e emancipação de suas famílias...

    ResponderExcluir
  9. Interessante. Os educadores pais e casais que estão planejando filhos deveriam ler para poder cuidar das crianças e jovens levando-os a ter uma infância e juventude maravilhosas.

    ResponderExcluir
  10. É impressionante como as meninas de 8,9 anos estão sendo supersensualizadas hoje em dia, isso fica claro pelo tipo de roupa e maquiagem que elas estão usando!! Nessa idade eu nem sonhava em usar rímel, blush e sombra para ir ao COLÉGIO! Estão crescendo num ritmo mais acelerado sim, porém, o amadurecimento vai demorar mais a vim...Imagine se com 8 anos eu já tinha um namoradinho que pegasse na minha bunda e falasse que sou o brinquedinho dele.. acredite, presenciei isso semana passada em crianças da 2º série!

    ResponderExcluir
  11. Seu blog é muito bom! Sempre com boas indicações de livros! :D
    Qualquer dia vou ler algumas de suas indicações.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris