quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Resenha: "Aprendendo a Seduzir” (Patricia Cabot)

Por Juny: É o primeiro livro que leio do pseudônimo “Patricia Cabot” utilizado pela Meg Cabot, como já suspeitava, é muito semelhante ao livro “Liberte meu coração” que foi “escrito” pela Mia Thermopolis da série “O diário de princesa”.

“Aprendendo a seduzir” é um grande romance, ambientado por volta do século XVIII e que tem muitas “cenas hot”! Recomendado para maiores de 18 anos! A autora escreve tão bem essas cenas, com muito cuidado para não se tornarem vulgares.

Tudo começa quando Caroline Linford, uma jovem inocente e sonhadora, que pertence a nobreza encontra seu noivo, o Marquês de Winchilsea, fazendo amor com outra mulher em um dos salões da casa de Dame Ashford durante uma festa! Ela fica em choque e opta por não fazer escanda-lo, simplesmente vai embora e fica pensando no acontecido.

Enquanto Caroline tenta entender o que aconteceu, o Braden Granville, a encontra e pergunta se ela viu sua noiva (que é a mulher que está com o Marquês). Caroline tentando evitar um duelo e a morte do seu noivo infiel acaba dando pistas erradas a Braden.

Braden não é muito aceito nos círculos sociais da nobreza, pois teve um infância pobre e conseguiu enriquecer com a fabricação de um novo modelo de pistolas. A maioria dos nobres acha imperdoável deixar um homem rude e sem status participar de seus eventos. Ele também tem a fama de ser “O Lothario de Londres”, por ser um grande conquistador e já ter tido muitas mulheres.

Em meio a tudo isso há, Thomas, o irmão de Caroline, que no ultimo inverno, depois de uma discussão num jogo de cartas foi baleado e socorrido por Hurst Slater (o Marquês de Winchilsea), por isso a família de Caroline tem grande admiração e uma divida de honra com ele.

Caroline após pensar muito sobre a traíção tem a idéia de tentar aprender os segredos da sedução para tentar chamar a atenção de seu noivo, para que ele se apaixone não precise de uma amante, quando eles se casarem. E para que seu plano dê certa ela pede a ajuda de Braden Granville, por causa de sua fama, que lhe ensine todas as técnicas, mas sem contato físico.

Esse plano acaba não sendo muito bom, pois Braden a convence que para lhe ensinar um beijo francês por exemplo, seria necessário demonstrar. E isso começa um jogo de sedução entre os dois, muito interessante. Será que eles vão se apaixonar? O que eles farão com seus casamentos?

Realmente tinha de ser imoral o modo como ele a fizera sentir. Como se só houvesse os dois no mundo. Como se ela não tivesse nenhum lugar mais importante para ir, ou algo melhor para fazer do que ficar sentada nessa carruagem e lentamente explorar a boca desse homem e deixa-lo fazer o mesmo com ela.
Mas Patrícia Cabot tem muito talento e não deixa a estória do livro se resumir a apenas um romance caliente. Há muita ação, traições, intrigas e tentativas de assassinato. Com um desfecho de tirar o folego!

Caroline, na maioria das vezes, é uma protagonista que se destaca, é bem diferente das moças de sua época. Braden é um homem muito sedutor, os capítulos narrados por ele são ótimos! As cenas deles juntos pegam fogo!

Na verdade, Caroline se surpreendeu ao sentir quase aliviada por estar usando tão pouca roupa. Porque, sem o impedimento do espartilho e da crinolina, ela poderia, pela primeira vez, sentir coisas que nunca antes sentira...
A autora narra muito bem a descoberta das emoções, sensações e sentimentos de Caroline ao decorrer da trama. Se você gosta de romances de época, com sedução, mistério e ação, não pode perder “Aprendendo a Seduzir”! Recomendo muito!

E não posso esquecer de agradecer a Jujuba (Colunista de Séries do Dear Book e autora do blog “Diário de uma leitora compulsiva”) por me emprestar o livro, muito obrigada! *-*

22 comentários :

  1. Adorei a resenha! É bem no estilo dos romances medievais que eu gosto de ler! E se parece bem mesmo com "Liberte meu coração"! Quero MUITO lê-lo!

    ResponderExcluir
  2. A cada resenha fico mais curiosa ainda quanto a esse livro.Eu gosto de romances adultos e com cenas hot, então tenho certeza que iria amar este, pena que o livro é caro demais, estou esperando uma super promo para comprá-lo.
    Bjos e bom feriado

    Jack do My book lit

    ResponderExcluir
  3. Oi Juny

    Eu li Liberte meu Coração e gostei bastante (apesar de ser um livro que te deixa louca de vergonha alheia! rs), sempre vi os livros da Meg escritos como Patricia, mas nunca pensei que fossem legais. Talvez eu devesse ler algum para ver... rs

    beijos

    Delly
    @atravesdanevoa
    http://atravesdanevoa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Muito boa a resenha! Muita vontade de ler!

    ResponderExcluir
  5. Nossa resenha muiito legal!
    romance muito bom de ler!
    quero muiiito esse livro!

    ResponderExcluir
  6. Eu também nunca li nenhum livro com esse pseudônimo da Meg! Adoro romances históricos e de época, esse livro está na minha lista de desejos há bastante tempo...
    A sua resenha me deixou com muita vontade de lê-lo. Tenho a impressão de que estou perdendo um ótimo livro... x_x

    Amei a resenha!

    Abraços,
    http://leitorasanonimas.com

    ResponderExcluir
  7. Oi

    Adoro romances de época, sem dúvida nenhuma, atualmente, esse é o meu estilo literário preferido. O único livro da Meg que li como Patrícia é Rosa de Inverno que é incrível, gostei muito. Tenho aqui Liberte meu coração, mas por causa dos livros de parceria ainda não o li ;(

    Aprendendo a seduzir já estava na minha lista de desejados, mas agora estou doidinha por ele, a Meg sabe nos envolver com suas histórias, só de ler a resenha já to mega curiosa. Pena que esse livro é muito caro, queria alguém pra me emprestar o livro também, rs.

    Bjus

    Pah, Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
  8. OMG! Ainda não tenho 18 anos, mas, fiquei curiosa para ler. Meg é Meg opss... Patricia é Patricia =D
    deve ser um livro muito interessante de se ler *-*

    Beijos

    Amigas entre livros

    ResponderExcluir
  9. Eu estou super curiosa para ler esse livro.
    Acho os romances de época mt interessante, acabo de ler um, desses de banca mesmo.
    A história parece ser bem interessante, pois não foca só no romance, tem outras coisas acontecendo tbm, o que torna td ainda mais interessante.
    espero ler em breve. ^^
    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Amei a resenha! Fiquei com bastante vontade de ler =D
    Bjo!

    www.falandodelivros.com

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito da Resenha!
    Ele vai para minha lista de desejos!
    Logo estarei lendo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Nossa, simplesmente AMO livros históricos e sensuais. As vezes tem um contraste tão interessante. Quando se pensa em algo histórico, logo vem ao pensamento mulheres mais ... recatadas UHAUAHUSHAUHS' mas quando um livro histórico é sensual parece que nos deparamos com dois mundos diferentes. E ainda mais escrito por Meg Cabot ? UAHSUHAUSHUHAS'
    Até agora só li Cabeça de Vento e Sendo Nikki da Meg e adorei, bem descontraído, jovem, com certeza bem diferente de Aprendendo a Seduzir e Liberte meu Coração.
    Agora estou mais curiosa ainda para conhecer essa nova faceta da Meg !

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  13. Uau! *-* Não gosto muito de romances hot. Mas gostei de saber que ela coloca muitas coisas além disso, como assassinatos e tal, que eu adoro! Parabéns pela resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Amei a sua resenha Juny *_*

    Fiquei contente por você ter gostado do livro...

    A Meg é diva em todos os pseudônimos, seja como Patrica ou Jenny Carrol!!! Sou apaixonada pela escrita dela..

    Já começando Liberte meu coração e amando <3

    Bjks
    Jujuba (colunista de séries)
    http://diariodeleitoracompulsiva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Fiquei super curiosa para ler esse livro, parece ser muito bom *-* faço 18 ano que vem então ano que vem eu leio esse livro 'KKKK

    ResponderExcluir
  16. Fiquei com vontade de ler!!
    engraçado que, pelo resumo, me veio a cabeça os livros da Barbara Cartland!!!
    São todos de época (e o final é sempre feliz!! rsrs)

    ResponderExcluir
  17. Então eu não posso ler. Bua.
    Só queria ver a cara dos meus pais se eu chegasse em casa com esse livro, aí eles iriam ler o título e perguntar o que era aquilo. HAHA ia ser muito engraçado a cara deles, são caretas. rs Brincadeirinha.
    Mas também nem tenho vontade de ler esse livro...

    Beijos, Book and Cupcake

    ResponderExcluir
  18. Adoro livros históricos e esse parece conter tudo para ser uma maravilha, parece ser simplesmente demais, quero muito ler!!

    ResponderExcluir
  19. Amei a resenha!
    O livro parece ser muito bom...
    Esses dias eu tava vendo ele na internet aqui e minha mae percebeu q ele é mais picante (haha) e ja deixou bem claro q ela nao vai comprar (nem deixar eu ler) ;/
    mas um dia eu ainda leio (ate escondido - so nao sei como, kkk)
    beijos.

    ResponderExcluir
  20. Adorei a resenha, adoro os livros da Meg como Patricia Cabot...

    São mais adultos e com o enredo mais picante... hmm... adoro...

    Esse eu ainda não li mas já entrou na listinha... haha

    bjos

    ResponderExcluir
  21. Já ouvi falar tão bem deste livro, tenho muita vontade de ler ele *-*

    ResponderExcluir
  22. Achei esse livro em um mega saldão da Leitura e não resisti... Comecei a ler agora, mas estou nas primeiras páginas. Tomara que seja tão bom quanto vc falou, Juny. Ansiosa pelo desenrolar da estória!!

    bjs

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris